O ATUAL MOMENTO   FINANCEIRO             DI BLASI          CONSULTORIA           FINANCEIRA
ECONOMIA INTERNACIONAL
ECONOMIA INTERNACIONALPrimeiros meses do ano confirmam importante aceleraçãoda economia global   60                       ...
ECONOMIA INTERNACIONALEUA: Fortalecimento do Mercado de Trabalho e Balanço Positivo no Consumo                      EUA: M...
ECONOMIA INTERNACIONALEUA: PIB Mais Fraco Apesar do Balanço Muito Positivo de Indicadores                                 ...
ECONOMIA INTERNACIONALEuropa: Fundamentos Favoráveis no Core da Região                                           Alemanha:...
ECONOMIA INTERNACIONALEmergentes: Fundamentos Favoráveis à Atividade    => Nos BRIC´s, as taxas de juros foram elevadas ap...
ECONOMIA INTERNACIONALInflação: G-4 e Emergentes                           G-4: Inflação ao Consumidor                    ...
ECONOMIA INTERNACIONALG-4: Maiores BC´s (BCE e BoE) iniciam pontuais ajustes das taxas de juros.                          ...
ECONOMIA INTERNACIONALHipóteses do Cenário: Crise da Dívida EuropéiaApesar de séria, hipótese é que não ocasiona um choque...
ECONOMIA INTERNACIONALNesse contexto, atividade econômica global deverá sustentar forte ritmo deexpansão nos próximos trim...
ECONOMIA INTERNACIONALHipótese originada do Cenário Internacional                            VIX (Volatility Index)       ...
ECONOMIA DOMÉSTICA
ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo  12%                                   ...
ECONOMIA DOMÉSTICAVendas no Varejo Com Desempenho Satisfatório no 1º Tri                     Var% 3M/3M - Média Móvel Vend...
ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo   65                                   ...
-8%                                 -6%                                        -4%                                        ...
ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo        Confiança - Setor de Serviços   ...
ECONOMIA DOMÉSTICAMacroprudenciais: Efeito Moderado, Mas Expansão Continua                                                ...
ECONOMIA DOMÉSTICAProjeção Para os Próximos Trimestres - Desaceleração não Persistente                     PIB Brasil - Va...
5,0%                                                                                           7,0%                       ...
ab  r/0            3,0%                   3,8%                          4,5%                                   5,3%       ...
ECONOMIA DOMÉSTICAExpectativas Inflacionárias Já Avançaram Substancialmente         Expectativas de Inflação - Mediana de ...
ECONOMIA DOMÉSTICA                                                                  Juros Selic (% - Meta)                ...
FOCUS
PROJEÇÕES
TÍTULOS PÚBLICOS – NTN-B – (INFLAÇÃO IPCA)Títulos	  Públicos	  Federais	                                                  ...
Evento carmo o atual momento financeiro
Evento carmo o atual momento financeiro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Evento carmo o atual momento financeiro

309 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Evento carmo o atual momento financeiro

  1. 1. O ATUAL MOMENTO FINANCEIRO DI BLASI CONSULTORIA FINANCEIRA
  2. 2. ECONOMIA INTERNACIONAL
