SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Caracteres Sexuais Secundários
          Morfologia
          Fecundação
O que é a Sexualidade?

  A OMS definiu a sexualidade como uma energia que
  encontra a sua expressão física, psicológica e social
  no desejo de contacto, ternura e às vezes amor.
Sexualidade...

 A sexualidade existe desde o nascimento e prolonga-se
 até ao fim da vida do ser humano.




   A sexualidade é vivida de forma diferente de acordo
   com a idade do indivíduo, dependendo também das
   características genéticas, do meio externo, isto é,
   das condições socioculturais.
“A adolescência é uma época da vida humana marcada
por   profundas      transformações   fisiológicas,   psicológicas,
afectivas, intelectuais e sociais vivenciadas num determinado
contexto cultural”




  “No entanto, mais do que uma fase, a adolescência é um
processo dinâmico de passagem entre a infância e a idade
adulta”
A adolescência é o período da vida durante o qual evolui a
puberdade.

     A puberdade é o momento que marca o início da
                     adolescência.




           Puberdade: do latim puber = cobrir de pêlos.
Caracteres Sexuais Secundários

Sexo Feminino

• Alargamento da bacia e arredondamento das ancas.

• Desenvolvimento dos seios.

• Menarca (1ª menstruação)

•Aparecimento do acne.

•Aumento da pilosidade.


•Maior secreção das hormonas femininas
Caracteres Sexuais Secundários

Sexo Masculino

• Mudança de voz.

• Aumento da massa muscular e esquelética.

• Aumento do tamanho do pénis e dos testículos.

• Aparecimento do acne.

• Aumento da pilosidade.

• Maior secreção das hormonas masculinas

• Poluções nocturnas
Morfologia do Aparelho Reprodutor

-   Sexo Feminino
Morfologia do Aparelho Reprodutor

Sexo Feminino

                       1 – Trompas de Falópio

                       2 - Ovários

                       3 – Parede Muscular do Útero

                       4 – Mucosa Uterina

                       5 - Vagina

                       6 - Vulva
Morfologia do Aparelho Reprodutor

Sexo Masculino
Morfologia do Aparelho Reprodutor

Sexo Masculino
                        7 – Vesículas Seminais

                        8 - Próstata

                        9 - Canal Deferente

                        10 - Epidídimo

                        11 - Testículo

                        12 - Escroto

                        13 - Pénis

                        14 - Uretra
Morfologia do Aparelho Reprodutor




A - Ovários       E – Canal Deferente

B - Testículos     F – Vesículas Seminais

C - Útero         G - Pénis

D – Epidídimo     H - Escroto
Gâmetas
Gâmetas Femininos


                         • O óvulo é uma célula com uma
                         forma esférica e de maiores
                         dimensões que o espermatozóide.




 • A ovulação corresponde ao
 momento em que a parede
 do ovário rompe e ocorre a
 libertação    do     gâmeta
 feminino.
Gâmetas
Gâmetas Femininos




        • O ovário:
              A – Fotografia de um corte transversal
              B – Esquema Representativo.
Gâmetas
Gâmetas Masculinos
 O espermatozóide é o gâmeta masculino, de reduzidas
 dimensões, constituído por 3 zonas distintas:


                            - cabeça


                                - peça intermédia


                                        - cauda
Tubos Seminíferos
União dos Gâmetas
-   O destino dos milhões de espermatozóides que se encontram no
                                  esperma
União dos Gâmetas
-   Esquema do caminho percorrido pelos espermatozóides



                                              • Fecundação

                                              -É o processo biológico
                                               no qual o óvulo e o
                                              espermatozóide        se
                                              unem para dar origem
                                              a um novo indivíduo.

