SlideShare uma empresa Scribd logo
SOMENTE EM JESUS
 TEMOS A VERDADEIRA PROSPERIDADE

             FUJAMOS DESTAS COISAS
             DINHEIRO: RIVAL DE CRISTO
          O DINHEIRO NÃO UNE, ELE DIVIDE
       O DINHEIRO NÃO TEM LIGA, TEM ASAS
    DISSE JÓ: “PAI AFASTA DE MIM ESTE CÁLICE”
  JOVEM RICO E ZAQUEU – DOIS POBRES E UM RICO
 EQUILÍBRIO (TÃO FÁCIL) E ABUNDÂNCIA (CERTEZA)
MANDAMENTO DE DEUS: ENRIQUEÇAM OU SOCORRAM?

         Igreja Evangélica Assembléia de Deus
     Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
           Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO

• É um erro valorizar a matéria e suprimir a dimensão espiritual;
• Como adquirimos? Como usamos? Como vemos a prosperidade?
• Pobreza é uma consequência do pecado, mas da humanidade toda;
• A pobreza nunca deixará de existir em nosso meio (Dt 15.11);
• O equilíbrio nos leva a uma vida abundante em Cristo;
• Queimar as toxinas e calorias? Mas o pecado continuará!
• Enfermidade e revés financeiros não são sinais de falta da fé;
• A verdadeira prosperidade é a estreita comunhão com Deus.



            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO

• Como agradar a Deus? Na miserabilidade ou na abundância?
• Resposta: entenda as realidades material e espiritual;
• É necessário o equilíbrio entre estas duas grandezas;
• Necessidades do homem: tanto materiais quanto espirituais;
• Verdadeira prosperidade: satisfação e contentamento (Jo 10.10);
• A suficiência de Deus nos traz abundância na presente vida;
• Que se estenderá na vida eterna (I Jo 2.25), na plenitude do reino;
• É um nível de vida superior ao visto na dimensão material;
• As riquezas aprisionam as vida em torno de si (Lc 16.13,14).

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
I – A VIDA ABUNDANTE
       CONSISTE NO EQUILÍBRIO
1. A MATÉRIA SUPERESTIMADA. ”FUJAMOS DESTAS COISAS”’
• Superestimar a matéria em detrimento as coisas espirituais?
• A boa vontade humana não é capaz de resolver os seus problemas;
• O jovem rico e Zaqueu: dois pobres e um rico.

2. A MATÉRIA NEGADA. “FUJAMOS DESTAS COISAS”
• As Escrituras Sagradas não condena a relação com as riquezas;
• Apenas adverte quanto a depositarmos o coração nelas (I Tm 6.10);
• Um bom exemplo:? Jesus ou Judas (Jo 12.6);
• Amor ao dinheiro: produz tentação, ciladas e provoca sofrimentos;
• O jovem rico se afastou de Cristo (sofrimento);
• O rico vivia festejando e desprezando Lázaro (cilada);
• Judas procurava ocasião para consumar a traição (tentação);
• A mentira de Ananias e Safira (sofrimento, tentação e cilada).

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
II – CORRIGINDO
    OS ERROS ACERCA DA POBREZA
1. POBREZA E PECADO.
• A pobreza é uma conseqüência da entrada do pecado no mundo;
• A situação dos menos favorecidos pode ser mudada;
• A teologia da prosperidade apresenta um cristianismo ganancioso.

a) Conceitos errados sobre a pobreza e riqueza:
• Pobreza é sinal de piedade ou pecado (Lc 16.20-22; II Co 11.27);
• Riqueza é sinal de comunhão com o Pai e ou salvação.

2. A POBREZA MAGICAMENTE EXTINTA.
• As dificuldades humanas são resultados da ausência de fé?
• Mundo maravilhoso: livre de sofrimento, dor, angustia e pobreza?
• Promessa de Deus: enriquecimento ou atendimento aos pobres;
• Pobres se enriquecendo e ricos ficando pobres, sem Deus.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
III – A VIDA ABUNDANTE NÃO
SUPERESTIMA O CORPO, NEM NEGA A ALMA
1. A VIDA ABUNDANTE É EQUILIBRADA.
• Equilíbrio: Agur pediu o pão de cada dia e não o de toda a sua vida;
• Abundância na dimensão material: espiritualidade sadia, bênçãos;
• Abundância na dimensão espiritual: será manifesta no porvir.