  3. 3. ECONOMIA INTERNACIONALPrimeiros meses do ano confirmam importante aceleraçãoda economia global 60 PMI Industrial Global* 60 PMI Industrial G-4* 55 55 50 50 45 45 40 40 35 *C e s t a s   d e   p a í s e s :   G -­‐ 4   e 35 B R IC s   ( 7 0 %   d o   P IB   G l o b a l ) *   G -­‐ 4   ( E U A ,   J a p ã o ,   Z o n a   d o E u r o ,   In g l a t e r r a ) 30 30 abr/08 jul/08 o ut/08jan/09abr/09 jul/09 o ut/09 jan/1 abr/1 jul/1 o ut/1 jan/1 abr/1 0 0 0 0 1 1 ab r/0 8 jul/0 8 o ut/0 8 jan/0 9 ab r/0 9 jul/0 9 o ut/0 9 jan/10 ab r/10 jul/10 o ut/10 jan/11 ab r/11 Índice de Surpresas M acroeconômicas EUA PIB Global Índic e de S urpre s a s c o m a Divulga ç ã o de Da do s M a c ro e c o nô m ic o s 12 0 Variação Trimestral Anualizada - % 10 0 5.1 4.9 80 4.7 4.8 4.5 60 40 4.0 3.7 20 0 -2 0 -4 0 -6 0 Surprise Index Citigroup -8 0 3ºTRI/09 4ºTRI/09 1ºTRI/10 2ºTRI/10 3ºTRI/10 4ºTRI/10 1ºTRI/11* J an- Feb - M ar- Ap r- M ay- J un- J ul- Aug - Sep - Oct - No v- Dec- J an- Feb - 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 11 11 * expectativa BB DTVM
  4. 4. ECONOMIA INTERNACIONALEUA: Fortalecimento do Mercado de Trabalho e Balanço Positivo no Consumo EUA: Mercado de Trabalho Privado 11 EUA: Taxa de Desemprego (%) Payroll: Variação na Folha de Pagamento Privada (milhares) 10 2 50 9 10 0 8 -­‐50 7 -­‐2 0 0 6 -­‐3 50 -­‐50 0 5 -­‐6 50 4 -­‐8 0 0 3 mar/0 8 s et/0 8 mar/0 9 s et/0 9 mar/10 s et/10 mar/11 dez/90 dez/94 dez/98 dez/02 dez/06 dez/10 Ve ndas no Vare jo Venda Interna de Veículos (variação mensal nominal - %) 13.00 (taxa anualizada - milhões de unidades) 12.00 1.3 1.3 1 .00 1 1.0 1.0 0.9 0.8 0.7 10.00 0.6 0.6 0.5 0.3 9.00 8.00 -­‐0.2 7.00 -­‐0.8 6.00 A p r-­‐10 J un-­‐10 A ug -­‐10 O ct-­‐10 D ec-­‐10 F eb -­‐11 A p r-­‐11 O ct-­‐0 7 A p r-­‐0 8 O ct-­‐0 8 A p r-­‐0 9 O ct-­‐0 9 A p r-­‐10 O ct-­‐10 A p r-­‐11
  5. 5. ECONOMIA INTERNACIONALEUA: PIB Mais Fraco Apesar do Balanço Muito Positivo de Indicadores PIB EUA Variação Trimestral Anualizada - % 4,2 3,7 3,8 3,6 3,1 2,6 1,7 1,8 1ºTR I/10 2ºTR I/10 3ºTR I/10 4ºTR I/10 1ºTR I/11* 2ºTR I/11* 3ºTR I/11* 4ºTR I/11*
  6. 6. ECONOMIA INTERNACIONALEuropa: Fundamentos Favoráveis no Core da Região Alemanha: Encomendas à Indústria 4 0 ,0 % (variação anual) 3 0 ,0 % 2 0 ,0 % 10 ,0 % 0 ,0 % -­‐10 ,0 % -­‐2 0 ,0 % T o tal D o més tic as -­‐3 0 ,0 % E xternas -­‐4 0 ,0 % -­‐50 ,0 % fev/0 7 ag o /0 7 fev/0 8 ag o /0 8 fev/0 9 ag o /0 9 fev/10 ag o /10 fev/11 Fontes: Marcrodados, Bloomberg
  7. 7. ECONOMIA INTERNACIONALEmergentes: Fundamentos Favoráveis à Atividade => Nos BRIC´s, as taxas de juros foram elevadas apenas moderadamente. Apesar da adoção de medidas “macroprudenciais”, as condições financeiras permanecem em patamar favorável à atividade. => Ademais, fluxo de capitais provavelmente permanecerá elevado, aumentando a liquidez interna e fortalecendo o impulso à atividade. Fontes: IIF
  8. 8. ECONOMIA INTERNACIONALInflação: G-4 e Emergentes G-4: Inflação ao Consumidor % em 12 meses 4.0 Inflaç ão  C heia N úc leo 3.0 2.0 1.0 0.0 -­‐1.0 -­‐2.0 J an-­‐03 J an-­‐04 J an-­‐05 J an-­‐06 J an-­‐07 J an-­‐08 J an-­‐09 J an-­‐10 J an-­‐11
  9. 9. ECONOMIA INTERNACIONALG-4: Maiores BC´s (BCE e BoE) iniciam pontuais ajustes das taxas de juros. Movimentos do BCE e do BoE serão muito 6.0 Taxas Básicas de Juros - % graduais (estratégia stop and go). 5.0 Foco maior do BCE e do BoE na inflação cheia e mandato especificamente relativo à 4.0 Zona do Euro - BCE inflação explicam divergências dos movimentos. Reino Unido - Bank of England 3.0 EUA - FED 2.0 FED só eleva taxas em 2012 1.0 Porém, mudança de discurso mais efetiva do FED ocorre no 4º trimestre de 2011(sinal 0.0 mais claro de que juros poderão ser J an-­‐0 7 J an-­‐0 8 J an-­‐0 9 J an-­‐10 J an-­‐11 elevados), o que deverá provocar aumento da aversão ao risco nesse período. Fonte: Bloomberg
