SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Na casa do pai
Meu pai perdi no tempo, e ganho em sonho./Se a noite me atribui poder de fuga,/sinto logo meu pai e nele
ponho/o olhar, lendo-lhe a face, ruga a ruga.
Está morto, que importa? Inda madruga/e seu rosto, nem triste nem risonho,/é o rosto, antigo, o mesmo. E não
enxuga/suor algum, na calma de meu sonho.
Oh meu pai arquiteto e fazendeiro!/Fazcinzas de silêncio, e suas roças/de cinza estão maduras, orvalhadas.
Por um rio que corre o tempo inteiro,/e corre além do tempo, enquanto as nossas/murcham num sopro fontes
represadas.”
Este belo poema de Carlos Drummond de Andrade inspirou-me lembranças da infância e de meu pai – aliás,
por causa dele parei pra pensar também na figura de um pai e no que ela representa em nossa cultura judaico -
cristã. Vários exemplos bíblicos de amor de pai me sobrevieram: o próprio Deus no Éden, após Adão e Eva se
esconderem por descobrirem que estavam nus, matou uma ovelha e os vestiu, como que de afeto e
consideração, e é notório o fato de as vestes estarem ligadas a reencontros com a autoridade do Pai. O filho
pródigo, ao retornar maltrapilho como estava, recebeu de seu pai um ”smoking” de festa juntamente com as
celebrações dignas de um rei.
José, filho de Jacó, antes de ser traído por seus irmãos, lhe rasgarem as roupas e ser vendido como escravo ao
Egito, ganhou uma caríssima túnica de cores variadas de seu próprio pai, o que, na época, caracterizava que o
pai tinha um apreço especial por aquele filho. Íntegro, recusou a mulher de Potifar, mas usou os dons que Deus
lhe dera para interpretar sonhos – o que fazia de bom grado para todos na prisão, motivo pelo qual foi indicado
a Faraó. Quando o rei o chamou, tomou banho, se barbeou e fez o quê? Vestiu novas vestes, as quais o
levaram até o governo do Egito (e aí elas significaram o início de um novo ciclo), após decifrar o famoso sonho
de faraó: sete vacas feias e magras que engoliam sete vacas belas e gordas; sete anos de abundância que
José usou para planejar e estocar alimentos a fim atravessar sete anos de escassez, seca e fome no mundo de
então. Um exemplo de gestão para governos brasileiros, lulopetistas ou não.
David também era o favorito do Pai, mas, por ser filho ilegítimo, não estava à mesa, quando o profeta Samuel
procurou seu pai para cumprir a missão de ungir um novo rei para Israel. Estava no campo, com vestes de
pastor de ovelhas, e saiu dali para vestir armaduras de guerreiro, além de púrpura e linhos finos, próprios de um
imperador.
Mas nem só de belas e novas vestes se vive e todos sabemos como faz bem um tênis já rodado e amaciado
nos pés, mesmo quando se ganha um novo de presente, como lembrança de alguém que se ama.
Daí escuto e anoto uma velha canção do conjunto Roupa Nova, informando que “da água da fonte cansei de
beber pra não envelhecer” e que “talvez eu seja simplesmente como um sapato velho, mas ainda sirvo, se você
me quiser / Basta você me calçar, que eu aqueço o frio de seus pés”. Puro afeto: como o alegre vestir de um
filho que nasce ou, com lágrimas, resignado, o colocar do terno no pai já morto.
José Carlos Nunes Barreto

Mais conteúdo relacionado

Destaque

23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil
23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil
23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantilABRACC
 
Parcial mat 9º ano 4º bim
Parcial mat 9º ano 4º bimParcial mat 9º ano 4º bim
Parcial mat 9º ano 4º bimTatiana Magris
 
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0Nuno Miguel
 
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...Fernando S. S. Barbosa
 
Sistemas de numeración no posicional
Sistemas de numeración no posicionalSistemas de numeración no posicional
Sistemas de numeración no posicionalPaulina Hernandez
 
14 cap iii.1.capilaridad
14 cap iii.1.capilaridad14 cap iii.1.capilaridad
14 cap iii.1.capilaridadsanaron
 
3,2,1,nos presentamos manuel
3,2,1,nos presentamos manuel3,2,1,nos presentamos manuel
3,2,1,nos presentamos manuelmanuelrechi
 
