O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Megatrends insights 2022 - PROF YOGUI

Megatrends insights 2022 - PROF YOGUI

Baixar para ler offline

Produzimos este documento para poder apoiar as organizações em suas estratégias para 2022.
Esperamos que possa gerar insights sobre temas como Desenvolvimento de Capital Humano, Cultura Organizacional, Mapeamento Tecnológico, Excelência Operacional e Novos Modelos de Negócios

Produzimos este documento para poder apoiar as organizações em suas estratégias para 2022.
Esperamos que possa gerar insights sobre temas como Desenvolvimento de Capital Humano, Cultura Organizacional, Mapeamento Tecnológico, Excelência Operacional e Novos Modelos de Negócios

Mais Conteúdo rRelacionado

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

Megatrends insights 2022 - PROF YOGUI

  1. 1. Megatrends Insigths © Pontos de Observação e Ênfase nas Organizações Mutantes© em 2022 PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  2. 2. Índice e Conteúdo • Introdução • Organizações Mutantes • Pessoas: Smart People & Soft Skills • Cultura de Aprendizado e Experimentação • Mapeamento Tecnológico & Identificação de Oportunidades • Excelência Operacional • Novos Modelos de Negócios • Posicionamento no Mercado Atual e Futuro • Papel da Organização no Século XXI: ESG & Propósito • Sobre Nós • Contatos Megatrends Insights © PROF YOGUI All rights reserved
  3. 3. Introdução • Ao longo de 2020 e 2021, apoiamos organizações em seus desafios de se adaptarem a um novo contexto de mundo e a necessidade de manter suas operações ativas. • Neste atual estágio, este documento busca provocar alguns insights para a Transformação Organizacional de forma mais articulada e planejada para uma realidade da Nova Economia que se desenha como resultado dos impactos da pandemia COVID-19, dos avanços tecnológicos, da necessidade de novos modelos operacionais e de um novo contexto de negócios de forma global. • Também há um grande questionamento do modelo operacional atual e novos desenhos estruturais para atender este novo contexto de mundo. • De forma mais ampla, este momento que vivemos, ficará registrado na história da humanidade como um dos grandes marcos de transformação das organizações e sociedade. • As organizações e suas respectivas lideranças que compreenderem melhor este contexto, irão buscar alinhar suas estratégias para esta nova realidade. PROF YOGUI www.yogui.com.br
  4. 4. Organizações Mutantes © • A dinâmica das duas primeiras décadas do século XXI, mostram evidências que as organizações que foram mais cadenciadas no século anterior, precisam ter maior agilidade e poder de execução para vencerem os desafios impostos além de se posicionarem como Organizações Mutantes ©, expressão que desenvolvemos para a necessidade de rápida adaptação as grandes mudanças que as organizações vivem no atual momento. • As Organizações Mutantes ©, vivem em um eterno processo de aprendizado, absorvendo conhecimentos necessários para aplicarem em sua mutação organizacional • Atuam de forma descentralizada, com maior autonomia e focada em processos dinâmicos que se adaptam rapidamente as imprevisibilidades do ambiente externo ou restrições de recursos organizacionais • Promovem de forma efetiva a capacitação de seus colaboradores de novas as habilidades como Empowerment, Ownership e Times de Alto Desempenho. Além da adoção de modelos dinâmicos para atingimento de objetivos como os OKRs. • Lideranças são agora articuladores e facilitadores para a operação destes times de alto desempenho PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  5. 