  10. 10. ECONOMIA INTERNACIONALHipóteses do Cenário: Crise da Dívida EuropéiaApesar de séria, hipótese é que não ocasiona um choque financeiro global CDS Soberanos - 5 anos Choque Financeiro Global em Maio 800 (custo de proteção/default) 2 Crise da Dívida Grega 50 70 0 1.5 <=  Í ndic e  de  C o ndiç õ es F inanc eiras  -­‐  E UA 40 600 P o rtugal 1 VIX  = > Irlanda 50 0 0.5 30 E s panha 400 0 Italia 300 20 -­‐ 0.5 200 -­‐ 1 10 10 0 -­‐ 1.5 0 -­‐ 2 0 M ar-­‐0 9 S ep-­‐0 9 M ar-­‐10 S ep-­‐10 M ar-­‐11 Oct-­‐0 9 D ec-­‐0 9 F eb-­‐10 A pr-­‐10 J un-­‐10 A ug -­‐10 Oct-­‐10 D ec-­‐10 F eb-­‐11 Fontes: Bloomberg
  11. 11. ECONOMIA INTERNACIONALNesse contexto, atividade econômica global deverá sustentar forte ritmo deexpansão nos próximos trimestres PIB Global PIB do G-4 Variação Trimestral Anualizada - % VariaçãoTrimestral Anualizado (%) 5,1 G-4 e BRICs 3,1 4,6 2,8 2,8 2,9 2,8 4,5 4,4 4,4 2,3 3,9 3,9 2,0 3,7 1,5 1ºT R I/10 2 ºT R I/10 3 ºT R I/10 4 ºT R I/10 1ºT R I/11* 2 ºT R I/11* 3 ºT R I/11* 4 ºT R I/11* 1ºT R I/10 2 ºT R I/10 3 ºT R I/10 4 ºT R I/10 1ºT R I/11* 2 ºT R I/11* 3 ºT R I/11* 4 ºT R I/11* * expectativa BB DTVM Fontes: Bloomberg
  12. 12. ECONOMIA INTERNACIONALHipótese originada do Cenário Internacional VIX (Volatility Index) Aversão ao risco em patamar 26,4 (Média no Trimestre) relativamente baixo até o 3º trimestre do 24,3 ano. 20,1 19,3 No 4º trimestre, a intensificação da 18,6 18,0 18,0 discussão em torno da retirada dos 16,0 estímulos monetários do FED elevará a aversão ao risco. Petróleo Brent (US $  po r  barril,  M édia  no  T rimes tre) 125,0 120,0 1ºTR I/2010 2ºTR I/2010 3ºTR I/2010 4ºTR I/2010 1ºTR I/2011 2ºTR I/2011* 3ºTR I/2011* 4ºTR I/2011* 115,0 Commodities em geral podem 105,2 apresentar algum recuo no curtíssimo prazo em reflexo ao problema japonês 87,1 e Oriente Médio; 76,4 78,5 77,5 Ao longo dos próximos dois trimestres, porém, hipótese é de manutenção das 1ºT R I/ 2010 2ºT R I/ 2010 3ºT R I/ 2010 4ºT R I/ 2010 1ºT R I/ 2011 2ºT R I/ 2011* 3ºT R I/ 2011* 4ºT R I/ 2011* pressões altistas. Fonte: Bloomberg, Macrodades
  13. 13. ECONOMIA DOMÉSTICA
  14. 14. ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo 12% Ma ssa Sa larial 10% % 12 m eses 8% Em particular, as famílias exibem 6,7% índices de confiança elevados e 6% expansão da massa salarial em 12 4% meses significativa. 2% 0% No v -1 0 N o v-0 9 J an - 10 J ul -1 0 No v- 08 M ar-0 8 M ar -10 M ai- 08 Jan - 09 Ja n- 11 Se t- 08 Set - 09 Set - 10 Ju l- 08 Ju l- 09 Mar -09 Ma r-11 Mai- 09 Mai- 10 Confiança do Consumidor - Fecomércio Fontes: Marcrodados, Bloomberg
  15. 15. ECONOMIA DOMÉSTICAVendas no Varejo Com Desempenho Satisfatório no 1º Tri Var% 3M/3M - Média Móvel Vendas no Varejo (c/aj.) 4,5% 3,5% 2,3% 2,5% 1,5% 0,5% -0,5% -1,5% jul/08 jul/09 jul/10 9 0 1 8 9 0 8 9 0 09 10 11 9 0 jan/0 jan/1 jan/1 nov/0 nov/0 nov/1 set/0 set/0 set/1 mai/0 mai/1 mar / mar / mar / 14% Vare jo: % M édia M óv e l Trime stral 12% 10% 8% 6% 4% 2% 0% -2% -4% -6% -8% de 09 de 10 m 10 m 11 m 0 se 0 9 ab 10 se 1 0 1 no 09 no 10 ja 09 ju 10 ja 10 ou 09 fe 0 ju 0 ou 10 fe 1 ag / 09 ag 0 /1 r/1 1 1 1 l/ 1 v/ v/ v/ v/ / o/ o/ t/ t/ z/ z/ / t/ n/ n/ t/ n/ ar ar ai l ju Super e Hiperm ercados Com b. e Lub. Móveis e eletrod. Veíc.,Motos e Peças Equip. e Mat. Escritorio, Inf. e Com .
