SlideShare uma empresa Scribd logo
Experiências na Terceirização de
  Desenvolvimento de Sistemas de Informação
   Utilizando Práticas Ágeis a partir da Análise
          de Casos do Governo Brasileiro

               Alexandre Cezar Pratti
              Orientador: Fábio Petrillo

Curso de Especialização em Engenharia de Requisitos e
              Modelagem de Negócios
Agenda
•   Motivação
•   Contratações Públicas
•   Métodos Ágeis
•   Experiências
•   Pesquisa
•   Conclusão
•   Trabalhos Futuros
Motivação
• Contexto:
       – PDS-CGU (RUP);
       – Terceirização;
       – Dificuldades na execução de projetos.
• Proposta inicial;
• Decisão pela análise de experiências do
  governo.

Curso de Especialização em Engenharia de Requisitos   3
Contratações Públicas
• Descentralização:
      – Governança de TI no Brasil (Cepik e
        Canabarro, 2010)
• Não garantem maior eficiência da
  Administração;
• Detém natureza burocrática;
• Modelo antigo: Todos serviços, uma
  empresa.
Curso de Especialização em Engenharia de Software   4
Contratações Públicas
• Modelo atual:
      – Acórdão TCU 786/2006 (diagnóstico);
      – MPOG: IN04/2008 (regulamentação);
              • Planejamento, parcelamento, serviço mensurado, alinhamento.

      – Ferramentas mais utilizadas:
              • APF, OS, Métodos tradicionais (RUP);
      – Dificuldades conhecidas:
              • TI reduzida nos órgãos, alta rotatividade...
      – Lei 10.520/2002 (Pregão) – Serviços comuns.
Curso de Especialização em Engenharia de Software                             5
Métodos Ágeis
• Manifesto ágil (valores comuns):
      – “Indivíduos e interações mais que processos e
        ferramentas
      – Software em funcionamento mais que documentação
        abrangente
      – Colaboração com o cliente mais que negociação de
        contratos
      – Responder a mudanças mais que seguir um plano”



Curso de Especialização em Engenharia de Software          6
Métodos Ágeis
• Segundo Fowler (2005):
      – “Agile methodologies developed as a
        reaction to these methodologies. For many
        people the appeal of these agile
        methodologies is their reaction to the
        bureaucracy of the engineering
        methodologies. These new methods attempt
        a useful compromise between no process and
        too much process, providing just enough
        process to gain a reasonable payoff”
Curso de Especialização em Engenharia de Software   7
Métodos Ágeis
• XP – Programação Extrema
      – Técnicas de eng.: simplicidade, refatoração...
• TDD – Desenv. Orientado a Testes
• Lean – Desenv. Enxuto
      – Orientado a valor, empowerment
• Scrum:
      – Time-boxes, sprint, release, melhoria e
        planejamento contínuos.
Curso de Especialização em Engenharia de Software        8
Motivação
• Contratação Pública e Métodos
  Tradicionais de desenvolvimento:
      – Dificuldades em sua execução;
• Contratação pública + Métodos Ágeis
      – Porque não?
      – Quais as experiências que temos?
• Tendência do mercado: experiências com
  terceirização e métodos ágeis
Curso de Especialização em Engenharia de Software     9
Experiências
• Franklin (2008) - Adventures in Agile
  Contracting (EUA)
      – Experiência em 3 estágios:
             • T&M
             • T&M, marcos de negócio
             • “Tripla restrição”
      – Fatores-chave:
             • Processo alteração contratual que garanta
               mudanças rápidas
             • Participação ampla na elaboração do contrato
Curso de Especialização em Engenharia de Software             10
Experiências
• Obukhova (2010) - Fixed Price Agile
  Projects. How it works (Ucrânia)
    – Modelo próprio: orçamento e tempo fixo (4
      Passos);
    – “Fazer apenas o que é necessário”;
    – Fatores-chave:
              • Entrega como produto;
              • Definição de “pronto”;
              • Tempo de feedback acordado;
              • Histórias claras.
Curso de Especialização em Engenharia de Software   11
Experiências
• Banerjee et al. (2011) - Experience of
  Executing Fixed Price Off-shored Agile
  Project (India)
      – Fase de gerenciamento de projeto x ágil
      – Fatores-chave:
              • Cliente e executor acreditarem no trabalho ágil.
              • Mudança de cultura



