Encontrando a equação da reta

52.706 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
3 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
52.706
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
3
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontrando a equação da reta

  1. 1. Encontrando a Equação da Reta com o auxílio do Excel Autor: Alexandre Mosquetta
  2. 2. Muitas informações podem ser obtidas através de representação gráfica de uma equação, um exemplo é verificar a tendência daquela equação com o passar do tempo ou da variável que está no conjunto Imagem. Essas representações gráficas são vistas em muitos locais e servem como referência na tomada de muitas decisões, tais como verificação do crescimento de uma população como o passar do tempo, verificação de valorização de uma ação na bolsa de valores.
  3. 3. Através da observação do gráfico abaixo você consegue perceber que com o passar dos anos a equação tem uma tendência de crescimento?
  4. 4. Mas vamos supor que não fosse fornecido o gráfico e sim apenas os dados abaixo: Já não ficou tão fácil como antes verificar que com o passar do tempo houve uma tendência de crescimento. Assim a proposta desse trabalho é auxiliar no esboço desses gráficos com o auxilio do Excel. Nov/07 Dez/07 Jan/08 Fev/08 Mar/08 0 47 40 75 100
  5. 5. Suponhamos que você tenha os seguintes pontos: P1= (1 ; 2) e P2= (3 ; 8) E a partir deles você queira descobrir a equação da reta que une esses dois pontos com o auxílio do Excel, então irei apresentar alguns passo para isso:
  6. 6. Você deve escrevê-los na planilha do Excel e em seguida posicionar o cursor do mouse sobre a célula que contém o número 1, como a figura. 1º Passo:
  7. 7. 2º Passo: Clique com o botão esquerdo do mouse e segurando clicado arraste até a célula que contém o número 8, ela ficará azul, como a figura.
  8. 8. 3º Passo: Vá ao menu Inserir e clique nele, como a figura.
  9. 9. 4º Passo: Vá ao menu de Gráficos e clique na opção Dispersão, em seguida escolha a primeira opção, como a figura.
  10. 10. 5º Passo: Aparecerá na tela um gráfico com os pontos que você propôs inicialmente, mova o curso do mouse e coloque-o em cima de qualquer um dos pontos, como a figura.
  11. 11. Clique com o botão direito do mouse e escolha a opção: Adicionar Linha de Tendência, como a figura. 6º Passo:
  12. 12. 7º Passo: Em seguida abrirá outra tela, nela você escolherá a opção Linear, como a figura.
  13. 13. 8º Passo: Também escolherá as opções Exibir Equação no gráfico e Exibir valor R-quadrado no gráfico, após clique em Enter no seu teclado, como a figura.
  14. 14. 9º Passo: Aparecerá novamente o gráfico inicial com a reta unindo os dois pontos e acima dela a equação da reta juntamente com R2, esse R2 significa se seus pontos estão perfeitamente sobre a reta (1 = 100%), como a figura.
  15. 15. Viu como é simples? Você não precisa trabalhar apenas com dois pontos, pode propor vários pontos e ao final você deverá analisar o R2, pois se esse ficar muito abaixo de 1 (100%) talvez você deva propôr uma nova configuração a sua equação, ou seja, em vez de propor uma Linear (7 º Passo) experimente uma Logarítmica, Polinomial, etc ... Boa sorte !!!!

×