SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Resolução da Prova
SEFAZCE/2007 – TI (Amostra)
Prof. Walter Cunha
29- Considere um projeto em execução com as seguintes características:na
    Etapa de Planejamento, foram previstos 4 protótipos para serem entregues
    na primeira etapa planejada, a um valor de R$ 3.000,00 cada um;na data
    prevista para a entrega dessa primeira etapa,foram entregues apenas 3
    protótipos, sendo que, devido a desvios, em cada um deles gastaram-se
    R$ 4.250,00.Ao calcular o SPI deste projeto, na data prevista para a
    entrega da primeira etapa, o Gerente do Projeto encontrou o valor de
a) 0,53.
b) 0,71.
c) 1,06.
d) 0,75.
e) 1,42.
29- Considere um projeto em execução com as seguintes características:na
    Etapa de Planejamento, foram previstos 4 protótipos para serem entregues
    na primeira etapa planejada, a um valor de R$ 3.000,00 cada um;na data
    prevista para a entrega dessa primeira etapa,foram entregues apenas 3
    protótipos, sendo que, devido a desvios, em cada um deles gastaram-se
    R$ 4.250,00.Ao calcular o SPI deste projeto, na data prevista para a
    entrega da primeira etapa, o Gerente do Projeto encontrou o valor de
a) 0,53.
b) 0,71.
c) 1,06.
d) 0,75.
e) 1,42.
Análise de Valor Agregado
A análise de valor agregado é feita baseada em valores econômicos. Para estudar
    um projeto sob este ângulo, precisamos reunir três variáveis:
    PV: Valor planejado -> a soma do custo de todas as tarefas do seu
    cronograma que deveriam estar completas até a data atual.
    EV: Valor agregado -> a soma do custo de todas as tarefas do seu
    cronograma que estão realmente completas até a data atual.
     AC: Custo real -> o valor que foi realmente investido no projeto até o
    momento.
Uma vez levantadas essas três informações, podemos responder a várias
    perguntas.
· Estou em dia? Subtraia o quanto você agregou de quanto você havia planejado
    agregar (EV - PV). O resultado é um valor monetário chamado variância de
    tempo ou SV; se este valor for negativo, você está atrasado. Se for positivo,
    está adiantado. (...)
· Estou dentro do orçamento? Subtraia o quanto você agregou de quanto você
    realmente gastou (EV - AC). O resultado é um valor monetário chamado
    variância de custo ou CV; se este valor for negativo, você está gastando mais
    que devia. Se for positivo, está gastando menos.
Análise de Valor Agregado (cont.)
Também é extremamente interessante calcular (e registrar periodicamente) seus
   índices de performance.
   Dividir o valor agregado pelo planejado (EV/PV) resulta em um valor que indica
   sua performance em relação ao tempo (chamado SPI). Pode-se interpretar
   esse número como sua taxa de progresso (por exemplo, se você obter 0,82, é
   um indicativo de que o projeto está progredindo a 82% da velocidade que você
   planejou).
   Dividindo o valor agregado pelo custo real (EV/AC) resulta em um valor
   (chamado CPI) que indica a efetividade do dinheiro gasto no projeto (ou seja,
   se você obteve 1,3, considere que cada real investido no projeto quot;está valendoquot;
   R$ 1,30).

Fonte: http://athenaconsulting.com.br/artigo-Valor-agregado.html
Detalhes do Evento
 Evento: Resolução SEFAZ-CE TI 2007
 Data: 15 (ter), 17 (quin) e 19 (sab) de janeiro de 2008.
 Horário: - Terça e Quinta das 19:00h às 22:00h / Sábado, das 8:00h às
 11:00h
 Local: Curso Athenas, Rua Barão de Aracati, 2555 (Próximo a Av.
 Antônio Sales)
 Investimento: - Pagamento até 12/01/2008 R$ 50,00 / Após R$ 60,00

 Perdeu algumas aula? Adquira o Material da Aulas Anteriores.

 Ganhe Descontos com Sugestões!
 Se você encontrar erros de qualquer natureza, por favor nos reporte.
 Adicionalmente, sugestões de melhoramento nos comentários das
 questões (descoberta da bibliografia consagrada de onde foi retirado o
 trecho, indicação de impropriedade técnica, apontamento de outro trecho
 errado na questão, etc) serão analisadas, e se aprovadas e
 implementadas, gerarão descontos na aquisição de novos materiais.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Resolucao da Prova Sefazce 2007 Prof Walter Cunha (Amostra)

Norma Prática - Ger. Valor Agregado
Norma Prática - Ger. Valor AgregadoNorma Prática - Ger. Valor Agregado
Norma Prática - Ger. Valor Agregadogplima
 
Gerenciamento de Valor Agregado - Conceitos
Gerenciamento de Valor Agregado - ConceitosGerenciamento de Valor Agregado - Conceitos
Gerenciamento de Valor Agregado - ConceitosMarcel Fleming
 
Controlando valor agregado com o project
Controlando valor agregado com o projectControlando valor agregado com o project
Controlando valor agregado com o projectSilas Serpa
 
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...tdc-globalcode
 
Business Value : Na prática, o que é valor para o cliente
Business Value : Na prática, o que é valor para o clienteBusiness Value : Na prática, o que é valor para o cliente
Business Value : Na prática, o que é valor para o clienteJennifer Sousa
 
Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi
  Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi  Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi
Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimiCarla Pedrosa
 
Dicas pmp valor agregado
Dicas pmp   valor agregadoDicas pmp   valor agregado
Dicas pmp valor agregadoItaloPJ
 
Business value - Na prática o que é valor para o cliente
Business value  - Na prática o que é valor para o clienteBusiness value  - Na prática o que é valor para o cliente
Business value - Na prática o que é valor para o clienteJennifer Sousa
 
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...tdc-globalcode
 
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02Evandro Madeira
 
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...Ricardo Viana Vargas
 
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...Peter Mello
 
Análise de Projetos - Aula III
Análise de Projetos - Aula IIIAnálise de Projetos - Aula III
Análise de Projetos - Aula IIIDenise Nascimento
 

Semelhante a Resolucao da Prova Sefazce 2007 Prof Walter Cunha (Amostra) (20)

Gerenciamento de custos
Gerenciamento de custosGerenciamento de custos
Gerenciamento de custos
 
Teorias motivacionais
Teorias motivacionaisTeorias motivacionais
Teorias motivacionais
 
Indicadores de Desempenho em Escopo, Tempo e Custo e a Tríplice Restriç
Indicadores de Desempenho em Escopo, Tempo e Custo e a Tríplice RestriçIndicadores de Desempenho em Escopo, Tempo e Custo e a Tríplice Restriç
Indicadores de Desempenho em Escopo, Tempo e Custo e a Tríplice Restriç
 
Gestão de projetos fev2011 - ppt2003
Gestão de projetos   fev2011 - ppt2003Gestão de projetos   fev2011 - ppt2003
Gestão de projetos fev2011 - ppt2003
 
Norma Prática - Ger. Valor Agregado
Norma Prática - Ger. Valor AgregadoNorma Prática - Ger. Valor Agregado
Norma Prática - Ger. Valor Agregado
 
Gerenciamento de Valor Agregado - Conceitos
Gerenciamento de Valor Agregado - ConceitosGerenciamento de Valor Agregado - Conceitos
Gerenciamento de Valor Agregado - Conceitos
 
Controlando valor agregado com o project
Controlando valor agregado com o projectControlando valor agregado com o project
Controlando valor agregado com o project
 
Analise de Valor Agregado - EVA
Analise de Valor Agregado - EVAAnalise de Valor Agregado - EVA
Analise de Valor Agregado - EVA
 
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...
TDC2018SP | Trilha Analise de Negocios - Business Value: Na pratica, o que e ...
 
Business Value : Na prática, o que é valor para o cliente
Business Value : Na prática, o que é valor para o clienteBusiness Value : Na prática, o que é valor para o cliente
Business Value : Na prática, o que é valor para o cliente
 
Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi
  Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi  Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi
Acp_gestão_parte2_gproj_ndicadores_imprimi
 
Dicas pmp valor agregado
Dicas pmp   valor agregadoDicas pmp   valor agregado
Dicas pmp valor agregado
 
Business value - Na prática o que é valor para o cliente
Business value  - Na prática o que é valor para o clienteBusiness value  - Na prática o que é valor para o cliente
Business value - Na prática o que é valor para o cliente
 
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...
TDC2018FLN | Trilha Agile - Business Value: Na prática, o que é o valor para ...
 
Gerenciamento de Custos - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de Custos - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento de Custos - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de Custos - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02
Gerenciamentodecustos 130918192946-phpapp02
 
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...
Construindo Previsões de Custo Final do Projeto Utilizando Análise de Valor A...
 
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...
Planejamento, Execução e Controle: A importância de simulações baseados em um...
 
Aula 02 Planejamento e Controle de Obras
Aula 02 Planejamento e Controle de ObrasAula 02 Planejamento e Controle de Obras
Aula 02 Planejamento e Controle de Obras
 
Análise de Projetos - Aula III
Análise de Projetos - Aula IIIAnálise de Projetos - Aula III
Análise de Projetos - Aula III
 

Mais de Walter Cunha

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Walter Cunha
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasWalter Cunha
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Walter Cunha
 
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaTerceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaWalter Cunha
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter CunhaWalter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaWalter Cunha
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime CorreiaWalter Cunha
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaWalter Cunha
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia AmostraWalter Cunha
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraWalter Cunha
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf Walter Cunha
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaWalter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaWalter Cunha
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)Walter Cunha
 

Mais de Walter Cunha (20)

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
 
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaTerceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
 

Último

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 

Último (8)

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 

Resolucao da Prova Sefazce 2007 Prof Walter Cunha (Amostra)

  • 1. Resolução da Prova SEFAZCE/2007 – TI (Amostra) Prof. Walter Cunha
  • 2. 29- Considere um projeto em execução com as seguintes características:na Etapa de Planejamento, foram previstos 4 protótipos para serem entregues na primeira etapa planejada, a um valor de R$ 3.000,00 cada um;na data prevista para a entrega dessa primeira etapa,foram entregues apenas 3 protótipos, sendo que, devido a desvios, em cada um deles gastaram-se R$ 4.250,00.Ao calcular o SPI deste projeto, na data prevista para a entrega da primeira etapa, o Gerente do Projeto encontrou o valor de a) 0,53. b) 0,71. c) 1,06. d) 0,75. e) 1,42.
  • 3. 29- Considere um projeto em execução com as seguintes características:na Etapa de Planejamento, foram previstos 4 protótipos para serem entregues na primeira etapa planejada, a um valor de R$ 3.000,00 cada um;na data prevista para a entrega dessa primeira etapa,foram entregues apenas 3 protótipos, sendo que, devido a desvios, em cada um deles gastaram-se R$ 4.250,00.Ao calcular o SPI deste projeto, na data prevista para a entrega da primeira etapa, o Gerente do Projeto encontrou o valor de a) 0,53. b) 0,71. c) 1,06. d) 0,75. e) 1,42.
  • 4. Análise de Valor Agregado A análise de valor agregado é feita baseada em valores econômicos. Para estudar um projeto sob este ângulo, precisamos reunir três variáveis: PV: Valor planejado -> a soma do custo de todas as tarefas do seu cronograma que deveriam estar completas até a data atual. EV: Valor agregado -> a soma do custo de todas as tarefas do seu cronograma que estão realmente completas até a data atual. AC: Custo real -> o valor que foi realmente investido no projeto até o momento. Uma vez levantadas essas três informações, podemos responder a várias perguntas. · Estou em dia? Subtraia o quanto você agregou de quanto você havia planejado agregar (EV - PV). O resultado é um valor monetário chamado variância de tempo ou SV; se este valor for negativo, você está atrasado. Se for positivo, está adiantado. (...) · Estou dentro do orçamento? Subtraia o quanto você agregou de quanto você realmente gastou (EV - AC). O resultado é um valor monetário chamado variância de custo ou CV; se este valor for negativo, você está gastando mais que devia. Se for positivo, está gastando menos.
  • 5. Análise de Valor Agregado (cont.) Também é extremamente interessante calcular (e registrar periodicamente) seus índices de performance. Dividir o valor agregado pelo planejado (EV/PV) resulta em um valor que indica sua performance em relação ao tempo (chamado SPI). Pode-se interpretar esse número como sua taxa de progresso (por exemplo, se você obter 0,82, é um indicativo de que o projeto está progredindo a 82% da velocidade que você planejou). Dividindo o valor agregado pelo custo real (EV/AC) resulta em um valor (chamado CPI) que indica a efetividade do dinheiro gasto no projeto (ou seja, se você obteve 1,3, considere que cada real investido no projeto quot;está valendoquot; R$ 1,30). Fonte: http://athenaconsulting.com.br/artigo-Valor-agregado.html
  • 6. Detalhes do Evento Evento: Resolução SEFAZ-CE TI 2007 Data: 15 (ter), 17 (quin) e 19 (sab) de janeiro de 2008. Horário: - Terça e Quinta das 19:00h às 22:00h / Sábado, das 8:00h às 11:00h Local: Curso Athenas, Rua Barão de Aracati, 2555 (Próximo a Av. Antônio Sales) Investimento: - Pagamento até 12/01/2008 R$ 50,00 / Após R$ 60,00 Perdeu algumas aula? Adquira o Material da Aulas Anteriores. Ganhe Descontos com Sugestões! Se você encontrar erros de qualquer natureza, por favor nos reporte. Adicionalmente, sugestões de melhoramento nos comentários das questões (descoberta da bibliografia consagrada de onde foi retirado o trecho, indicação de impropriedade técnica, apontamento de outro trecho errado na questão, etc) serão analisadas, e se aprovadas e implementadas, gerarão descontos na aquisição de novos materiais.