Curso de Especialização em Engenharia de Software                  12
Experiências
• Silva et al. (2012) - Adaptação na prática
  de um setor público às metodologias ágeis
      – Simulação de contratação ANCINE – PUC-RJ
      – Desafios:
              • Escopo flexível e qualificação do valor de negócio.
      – Fatores-chave:
              • Mudança de cultura;
              • Envolvimento do cliente;
              • Desentranhar o waterfall;
Curso de Especialização em Engenharia de Software                 13
Pesquisa
• Metodologia:
      – Levantamento em comunidades (SISP e
        TiControle);
      – Entrevista em órgãos voluntariados;
      – Análise de termos de referência e modelos de
        desenvolvimento de software;
      – Questionário Online.


Curso de Especialização em Engenharia de Software     14
Pesquisa
• Entrevistas desetruturadas;
• Órgãos:
      – BACEN;
      – INEP;
      – STF;
      – ANCINE.



Curso de Especialização em Engenharia de Software     15
BACEN
• Trabalha com ágil a mais tempo (+3)
• Iniciou com equipes terceirizadas ainda no
  modelo antigo
• Experiência com desenvolvimento remoto
• Novo modelo recentemente licitado:
      – Critérios do gestor do projeto:
              • OS por sprint ou release;
              • Acordo de nível de serviço flexíveis.
• Ambiente técnico do órgão
Curso de Especialização em Engenharia de Software       16
ANCINE
• Sem experiência interna
• Equipe Remota
• Problemas de Integração
• Melhorava a medida em que a
  metodologia era entendida
• Entregas rápidas
• Viabilizando uma nova contratação

Curso de Especialização em Engenharia de Software     17
INEP
• Contrato previa desenvolvimento
  tradicional ou ágil
• O processo de desenvolvimento ágil foi
  descrito para o contrato
• OS representavam Sprints
      – Estimava-se antes da abertura e ao final
• Não havia testes automatizados
• Parte foi executado com a visão ágil
Curso de Especialização em Engenharia de Software          18
STF
• Baseado no Scrum
      – Regras no contrato
      – Produtividade por Sprint
•    Suporte ao gestor do projeto
•    Métricas bem definidas
•    Ferramentas
•    Licitação em breve

Curso de Especialização em Engenharia de Software         19
Questionário
•10 Órgãos - 41 projetos contratados executados
   com métodos ágeis
• Contexto: Métodos Ágeis e Contratações Públicas
                        Utiliza Métodos Ágeis Internamente?
                               10%
                                                          Não
                       10%
                                                          Sim, a pouco tempo (menos de
                                                    50%   1 ano)
                                                          Sim, a algum tempo (menos de
                       30%                                3 anos)



Curso de Especialização em Engenharia de Software                                        20
Quais metodologias ágeis foram
        utilizadas na execução do contrato?

                                                 4



                                                                 7

                                                                     Programação Extrema - XP
    0                                                                Scrum
                                                                     Crystal
                                                                     Desenvolvimento Orientado a Testes - TDD
                                      3
                                                                     Desenvolvimento Enxuto - Lean
                                                                     Other
    0



                           2




0          1           2          3          4       5   6   7



Curso de Especialização em Engenharia de Software                                                          21
Na execução de contratos públicos com métodos
 ágeis, é possível prever com precisão, nos momentos
            iniciais do projeto, seu escopo?
4                  4


                                                            1 - Não, de maneira
3                                                           nenhuma
                                                            2

                               2           2        2       3
2
                                                            4

1                                                           5 - Sim, com certeza


                                                        0
0

Curso de Especialização em Engenharia de Software                             22
O quanto alta qualidade constante interfere na
    aplicação de métodos ágeis de desenvolvimento
             com empresas terceirizadas?


    0




                         1
                                                                        inviabiliza
                                                                        prejudica muito
                                                                        prejudica pouco
                                                            4           não prejudica




                                                                    5




0                    1                   2          3   4       5



Curso de Especialização em Engenharia de Software                                       23
Como seriam organizadas as                                               Qual melhor maneira de
          ordens de serviço?                                                      medir o esforço de
                                                                                  desenvolvimento?



