Raio-X dos Investimentos ( Janeiro 2011)

565 visualizações

Publicada em

Monitoramento mensal do investimento estrangeiro direto no Brasil (IED) e do investimento brasileiro direto no exterior (IBD).
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Raio-X dos Investimentos ( Janeiro 2011)

  1. 1. janeiro | 2011 Destaques dos Investimentos Brasileiros no Exterior Queda nos investimentos brasileiros: Produtos alimentícios puxaram para baixo os investimentos, com queda de 97,9%. Apesar disso, o setor de veículos automotores apresentou elevação de 436% nos investimentos, sendo insuficientes para conter a queda de 76,4% do setor industrial. No setor de serviços, os serviços financeiros mantém o dinamismo, crescendo 180%, apenas superados por obras de infraestrutura que cresceram 220%. Empresa brasileira compra frigorífico uruguaio: a empresa brasileira Minerva comprou, por US$ 65 milhões, o frigorífico uruguaio Pul (Unidos Coop. Agrária). Destaques dos Investimentos Estrangeiros no Brasil Investimentos estrangeiros direto atingem US$ 3 bilhões em janeiro: o que significou um crescimento de 393% em relação ao mesmo período de 2010. Setor de serviços apresenta maior crescimento. O investimento no setor cresceu 135,3%, se comparado com janeiro de 2010. Dentre os setores que receberam o montante total de US$ 1,9 bilhão, estão: comércio, exceto veículo, com crescimento de 844%; Serviços de arquitetura e engenharia, elevação de 515%; e Atividades imobiliárias com um aumento de 460%. Espanha lidera ranking de investidos estrangeiros: o país europeu investiu cerca de US$ 668 milhões no mês de janeiro de 2011, representando 26% de todo o capital ingressado no país. Os Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com US$ 359 milhões, ou 14% de participação, e o Canadá em terceiro, com cerca de US$ 256 milhões investidos, sendo 10% do total recebido pelo Brasil. Metalurgia e Veículos lideram a alta na Indústria: o montante de investimentos no setor superou cerca de 50% os investimentos no mesmo período em 2010, chegando ao montante de US$ 123 milhões. Empresa espanhola compra a brasileira Elektro: o Grupo Iberdrola fechou a compra da distribuidora de energia brasileira por US$ 2,4 bilhões, em acordo com a Ashmore Energy International (AEI). Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior – Fevereiro de 2011
  2. 2. Raio-X dos Investimentos Janeiro de 2011 Saídas de Investimentos Brasileiros Diretos (US$ Milhões) jan/10 jan/11 Variação Investimentos Brasileiros Diretos - Total 1.418 -6.292 -543,7% ▼ Participação no capital 432 1.030 138,5% ▲ Empréstimos Intercompanhias 986 -7.322 -842,6% ▼ Evolução da Saída de Investimentos Brasileiros Diretos (US$ Bilhões) 6,0 4,7 4,2 4,0 2,4 2,0 2,0 1,4 0,5 0,7 0,1 0,0 -0,4 -0,5 -2,0 -1,1 -2,5 -4,0 -6,0 -6,3 -8,0 mar/10 jan/10 fev/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 Investimento Brasileiro Direto por Setor (US$ Milhões) Setores jan/10 Part. jan/11 Part. Variação Total Primários 26,0 100% 61,0 100% 134,6% ▲ Atividades de apoio à extração mineral 0,0 0,0% 60,0 98,4% - Extração de minerais metálicos 24,0 92,3% 1,0 1,6% -95,8% ▼ Extração de petróleo e gás natural 2,0 7,7% 0,0 0,0% -100,0% ▼ Agricultura, pecuária e serviços relacionados 0,0 0,0% 0,0 0,0% - Total Indústria 1.074,0 100% 253,0 100% -76,4% ▼ Máquinas, aparelhos e materiais elétricos 0,0 0,0% 100,0 39,5% - Veículos automotores, reboques e carrocerias 11,0 1,0% 59,0 23,3% 436,4% ▲ Produtos químicos 0,0 0,0% 43,0 17,0% - Produtos de borracha e de material plástico 0,0 0,0% 23,0 9,1% - Produtos alimentícios 903,0 84,1% 19,0 7,5% -97,9% ▼ Outros da indústria 160,0 14,9% 9,0 3,6% -94,4% ▼ Total Serviços 138,0 100% 684,0 100% 395,7% ▲ Serviços financeiros e atividades auxiliares 0,0 0,0% 331,0 48,4% - Serviços financeiros - holdings não-financeiras 57,0 41,3% 160,0 23,4% 180,7% ▲ Obras de infra-estrutura 15,0 10,9% 48,0 7,0% 220,0% ▲ Atividades de sedes de empresas e de consultoria em gestão de empresas 0,0 0,0% 43,0 6,3% - Serviços de tecnologia da informação 0,0 0,0% 42,0 6,1% - Outros serviços 66,0 47,8% 60,0 8,8% -9,1% ▼***Variação maior que 1000%Fonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging MarketingElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 01