5. Smart People & Soft Skills • Há um tendência de trabalhos repetitivos e de baixa intensidade intelectual, seja feita por aplicações baseadas em Inteligência Artificial. Assim os profissionais do século XXI devem buscar o seu desenvolvimento focadas em atividades de uso intensivo de capital intelectual • Também devem ter uma visão sistêmica da organização, para que a tomada de decisão seja feita de forma alinhada a condição de melhor cenário global e não um visão restrita de sua atividade • Haverá uma necessidade de maior demanda por times mais colaborativos multidisciplinares, focados em processos e neste sentido, os indicadores de desempenho, devem priorizar esta avaliação holística e menos pontual e departamentalizado • Os profissionais devem estar capacitados para atuarem de forma ´híbrida (presencial e virtual) em equipes que podem ser globais e distribuídas • Novos indicadores de desempenho devem ser estabelecidos para avaliar os profissionais em um novo contexto do novo modelo organizacional em prática ou ainda em fase de implementação. • O conceito Lifelong Learning – educação continuada ao longo da vida profissional - entra no contexto do Desenvolvimento do Capital Humano nas organizações, mas com o protagonismo do profissional para o desenho de seu próprio processo de aprendizado, mapeando seus gaps e fontes de aprendizado. • Entre os Soft Skills mais significativos neste novo contexto de mundo estão: • Trabalho em Equipe, Análise Sistêmica e Crítica, Tomada de Decisão em Ambientes Complexos, Ownership, Empowerment, Flexibilidade Cognitiva, Orientação à Serviço, Articulação, Negociação e Criatividade PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  6. 6. Cultura de Aprendizado & Experimentação • A Cultura das Organizações devem ser desenvolvidas para buscar novos conhecimentos e experimentação de novos modelos operacionais, de negócios e de novas tecnologias. • As organizações mais bem sucedidas, também terão dentro da sua cultura, uma forma diferente de lidar com o “fracasso”. Será um ativo, aprender com os erros e buscar errar de forma rápida e que consumam menos recursos e tempo. • As lições aprendidas serão de grande valor para futuros desafios. • Os conceitos como Agile, Lean Startup e Minimum Viable Products serão essenciais para qualquer organização neste ambiente de aprendizado e experimentação. PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  7. 7. Mapeamento Tecnológico & Identificação de Oportunidades • Independente do seu porte, qualquer organização, deve buscar mapear novas tecnologias que possam gerar um novo valor à organização, em produtos e serviços existentes, ou mesmo, para novos produtos, serviços ou ainda novos mercados de atuação. • Ter muito bem definido, o que se busca, colabora com um radar tecnológico mais efetivo • A interação no Ecossistema de Inovação, também ajuda no processo de identificação de potenciais tecnologias • Igualmente, uma política de Inovação Aberta estabelecida, contribui para maior proximidade e interação com Atores do Ecosssitema de Inovação, quer seja Startups, Hubs de Inovação, Centros Tecnológicos ou ainda áreas de P&DI de universidades. PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  8. 8. Excelência Operacional Não existe futuro, sem uma excelência no que se faz hoje. Toda as iniciativas, devem priorizar inicialmente aquilo que se faz hoje, melhorando os processos atuais, produtos e serviços existentes além de otimização dos modelos operacionais Repensar modelos operacionais, sistemas de controles e distribuição são essenciais daqui para frente A Inovação Incremental é um caminho para mitigar riscos iniciais e gerar uma curva de aprendizado para iniciativas mais disruptivas futuramente Porém é importante, buscar novas vocações futuras da organização, em paralelo. Assim que consolidadar o aprendizado da Inovação Incremental, pode-se partir para esta nova frente Os ganhos atuais com a Inovação Incremental, devem, em parte, prover recursos para o desenvolvimento futuro de Inovações mais disruptivas Indicadores Inteligêntes de Desempenho dos profissionais devem ser desenvolvidos para este novo contexto da Excelência Operacional PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  9. 