                                                                                10%
          10%                                                              0%
                                             por "sprint"
 10%
                                                                     20%                           Pontos por função
                                             por entrega (release)
                                                                                                   Homens-hora
                                       50%                                                         Pontos de história
                                             por periodo
                                                                                                   Other
                                             (semanalmente,
                                             quinzenalmente,...)
                                             Other                                           70%
 30%




Curso de Especialização em Engenharia de Software                                                              24
Do ponto de vista da organização, qual o nível de
    dificuldade na gestão de um contrato de desenvolvimento
       de sistemas com a utilização de metodologias ágeis?
4                                               4


                                   3
3
                                                            1- muito difícil
                                                            2
                                                        2
2                                                           3
                                                            4
                                                            5 - muito fácil
                                                    1
1


                     0
0

Curso de Especialização em Engenharia de Software                         25
A organização pretende executar novos contratos
    de desenvolvimento de sistemas utilizando
              metodologias ágeis?
                                                    0%




                                                         40%

                                                               Não
                                                               Não sei
                                                               Sim


                        60%




Curso de Especialização em Engenharia de Software                    26
Opiniões
“Estabelecer um processo de desenvolvimento
que instrumente o contrato. Em cada projeto,
estabelecer acordos de nível de serviço claros e
parâmetros de qualidade para o produto,
observando o processo de desenvolvimento da
instituição contratante. O contratante deve
monitorar e gerenciar continuamente os projetos
contratados, de modo a antever possíveis
problemas.”

Curso de Especialização em Engenharia de Software      27
Opiniões
“Iterações curtas (2-4 semanas). Product Owner
compartilhado pela TI e pelo usuario final frente a
empresa terceirizada. Educação inicial e constante
do usuário frente ao backlog - avaliações de
cenários e custo-beneficio das decisões de
repriorização e mudança. Dashboard e software
visível para avaliação e monitoramento do projeto.
Desenvolvimento por produto especifco e não por
"saco" de PF para ser utilizado em qualquer coisa.
SLAs medidos mais por criterios de entrega de
SWEspecialização em Engenharia de Software
Curso de
         e menos por documentação”                  28
Conclusão
• Real tendência;
      – Outros exemplos no governo.
• Estado Atual
      – Não há solução exata;
      – Órgãos em experimentação (inovação).
      – Sucesso pode estar relacionado a forma de
        gerenciamento de contratos


Curso de Especialização em Engenharia de Software    29
Conclusão
• Dificuldades comuns:
      – Desconhecer a metodologia a ser empregada
        (cultura do contratado e do contratante);
      – Problema da contagem em PF: não é
        orientada a valor para o negócio ou ROI
• As dificuldades se confudem com as de
  um paradigma tradicional de terceirização


Curso de Especialização em Engenharia de Software    30
Conclusão
• CGU (recomendação)
      – Experiências próprias de práticas ágeis em
        desenvolvimentos internos;
      – Evolução do controle da qualidade em
        projetos contratados.
• Ponto-chave:
      – Mudança de cultura da empresa contratada e
        do órgão.

Curso de Especialização em Engenharia de Software    31
Trabalhos Futuros
• Melhorar o questionário e número de
  respondentes;
• Entrevistas semi-estruturadas;
• Envolver melhor o governo em eventos
  ágeis;
• Aumentar o número de experiências
  documentadas no governo;
• Criação de uma orientação ou modelo.
Curso de Especialização em Engenharia de Software   32
Obrigado!