Alfabeto de nomes d
Alfabeto de nomes   dAlfabeto de nomes   d
Alfabeto de nomes dDário Reis
 
BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS

BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS
BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS

BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS
artecusco
 
Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015Carlos Lima
 
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02henrick1994
 
1 multiculturalidad beatrizlópezgómez
1 multiculturalidad  beatrizlópezgómez1 multiculturalidad  beatrizlópezgómez
1 multiculturalidad beatrizlópezgómezBeatrizzepol
 

Destaque (20)

PRINT_PF_05_EXPLORA_2
PRINT_PF_05_EXPLORA_2PRINT_PF_05_EXPLORA_2
PRINT_PF_05_EXPLORA_2
 
23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil
23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil
23 de novembro dia nacional de combate ao câncer infantil
 
Metodo de planificacion
Metodo de planificacionMetodo de planificacion
Metodo de planificacion
 
Actividades
ActividadesActividades
Actividades
 
Parcial mat 9º ano 4º bim
Parcial mat 9º ano 4º bimParcial mat 9º ano 4º bim
Parcial mat 9º ano 4º bim
 
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0
tabela-comparativa-candidatos-ordem-1-0
 
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...
ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA E DINAMOMÉTRICA DOS EFEITOS DO REPOUSO E DA CRIOTERA...
 
Fórmula Alvejante em Pó
Fórmula Alvejante em PóFórmula Alvejante em Pó
Fórmula Alvejante em Pó
 
Sistemas de numeración no posicional
Sistemas de numeración no posicionalSistemas de numeración no posicional
Sistemas de numeración no posicional
 
14 cap iii.1.capilaridad
14 cap iii.1.capilaridad14 cap iii.1.capilaridad
14 cap iii.1.capilaridad
 
3,2,1,nos presentamos manuel
3,2,1,nos presentamos manuel3,2,1,nos presentamos manuel
3,2,1,nos presentamos manuel
 
Alfabeto de nomes d
Alfabeto de nomes   dAlfabeto de nomes   d
Alfabeto de nomes d
 
BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS

BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS
BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS

BREVE ELEGIA A UNA SIPAS DE 19 ENEROS

 
Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015
 
Boletim07torneio 05
Boletim07torneio  05Boletim07torneio  05
Boletim07torneio 05
 
Trabajo dehoy (1)
Trabajo dehoy (1)Trabajo dehoy (1)
Trabajo dehoy (1)
 
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02
Linhapiezometricaedeenergia 091209121224-phpapp02
 
1 multiculturalidad beatrizlópezgómez
1 multiculturalidad  beatrizlópezgómez1 multiculturalidad  beatrizlópezgómez
1 multiculturalidad beatrizlópezgómez
 
Arquitectura sustentable presentacion
Arquitectura sustentable presentacionArquitectura sustentable presentacion
Arquitectura sustentable presentacion
 
ZF do Brasil_oct 2015
ZF do Brasil_oct 2015ZF do Brasil_oct 2015
ZF do Brasil_oct 2015
 

Mais de blogprofbarreto

Mais de blogprofbarreto (20)

Amor, dom supremo
Amor, dom supremoAmor, dom supremo
Amor, dom supremo
 
Homens, ideias e imortalidade
Homens, ideias e imortalidadeHomens, ideias e imortalidade
Homens, ideias e imortalidade
 
Felicidade interna bruta
Felicidade interna brutaFelicidade interna bruta
Felicidade interna bruta
 
A voz rouca das ruas
A voz rouca das ruasA voz rouca das ruas
A voz rouca das ruas
 
Jacy de assis, presídio ou escola
Jacy de assis, presídio ou escolaJacy de assis, presídio ou escola
Jacy de assis, presídio ou escola
 
Crimes de guerra
Crimes de guerraCrimes de guerra
Crimes de guerra
 
O bom pastor
O bom pastorO bom pastor
O bom pastor
 
Cisne negro
Cisne negroCisne negro
Cisne negro
 
Lua de sangue e páscoa
Lua de sangue e páscoaLua de sangue e páscoa
Lua de sangue e páscoa
 
A nova passeata dos 100 mil
A nova passeata dos 100 milA nova passeata dos 100 mil
A nova passeata dos 100 mil
 
Carta aberta aos prefeitos
Carta aberta aos prefeitosCarta aberta aos prefeitos
Carta aberta aos prefeitos
 