  16. 16. ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo 65 PMI Industrial - Brasil 60 55 Indicadores do setor industrial 50 mostram melhora das condições 45 de negócios. 40 Output Mais relevante, intenção de 35 New Orders contratação permanece forte. 30 Se 06 M 06 Se 07 M 07 Se 08 M 08 Se 09 M 09 Se 10 M 10 D 6 D 7 D 8 D 9 D 0 Ju 7 Ju 8 Ju 9 Ju 0 11 0 0 0 0 1 0 0 0 1 ec ec ec ec ec n n n n n p p p p p ar ar ar ar ar Ju Sondagem FGV - Perspectivas 140 Sondagem FGV ICI - Confiança da Indústria IE - Expectativas p/ 3 meses 130 125 120 115 110 105 100 95 90 85 80 Emprego prox. 3 meses 75 70 60 65 Apr-07 Aug-07 Dec-07 Apr-08 Aug-08 Dec-08 Apr-09 Aug-09 Dec-09 Apr-10 Aug-10 Dec-10 Jun-07 Feb-08 Jun-08 Feb-09 Jun-09 Feb-10 Jun-10 Feb-11 Oct-07 Oct-08 Oct-09 Oct-10 Aug-05 Aug-06 Aug-07 Aug-08 Aug-09 Aug-10 May-06 May-07 May-08 May-09 May-10 Nov-05 Feb-06 Nov-06 Feb-07 Nov-07 Feb-08 Nov-08 Feb-09 Nov-09 Feb-10 Nov-10 Feb-11 Fontes: Marcrodados, Bloomberg
  17. 17. -8% -6% -4% -2% 0% 2% 4% 6% -12% -10%3T044T041T052T053T054T051T062T063T064T061T072T073T074T071T08 95 100 105 110 115 120 125 130 1352T083T08 ago/074T081T09 out/072T09 dez/07 Produção Industrial %tri c/ajuste3T09 fev/084T09 abr/08 ECONOMIA DOMÉSTICA1T102T10 jun/083T10 até ago/084T10 fev/111T11 out/08 Produção Industrial: Leve Recuperação dez/08 fev/09 Indústria Geral abr/09 jun/09 ago/09 out/09 15,0% 25,0% 35,0% 45,0% 55,0% 65,0% 75,0% dez/09 fev/06 fev/10 mai/06 abr/10 ago/06 nov/06 jun/10 média 3m fev/07 ago/10 mai/07 out/10 ago/07 dez/10 nov/07 fev/11 fev/08 MM3meses mai/08 ago/08 nov/08 fev/09 mai/09 ago/09 nov/09 média período fev/10 Produção Industrial - Índice de Difusão mai/10 ago/10 nov/10 fev/11
  18. 18. ECONOMIA DOMÉSTICAFundamentos Associados à Atividade Continuam em Patamar Positivo Confiança - Setor de Serviços Setor de serviços: condições ainda firmes e expectativas bastante positivas. Caged (com ajuste sazonal) 100 Criação de Vagas por Setores (em mil) 50 0 Confiança - Setor de Serviços Comércio -50 Constr. Civil -100 Ind. de Transformação -150 Serviços Apr-06 Apr-07 Apr-08 Apr-09 Apr-10 Oct-06 Jan-07 Oct-07 Jan-08 Oct-08 Jan-09 Oct-09 Jan-10 Oct-10 Jan-11 Jul-06 Jul-07 Jul-08 Jul-09 Jul-10 Fontes: Marcrodados, Bloomberg
  19. 19. ECONOMIA DOMÉSTICAMacroprudenciais: Efeito Moderado, Mas Expansão Continua Novas Concessões - por dia útil (c/ ajuste sazonal) Crédito Pessoa Física: Segmentos Mais Afetados 5600 800 (novas conc. diárias c/ ajuste) 5200 700 4800 600 4400 500 4000 400 3600 300 3200 200 2800 100 2009M01 2009M07 2010M01 2010M07 2011M01 2400 2009M01 2009M07 2010M01 2010M07 2011M01 Veículos_SA Crédito Pessoal_SA Pessoa Jurídica Pessoa Física Fontes: Marcrodados, Bloomberg
  20. 20. ECONOMIA DOMÉSTICAProjeção Para os Próximos Trimestres - Desaceleração não Persistente PIB Brasil - Variação trimestral % 2 1.7 Provável efeito de uma 2ª rodada1.5 1.5 1.5 de macroprudenciais 1.21.2 1 1 1 2011: 3,5% (de 4,0%) 0.7 0.5 0.5 0.5 0.50.5 2012: 4,1% (de 3,6%) 0 Ante rior Atual-0.5 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12 Mediana de Mercado - Boletim Focus (PIB) IBC-Br (Índice de Atividade do Bacen) 4,70% 2,27% 4,50% 4,30% 1,32% 1,06% 2011 2012 4,21% 0,90% 4,10% 4,00% 0,32% 3,90% 1 1 /0 11 1 1 1 /0 11 1 2 1 /0 11 1 3 1 /0 11 1 4 1 /0 11 4/ 1 11 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 /0 01 17 /20 07 /20 28 /20 23 /20 13 /20 20 10 1/2 24 1/2 31 1/2 14 2/2 21 2/2 09 2/2 16 3/2 30 3/2 06 3/2 20 4/2 1ºTRI2010 2ºTRI2010 3ºTRI2010 4ºTRI2010 1ºTRI2011 /003 Fontes: Marcrodados
  21. 21. 5,0% 7,0% 9,0% 11,0% 13,0% 15,0% Dez-03 Mar-04 Jun-04 Set-04 Dez-04 Mar-05 Jun-05 Set-05 Dez-05 Mar-06 Jun-06 Set-06 Dez-06 c/ ajuste Mar-07 Jun-07 Set-07 Dez-07 Mar-08 Jun-08 Set-08 Dez-08 tx. Desemprego s/ajuste Mar-09 Taxa de Desemprego (% mensal) Jun-09 ECONOMIA DOMÉSTICA Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 Dez-10 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 Mar-11 fev/05 jun/05 out/05 fev/06 jun/06 out/06 fev/07 jun/07 out/07 fev/08 jun/08 Ociosidade Segue Limitada, em Especial no Mercado de Trabalho out/08 fev/09 jun/09 out/09Fontes: Marcrodados Utilização de Capacidade Instalada - CNI fev/10 jun/10 out/10 fev/11
  22. 22. ab r/0 3,0% 3,8% 4,5% 5,3% 6,0% 6,8% 7,5% 8,3%ag 5 o/ 0de 5 z/0 metaab 5 r/0ag 6 o/ 0de 6 z/0ab 6 r/0ag 7 Renda Nominal o/ 0de 7 z/0ab 7 r/0ag 8 o/ 0de 8 z/0 (% Acm. 12 meses) IPCA - Média Núcleosab 8 r/0ag 9 o/ 0de 9 z/0ab 9 r/1 ECONOMIA DOMÉSTICAag 0 o/ 1de 0 z/1ab 0 r/1 1 6,28% Quadro Corrente da Inflação Segue Ruim -10 11 14 17 20 23 -7 -4 -1 2 5 8ab r/ mar/03 46% 51% 56% 61% 66% 71% 07ag jun/03 o/ 07 set/03de dez/03 z/ mar/04 jun/04 07ab set/04 r/ dez/04 08ag mar/05 jun/05 Custo/hora o/ 08 set/05de dez/05 z/ c/ alim 08 mar/06ab jun/06 r/ set/06 09 dez/06ag o/ mar/07 09 jun/07 Produção/horade set/07 z/ 09 dez/07 mar/08ab r/ jun/08 10 set/08 IPCA - índice de difusãoag dez/08 % Trimestral anualiz. (média móvel 12m) o/ mar/09 10 s/ alimde jun/09 z/ set/09 10 dez/09ab mar/10 Custo Unit. Trabalho r/ jun/10 11 set/10 dez/10