Curso de Especialização em Engenharia de Software     33

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Ernesto Bedrikow
 
Aula 1 Analise e Projeto
Aula 1   Analise e ProjetoAula 1   Analise e Projeto
Aula 1 Analise e Projeto
Sergio Silva
 
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
AgileTour Belo Horizonte
 
Feature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDDFeature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDD
Guilherme Campos Camargo
 
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
Elisangela Paulino
 
Fdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de bananaFdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de banana
ejedelmal
 
Análise de requisitos de um projeto de redes
Análise de requisitos de um projeto de redesAnálise de requisitos de um projeto de redes
Análise de requisitos de um projeto de redes
leilaredes
 
Gestão de projetos baseada no estudo de casos
Gestão de projetos baseada no estudo de casosGestão de projetos baseada no estudo de casos
Gestão de projetos baseada no estudo de casos
Eduardo Longo
 
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiávelWBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
Alan Braz
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Leandro Faria
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
Rafael França
 
Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)
Bruno Garcia
 
Modelo NTCP
Modelo NTCPModelo NTCP
Modelo NTCP
Fernando Galdino
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Matheus Costa
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Flávio Steffens
 
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Keila Freitas
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Thiago Barros, PSM
 
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWAREDESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
Cloves da Rocha
 
Agile segundo o PMI
Agile segundo o PMIAgile segundo o PMI
Agile segundo o PMI
Achiles Camilo
 
Introdução a engenharia de software aula 02
Introdução a engenharia de software   aula 02Introdução a engenharia de software   aula 02
Introdução a engenharia de software aula 02
Franklin Matos Correia
 

Mais procurados (20)

Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
 
Aula 1 Analise e Projeto
Aula 1   Analise e ProjetoAula 1   Analise e Projeto
Aula 1 Analise e Projeto
 
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
AgileTourBH 2014 - Isabella Fonseca - Metodologias ágeis e MPS.BR – Aplicação...
 
Feature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDDFeature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDD
 
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
Analise de gerenciamento_de_projeto_de_software_utilizando_metodologia_agil_x...
 
Fdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de bananaFdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de banana
 
Análise de requisitos de um projeto de redes
Análise de requisitos de um projeto de redesAnálise de requisitos de um projeto de redes
Análise de requisitos de um projeto de redes
 
Gestão de projetos baseada no estudo de casos
Gestão de projetos baseada no estudo de casosGestão de projetos baseada no estudo de casos
Gestão de projetos baseada no estudo de casos
 
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiávelWBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
WBMA2013 - Método Ágil para desenvolvimento de software confiável
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)
 
Modelo NTCP
Modelo NTCPModelo NTCP
Modelo NTCP
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
 
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
Estudo de ferramentas em Software Livre para gestão ágil de projetos de desen...
 
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com ScrumFerramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
Ferramentas Livres para a Gestão de Projetos Ágeis com Scrum
 
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWAREDESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
DESENVOLVIMENTO E GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS DE SOFTWARE
 
Agile segundo o PMI
Agile segundo o PMIAgile segundo o PMI
Agile segundo o PMI
 
Introdução a engenharia de software aula 02
Introdução a engenharia de software   aula 02Introdução a engenharia de software   aula 02
Introdução a engenharia de software aula 02
 

Semelhante a Terceirização no Desenvolvimento de Sistema

Gerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
Gerenciamento de Projetos de TI em Sao PauloGerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
Gerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
Grupo Treinar
 
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
Ivo M Michalick Vasconcelos, PMP, PMI-SP, CPCC
 
SCRUM.pptx
SCRUM.pptxSCRUM.pptx
SCRUM.pptx
Ricardo Santos
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Rennan Martini
 
Trabalho pds libre office 2
Trabalho pds libre office 2Trabalho pds libre office 2
Trabalho pds libre office 2
Edinaldo Mendes
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Luiz Lemos
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ)
 
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdftdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
Douglas Siviotti
 
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual BusinessGerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Virtual Business
 
PMI Software Extension
PMI Software ExtensionPMI Software Extension
PMI Software Extension
Adriano Simões, MBA
 
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimentoLeds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
ledsifes
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Roberto Brandini
 
ageis2003.ppt
ageis2003.pptageis2003.ppt
ageis2003.ppt
JAIMEMARTINS18
 
ageis2003.ppt
ageis2003.pptageis2003.ppt
ageis2003.ppt
ssuser9a8135
 
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOKGestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
Icaro Dourado
 
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
Jorge Improissi
 
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão públicoA adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
Rogerio J. Gentil
 
Metodologias Ágeis
Metodologias ÁgeisMetodologias Ágeis
Metodologias Ágeis
Profa Karen Borges
 
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.pptTexto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
HurgelNeto
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
Noaldo Sales
 

Semelhante a Terceirização no Desenvolvimento de Sistema (20)

Gerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
Gerenciamento de Projetos de TI em Sao PauloGerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
Gerenciamento de Projetos de TI em Sao Paulo
 
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
O Gerenciamento de Projetos de Software Desenvolvidos à Luz das Metodologias ...
 