Carta aberta ao stf
Carta aberta ao stfCarta aberta ao stf
Carta aberta ao stf
 
Pensamento positivo
Pensamento positivoPensamento positivo
Pensamento positivo
 
A era da inteligência social
A era da inteligência socialA era da inteligência social
A era da inteligência social
 
A maior das inteligencias
A maior das inteligenciasA maior das inteligencias
A maior das inteligencias
 
A sombra da escravidao
A sombra da  escravidaoA sombra da  escravidao
A sombra da escravidao
 
Apresentacao empresarial
Apresentacao empresarialApresentacao empresarial
Apresentacao empresarial
 
As pessoas em primeiro lugar
As pessoas em primeiro lugarAs pessoas em primeiro lugar
As pessoas em primeiro lugar
 
Brasil mostra tua cara!
Brasil mostra tua cara!Brasil mostra tua cara!
Brasil mostra tua cara!
 
Cidades sustentaveis
Cidades sustentaveisCidades sustentaveis
Cidades sustentaveis
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 

Último (20)

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

Na casa do pai

  • 1. Na casa do pai Meu pai perdi no tempo, e ganho em sonho./Se a noite me atribui poder de fuga,/sinto logo meu pai e nele ponho/o olhar, lendo-lhe a face, ruga a ruga. Está morto, que importa? Inda madruga/e seu rosto, nem triste nem risonho,/é o rosto, antigo, o mesmo. E não enxuga/suor algum, na calma de meu sonho. Oh meu pai arquiteto e fazendeiro!/Fazcinzas de silêncio, e suas roças/de cinza estão maduras, orvalhadas. Por um rio que corre o tempo inteiro,/e corre além do tempo, enquanto as nossas/murcham num sopro fontes represadas.” Este belo poema de Carlos Drummond de Andrade inspirou-me lembranças da infância e de meu pai – aliás, por causa dele parei pra pensar também na figura de um pai e no que ela representa em nossa cultura judaico - cristã. Vários exemplos bíblicos de amor de pai me sobrevieram: o próprio Deus no Éden, após Adão e Eva se esconderem por descobrirem que estavam nus, matou uma ovelha e os vestiu, como que de afeto e consideração, e é notório o fato de as vestes estarem ligadas a reencontros com a autoridade do Pai. O filho pródigo, ao retornar maltrapilho como estava, recebeu de seu pai um ”smoking” de festa juntamente com as celebrações dignas de um rei. José, filho de Jacó, antes de ser traído por seus irmãos, lhe rasgarem as roupas e ser vendido como escravo ao Egito, ganhou uma caríssima túnica de cores variadas de seu próprio pai, o que, na época, caracterizava que o pai tinha um apreço especial por aquele filho. Íntegro, recusou a mulher de Potifar, mas usou os dons que Deus lhe dera para interpretar sonhos – o que fazia de bom grado para todos na prisão, motivo pelo qual foi indicado a Faraó. Quando o rei o chamou, tomou banho, se barbeou e fez o quê? Vestiu novas vestes, as quais o levaram até o governo do Egito (e aí elas significaram o início de um novo ciclo), após decifrar o famoso sonho de faraó: sete vacas feias e magras que engoliam sete vacas belas e gordas; sete anos de abundância que José usou para planejar e estocar alimentos a fim atravessar sete anos de escassez, seca e fome no mundo de então. Um exemplo de gestão para governos brasileiros, lulopetistas ou não. David também era o favorito do Pai, mas, por ser filho ilegítimo, não estava à mesa, quando o profeta Samuel procurou seu pai para cumprir a missão de ungir um novo rei para Israel. Estava no campo, com vestes de pastor de ovelhas, e saiu dali para vestir armaduras de guerreiro, além de púrpura e linhos finos, próprios de um imperador. Mas nem só de belas e novas vestes se vive e todos sabemos como faz bem um tênis já rodado e amaciado nos pés, mesmo quando se ganha um novo de presente, como lembrança de alguém que se ama. Daí escuto e anoto uma velha canção do conjunto Roupa Nova, informando que “da água da fonte cansei de beber pra não envelhecer” e que “talvez eu seja simplesmente como um sapato velho, mas ainda sirvo, se você me quiser / Basta você me calçar, que eu aqueço o frio de seus pés”. Puro afeto: como o alegre vestir de um filho que nasce ou, com lágrimas, resignado, o colocar do terno no pai já morto. José Carlos Nunes Barreto