  23. 23. ECONOMIA DOMÉSTICAExpectativas Inflacionárias Já Avançaram Substancialmente Expectativas de Inflação - Mediana de Mercado6,5% Boletim Focus (IPCA) 6,34%6,0%5,5%5,0% 5,00%4,5% Meta 2011 2012 4,50%4,0% /0 10 /0 10 /0 10 /0 10 /1 10 /1 10 /1 10 /1 10 /1 10 /0 10 /0 11 /0 11 /0 11 /0 11 /0 11 /0 11 1109 /2025 /2013 /2029 /2018 /2004 /2023 /2009 /2027 /2012 /2028 /2015 /2003 /2023 /2004 /2018 /20 20 4/ Cenário Prospectivo (IPCA % Acm. 12 meses) 7 8 8 9 9 0 1 1 2 2 1 1 2 3 3 4 /0 8,0%22 7,5% 7,39% 7,0% 6,5% 6,3% 6,46% 6,0% 5,5% 5,0% 4,5% 4,0% 0 1 09 10 11 9 0 1 0 1 /1 /1 t/0 t/1 t/1 /1 /1 z/ z/ z/ n n ar ar se se se de de de ju ju m m Fontes: Marcrodados
  24. 24. ECONOMIA DOMÉSTICA Juros Selic (% - Meta) 14,0% 12,5% Efetivo 12,75% Base 11,0% 9,5% 8,0% se /07 se 08 se 09 se 10 se 11 m /0 7 m /0 8 m /0 9 m /1 0 m /1 1 de /07 de /08 de /09 de /10 de /11 ju 08 ju 09 ju 10 ju 11 2 /1 n/ n/ n/ n/ / / / / n ar ar ar ar ar z z z z z t t t t t juSob  expecta+va  de  IPCA  de  junho  e  julho  em  patamar  bastante  (e  surpreendentemente)  baixo,  acreditamos  que  o  COPOM  fará  apenas  mais  uma  elevação  de  0,25  p.p.  em  junho  e  interromperá  o  ciclo.  Ainda  mais  relevante,  sob  nossa  crença  de  que  essa  melhora  será  temporária,  esperamos  que  o  COPOM  julgue  necessário  retomar  o  ciclo  ao  final  do  ano,  em  outubro  e  novembro,  com  mais  duas  elevações  de  0,25  p.p.;  projetamos,  portanto,  SELIC  em  12,75%  ao  final  do  ano.   Fontes: Marcrodados
  25. 25. FOCUS
  26. 26. PROJEÇÕES
  27. 27. TÍTULOS PÚBLICOS – NTN-B – (INFLAÇÃO IPCA)Títulos  Públicos  Federais     Papel  IPCA   NTN-­‐B  -­‐  Taxa  (%  a.a.)/252   Data  de   Código  SELIC   Data  Base/Emissão   Taxa  IndicaLva   PU   Vencimento   760199   15/07/2000   15/11/2011   7,5997   2.032,526664   760199   15/07/2000   15/08/2012   6,9341   2.055,214543   760199   15/07/2000   15/05/2013   6,8193   2.019,049345   760199   15/07/2000   15/08/2014   6,7400   2.035,635714   760199   15/07/2000   15/05/2015   6,6616   2.002,808653   760199   15/07/2000   15/08/2016   6,5550   2.029,818519   760199   15/07/2000   15/05/2017   6,3225   2.017,627773   760199   15/07/2000   15/08/2020   6,3456   2.031,780083   760100   15/07/2000   15/03/2023   6,2314   2.032,287349   760199   15/07/2000   15/08/2024   6,1009   2.062,481945   760199   15/07/2000   15/08/2030   6,0893   2.061,502186   760199   15/07/2000   15/05/2035   5,8500   2.090,823384   760199   15/07/2000   15/08/2040   5,8400   2.126,861766   760199   15/07/2000   15/05/2045   5,7404   2.130,480126   760199   15/07/2000   15/08/2050   5,7611   2.157,170905  

×