A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação

1.298 visualizações

Publicada em

A importância da leitura em idades precoces. O papel da família, da escola e da Biblioteca Escolar.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação

  1. 1. Ler em família: antes de aprender a ler e a escrever Sessão com pais e encarregados de educação
  2. 2. «O verbo ler não suporta o uso do imperativo. Aversão que partilha com alguns outros: o verbo “amar”… o verbo “sonhar”… Podemos sempre tentar, claro. Anda lá: “Ama-me!” “Sonha!” “Lê!” “Lê! Irra, lê, ordeno-te que leias !” – Vai para o teu quarto e lê! Resultado? Nada.» in Comme un roman de Daniel Pennac (tradução livre)
  3. 3. O prazer de ler… Os prazeres da leitura e da escrita são múltiplos. Mas até lá o caminho é longo! O processo de aprendizagem é gradual e contínuo desde os primeiros anos de vida: Aprendemos a falar Contactamos com a leitura e com a escrita antes de aprender na escola Aprendemos a ler e a escrever Final e desejavelmente gostamos de ler e de escrever
  4. 4. Contato com a leitura e com a escrita antes da aprendizagem na escola • Está amplamente estudado que há todo um conjunto de conhecimentos, competências e atitudes desenvolvidas pela crianças que poderão favorecer a aprendizagem formal da leitura e da escrita. • As crianças aprenderão melhor a ler e a escrever se todos nós, educadores, pais e avós (família) lhes proporcionarmos de forma progressiva e intencional desde tenra infância um conjunto rico e variado de experiências, de atividades e de interações com a linguagem escrita.
  5. 5. Vantagens de ler… • Desperta o sentido crítico (Os livros, inclusive os romances, ajudam-nos a entender o mundo e a nós mesmos.) • Amplia o nosso conhecimento geral (Além de ser envolvente, a leitura expande as nossas referências e a nossa capacidade de comunicação.) • Aumenta o vocabulário (Graças aos livros, descobrimos novas palavras e novos usos para as que já conhecemos.) • Estimula a criatividade (Ler é fundamental para soltar a imaginação. Por meio dos livros, criamos lugares, personagens, histórias.) • Emociona (Quem já se sentiu triste ou feliz ao fim de um romance sabe o poder que um bom livro tem.) • Facilita a escrita (Ler é um hábito que se reflete no domínio da escrita. Ou seja, quem lê mais escreve melhor.) • Muda a nossa vida (Quem lê desde cedo está muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida.) … e ler em família? É ainda melhor… com a leitura criamos afetos.
  6. 6. Importância de aprender a ler e escrever nos nossos dias… Durante a nossa vida temos de ler e escrever de forma competente por diferentes necessidades: • Formação (técnica, académica…) Na vida profissional cada vez mais os postos de trabalho implicam uma aprendizagem teórica (por ex.: mecânicos, cabeleireiros, cozinheiros… e não apenas os que fazem estudos superiores); • Informação (pessoal ou profissional) Na vida quotidiana, em diferentes contextos (instruções para equipamentos, bula de um medicamento, acesso a conteúdos online…). Mas como aprendemos a ler e a escrever?
  7. 7. Mecanismos de aprendizagem da leitura e da escrita A aprendizagem formal da leitura e da escrita no início da escolaridade será mais fácil se as crianças desde os seis meses de idade tiverem desenvolvido as seguintes capacidades: A atenção A memória A discriminação auditiva e visual O vocabulário A articulação de palavras As estruturas morfossintáticas (por ex.: a variação em género das palavras; a ordem das palavras na frase… O conhecimento de diferentes tipos de textos e suas estruturas.
  8. 8. Mecanismos de aprendizagem da leitura e da escrita A aprendizagem inicial da leitura e da escrita requer que a criança... • reconheça os sons da língua; • compreenda que esses sons variam nas palavras tal como variam os símbolos na escrita; • associe os sons à sua grafia (escrita). Mas necessita também: • de conhecer regras e convenções associadas aos materiais escritos; • organize o sentido do que lê; • (finalmente) desenvolva o gosto pelas atividades de leitura e escrita.