                                             - Ocorre geralmente
                                             no terço externo da
                                             trompa de Falópio.
União dos Gâmetas




• Poucas horas depois da
  fecundação inicia-se a
      divisão celular.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento
5eeugeiocastro
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
Sofia Mendes
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
anarita2
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
Aula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humanaAula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humana
Leonardo Kaplan
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
Elighieri
 
Transmissão de vida
Transmissão de vidaTransmissão de vida
Transmissão de vida
leonoreis2
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
Carla Gomes
 

Mais procurados (20)

Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
A sexualidade humana
A sexualidade humanaA sexualidade humana
A sexualidade humana
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
 
Resumo sistema reprodutor
Resumo sistema reprodutor Resumo sistema reprodutor
Resumo sistema reprodutor
 
CN - BASES MORFOLÓGICAS E FISIOLÓGICAS DA REPRODUÇÃO HUMANA
CN - BASES MORFOLÓGICAS E FISIOLÓGICAS DA REPRODUÇÃO HUMANACN - BASES MORFOLÓGICAS E FISIOLÓGICAS DA REPRODUÇÃO HUMANA
CN - BASES MORFOLÓGICAS E FISIOLÓGICAS DA REPRODUÇÃO HUMANA
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
Caracteres Sexuais
Caracteres SexuaisCaracteres Sexuais
Caracteres Sexuais
 
Aula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humanaAula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humana
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Transmissão da Vida
Transmissão da VidaTransmissão da Vida
Transmissão da Vida
 
Transmissão de vida
Transmissão de vidaTransmissão de vida
Transmissão de vida
 
Ciencias
CienciasCiencias
Ciencias
 
Reprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º anoReprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º ano
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
 

Destaque

Morfologia do sistema reprodutor
Morfologia do sistema reprodutorMorfologia do sistema reprodutor
Morfologia do sistema reprodutor
Ana Paula Taveira
 
Espermatozoide
EspermatozoideEspermatozoide
Espermatozoide
menaromo
 
Morfologia do Sistema Reprodutor
Morfologia do Sistema ReprodutorMorfologia do Sistema Reprodutor
Morfologia do Sistema Reprodutor
Gabriela Bruno
 
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCicloSistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sandra Soeiro
 
Sistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculinoSistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculino
Fabiano Reis
 
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e FemininoO sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
Andreane Motta
 

Destaque (15)

Morfologia do sistema reprodutor
Morfologia do sistema reprodutorMorfologia do sistema reprodutor
Morfologia do sistema reprodutor
 
Espermatozoide
EspermatozoideEspermatozoide
Espermatozoide
 
Planificação geral aulas reprodução humana
Planificação geral aulas reprodução humanaPlanificação geral aulas reprodução humana
Planificação geral aulas reprodução humana
 
Morfologia do Sistema Reprodutor
Morfologia do Sistema ReprodutorMorfologia do Sistema Reprodutor
Morfologia do Sistema Reprodutor
 
Sistema genital masculino
Sistema genital masculinoSistema genital masculino
Sistema genital masculino
 
Sistema genital feminino
Sistema genital femininoSistema genital feminino
Sistema genital feminino
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
O Material Genetico
O Material GeneticoO Material Genetico
O Material Genetico
 
Espermatozoide
EspermatozoideEspermatozoide
Espermatozoide
 
Sistema reprodutor humano
Sistema reprodutor humanoSistema reprodutor humano
Sistema reprodutor humano
 
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCicloSistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
 
Sistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculinoSistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculino
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e FemininoAparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
 
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e FemininoO sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
 

Semelhante a Aparelho reprodutor morfologia e fecundação

Fisiologia da reprodução ciclos sexuais
Fisiologia da reprodução ciclos sexuaisFisiologia da reprodução ciclos sexuais
Fisiologia da reprodução ciclos sexuais
Patrícia Santos
 
Produção de gâmetas
Produção de gâmetasProdução de gâmetas
Produção de gâmetas
Tânia Reis
 
Sexualidade..
Sexualidade..Sexualidade..
Sexualidade..
daniela
 
Aula 10 sistema reprodutor feminino
Aula 10  sistema reprodutor femininoAula 10  sistema reprodutor feminino
Aula 10 sistema reprodutor feminino
Ana Conceição
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
Hugo Martins
 

Semelhante a Aparelho reprodutor morfologia e fecundação (20)

Fisiologia da reprodução ciclos sexuais
Fisiologia da reprodução ciclos sexuaisFisiologia da reprodução ciclos sexuais
Fisiologia da reprodução ciclos sexuais
 
Produção de gâmetas
Produção de gâmetasProdução de gâmetas
Produção de gâmetas
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
1a aula noções embriologia e sist reprod
1a aula   noções embriologia e sist reprod1a aula   noções embriologia e sist reprod
1a aula noções embriologia e sist reprod
 
Sexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestraSexualidade Humana - palestra
Sexualidade Humana - palestra
 
Fisiologia - Sistema Reprodutivo
Fisiologia - Sistema ReprodutivoFisiologia - Sistema Reprodutivo
Fisiologia - Sistema Reprodutivo
 
207 366sistema reprodutor_humano
207 366sistema reprodutor_humano207 366sistema reprodutor_humano
207 366sistema reprodutor_humano
 
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Sexualidade..
Sexualidade..Sexualidade..
Sexualidade..
 
