Modelagem avo

441 visualizações

Publicada em

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
441
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelagem avo

  1. 1. TPN03S1 Tecnologia em Petróleo e Gás André - Dheimison – Lilia Maria - Naiara – Robertcley Modelagem AVO
  2. 2. AVO • Do inglês: Variação da amplitude com o afastamento
  3. 3. • Método sísmico de reflexão
  4. 4. • Coeficiente de reflexão e impedância acústica
  5. 5. • AVO (A variação da amplitude com o afastamento)
  6. 6. Campo de Namorado • O reservatório produtor no Campo de Namorado é um arenito de idade Albiano-Cenomaniano, com profundidade variável entre 2.940 m e 3.300 m. Classificado como arcósio com espessura variável entre 5 m e 130 m, apresentando grãos finos a grossos, baixo grau de arredondamento e esfericidade, porosidade variável de 15% a 32% e permeabilidade entre 60 a 2500 milidarcys.
  7. 7. • O Campo Escola de Namorado, situado na Bacia de Campos no Rio de Janeiro é composto de 56 poços.
  8. 8. Interpretação dos atributos AVO • Contribuição • Caráter • Integração • Caracterização
  9. 9. • OBS: Para conduzir a analise AVO é necessário conhecer os valores das propriedades sísmicas básicas da rocha: velocidade da onda compressional, da velocidade da onda cisalhante.
  10. 10. Métodos • Preparação de perfis do poço para a modelagem AVO; • Substituição de fluido in situ; • Modelagem AVO; • Representação gráfica dos atributos AVO.
  11. 11. Principais litotipos foram agrupados em três eletrofácies por meio da combinação dos perfis GR e RHOB GR – Raio Gama / DT – Tempo de Transito / RHOB – Densidade / ILD – Resistividade / NPHI – Porosidade / Ip – Impedância. 1. Arenito reservatório: identifica por baixos valores de GR e RHOB. Esses arenitos possuem excelente qualidade de rocha reservatório, como pode ser conferido através do perfil ILD.
  12. 12. 2. Sedimentos finos: identificado por altos valores de GR e RHOB. Estão inclusos nesses sedimentos folhelhos e margas. Como o folhelho é o sedimento mais comum, ele será adotado para conduzir a modelagem AVO. Principais litotipos foram agrupados em três eletrofácies por meio da combinação dos perfis GR e RHOB GR – Raio Gama / DT – Tempo de Transito / RHOB – Densidade / ILD – Resistividade / NPHI – Porosidade / Ip – Impedância.
  13. 13. Principais litotipos foram agrupados em três eletrofácies por meio da combinação dos perfis GR e RHOB 3. Calcário: identificado por baixos valores de GR e altos valores de RHOB. A presença desse litotipo é necessária na modelagem, uma vez que ele delimita a base do reservatório. GR – Raio Gama / DT – Tempo de Transito / RHOB – Densidade / ILD – Resistividade / NPHI – Porosidade / Ip – Impedância.
  14. 14. • As cores verde, amarela e azul na coluna à direita representam os litotipos folhelho, arenito e calcário, respectivamente. GR – Raio Gama / DT – Tempo de Transito / RHOB – Densidade / ILD – Resistividade / NPHI – Porosidade / Ip – Impedância.
  15. 15. • Propriedades sísmicas da rocha: Vp (m/s), Vs (m/s), densidade (g/cm3) e razão de Poisson em função da profundidade (m). As flechas indicam os intervalos e arenito saturado com óleo.
  16. 16. • Propriedades sısmicas da rocha: Vp (m/s), Vs (m/s), densidade (g/cm3) e razão de Poisson em função da profundidade (m) obtidas via substituição de fluidos para água. As flechas indicam os intervalos de arenito saturado com óleo (em vermelho) e arenito saturado com água (em azul).
  17. 17. • Diagrama de dispersão cruzada da razão da velocidade da onda compressional (Vp) pela velocidade da onda cisalhante (Vs ) em função de Vp (m/s).
  18. 18. • Modelagem AVO sintética 2D. À esquerda foram considerados intervalos de arenito saturado com água e à direita foi considerado o arenito saturado com óleo
  19. 19. • Correlação entre a modelagem AVO sintética 2D para o arenito saturado com óleo com os perfis de impedância acústica da onda P (m/s.gr/cm3) em função da profundidade (m) e de resistividade (ohm.m) em função do tempo (ms). O retângulo vermelho indica a zona de óleo e o retângulo azul indica a zona de transição óleo/água.
  20. 20. • Coeficiente de reflexão em função do incremento do angulo de incidência para o topo do reservatório (zona de óleo e zona de transição óleo/água). Notar que o coeficiente de reflexão aumenta com o incremento do angulo de incidência; e que os valores do coeficiente de reflexão são maiores apos a substituição de óleo por água no arenito.
  21. 21. Conclusão • A substituição de óleo por água no arenito reservatório in situ provocou alterações nos valores das propriedades sísmicas da rocha. Isto possibilita o estudo do efeito desses dois fluidos na resposta AVO. • Comparando as modelagens para o arenito saturado com óleo e para o arenito saturado com água, foi possível distinguir aquela com óleo presente, devido aàs amplitudes com valores mais negativos para a zona de óleo. • A modelagem AVO revelou que a magnitude da amplitude diminui com o incremento do ângulo de incidência.

×