2. BEM-ESTAR FÍSICO E EMOCIONAL.
• Toxinas, gorduras, mas não se preocupam com o pecado no corpo;
• As posses ou riquezas não proporcionam o bem estar emocional;
• O nosso corpo não deve ser um fim em si mesmo.

3. O BEM-ESTAR ESPIRITUAL.
• A prosperidade tem um propósito, mas muitos não entendem;
• Jó: qual foi a causa da repentina perda de bens, família e a doença?
• Deus atestava sua fidelidade e o Maligno procurava as brechas.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO – OBJETIVOS DA LIÇÃO

• A verdadeira prosperidade vai além da saúde, riqueza e fama;
• Somente em Jesus alcançaremos a verdadeira prosperidade;
• Entendendo o propósito poderemos usufruir das bênçãos de Deus.

1) Entender: A vida abundante consiste no equilíbrio.
• O equilíbrio é necessário para termos uma vida abundante.

2) Explicar: Os erros acerca da pobreza.
• Pobreza é sinal de piedade ou pecado?
• Riqueza é sinal de comunhão com o Pai e ou salvação?

3) Conscientizar-se: Sobre a vida abundante, corpo e a alma.
• Abundância na dimensão material e espiritual;
• Toxinas, gorduras, mas não se preocupam com o pecado no corpo.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL


      Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@hotmail.com
.blogspot.com

               Álvar es Machado (SP)
                    1º trim. 2012



         Igreja Evangélica Assembléia de Deus
     Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
           Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaAilton da Silva
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaAilton da Silva
 
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosLição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosAilton da Silva
 
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusLição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusAilton da Silva
 
13 - a verdadeira motivação do crente
13 - a verdadeira motivação do crente13 - a verdadeira motivação do crente
13 - a verdadeira motivação do crenteAilton da Silva
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeAilton da Silva
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeAilton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoAilton da Silva
 
09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja morna09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja mornaAilton da Silva
 
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostal
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostalLição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostal
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostalAilton da Silva
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigualAilton da Silva
 
Lição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertasLição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertasAilton da Silva
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 07 - A divisão espiritual no lar
Lição 07 - A divisão espiritual no larLição 07 - A divisão espiritual no lar
Lição 07 - A divisão espiritual no larAilton da Silva
 
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoLição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoAilton da Silva
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de DeusAilton da Silva
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASAilton da Silva
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãAilton da Silva
 

Mais procurados (20)

Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosLição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
 
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusLição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
 
05
0505
05
 
13 - a verdadeira motivação do crente
13 - a verdadeira motivação do crente13 - a verdadeira motivação do crente
13 - a verdadeira motivação do crente
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja morna09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja morna
 
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostal
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostalLição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostal
Lição 12 - Conservando a pureza da doutrina pentecostal
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigual
 
Lição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertasLição 9 - Dízimos e ofertas
Lição 9 - Dízimos e ofertas
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
 
Lição 07 - A divisão espiritual no lar
Lição 07 - A divisão espiritual no larLição 07 - A divisão espiritual no lar
Lição 07 - A divisão espiritual no lar
 
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoLição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
 
Lição 03
Lição 03Lição 03
Lição 03
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
 

Destaque

10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente prósperaAilton da Silva
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalAilton da Silva
 
Quem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoQuem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoAilton da Silva
 
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertolição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertoAilton da Silva
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusAilton da Silva
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Ailton da Silva
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusAilton da Silva
 
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIALIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIAAilton da Silva
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisAilton da Silva
 
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeLição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderLição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderAilton da Silva
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoAilton da Silva
 
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostal
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostalLição 9 - A pureza do movimento pentecostal
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostalAilton da Silva
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirAilton da Silva
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaAilton da Silva
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de criseAilton da Silva
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorAilton da Silva
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusAilton da Silva
 
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasLIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasAilton da Silva
 

Destaque (20)

10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
 
Quem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoQuem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito Santo
 
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertolição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
 
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIALIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
 
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeLição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
 
Lição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderLição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poder
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
 