SCRUM.pptx
SCRUM.pptxSCRUM.pptx
SCRUM.pptx
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
 
Trabalho pds libre office 2
Trabalho pds libre office 2Trabalho pds libre office 2
Trabalho pds libre office 2
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
 
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdftdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
tdc-2022-poa-quem-tem-medo-low-code.pdf
 
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual BusinessGerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
 
PMI Software Extension
PMI Software ExtensionPMI Software Extension
PMI Software Extension
 
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimentoLeds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 
ageis2003.ppt
ageis2003.pptageis2003.ppt
ageis2003.ppt
 
ageis2003.ppt
ageis2003.pptageis2003.ppt
ageis2003.ppt
 
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOKGestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
Gestão de Projetos usando Abordagem Ágil e o guia PMBOK
 
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning O desafio do ágil em um time de Machine Learning
O desafio do ágil em um time de Machine Learning
 
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão públicoA adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
A adoção e adaptação constantes em um projeto de um órgão público
 
Metodologias Ágeis
Metodologias ÁgeisMetodologias Ágeis
Metodologias Ágeis
 
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.pptTexto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
Texto de Apoio2_Síntese de Metodologias Ageis.ppt
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
 

Mais de Walter Cunha

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Walter Cunha
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Walter Cunha
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Walter Cunha
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
Walter Cunha
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Walter Cunha
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
Walter Cunha
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
Walter Cunha
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
Walter Cunha
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
Walter Cunha
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
Walter Cunha
 

Mais de Walter Cunha (20)