  3. 3. Raio-X dos Investimentos Raio-X do Investimento Janeiro de 2011 Janeiro de 2010 Janeiro de 2011 Dinamarca Países Baixos Estados Unidos Luxemburgo US$ 180,0 Mi US$ 221,0 Mi US$ 132,0 Mi US$ 706,0 Mi 13% 22% 13% 50% Ilhas Chile Virgens US$ 161,0 Mi Britânicas 11% US$ 109,0 Mi 600 11% Demais Estados Ilhas Cayman Unidos Demais países US$ 104,0 Mi países Ilhas Virgens US$ 332,0 Mi US$ 53,0 Mi Reino Unido 10%US$ 291,0 Mi Britânicas 4% 33% US$ 27,0 Mi US$ 100,0 Mi 21% 10% 2% Fusões e Aquisições Efetivadas (F.&.A.) - Empresas Brasileiras no Exterior jan/10 Part. jan/11 Part. Var. F&A Total 173,76 100% 502,90 100,0% 189,4% Completadas 173,76 100% 0,00 0,0% - Negociação em andamento - - 502,90 100,0% - Transações de Empresas Brasileiras no Exterior em Janeiro de 2011 Principais Fusões (F) e Aquisições (A) Vendedor Comprador Detalhes da Transação País Empresa Setor Empresa Tipo Part. US$ Mi Status Índia Strides Arcolab Farmacêutico Biochimico (A) - - CompletaUruguai Unidos coop. Agrária Alimentos Minerva S.A (A) 100,0% 65,0 AnunciadaColômbia Hotel Pereira S.A Hotelaria Grupo Sinergy (A) 100,0% 26,9 AnunciadaColômbia Diveo de Colômbia Serviços de Informática DH&C Outsourcing (A) 100,0% 411,0 AnunciadaFonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging Marketing 02Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior
  4. 4. Raio-X dos Investimentos Janeiro de 2011 Entradas de Investimentos Estrangeiros Diretos (US$ Milhões) jan/10 jan/11 Variação Investimentos Estrangeiros Diretos - Total 600 2.956 392,7% ▲ Participação no capital 795 1.866 134,7% ▲ Empréstimos Intercompanhia -195 1.089 658,7% ▲ Evolução da Entrada de Investimentos Estrangeiros Diretos (US$ Bilhões) 18,0 16,0 15,4 14,0 12,0 10,0 8,0 6,8 6,0 5,4 3,5 3,7 4,0 2,8 2,6 2,4 3,0 2,0 2,2 2,0 0,6 0,7 0,0 jan/10 fev/10 mar/10 abr/10 jun/10 set/10 out/10 jan/11 mai/10 jul/10 ago/10 nov/10 dez/10 Investimento Estrangeiro Direto por Setor (US$ Milhões) Setores jan/10 Part. jan/11 Part. Variação Total Primários 230,3 100% 245,0 100% 6,4% ▲ Extração de petróleo e gás natural 104,4 45,3% 126,0 51,4% 20,7% ▲ Extração de minerais metálicos 86,6 37,6% 78,0 31,8% -9,9% ▼ Agricultura, pecuária e serviços relacionados 15,7 6,8% 28,0 11,4% 78,3% ▲ Atividades de apoio à extração de minerais 21,4 9,3% 8,0 3,3% -62,6% ▼ Produção florestal 2,3 1,0% 4,0 1,6% 74,7% ▲ Outros primários 0,0 0,0% 1,0 0,4% *** Total Indústria 282,3 100% 493,0 100% 74,6% ▲ Metalurgia 82,5 29,2% 123,0 24,9% 49,2% ▲ Veículos automotores, reboques e carrocerias 9,6 3,4% 108,0 21,9% *** Máquinas, aparelhos e materiais elétricos 1,1 0,4% 72,0 14,6% *** Produtos químicos 1,9 0,7% 51,0 10,3% *** Produtos de borracha e de material plástico 4,4 1,6% 33,0 6,7% 644,9% ▲ Outros da indústria 182,8 64,8% 106,0 21,5% -42,0% ▼ Total Serviços 784,0 100% 1.845,0 100% 135,3% ▲ Obras de infra-estrutura 23,1 3,0% 549,0 29,8% *** Comércio, exceto veículos 43,1 5,5% 407,0 22,1% 844,1% ▲ Atividades imobiliárias 40,5 5,2% 227,0 12,3% 460,4% ▲ Serviços financeiros e atividades auxiliares 216,3 27,6% 123,0 6,7% -43,1% ▼ Serviços de arquitetura e engenharia 11,0 1,4% 68,0 3,7% 515,9% ▲ Outros serviços 449,9 57,4% 471,0 25,5% 4,7% ▲***Variação maior que 1000%Fonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging MarketingElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 03
  5. 5. Raio-X dos Investimentos Raio-X do Investimento Janeiro de 2011 Janeiro de 2010 Janeiro de 2011 Estados Unidos Países Baixos Espanha US$ 316,8 Mi US$ 120,7 Mi Estados Unidos Portugal US$ 668,0 Mi US$ 359,0 Mi 24% 9% US$ 118,2 Mi 26% 9% 14% Reino Unido Canadá US$ 105,5 Mi US$ 256,0 Mi 600 8% 10% Chile Países Baixos US$ 91,0 Mi Demais países Demais países US$ 898 Mi França US$ 219,0 Mi 7% 8% US$ 544 Mi 35% US$ 183,0 Mi 42% 7% Fusões e Aquisições Efetivadas (F.&.A.) - Empresas Estrangeiras no Brasil jan/10 Part. jan/11 Part. Var. F&A Total 8.057 100% 2.400 100,0% -70,2% Completadas 7.959 99% 0,00 0,0% - Negociação em andamento 98 0,01 2.400 100,0% 2346,7% Transações de Empresas Estrangeiras no Brasil em Janeiro de 2011 Principais Fusões (F) e Aquisições (A) Comprador Vendedor Detalhes da Transação País Empresa Setor Empresa Tipo Part. US$ Mi StatusEspanha Iberdrola Energia Elektro (A) 99,7% 2.400 Anunciada EUA Advent International Armazenamento TCP conteineres (A) 50,0% 0 Anunciada - Benchmark Capital Serviços de Internet Peixe urbano (A) - 0 Anunciada EUA Parker Hannifin Agricultura HDA Acessoria (A) 100,0% 0 AnunciadaFonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging Marketing 04Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior

×