9. Novos Modelos de Negócios As Organizações devem explorar as tecnologias que permitam desenvolver acesso de seus produtos e serviços aos Clientes / Usuários, de modo a gerar maior valor para eles . O novos modelos de negócios, devem gerar dados que permitam mapear tendências e mudanças de hábitos de seus Clientes / Usuários Além disso, os Novos Modelos de Negócios, podem ser usados para a viabilização de novos produtos e serviços em desenvolvimento pela organização. A organização deve usar o conceito do Creative Destruction para promover o exercício de matar o atual modelo de negócios com um novo modelo que gere muito maior valor ao Cliente, antes que um concorrente ou entrante no segmento, o faça de forma fatal para a organização. PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  10. 10. Posicionamento Atual & Futuro As Organizações devem ter a capacidade para compreender que o seu atual posicionamento como algo finito a médio ou longo prazo. Deve-se ser explorada como uma janela de oportunidade para gerar recursos que levarão ao seu posicionamento futuro. O conceito da Ambidestria Organizacional é a forma que Conselhos de Administração e Alta Liderança devem pensar na dinâmica de negócios a médio e longo prazo. A Ambidestria Organizacional olha a tecnologia de duas formas: - Extrair o máximo das tecnologias atuais para atingir a Excelência Operacional hoje - ao mesmo tempo que explora tecnologias emergentes que podem contribuir com o posicionamento futuro da organização. Este posicionamento futuro, depende da vocação e know how acumulado que permitam sua atuação em mercados mais adequados á realidade do mercado futuro. PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  11. 11. Papel da Organização no Século XII A evolução da Sociedade, além da consciência e maturidade das Organizações, promovem um novo papel de seu propósito no mundo que vivemos. As organizações devem buscar impactar positivamente a Sociedade e as boas práticas de ESG, ganham destaque neste sentido. O pilar Econômico é importante mas deve ser equilibrado com os pilares Ambientais e Sociais. O antes discurso de sustentabilidade deve dar lugar as ações práticas comprovadas e alinhadas ao contexto do ESG. O Greenwashing não será tolerado e irá ser combatido para dar destaque as organizações que demonstrem realmente uma sólida política de ESG. PROF YOGUI – COPYRIGHT 2022
  12. 12. SOBRE NÓS: PROF YOGUI • Conselheiros de Empresas • Autor do Framework de Inovação©, modelo aberto, adotado por empresas, startups, escolas de negócios e hubs de inovação • Colabora na integração e sinergia do Ecossistema de Inovação (Academia– Indústria–Governo) para gerar impactos nos negócios, na indústria e na sociedade • Membro da Agência de Inovação e Comitê de Desenvolvimento do Centro Técnico Científico da PUC-Rio • Mentor do Programa Trekker – Lifelong Learning para C´Level – da Fundação Dom Cabral • Afiliado e colaborador na ANPEI e Associado ao Angel Investor Club. Membro do Comitê de Transformação Digital da SAE Brasil e IBP. • Colaborador das Comunidades Open Innovation BR & BIN@ (Business Innovation Network) • Professor convidado de Escolas de Negócios e Programas de Educação Corporativa • Antes de um período sabático (2010/2011), recebeu em 7 anos consecutivos o reconhecimento –Accountability Awards – como head na América do Sul de negócios de Tecnologias Disruptivas com implementação de novos modelos de negócios e de licenciamento de produtos. Também liderou equipes globais e distribuídas • Colaborou com a introdução de Tecnologias Emergentes no Brasil como a impressão 3D, Laser Scanning 3D e Computação Gráfica aplicada a Projetos de Engenharia Autor do Framework de Inovação © Inovação – Liderança – Sociedade PROF YOGUI,R. yogui.com.br Formação de Conselheiro – Programa PDC da FDC Mestre em Administração – Ibmec MBA em Gestão Empresarial – FGV Pós-Graduação em Comunicação com Mercado – ESPM Engenharia Automobilística – FEI /SBC SP
  13. 13. DISSEMINAÇÃO DATECNOLOGIA, INOVAÇÃO E NOVOS MODELOS DE NEGÓCIOS NAS ORGANIZAÇÕES
  14. 14. YOGUI@YOGUI.COM.BR YOGUI.COM.BR

×