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostal
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostalLição 9 - A pureza do movimento pentecostal
Lição 9 - A pureza do movimento pentecostal
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
 
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasLIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
 

Semelhante a Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade

lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidade
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidadeSomente em jesus temos a verdadeira prosperidade
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidadeJosue Lima
 
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crenteLição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crenteAilton da Silva
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenosAilton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezAilton da Silva
 
Fazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarFazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarAdesoélia Silva
 
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha naturezaLição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha naturezaAilton da Silva
 
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?Andre Nascimento
 
Formação CEFAS - 11º Dia
Formação CEFAS - 11º DiaFormação CEFAS - 11º Dia
Formação CEFAS - 11º Diamarciosegurado
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusAilton da Silva
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoAilton da Silva
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoAilton da Silva
 
Venha Conhecer o Poder de Deus
Venha Conhecer o Poder de DeusVenha Conhecer o Poder de Deus
Venha Conhecer o Poder de Deuserikasl24
 
Site RedençãO Da Vida
Site RedençãO Da VidaSite RedençãO Da Vida
Site RedençãO Da Vidaerikasl24
 

Semelhante a Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade (20)

Lição 14
Lição 14 Lição 14
Lição 14
 
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
 
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidade
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidadeSomente em jesus temos a verdadeira prosperidade
Somente em jesus temos a verdadeira prosperidade
 
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crenteLição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenos
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
Fazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarFazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperar
 
Jesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiroJesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiro
 
Lição 09
Lição 09Lição 09
Lição 09
 
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha naturezaLição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
 
VENCENDO A ANSIEDADE.pptx
VENCENDO A ANSIEDADE.pptxVENCENDO A ANSIEDADE.pptx
VENCENDO A ANSIEDADE.pptx
 
A verdadeira prosperidade do corpo e da alma
A verdadeira prosperidade do corpo e da almaA verdadeira prosperidade do corpo e da alma
A verdadeira prosperidade do corpo e da alma
 
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?
EBD Palavra e Vida 2T2015.Aula 6: Por que os salvos sofrem?
 
Formação CEFAS - 11º Dia
Formação CEFAS - 11º DiaFormação CEFAS - 11º Dia
Formação CEFAS - 11º Dia
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandono
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
 
Venha Conhecer o Poder de Deus
Venha Conhecer o Poder de DeusVenha Conhecer o Poder de Deus
Venha Conhecer o Poder de Deus
 
Site RedençãO Da Vida
Site RedençãO Da VidaSite RedençãO Da Vida
Site RedençãO Da Vida
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoAilton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simAilton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaAilton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaAilton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de CristoAilton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoAilton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féAilton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusAilton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioAilton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaAilton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoAilton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoAilton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoAilton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoAilton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 

Último

Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-carloseduardogonalve36
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 

Último (20)

Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 

Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade

  • 1.
  • 2. SOMENTE EM JESUS TEMOS A VERDADEIRA PROSPERIDADE FUJAMOS DESTAS COISAS DINHEIRO: RIVAL DE CRISTO O DINHEIRO NÃO UNE, ELE DIVIDE O DINHEIRO NÃO TEM LIGA, TEM ASAS DISSE JÓ: “PAI AFASTA DE MIM ESTE CÁLICE” JOVEM RICO E ZAQUEU – DOIS POBRES E UM RICO EQUILÍBRIO (TÃO FÁCIL) E ABUNDÂNCIA (CERTEZA) MANDAMENTO DE DEUS: ENRIQUEÇAM OU SOCORRAM? Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. PROPOSTA DA LIÇÃO • É um erro valorizar a matéria e suprimir a dimensão espiritual; • Como adquirimos? Como usamos? Como vemos a prosperidade? • Pobreza é uma consequência do pecado, mas da humanidade toda; • A pobreza nunca deixará de existir em nosso meio (Dt 15.11); • O equilíbrio nos leva a uma vida abundante em Cristo; • Queimar as toxinas e calorias? Mas o pecado continuará! • Enfermidade e revés financeiros não são sinais de falta da fé; • A verdadeira prosperidade é a estreita comunhão com Deus. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. INTRODUÇÃO • Como agradar a Deus? Na miserabilidade ou na abundância? • Resposta: entenda as realidades material e espiritual; • É necessário o equilíbrio entre estas duas grandezas; • Necessidades do homem: tanto materiais quanto espirituais; • Verdadeira prosperidade: satisfação e contentamento (Jo 10.10); • A suficiência de Deus nos traz abundância na presente vida; • Que se estenderá na vida eterna (I Jo 2.25), na plenitude do reino; • É um nível de vida superior ao visto na dimensão material; • As riquezas aprisionam as vida em torno de si (Lc 16.13,14). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. I – A VIDA ABUNDANTE CONSISTE NO EQUILÍBRIO 1. A MATÉRIA SUPERESTIMADA. ”FUJAMOS DESTAS COISAS”’ • Superestimar a matéria em detrimento as coisas espirituais? • A boa vontade humana não é capaz de resolver os seus problemas; • O jovem rico e Zaqueu: dois pobres e um rico. 2. A MATÉRIA NEGADA. “FUJAMOS DESTAS COISAS” • As Escrituras Sagradas não condena a relação com as riquezas; • Apenas adverte quanto a depositarmos o coração nelas (I Tm 6.10); • Um bom exemplo:? Jesus ou Judas (Jo 12.6); • Amor ao dinheiro: produz tentação, ciladas e provoca sofrimentos; • O jovem rico se afastou de Cristo (sofrimento); • O rico vivia festejando e desprezando Lázaro (cilada); • Judas procurava ocasião para consumar a traição (tentação); • A mentira de Ananias e Safira (sofrimento, tentação e cilada). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. II – CORRIGINDO OS ERROS ACERCA DA POBREZA 1. POBREZA E PECADO. • A pobreza é uma conseqüência da entrada do pecado no mundo; • A situação dos menos favorecidos pode ser mudada; • A teologia da prosperidade apresenta um cristianismo ganancioso. a) Conceitos errados sobre a pobreza e riqueza: • Pobreza é sinal de piedade ou pecado (Lc 16.20-22; II Co 11.27); • Riqueza é sinal de comunhão com o Pai e ou salvação. 2. A POBREZA MAGICAMENTE EXTINTA. • As dificuldades humanas são resultados da ausência de fé? • Mundo maravilhoso: livre de sofrimento, dor, angustia e pobreza? • Promessa de Deus: enriquecimento ou atendimento aos pobres; • Pobres se enriquecendo e ricos ficando pobres, sem Deus. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. III – A VIDA ABUNDANTE NÃO SUPERESTIMA O CORPO, NEM NEGA A ALMA 1. A VIDA ABUNDANTE É EQUILIBRADA. • Equilíbrio: Agur pediu o pão de cada dia e não o de toda a sua vida; • Abundância na dimensão material: espiritualidade sadia, bênçãos; • Abundância na dimensão espiritual: será manifesta no porvir. 2. BEM-ESTAR FÍSICO E EMOCIONAL. • Toxinas, gorduras, mas não se preocupam com o pecado no corpo; • As posses ou riquezas não proporcionam o bem estar emocional; • O nosso corpo não deve ser um fim em si mesmo. 3. O BEM-ESTAR ESPIRITUAL. • A prosperidade tem um propósito, mas muitos não entendem; • Jó: qual foi a causa da repentina perda de bens, família e a doença? • Deus atestava sua fidelidade e o Maligno procurava as brechas. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. CONCLUSÃO – OBJETIVOS DA LIÇÃO • A verdadeira prosperidade vai além da saúde, riqueza e fama; • Somente em Jesus alcançaremos a verdadeira prosperidade; • Entendendo o propósito poderemos usufruir das bênçãos de Deus. 1) Entender: A vida abundante consiste no equilíbrio. • O equilíbrio é necessário para termos uma vida abundante. 2) Explicar: Os erros acerca da pobreza. • Pobreza é sinal de piedade ou pecado? • Riqueza é sinal de comunhão com o Pai e ou salvação? 3) Conscientizar-se: Sobre a vida abundante, corpo e a alma. • Abundância na dimensão material e espiritual; • Toxinas, gorduras, mas não se preocupam com o pecado no corpo. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9.
  • 10. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @hotmail.com .blogspot.com Álvar es Machado (SP) 1º trim. 2012 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP