SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Cisne negro
Foram mais de dois anos após o lançamento, quando tive o prazer e a oportunidade de apreciar a obra de arte
do diretor Darren Aronofsky que dá título a este artigo ou “Black Swan” na língua original estadunidense, que dá
maior significado ao título como expressão idiomática e, por conseguinte, ao que se quer dizer no drama – é um
filme de suspense estrelado por Natalie Portman na interpretação da bailarina Nina Sayers, que lhe valeu o
Oscar e nove entre dez premiações em que concorreu entre 2010 e 2011. Para quem ainda não viu, aviso que
vou fazer revelações sobre o enredo, que não impedirão ninguém de curtir este drama psicológico, vivido por
Nina, ao saber pelo seu diretor artístico Thomas Leroy (Vicent Cassel), que fora a indicada para principal
protagonista da estreia da companhia nova-iorquina de Ballet, em “O lago dos Cisnes”. Ela teria que interpretar
tanto o cisne branco quanto o cisne negro. Ocorre que o perfil de Nina se encaixa perfeitamente no do cisne
branco, pela sua suavidade, inocência e graça, e nunca no do cisne negro, que exige malícia, sensualidade e
algo de anjo do mal, papel que sua rival, Beth MacIntyre (Winona Ryder), faz com perfeição, ao ponto de o
diretor balançar na decisão sobre qual das duas iria escalar para o espetáculo.
A ambição profissional de Nina fora incentivada, desde muito cedo, pela sua mãe Erica, uma bailarina
aposentada que jamais chegara aos píncaros da glória que sua filha está prestes a alcançar. E o Wikipédia em
seu resumo sobre a trama alimenta a curiosidade de quem não assistiu à película: “Na busca pelo seu lado
obsceno, Nina acaba causando um conflito dentro de sua conturbada mente e, nessa obsessão em criar um
cisne negro, ela pode acabar destruindo sua sanidade”.
Na verdade, ela enlouqueceu. A busca constante pela perfeição, aliada ao antagonismo de sua principal
oponente, bem como ao alterego da mãe, foram demais para a “pobre coitada”, mas excelente bailarina.
Todavia ela venceu a disputa e conseguiu dançar na estreia com perfeição, tanto o cisne branco quanto o cisne
negro. Contudo, nos momentos de tensão anteriores no camarim, num ataque de loucura, quebrou o vidro do
espelho e se perfurou no abdomem, achando que estava atacando sua oponente. O filme acaba dando a
entender que Nina morre em virtude desses ferimentos e pelo esforço sobre-humano de tão grande
performance, apesar do grave ferimento.
Fiquei condoido e pensei: que pena! Tanta vida pela frente e bastava uma boa psicóloga e um divã para poder
harmonizar o lado anjo mal da sensualidade exigida com o lado angelical de doçura e graça, nato na artista. E
parei para tirar algumas lições após refletir – quantas vezes somos violentados para mostrar algo estupendo
que não temos e, a partir daí, após o evento, somos esvaziados ao ponto de adoecermos e, no limite,
morrermos com um câncer ou infarto?
Aprender a sobreviver para contar a história aos netos, significa não morrer tão cedo, e também não ser o
primeiro em honra diante de um júri impassível ou de uma sociedade que quer cada vez mais e mais para
desperdiçar depois. Desperdiçamos vidas e isso é crime. Oxalá, possamos salvar ainda alguma destas crianças
das armadilhas do ego exacerbado de pais e mães e da falta de misericórdia de chefes e diretores pitbuls. Que
haja luz, menos câmeras e mais ação!
Professor doutor e presidente da Academia de Letras de Uberlândia(ALU-MG)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vou-me embora pro passado
Vou-me embora pro passadoVou-me embora pro passado
Vou-me embora pro passadoguest4aa2ba2
 
O filho do século - Murilo Mendes
O filho do século - Murilo MendesO filho do século - Murilo Mendes
O filho do século - Murilo MendesMima Badan
 
Cão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen kingCão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen kingAdriana Dom
 
aprensentaçao_cedaspy01
aprensentaçao_cedaspy01aprensentaçao_cedaspy01
aprensentaçao_cedaspy01Diego Costa
 
Duas loucas na família cullen
Duas loucas na família cullenDuas loucas na família cullen
Duas loucas na família cullenGabriela Alves
 
O fantasma de canterville
O fantasma de cantervilleO fantasma de canterville
O fantasma de cantervilleEddye Oliveira
 
(Incompleto)acephali.conto.introdutorio
(Incompleto)acephali.conto.introdutorio(Incompleto)acephali.conto.introdutorio
(Incompleto)acephali.conto.introdutorioGiselle Scariötto
 
S. c. stephens [thoughtless 02] - effortless ok 1
S. c. stephens    [thoughtless 02] - effortless ok 1S. c. stephens    [thoughtless 02] - effortless ok 1
S. c. stephens [thoughtless 02] - effortless ok 1Fê Cagno
 
Cena da alcouveteira
Cena da alcouveteiraCena da alcouveteira
Cena da alcouveteiraBenvinda Céu
 
09 série maridos italianos- juras secretas kl)
09 série maridos italianos- juras secretas kl)09 série maridos italianos- juras secretas kl)
09 série maridos italianos- juras secretas kl)marilene queiroz
 
Auto barca ricardo
Auto barca ricardoAuto barca ricardo
Auto barca ricardoAna Tavares
 

Mais procurados (18)

Vou-me embora pro passado
Vou-me embora pro passadoVou-me embora pro passado
Vou-me embora pro passado
 
Recordar é viver
Recordar é viverRecordar é viver
Recordar é viver
 
Todos os dias
Todos os diasTodos os dias
Todos os dias
 
Paródias
ParódiasParódias
Paródias
 
Mãe das dores
Mãe das doresMãe das dores
Mãe das dores
 
O filho do século - Murilo Mendes
O filho do século - Murilo MendesO filho do século - Murilo Mendes
O filho do século - Murilo Mendes
 
Marcha fúnebre
Marcha fúnebreMarcha fúnebre
Marcha fúnebre
 
Cão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen kingCão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen king
 
aprensentaçao_cedaspy01
aprensentaçao_cedaspy01aprensentaçao_cedaspy01
aprensentaçao_cedaspy01
 
A narrativa
A narrativaA narrativa
A narrativa
 
Duas loucas na família cullen
Duas loucas na família cullenDuas loucas na família cullen
Duas loucas na família cullen
 
O fantasma de canterville
O fantasma de cantervilleO fantasma de canterville
O fantasma de canterville
 
(Incompleto)acephali.conto.introdutorio
(Incompleto)acephali.conto.introdutorio(Incompleto)acephali.conto.introdutorio
(Incompleto)acephali.conto.introdutorio
 
S. c. stephens [thoughtless 02] - effortless ok 1
S. c. stephens    [thoughtless 02] - effortless ok 1S. c. stephens    [thoughtless 02] - effortless ok 1
S. c. stephens [thoughtless 02] - effortless ok 1
 
Cena da alcouveteira
Cena da alcouveteiraCena da alcouveteira
Cena da alcouveteira
 
09 série maridos italianos- juras secretas kl)
09 série maridos italianos- juras secretas kl)09 série maridos italianos- juras secretas kl)
09 série maridos italianos- juras secretas kl)
 
Alcoviteira
AlcoviteiraAlcoviteira
Alcoviteira
 
Auto barca ricardo
Auto barca ricardoAuto barca ricardo
Auto barca ricardo
 

Semelhante a Cisne negro

Entrevista a Luiz Rosemberg Filho
Entrevista a Luiz Rosemberg FilhoEntrevista a Luiz Rosemberg Filho
Entrevista a Luiz Rosemberg FilhoBárbara Morais
 
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdf
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdflivro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdf
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdfAlissonDeLimaPadilha
 
