SlideShare uma empresa Scribd logo

Objectividade científica e racionalidade científica

A
AMLDRP
1 de 15
Baixar para ler offline
OBJECTIVIDADE CIENTÍFICA E RACIONALIDADE CIENTÍFICA Perspectivas de Popper e Kuhn Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
A RACIONALIDADE CIENTÍFICA E A QUESTÃO DA OBJECTIVIDADE ,[object Object],[object Object],Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
A EVOLUÇÃO DA CIÊNCIA SEGUNDO POPPER ,[object Object],[object Object],[object Object],Evolução da ciência Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
APROXIMAÇÃO À VERDADE ,[object Object],[object Object],[object Object],Valor de  verdade  de uma teoria é  independente  de  crenças ou opiniões , pois o que lhe confere valor de verdade é o que se passa na REALIDADE. Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
CIÊNCIA E PROGRESSO ,[object Object],[object Object],Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
OS PARADIGMA SEGUNDO KUHN ,[object Object],[object Object],Escola E.B. 2,3/s de Mora  11º ano  2009/2010
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnJorge Barbosa
 
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia Analítica
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia AnalíticaProblema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia Analítica
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia AnalíticaFellipe Ávila
 
Hume_tipos_conhecimento
Hume_tipos_conhecimentoHume_tipos_conhecimento
Hume_tipos_conhecimentoIsabel Moura
 
Método_conjeturas_refutações_Popper
Método_conjeturas_refutações_PopperMétodo_conjeturas_refutações_Popper
Método_conjeturas_refutações_PopperIsabel Moura
 
Argumentos não dedutivos
Argumentos não dedutivosArgumentos não dedutivos
Argumentos não dedutivosIsabel Moura
 
Objeções_falsificacionismo
Objeções_falsificacionismoObjeções_falsificacionismo
Objeções_falsificacionismoIsabel Moura
 
Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1Jorge Barbosa
 
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_DeusHume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_DeusIsabel Moura
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraAlexandra Madail
 

Mais procurados (20)

Tipos de conhecimento
Tipos de conhecimentoTipos de conhecimento
Tipos de conhecimento
 
Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - Kuhn
 
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia Analítica
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia AnalíticaProblema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia Analítica
Problema de Gettier - Área:Filosofia - Sub-área:Epistemologia Analítica
 
Hume_tipos_conhecimento
Hume_tipos_conhecimentoHume_tipos_conhecimento
Hume_tipos_conhecimento
 
Popper e kuhn
Popper e kuhnPopper e kuhn
Popper e kuhn
 
Método_conjeturas_refutações_Popper
Método_conjeturas_refutações_PopperMétodo_conjeturas_refutações_Popper
Método_conjeturas_refutações_Popper
 
Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa  Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa
 
Thomas kuhn
Thomas kuhnThomas kuhn
Thomas kuhn
 
O problema da indução
O problema da induçãoO problema da indução
O problema da indução
 
Popper e a Ciência
Popper e a CiênciaPopper e a Ciência
Popper e a Ciência
 
A ciência normal e a extraordinária
A ciência normal e a extraordináriaA ciência normal e a extraordinária
A ciência normal e a extraordinária
 
Argumentos não dedutivos
Argumentos não dedutivosArgumentos não dedutivos
Argumentos não dedutivos
 
Objeções_falsificacionismo
Objeções_falsificacionismoObjeções_falsificacionismo
Objeções_falsificacionismo
 
As críticas a kuhn
As críticas a kuhnAs críticas a kuhn
As críticas a kuhn
 
As relações de ideias
As relações de ideiasAs relações de ideias
As relações de ideias
 
Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1
 
Comparação descartes hume
Comparação descartes   humeComparação descartes   hume
Comparação descartes hume
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_DeusHume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
 

Destaque

Filosofia 2
Filosofia 2Filosofia 2
Filosofia 2Zeffy
 
O que é paradigma segundo thomas kuhn
O que é paradigma segundo thomas kuhnO que é paradigma segundo thomas kuhn
O que é paradigma segundo thomas kuhnMíria Alves Cirqueira
 
Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Joaquim Melro
 
Caspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersCaspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersAna Isabel Falé
 
Os actos do homem
Os actos do homemOs actos do homem
Os actos do homemPaulo Gomes
 
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º bIlda Oliveira
 
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarFicha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarmluisavalente
 
T 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãoT 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãomluisavalente
 
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicoT 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicomluisavalente
 
F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valores
F 2007 ficha de trabalho  módulo ii -  a acção humana e os valoresF 2007 ficha de trabalho  módulo ii -  a acção humana e os valores
F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valoresmluisavalente
 
Falácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaFalácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaIsaque Tomé
 

Destaque (20)

Intermedio
IntermedioIntermedio
Intermedio
 
Comparação entre popper e kuhn
Comparação entre popper e kuhnComparação entre popper e kuhn
Comparação entre popper e kuhn
 
Filosofia 2
Filosofia 2Filosofia 2
Filosofia 2
 
Karl popper y thomas khun
Karl popper y thomas khunKarl popper y thomas khun
Karl popper y thomas khun
 
A escolha entre paradigmas
A escolha entre paradigmasA escolha entre paradigmas
A escolha entre paradigmas
 
O que é paradigma segundo thomas kuhn
O que é paradigma segundo thomas kuhnO que é paradigma segundo thomas kuhn
O que é paradigma segundo thomas kuhn
 
Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)
 
Degas 1834 - 1917
Degas 1834 - 1917Degas 1834 - 1917
Degas 1834 - 1917
 
Caspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersCaspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchers
 
Os actos do homem
Os actos do homemOs actos do homem
Os actos do homem
 
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
 
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarFicha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
 
Ft lógica nº 2
Ft lógica nº 2Ft lógica nº 2
Ft lógica nº 2
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
T 2004
T 2004T 2004
T 2004
 
T 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãoT 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliação
 
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicoT 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
 
F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valores
F 2007 ficha de trabalho  módulo ii -  a acção humana e os valoresF 2007 ficha de trabalho  módulo ii -  a acção humana e os valores
F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valores
 
Falácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaFalácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retórica
 

Semelhante a Objectividade científica e racionalidade científica

O que e ciencia afinal
O que e ciencia afinalO que e ciencia afinal
O que e ciencia afinalIvo Mai
 
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docx
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docxREA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docx
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docxElianeMacedo22
 
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciência
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciênciaReflexões em torno das novas retóricas sobre a ciência
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciênciaCilmara Cristina Dos Santos
 
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptxeqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptxMnicaMatos22
 
Curso de Epistemologia 5/6
Curso de Epistemologia 5/6Curso de Epistemologia 5/6
Curso de Epistemologia 5/6Luiz Miranda-Sá
 
Exercícios Filsofia
Exercícios FilsofiaExercícios Filsofia
Exercícios FilsofiaJorge Barbosa
 
Exercícios Filsofia
Exercícios Filsofia Exercícios Filsofia
Exercícios Filsofia Jorge Barbosa
 
Plano de aula 11º b reg. 18
Plano de aula 11º b   reg. 18Plano de aula 11º b   reg. 18
Plano de aula 11º b reg. 18j_sdias
 
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária Fabiano Antunes
 
Comparação_Popper_kuhn
Comparação_Popper_kuhn Comparação_Popper_kuhn
Comparação_Popper_kuhn Isabel Moura
 

Semelhante a Objectividade científica e racionalidade científica (20)

fc.pptx
fc.pptxfc.pptx
fc.pptx
 
Epistemologia de Popper
Epistemologia de PopperEpistemologia de Popper
Epistemologia de Popper
 
O que e ciencia afinal
O que e ciencia afinalO que e ciencia afinal
O que e ciencia afinal
 
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docx
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docxREA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docx
REA_DOSSIE SOBRE A FILOSOFIA DA CIENCIA DE KARL POPPER.docx
 
Comparação entre popper e kuhn
Comparação entre popper e kuhnComparação entre popper e kuhn
Comparação entre popper e kuhn
 
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciência
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciênciaReflexões em torno das novas retóricas sobre a ciência
Reflexões em torno das novas retóricas sobre a ciência
 
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptxeqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
 
filosofia cartazes.docx
filosofia cartazes.docxfilosofia cartazes.docx
filosofia cartazes.docx
 
Curso de Epistemologia 5/6
Curso de Epistemologia 5/6Curso de Epistemologia 5/6
Curso de Epistemologia 5/6
 
Exercícios Filsofia
Exercícios FilsofiaExercícios Filsofia
Exercícios Filsofia
 
Exercícios Filsofia
Exercícios Filsofia Exercícios Filsofia
Exercícios Filsofia
 
Plano de aula 11º b reg. 18
Plano de aula 11º b   reg. 18Plano de aula 11º b   reg. 18
Plano de aula 11º b reg. 18
 
Aula 01 e 02
Aula 01 e 02Aula 01 e 02
Aula 01 e 02
 
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária
Filosofia e ensino de ciências: uma convergência necessária
 
Popper
PopperPopper
Popper
 
Popper
PopperPopper
Popper
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
 
As críticas a kuhn
As críticas a kuhnAs críticas a kuhn
As críticas a kuhn
 
Comparação_Popper_kuhn
Comparação_Popper_kuhn Comparação_Popper_kuhn
Comparação_Popper_kuhn
 
Construção da ciência
Construção da ciênciaConstrução da ciência
Construção da ciência
 

Mais de AMLDRP

Patagónia
PatagóniaPatagónia
PatagóniaAMLDRP
 
filosofia - A morte é...
filosofia - A morte é... filosofia - A morte é...
filosofia - A morte é... AMLDRP
 
