SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Se fosse no sertão era assim:

Mãe só tem uma!
Foi um rapaz bem aparentado
que tinha acabado de virar rei.
Em sonho, Deus lhe disse:
É pra hoje mesmo, visse,
meu rapaz, você foi coroado
pede um presente e Eu lhe
darei.
Ele já a tinha resposta pronta,
não custou nem um piscado,
disse: eu quero é ser desarnado
porque ‘tô feito barata tonta
precisa juízo demais da conta
pra eu dar conta desse riscado.
É uma razão de um lado
e do outro também tem
e eu no meio, não quero
tirar a razão de ninguém.
Ser um rei justo, sincero
e bom, é esse o meu porém.
Que seja assim meu reinado.
E muito Deus se agradou,
daquele nobre coração
e lhe disse embevecido:
Dou-lhe um coração sabido
como nunca teve jamais
e eu lhe dou ainda mais.
Não há tesouro escondido
como o que lhe vai ser revelado.
Dou riqueza por todo lado
e um bucho bem furnido
porque fez direito o pedido
e sabe o que é valorizado.
O rei Salomão se animou
com sua bênção prometida.
Deu como recebida
e ele logo a aproveitou,
numa querela comprida
de duas mulé da vida.
Duas mães desmanteladas,
cada uma pariu um menino.
De noite, uma abestaiada
deitou-se no pequenino.
E pra não ficar desfilhada
tomou o da que tava dormino.
A mulher contou a sua versão
de toda a sua triste história.
O rei resolveu a situação
sem nem puxar pela memória.
Chamou logo o capitão:
Ôme, traga aqui seu facão!
Com a ordem inesperada
o Capitão veio sartando.
E o povo foi se rebuliçando
querendo ver a solução.
Ouviu do rei foi a lapada:
Parta no meio o chorão!.
Aquela que nem prestava,
bem alto, a doida, gritava:
Parta bem no meio do bucho.
Ninguém leva esse gorducho.
E eu fico é de égua lavada.
Melhor metade do que nada.
E o aquieta arreda, ficou ativo,
mas não demorou o impasse.
Antes que a desgraça chegasse
uma delas disse com pavor:
Seu rei, por favor, seu doutor,
dê o menino a ela, mas dê vivo.
O rei parou toda a revolta
e mandou agir com sabedoria,
o amor da mãe recompensou
entregando o filho a quem
amou,
lhe dando de novo a luz da vida,
mesmo que ficasse só e sofrida.
Não há saber maior que o dela
saber que Deus deu à mãe da gente.
Seja de tirar com água a remela
ou de curar com beijo o doente.
Porque a sabedoria que mora nela
é a que lhe deixa a gente contente.
Mãe, o seu amor é um tesouro
que vale muito mais do que ouro.
Nele, Deus me mostrou a riqueza
desse amor tão puro e especial.
Seu cuidado ensina a certeza
da proteção de todo o mal.
Agradeço por tudo, Mainha!

   Acesse mais cordéis cristãos em:
 http://blogpastoraanavirginia.blogspot.com.br/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Mary Alvarenga
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Vania Mendes
 
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.Laís Durães
 
Divisão de números decimais
Divisão de números decimaisDivisão de números decimais
Divisão de números decimaisMary Alvarenga
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdfMary Alvarenga
 
Textos reflexivos trabalho em equipe
Textos reflexivos   trabalho em equipeTextos reflexivos   trabalho em equipe
Textos reflexivos trabalho em equipeAlekson Morais
 
Formatura do 5º ano 2012
Formatura do 5º ano 2012Formatura do 5º ano 2012
Formatura do 5º ano 2012Ione CoRez
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaJairo Felipe
 
POEMA DA ALIMENTAÇÃO
POEMA DA ALIMENTAÇÃOPOEMA DA ALIMENTAÇÃO
POEMA DA ALIMENTAÇÃOOdete Almeida
 
Deu a louca nos contos de fada
Deu a louca nos contos de fadaDeu a louca nos contos de fada
Deu a louca nos contos de fadajosivaldopassos
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunçõesTeresa Rocha
 
Tela: Família de Tarsila do Amaral
Tela: Família de Tarsila do AmaralTela: Família de Tarsila do Amaral
Tela: Família de Tarsila do AmaralAndrea Alves
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 
Sequência didática - resenha e sinopse
Sequência didática  - resenha e sinopse Sequência didática  - resenha e sinopse
Sequência didática - resenha e sinopse Roberta Vuaden
 
Cerimonial 15 anos camila
Cerimonial 15 anos camilaCerimonial 15 anos camila
Cerimonial 15 anos camilaotonielbisneto
 

Mais procurados (20)

Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
 
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.
Peça de teatro cômica em homenagem ao dia dos avós.
 