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-Corvo
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-CorvoEntrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-Corvo
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-CorvoRaquel Alves
 
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docx
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docxCópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docx
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docxAndrLus760805
 
Trecho de Filha do sangue
Trecho de Filha do sangueTrecho de Filha do sangue
Trecho de Filha do sanguePatty Santos
 
Conto Black Wings- especial Dia dos Namorados
Conto Black Wings- especial Dia dos NamoradosConto Black Wings- especial Dia dos Namorados
Conto Black Wings- especial Dia dos NamoradosRaquel Alves
 

Semelhante a Cisne negro (11)

Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
 
Ensaio cisne
Ensaio cisneEnsaio cisne
Ensaio cisne
 
Entrevista a Luiz Rosemberg Filho
Entrevista a Luiz Rosemberg FilhoEntrevista a Luiz Rosemberg Filho
Entrevista a Luiz Rosemberg Filho
 
Filmes como suporte pedagogico
Filmes como suporte pedagogico Filmes como suporte pedagogico
Filmes como suporte pedagogico
 
Poe's
Poe'sPoe's
Poe's
 
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdf
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdflivro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdf
livro gay-Enquanto-eu-não-te-encontro.pdf
 
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-Corvo
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-CorvoEntrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-Corvo
Entrevista: Descobrindo os segredos do livro Diário da Mãe-Corvo
 
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docx
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docxCópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docx
Cópia de ESTRUTURA PARA TRABALHO_032017.docx
 
Sol da minha vida
Sol da minha vidaSol da minha vida
Sol da minha vida
 
Trecho de Filha do sangue
Trecho de Filha do sangueTrecho de Filha do sangue
Trecho de Filha do sangue
 
Conto Black Wings- especial Dia dos Namorados
Conto Black Wings- especial Dia dos NamoradosConto Black Wings- especial Dia dos Namorados
Conto Black Wings- especial Dia dos Namorados
 

Mais de blogprofbarreto

Mais de blogprofbarreto (20)

Amor, dom supremo
Amor, dom supremoAmor, dom supremo
Amor, dom supremo
 
Homens, ideias e imortalidade
Homens, ideias e imortalidadeHomens, ideias e imortalidade
Homens, ideias e imortalidade
 
Felicidade interna bruta
Felicidade interna brutaFelicidade interna bruta
Felicidade interna bruta
 
A voz rouca das ruas
A voz rouca das ruasA voz rouca das ruas
A voz rouca das ruas
 
Jacy de assis, presídio ou escola
Jacy de assis, presídio ou escolaJacy de assis, presídio ou escola
Jacy de assis, presídio ou escola
 
Crimes de guerra
Crimes de guerraCrimes de guerra
Crimes de guerra
 
O bom pastor
O bom pastorO bom pastor
O bom pastor
 
Lua de sangue e páscoa
Lua de sangue e páscoaLua de sangue e páscoa
Lua de sangue e páscoa
 
A nova passeata dos 100 mil
A nova passeata dos 100 milA nova passeata dos 100 mil
A nova passeata dos 100 mil
 
Carta aberta aos prefeitos
Carta aberta aos prefeitosCarta aberta aos prefeitos
Carta aberta aos prefeitos
 
Carta aberta ao stf
Carta aberta ao stfCarta aberta ao stf
Carta aberta ao stf
 
Na casa do pai
Na casa do paiNa casa do pai
Na casa do pai
 
Pensamento positivo
Pensamento positivoPensamento positivo
Pensamento positivo
 
A era da inteligência social
A era da inteligência socialA era da inteligência social
A era da inteligência social
 
A maior das inteligencias
A maior das inteligenciasA maior das inteligencias
A maior das inteligencias
 
A sombra da escravidao
A sombra da  escravidaoA sombra da  escravidao
A sombra da escravidao
 
Apresentacao empresarial
Apresentacao empresarialApresentacao empresarial
Apresentacao empresarial
 
As pessoas em primeiro lugar
As pessoas em primeiro lugarAs pessoas em primeiro lugar
As pessoas em primeiro lugar
 
Brasil mostra tua cara!
Brasil mostra tua cara!Brasil mostra tua cara!
Brasil mostra tua cara!
 