A Sexualidade
A SexualidadeA Sexualidade
A Sexualidade
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
A Sexualidade
 A Sexualidade A Sexualidade
A Sexualidade
 
Aula 10 sistema reprodutor feminino
Aula 10  sistema reprodutor femininoAula 10  sistema reprodutor feminino
Aula 10 sistema reprodutor feminino
 
Ppt reprodução
Ppt   reproduçãoPpt   reprodução
Ppt reprodução
 
sistema reprodutor
sistema reprodutorsistema reprodutor
sistema reprodutor
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
 
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicasCiências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
 
Aula gametogênese
Aula gametogêneseAula gametogênese
Aula gametogênese
 

Mais de Patrícia Santos

2 ta terra um planeta com vida
2 ta terra um planeta com vida2 ta terra um planeta com vida
2 ta terra um planeta com vida
Patrícia Santos
 
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
Patrícia Santos
 
Microscopia e Sistema Terra
Microscopia e Sistema TerraMicroscopia e Sistema Terra
Microscopia e Sistema Terra
Patrícia Santos
 
Noções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedadeNoções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedade
Patrícia Santos
 
Métodos contraceptivos dst
Métodos contraceptivos  dstMétodos contraceptivos  dst
Métodos contraceptivos dst
Patrícia Santos
 
Opções que interferem no equilíbrio do organismo
Opções que interferem no equilíbrio do organismoOpções que interferem no equilíbrio do organismo
Opções que interferem no equilíbrio do organismo
Patrícia Santos
 
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_inícioBases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
Patrícia Santos
 
Medidas de acção para a promoção da saúde
Medidas de acção para a promoção da saúdeMedidas de acção para a promoção da saúde
Medidas de acção para a promoção da saúde
Patrícia Santos
 
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da populaçãoSaúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Patrícia Santos
 

Mais de Patrícia Santos (20)

2 ta terra um planeta com vida
2 ta terra um planeta com vida2 ta terra um planeta com vida
2 ta terra um planeta com vida
 
Sistema Digestivo 10.5.11
Sistema Digestivo 10.5.11Sistema Digestivo 10.5.11
Sistema Digestivo 10.5.11
 
Sistema Digestivo 10.5.11
Sistema Digestivo 10.5.11Sistema Digestivo 10.5.11
Sistema Digestivo 10.5.11
 
Sistema Digestivo 5.5.11
Sistema Digestivo 5.5.11Sistema Digestivo 5.5.11
Sistema Digestivo 5.5.11
 
Nutrientes 3.5.11
Nutrientes 3.5.11Nutrientes 3.5.11
Nutrientes 3.5.11
 
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
Actividade laboratorial "Extracção do DNA do kiwi"
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
 
Sistema neurohormonal
Sistema neurohormonalSistema neurohormonal
Sistema neurohormonal
 
Microscopia e Sistema Terra
Microscopia e Sistema TerraMicroscopia e Sistema Terra
Microscopia e Sistema Terra
 
Modelos do universo
Modelos do universoModelos do universo
Modelos do universo
 
A evolução da ciência
A evolução da ciênciaA evolução da ciência
A evolução da ciência
 
Noções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedadeNoções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedade
 
Métodos contraceptivos dst
Métodos contraceptivos  dstMétodos contraceptivos  dst
Métodos contraceptivos dst
 
POLUIÇÃO DA ÁGUA
POLUIÇÃO DA ÁGUAPOLUIÇÃO DA ÁGUA
POLUIÇÃO DA ÁGUA
 
RECICLAGEM...
RECICLAGEM...RECICLAGEM...
RECICLAGEM...
 