Divisão de números decimais
Divisão de números decimaisDivisão de números decimais
Divisão de números decimais
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
 
Textos reflexivos trabalho em equipe
Textos reflexivos   trabalho em equipeTextos reflexivos   trabalho em equipe
Textos reflexivos trabalho em equipe
 
Conto Popular
Conto PopularConto Popular
Conto Popular
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Formatura do 5º ano 2012
Formatura do 5º ano 2012Formatura do 5º ano 2012
Formatura do 5º ano 2012
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
 
Pontuando piadas
Pontuando piadasPontuando piadas
Pontuando piadas
 
POEMA DA ALIMENTAÇÃO
POEMA DA ALIMENTAÇÃOPOEMA DA ALIMENTAÇÃO
POEMA DA ALIMENTAÇÃO
 
Deu a louca nos contos de fada
Deu a louca nos contos de fadaDeu a louca nos contos de fada
Deu a louca nos contos de fada
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
 
Tela: Família de Tarsila do Amaral
Tela: Família de Tarsila do AmaralTela: Família de Tarsila do Amaral
Tela: Família de Tarsila do Amaral
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
Sequência didática - resenha e sinopse
Sequência didática  - resenha e sinopse Sequência didática  - resenha e sinopse
Sequência didática - resenha e sinopse
 
Cerimonial 15 anos camila
Cerimonial 15 anos camilaCerimonial 15 anos camila
Cerimonial 15 anos camila
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMAAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
 

Destaque

Peças para dia das mães
Peças para dia das mães Peças para dia das mães
Peças para dia das mães Anedina Izabel
 
Slide dia das mães
Slide dia das mãesSlide dia das mães
Slide dia das mãesAna Melo
 
Literatura de cordel
Literatura de cordelLiteratura de cordel
Literatura de cordelGracita Fraga
 
Cordel adolescente, ô xente!
Cordel adolescente, ô xente!Cordel adolescente, ô xente!
Cordel adolescente, ô xente!Lucimeire Lima
 
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8Clara Veiga
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de JulianaCybele Meyer
 

Destaque (8)

#redecegonha | Cordel
#redecegonha | Cordel#redecegonha | Cordel
#redecegonha | Cordel
 
Peças para dia das mães
Peças para dia das mães Peças para dia das mães
Peças para dia das mães
 
Slide dia das mães
Slide dia das mãesSlide dia das mães
Slide dia das mães
 
Literatura de cordel
Literatura de cordelLiteratura de cordel
Literatura de cordel
 
Cordel adolescente, ô xente!
Cordel adolescente, ô xente!Cordel adolescente, ô xente!
Cordel adolescente, ô xente!
 
A Literatura de Cordel em Sala (Projeto Pibid 2013)
A Literatura de Cordel em Sala (Projeto Pibid 2013)A Literatura de Cordel em Sala (Projeto Pibid 2013)
A Literatura de Cordel em Sala (Projeto Pibid 2013)
 
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
 

Último

O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusFilipeDuartedeBem
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxPIB Penha
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 

Último (15)

O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 

Cordel em Homenagem às Mães: Mãe só tem uma

  • 1. Se fosse no sertão era assim: Mãe só tem uma!
  • 2. Foi um rapaz bem aparentado que tinha acabado de virar rei. Em sonho, Deus lhe disse: É pra hoje mesmo, visse, meu rapaz, você foi coroado pede um presente e Eu lhe darei.
  • 3. Ele já a tinha resposta pronta, não custou nem um piscado, disse: eu quero é ser desarnado porque ‘tô feito barata tonta precisa juízo demais da conta pra eu dar conta desse riscado.
  • 4. É uma razão de um lado e do outro também tem e eu no meio, não quero tirar a razão de ninguém. Ser um rei justo, sincero e bom, é esse o meu porém. Que seja assim meu reinado.
  • 5. E muito Deus se agradou, daquele nobre coração e lhe disse embevecido: Dou-lhe um coração sabido como nunca teve jamais e eu lhe dou ainda mais.
  • 6. Não há tesouro escondido como o que lhe vai ser revelado. Dou riqueza por todo lado e um bucho bem furnido porque fez direito o pedido e sabe o que é valorizado.
  • 7. O rei Salomão se animou com sua bênção prometida. Deu como recebida e ele logo a aproveitou, numa querela comprida de duas mulé da vida.
  • 8. Duas mães desmanteladas, cada uma pariu um menino. De noite, uma abestaiada deitou-se no pequenino. E pra não ficar desfilhada tomou o da que tava dormino.
  • 9. A mulher contou a sua versão de toda a sua triste história. O rei resolveu a situação sem nem puxar pela memória. Chamou logo o capitão: Ôme, traga aqui seu facão!
  • 10. Com a ordem inesperada o Capitão veio sartando. E o povo foi se rebuliçando querendo ver a solução. Ouviu do rei foi a lapada: Parta no meio o chorão!.
  • 11. Aquela que nem prestava, bem alto, a doida, gritava: Parta bem no meio do bucho. Ninguém leva esse gorducho. E eu fico é de égua lavada. Melhor metade do que nada.
  • 12. E o aquieta arreda, ficou ativo, mas não demorou o impasse. Antes que a desgraça chegasse uma delas disse com pavor: Seu rei, por favor, seu doutor, dê o menino a ela, mas dê vivo.
  • 13. O rei parou toda a revolta e mandou agir com sabedoria, o amor da mãe recompensou entregando o filho a quem amou, lhe dando de novo a luz da vida, mesmo que ficasse só e sofrida.
  • 14. Não há saber maior que o dela saber que Deus deu à mãe da gente. Seja de tirar com água a remela ou de curar com beijo o doente. Porque a sabedoria que mora nela é a que lhe deixa a gente contente.
  • 15. Mãe, o seu amor é um tesouro que vale muito mais do que ouro. Nele, Deus me mostrou a riqueza desse amor tão puro e especial. Seu cuidado ensina a certeza da proteção de todo o mal.
  • 16. Agradeço por tudo, Mainha! Acesse mais cordéis cristãos em: http://blogpastoraanavirginia.blogspot.com.br/