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
 

Terceirização no Desenvolvimento de Sistema

  • 1. Experiências na Terceirização de Desenvolvimento de Sistemas de Informação Utilizando Práticas Ágeis a partir da Análise de Casos do Governo Brasileiro Alexandre Cezar Pratti Orientador: Fábio Petrillo Curso de Especialização em Engenharia de Requisitos e Modelagem de Negócios
  • 2. Agenda • Motivação • Contratações Públicas • Métodos Ágeis • Experiências • Pesquisa • Conclusão • Trabalhos Futuros
  • 3. Motivação • Contexto: – PDS-CGU (RUP); – Terceirização; – Dificuldades na execução de projetos. • Proposta inicial; • Decisão pela análise de experiências do governo. Curso de Especialização em Engenharia de Requisitos 3
  • 4. Contratações Públicas • Descentralização: – Governança de TI no Brasil (Cepik e Canabarro, 2010) • Não garantem maior eficiência da Administração; • Detém natureza burocrática; • Modelo antigo: Todos serviços, uma empresa. Curso de Especialização em Engenharia de Software 4
  • 5. Contratações Públicas • Modelo atual: – Acórdão TCU 786/2006 (diagnóstico); – MPOG: IN04/2008 (regulamentação); • Planejamento, parcelamento, serviço mensurado, alinhamento. – Ferramentas mais utilizadas: • APF, OS, Métodos tradicionais (RUP); – Dificuldades conhecidas: • TI reduzida nos órgãos, alta rotatividade... – Lei 10.520/2002 (Pregão) – Serviços comuns. Curso de Especialização em Engenharia de Software 5
  • 6. Métodos Ágeis • Manifesto ágil (valores comuns): – “Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas – Software em funcionamento mais que documentação abrangente – Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos – Responder a mudanças mais que seguir um plano” Curso de Especialização em Engenharia de Software 6
  • 7. Métodos Ágeis • Segundo Fowler (2005): – “Agile methodologies developed as a reaction to these methodologies. For many people the appeal of these agile methodologies is their reaction to the bureaucracy of the engineering methodologies. These new methods attempt a useful compromise between no process and too much process, providing just enough process to gain a reasonable payoff” Curso de Especialização em Engenharia de Software 7
  • 8. Métodos Ágeis • XP – Programação Extrema – Técnicas de eng.: simplicidade, refatoração... • TDD – Desenv. Orientado a Testes • Lean – Desenv. Enxuto – Orientado a valor, empowerment • Scrum: – Time-boxes, sprint, release, melhoria e planejamento contínuos. Curso de Especialização em Engenharia de Software 8
  • 9. Motivação • Contratação Pública e Métodos Tradicionais de desenvolvimento: – Dificuldades em sua execução; • Contratação pública + Métodos Ágeis – Porque não? – Quais as experiências que temos? • Tendência do mercado: experiências com terceirização e métodos ágeis Curso de Especialização em Engenharia de Software 9
  • 10. Experiências • Franklin (2008) - Adventures in Agile Contracting (EUA) – Experiência em 3 estágios: • T&M • T&M, marcos de negócio • “Tripla restrição” – Fatores-chave: • Processo alteração contratual que garanta mudanças rápidas • Participação ampla na elaboração do contrato Curso de Especialização em Engenharia de Software 10
  • 11. Experiências • Obukhova (2010) - Fixed Price Agile Projects. How it works (Ucrânia) – Modelo próprio: orçamento e tempo fixo (4 Passos); – “Fazer apenas o que é necessário”; – Fatores-chave: • Entrega como produto; • Definição de “pronto”; • Tempo de feedback acordado; • Histórias claras. Curso de Especialização em Engenharia de Software 11
  • 12. Experiências • Banerjee et al. (2011) - Experience of Executing Fixed Price Off-shored Agile Project (India) – Fase de gerenciamento de projeto x ágil – Fatores-chave: • Cliente e executor acreditarem no trabalho ágil. • Mudança de cultura Curso de Especialização em Engenharia de Software 12
  • 13. Experiências • Silva et al. (2012) - Adaptação na prática de um setor público às metodologias ágeis – Simulação de contratação ANCINE – PUC-RJ – Desafios: • Escopo flexível e qualificação do valor de negócio. – Fatores-chave: • Mudança de cultura; • Envolvimento do cliente; • Desentranhar o waterfall; Curso de Especialização em Engenharia de Software 13
  • 14. Pesquisa • Metodologia: – Levantamento em comunidades (SISP e TiControle); – Entrevista em órgãos voluntariados; – Análise de termos de referência e modelos de desenvolvimento de software; – Questionário Online. Curso de Especialização em Engenharia de Software 14
  • 15. Pesquisa • Entrevistas desetruturadas; • Órgãos: – BACEN; – INEP; – STF; – ANCINE. Curso de Especialização em Engenharia de Software 15
  • 16. BACEN • Trabalha com ágil a mais tempo (+3) • Iniciou com equipes terceirizadas ainda no modelo antigo • Experiência com desenvolvimento remoto • Novo modelo recentemente licitado: – Critérios do gestor do projeto: • OS por sprint ou release; • Acordo de nível de serviço flexíveis. • Ambiente técnico do órgão Curso de Especialização em Engenharia de Software 16