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularAMLDRP
 
Folheto filosofia - direitos dos animais
Folheto filosofia - direitos dos animaisFolheto filosofia - direitos dos animais
Folheto filosofia - direitos dos animaisAMLDRP
 
ENSAIO FILOSÓFICO - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...
 ENSAIO FILOSÓFICO  - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA... ENSAIO FILOSÓFICO  - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...
ENSAIO FILOSÓFICO - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...AMLDRP
 
Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia AMLDRP
 
Ficha de leitura - brida
Ficha de leitura - bridaFicha de leitura - brida
Ficha de leitura - bridaAMLDRP
 
Ficha de leitura - o natal de poirot
Ficha de leitura - o natal de poirotFicha de leitura - o natal de poirot
Ficha de leitura - o natal de poirotAMLDRP
 
Ficha de leitura: a conspiração - dan brown
Ficha de leitura: a conspiração - dan brownFicha de leitura: a conspiração - dan brown
Ficha de leitura: a conspiração - dan brownAMLDRP
 
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santos
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santosFicha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santos
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santosAMLDRP
 
Reflexao critica - baraka
Reflexao critica -  barakaReflexao critica -  baraka
Reflexao critica - barakaAMLDRP
 
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assis
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assisrecensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assis
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assisAMLDRP
 
Ficha de leitura - anjos e demónios
Ficha de leitura -  anjos e demóniosFicha de leitura -  anjos e demónios
Ficha de leitura - anjos e demóniosAMLDRP
 
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho AMLDRP
 
a espécie humana
a espécie humanaa espécie humana
a espécie humanaAMLDRP
 
daphniasemmora
 daphniasemmora daphniasemmora
daphniasemmoraAMLDRP
 
Vós jovens sois a esperança do futuro corrigido texto orientado
Vós jovens sois a esperança do futuro  corrigido texto orientadoVós jovens sois a esperança do futuro  corrigido texto orientado
Vós jovens sois a esperança do futuro corrigido texto orientadoAMLDRP
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
BasquetebolAMLDRP
 
Tabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de CamposTabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de CamposAMLDRP
 
Campo magnético terrestre
Campo magnético terrestreCampo magnético terrestre
Campo magnético terrestreAMLDRP
 

Mais de AMLDRP (20)

Patagónia
PatagóniaPatagónia
Patagónia
 
filosofia - A morte é...
filosofia - A morte é... filosofia - A morte é...
filosofia - A morte é...
 
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
 
Folheto filosofia - direitos dos animais
Folheto filosofia - direitos dos animaisFolheto filosofia - direitos dos animais
Folheto filosofia - direitos dos animais
 
ENSAIO FILOSÓFICO - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...
 ENSAIO FILOSÓFICO  - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA... ENSAIO FILOSÓFICO  - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...
ENSAIO FILOSÓFICO - SERÁ QUE OS ANIMAIS NÃO HUMANOS SÃO DIGNOS DE CONSIDERA...
 
Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia
 
Ficha de leitura - brida
Ficha de leitura - bridaFicha de leitura - brida
Ficha de leitura - brida
 
Ficha de leitura - o natal de poirot
Ficha de leitura - o natal de poirotFicha de leitura - o natal de poirot
Ficha de leitura - o natal de poirot
 
Ficha de leitura: a conspiração - dan brown
Ficha de leitura: a conspiração - dan brownFicha de leitura: a conspiração - dan brown
Ficha de leitura: a conspiração - dan brown
 
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santos
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santosFicha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santos
Ficha de leitura o sétimo selo - josé rodrigues dos santos
 
Reflexao critica - baraka
Reflexao critica -  barakaReflexao critica -  baraka
Reflexao critica - baraka
 
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assis
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assisrecensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assis
recensao critica (portugues) - a igreja do diabo, machado de assis
 
Ficha de leitura - anjos e demónios
Ficha de leitura -  anjos e demóniosFicha de leitura -  anjos e demónios
Ficha de leitura - anjos e demónios
 
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho
Ficha de leitura - as valquírias, paulo coelho
 
a espécie humana
a espécie humanaa espécie humana
a espécie humana
 
daphniasemmora
 daphniasemmora daphniasemmora
daphniasemmora
 
Vós jovens sois a esperança do futuro corrigido texto orientado
Vós jovens sois a esperança do futuro  corrigido texto orientadoVós jovens sois a esperança do futuro  corrigido texto orientado
Vós jovens sois a esperança do futuro corrigido texto orientado
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Tabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de CamposTabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de Campos
 
Campo magnético terrestre
Campo magnético terrestreCampo magnético terrestre
Campo magnético terrestre
 

Último

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 

Último (20)

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 

Objectividade científica e racionalidade científica

  • 1. OBJECTIVIDADE CIENTÍFICA E RACIONALIDADE CIENTÍFICA Perspectivas de Popper e Kuhn Escola E.B. 2,3/s de Mora 11º ano 2009/2010
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.