Cidades sustentaveis
Cidades sustentaveisCidades sustentaveis
Cidades sustentaveis
 

Último

BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 

Último (20)

BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 

Cisne negro

  • 1. Cisne negro Foram mais de dois anos após o lançamento, quando tive o prazer e a oportunidade de apreciar a obra de arte do diretor Darren Aronofsky que dá título a este artigo ou “Black Swan” na língua original estadunidense, que dá maior significado ao título como expressão idiomática e, por conseguinte, ao que se quer dizer no drama – é um filme de suspense estrelado por Natalie Portman na interpretação da bailarina Nina Sayers, que lhe valeu o Oscar e nove entre dez premiações em que concorreu entre 2010 e 2011. Para quem ainda não viu, aviso que vou fazer revelações sobre o enredo, que não impedirão ninguém de curtir este drama psicológico, vivido por Nina, ao saber pelo seu diretor artístico Thomas Leroy (Vicent Cassel), que fora a indicada para principal protagonista da estreia da companhia nova-iorquina de Ballet, em “O lago dos Cisnes”. Ela teria que interpretar tanto o cisne branco quanto o cisne negro. Ocorre que o perfil de Nina se encaixa perfeitamente no do cisne branco, pela sua suavidade, inocência e graça, e nunca no do cisne negro, que exige malícia, sensualidade e algo de anjo do mal, papel que sua rival, Beth MacIntyre (Winona Ryder), faz com perfeição, ao ponto de o diretor balançar na decisão sobre qual das duas iria escalar para o espetáculo. A ambição profissional de Nina fora incentivada, desde muito cedo, pela sua mãe Erica, uma bailarina aposentada que jamais chegara aos píncaros da glória que sua filha está prestes a alcançar. E o Wikipédia em seu resumo sobre a trama alimenta a curiosidade de quem não assistiu à película: “Na busca pelo seu lado obsceno, Nina acaba causando um conflito dentro de sua conturbada mente e, nessa obsessão em criar um cisne negro, ela pode acabar destruindo sua sanidade”. Na verdade, ela enlouqueceu. A busca constante pela perfeição, aliada ao antagonismo de sua principal oponente, bem como ao alterego da mãe, foram demais para a “pobre coitada”, mas excelente bailarina. Todavia ela venceu a disputa e conseguiu dançar na estreia com perfeição, tanto o cisne branco quanto o cisne negro. Contudo, nos momentos de tensão anteriores no camarim, num ataque de loucura, quebrou o vidro do espelho e se perfurou no abdomem, achando que estava atacando sua oponente. O filme acaba dando a entender que Nina morre em virtude desses ferimentos e pelo esforço sobre-humano de tão grande performance, apesar do grave ferimento. Fiquei condoido e pensei: que pena! Tanta vida pela frente e bastava uma boa psicóloga e um divã para poder harmonizar o lado anjo mal da sensualidade exigida com o lado angelical de doçura e graça, nato na artista. E parei para tirar algumas lições após refletir – quantas vezes somos violentados para mostrar algo estupendo que não temos e, a partir daí, após o evento, somos esvaziados ao ponto de adoecermos e, no limite, morrermos com um câncer ou infarto? Aprender a sobreviver para contar a história aos netos, significa não morrer tão cedo, e também não ser o primeiro em honra diante de um júri impassível ou de uma sociedade que quer cada vez mais e mais para desperdiçar depois. Desperdiçamos vidas e isso é crime. Oxalá, possamos salvar ainda alguma destas crianças das armadilhas do ego exacerbado de pais e mães e da falta de misericórdia de chefes e diretores pitbuls. Que haja luz, menos câmeras e mais ação! Professor doutor e presidente da Academia de Letras de Uberlândia(ALU-MG)