  • 17. ANCINE • Sem experiência interna • Equipe Remota • Problemas de Integração • Melhorava a medida em que a metodologia era entendida • Entregas rápidas • Viabilizando uma nova contratação Curso de Especialização em Engenharia de Software 17
  • 18. INEP • Contrato previa desenvolvimento tradicional ou ágil • O processo de desenvolvimento ágil foi descrito para o contrato • OS representavam Sprints – Estimava-se antes da abertura e ao final • Não havia testes automatizados • Parte foi executado com a visão ágil Curso de Especialização em Engenharia de Software 18
  • 19. STF • Baseado no Scrum – Regras no contrato – Produtividade por Sprint • Suporte ao gestor do projeto • Métricas bem definidas • Ferramentas • Licitação em breve Curso de Especialização em Engenharia de Software 19
  • 20. Questionário •10 Órgãos - 41 projetos contratados executados com métodos ágeis • Contexto: Métodos Ágeis e Contratações Públicas Utiliza Métodos Ágeis Internamente? 10% Não 10% Sim, a pouco tempo (menos de 50% 1 ano) Sim, a algum tempo (menos de 30% 3 anos) Curso de Especialização em Engenharia de Software 20
  • 21. Quais metodologias ágeis foram utilizadas na execução do contrato? 4 7 Programação Extrema - XP 0 Scrum Crystal Desenvolvimento Orientado a Testes - TDD 3 Desenvolvimento Enxuto - Lean Other 0 2 0 1 2 3 4 5 6 7 Curso de Especialização em Engenharia de Software 21
  • 22. Na execução de contratos públicos com métodos ágeis, é possível prever com precisão, nos momentos iniciais do projeto, seu escopo? 4 4 1 - Não, de maneira 3 nenhuma 2 2 2 2 3 2 4 1 5 - Sim, com certeza 0 0 Curso de Especialização em Engenharia de Software 22
  • 23. O quanto alta qualidade constante interfere na aplicação de métodos ágeis de desenvolvimento com empresas terceirizadas? 0 1 inviabiliza prejudica muito prejudica pouco 4 não prejudica 5 0 1 2 3 4 5 Curso de Especialização em Engenharia de Software 23
  • 24. Como seriam organizadas as Qual melhor maneira de ordens de serviço? medir o esforço de desenvolvimento? 10% 10% 0% por "sprint" 10% 20% Pontos por função por entrega (release) Homens-hora 50% Pontos de história por periodo Other (semanalmente, quinzenalmente,...) Other 70% 30% Curso de Especialização em Engenharia de Software 24
  • 25. Do ponto de vista da organização, qual o nível de dificuldade na gestão de um contrato de desenvolvimento de sistemas com a utilização de metodologias ágeis? 4 4 3 3 1- muito difícil 2 2 2 3 4 5 - muito fácil 1 1 0 0 Curso de Especialização em Engenharia de Software 25
  • 26. A organização pretende executar novos contratos de desenvolvimento de sistemas utilizando metodologias ágeis? 0% 40% Não Não sei Sim 60% Curso de Especialização em Engenharia de Software 26
  • 27. Opiniões “Estabelecer um processo de desenvolvimento que instrumente o contrato. Em cada projeto, estabelecer acordos de nível de serviço claros e parâmetros de qualidade para o produto, observando o processo de desenvolvimento da instituição contratante. O contratante deve monitorar e gerenciar continuamente os projetos contratados, de modo a antever possíveis problemas.” Curso de Especialização em Engenharia de Software 27
  • 28. Opiniões “Iterações curtas (2-4 semanas). Product Owner compartilhado pela TI e pelo usuario final frente a empresa terceirizada. Educação inicial e constante do usuário frente ao backlog - avaliações de cenários e custo-beneficio das decisões de repriorização e mudança. Dashboard e software visível para avaliação e monitoramento do projeto. Desenvolvimento por produto especifco e não por "saco" de PF para ser utilizado em qualquer coisa. SLAs medidos mais por criterios de entrega de SWEspecialização em Engenharia de Software Curso de e menos por documentação” 28
  • 29. Conclusão • Real tendência; – Outros exemplos no governo. • Estado Atual – Não há solução exata; – Órgãos em experimentação (inovação). – Sucesso pode estar relacionado a forma de gerenciamento de contratos Curso de Especialização em Engenharia de Software 29
  • 30. Conclusão • Dificuldades comuns: – Desconhecer a metodologia a ser empregada (cultura do contratado e do contratante); – Problema da contagem em PF: não é orientada a valor para o negócio ou ROI • As dificuldades se confudem com as de um paradigma tradicional de terceirização Curso de Especialização em Engenharia de Software 30
  • 31. Conclusão • CGU (recomendação) – Experiências próprias de práticas ágeis em desenvolvimentos internos; – Evolução do controle da qualidade em projetos contratados. • Ponto-chave: – Mudança de cultura da empresa contratada e do órgão. Curso de Especialização em Engenharia de Software 31
  • 32. Trabalhos Futuros • Melhorar o questionário e número de respondentes; • Entrevistas semi-estruturadas; • Envolver melhor o governo em eventos ágeis; • Aumentar o número de experiências documentadas no governo; • Criação de uma orientação ou modelo. Curso de Especialização em Engenharia de Software 32
  • 33. Obrigado! Curso de Especialização em Engenharia de Software 33