Durante a Guerra Colonial muitos começaram a chegar   aos poucos a Portugal. Depois de 1974 chegarammilhares. Ao todo fora...
Ao chegarem a Portugal, muitos não tinham lugar para  onde ir. No aeroporto esperavam dias e noites até        encontrarem...
O Instituto de Apoio ao Retorno de Nacionais, o IARN, foi a    instituição governamental criada para orientar estes  indiv...
Aqueles que não tinham um lar em Portugal eramencaminhados pelo IARN para várias pensões e hotéis que na altura estavam a ...
Todos os hotéis e pensões lucraram com a situação  dos “Desalojados”. Alguns estabelecimentos, por   ganharem dinheiro por...
Aqueles que chegaram sem nada faziam longasfilas à frente da Cruz Vermelha e do IARN. Pediam            roupa e comida pri...
Contudo, Portugal não estava preparado para achegada destas pessoas e a ajuda não chegava a                     todos.
Começaram a surgir movimentos de revolta. Exigiam-seindemnizações pelos bens deixados nas ex-colónias e mais              ...
De várias formas, cada um recomeçou uma                nova vida.
Com o tempo já não eram mais “Retornados”, nem“Desalojados”, nem “Refugiados” e o sotaque que muitos         tinham foi de...
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Chamaram-lhes "Retornados"
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Chamaram-lhes "Retornados"

11.029 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9.007
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Chamaram-lhes "Retornados"

  1. 1. Durante a Guerra Colonial muitos começaram a chegar aos poucos a Portugal. Depois de 1974 chegarammilhares. Ao todo foram meio milhão. Chamaram-lhes os “Retornados”.
  2. 2. Ao chegarem a Portugal, muitos não tinham lugar para onde ir. No aeroporto esperavam dias e noites até encontrarem um lugar para ficarem.
  3. 3. O Instituto de Apoio ao Retorno de Nacionais, o IARN, foi a instituição governamental criada para orientar estes indivíduos a encontrar trabalho, habitação e até mesmo roupa e alimentação.
  4. 4. Aqueles que não tinham um lar em Portugal eramencaminhados pelo IARN para várias pensões e hotéis que na altura estavam a entrar em falência devido à instabilidade do País.
  5. 5. Todos os hotéis e pensões lucraram com a situação dos “Desalojados”. Alguns estabelecimentos, por ganharem dinheiro por cada hóspede, alojaramfamílias e desconhecidos em quartos transformados em camaratas. O dinheiro dado pelo IARN a estes estabelecimentos nem sempre era gasto paramelhorar as condições de alojamento e alimentação.
  6. 6. Aqueles que chegaram sem nada faziam longasfilas à frente da Cruz Vermelha e do IARN. Pediam roupa e comida principalmente.
  7. 7. Contudo, Portugal não estava preparado para achegada destas pessoas e a ajuda não chegava a todos.
  8. 8. Começaram a surgir movimentos de revolta. Exigiam-seindemnizações pelos bens deixados nas ex-colónias e mais ajudas aos desalojados.
  9. 9. De várias formas, cada um recomeçou uma nova vida.
  10. 10. Com o tempo já não eram mais “Retornados”, nem“Desalojados”, nem “Refugiados” e o sotaque que muitos tinham foi desaparecendo aos poucos. No começo dos anos oitenta já muitos tinham a sua vida orientada e o IARN extinguiu-se. Muitos dos bens que tinham emÁfrica nunca foram recuperados. A vida que lá sonharam, essa, desapareceu para sempre.

×