Opções que interferem no equilíbrio do organismo
Opções que interferem no equilíbrio do organismoOpções que interferem no equilíbrio do organismo
Opções que interferem no equilíbrio do organismo
 
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_inícioBases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
Bases Morfológicas e Fisiológicas da Reprodução_início
 
Medidas de acção para a promoção da saúde
Medidas de acção para a promoção da saúdeMedidas de acção para a promoção da saúde
Medidas de acção para a promoção da saúde
 
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da populaçãoSaúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
Saúde individual e comunitária indicadores do estado de saúde da população
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Aparelho reprodutor morfologia e fecundação

  • 1. Caracteres Sexuais Secundários Morfologia Fecundação
  • 2. O que é a Sexualidade? A OMS definiu a sexualidade como uma energia que encontra a sua expressão física, psicológica e social no desejo de contacto, ternura e às vezes amor.
  • 3. Sexualidade... A sexualidade existe desde o nascimento e prolonga-se até ao fim da vida do ser humano. A sexualidade é vivida de forma diferente de acordo com a idade do indivíduo, dependendo também das características genéticas, do meio externo, isto é, das condições socioculturais.
  • 4.
  • 5. “A adolescência é uma época da vida humana marcada por profundas transformações fisiológicas, psicológicas, afectivas, intelectuais e sociais vivenciadas num determinado contexto cultural” “No entanto, mais do que uma fase, a adolescência é um processo dinâmico de passagem entre a infância e a idade adulta”
  • 6. A adolescência é o período da vida durante o qual evolui a puberdade. A puberdade é o momento que marca o início da adolescência. Puberdade: do latim puber = cobrir de pêlos.
  • 7. Caracteres Sexuais Secundários Sexo Feminino • Alargamento da bacia e arredondamento das ancas. • Desenvolvimento dos seios. • Menarca (1ª menstruação) •Aparecimento do acne. •Aumento da pilosidade. •Maior secreção das hormonas femininas
  • 8. Caracteres Sexuais Secundários Sexo Masculino • Mudança de voz. • Aumento da massa muscular e esquelética. • Aumento do tamanho do pénis e dos testículos. • Aparecimento do acne. • Aumento da pilosidade. • Maior secreção das hormonas masculinas • Poluções nocturnas
  • 9. Morfologia do Aparelho Reprodutor - Sexo Feminino
  • 10. Morfologia do Aparelho Reprodutor Sexo Feminino 1 – Trompas de Falópio 2 - Ovários 3 – Parede Muscular do Útero 4 – Mucosa Uterina 5 - Vagina 6 - Vulva
  • 11. Morfologia do Aparelho Reprodutor Sexo Masculino
  • 12. Morfologia do Aparelho Reprodutor Sexo Masculino 7 – Vesículas Seminais 8 - Próstata 9 - Canal Deferente 10 - Epidídimo 11 - Testículo 12 - Escroto 13 - Pénis 14 - Uretra
  • 13. Morfologia do Aparelho Reprodutor A - Ovários E – Canal Deferente B - Testículos F – Vesículas Seminais C - Útero G - Pénis D – Epidídimo H - Escroto
  • 14. Gâmetas Gâmetas Femininos • O óvulo é uma célula com uma forma esférica e de maiores dimensões que o espermatozóide. • A ovulação corresponde ao momento em que a parede do ovário rompe e ocorre a libertação do gâmeta feminino.
  • 15. Gâmetas Gâmetas Femininos • O ovário: A – Fotografia de um corte transversal B – Esquema Representativo.
  • 16. Gâmetas Gâmetas Masculinos O espermatozóide é o gâmeta masculino, de reduzidas dimensões, constituído por 3 zonas distintas: - cabeça - peça intermédia - cauda
  • 17.
  • 19. União dos Gâmetas - O destino dos milhões de espermatozóides que se encontram no esperma
  • 20. União dos Gâmetas - Esquema do caminho percorrido pelos espermatozóides • Fecundação -É o processo biológico no qual o óvulo e o espermatozóide se unem para dar origem a um novo indivíduo. - Ocorre geralmente no terço externo da trompa de Falópio.
  • 21. União dos Gâmetas • Poucas horas depois da fecundação inicia-se a divisão celular.