  9. 9. Mecanismos de aprendizagem da leitura e da escrita • A linguagem falada e a linguagem escrita desenvolvem-se simultaneamente e em interligação. • As crianças vão descobrindo através das atividades que lhes proporcionamos a relação que existe entre a linguagem oral e escrita.
  10. 10. Fatores que influenciam a aprendizagem da leitura e da escrita Domínio da linguagem oral Estabilidade psicológica Saúde Ambiente social e cultural (por ex.: dificuldades auditivas, visuais) (por ex.: estimular a curiosidade; promover o contacto com livros, materiais de escrita)
  11. 11. Escola e Família. Um desafio partilhado. A cooperação entre a escola e a família é fundamental no desenvolvimento das competências da leitura e da escrita. Pais, educadores e professores deverão estar sensibilizados para a importância deste trabalho partilhado.
  12. 12. O papel da família e da escola no processo de aprender a ler e a escrever Escola (pré-escolar e 1.º ano do 1.º CEB) Minimizar a influência dos fatores sociais e culturais. Família Assegurar estabilidade psicológica. Promover o domínio das regras da linguagem oral, e a diversidade vocabular. Favorecer um conjunto de conhecimentos, de atividades e de experiências que envolvam a linguagem escrita.
  13. 13. Escola… A escola tem a função de propiciar um ambiente de aprendizagem favorável aos processos de aquisição de leitura e escrita, através de educadores e professores que nas suas práticas pedagógicas projetem estratégias adaptadas e motivadoras de ensinar e aprender. A hora do conto Trabalho autónomo Dramatização
  14. 14. • integra o seu projeto nos objetivos estratégicos e de aprendizagem da escola; • oferece um espaço acolhedor e multifuncional; • tem, pelos recursos que disponibiliza, possibilidades pedagógicas acrescidas (livros de leitura, dicionários, enciclopédias, documentos áudio, vídeo, equipamentos…); • disponibiliza um serviço de empréstimo domiciliário; • acompanha os alunos em atividades de leitura, pesquisa e estudo; • desenvolve programas e estratégias de trabalho cooperativo entre alunos, docentes e famílias. Na tarefa de aprender a ler e a escrever a Biblioteca Escolar é um poderoso instrumento, já que: Escola… conta com a Biblioteca Escolar
  15. 15. Na Biblioteca Escolar, entre muitas atividades, os alunos podem… estudar em grupo; conversar com um escritor; escolher os livros preferidos. Escola…
  16. 16. As famílias podem incluir nos seus dias rotinas e atividades relacionadas com a leitura e promover o contato regular com materiais escritos em diversos contextos e utilizados em diferentes situações. Desta forma intensificam os laços entre escola e família e precocemente fomentam as competências da leitura e da escrita. Na hora do banho, mesmo os mais pequenos podem contatar com o livro. Enquanto ajudam a preparar o jantar. A ligação da literacia ao jogo confere-lhe sentido e é agradável de realizar. Família…
  17. 17. Família… Aproveite para ler nos transportes. Visite Feiras do Livro e livrarias. Frequente as bibliotecas públicas. O empréstimo é gratuito!
  18. 18. Família… Ao deitar, a leitura de uma história proporciona às crianças: • um momento tranquilo; • um ambiente oral rico; • maior conhecimento sobre o mundo; • ajuda a interpretar ações; • capta os afetos pela leitura.
  19. 19. Família… Ao ler um livro com o seu filho... • Transmita emoção e vivacidade ao que lê. • Adeque o tom de voz às personagens. • Promova a expressão da criança sobre as imagens e história do livro. • Acarinhe as respostas da criança, reforçando-a, elogiando-a. • Aumente a qualidade das verbalizações, acrescentando-lhes novo vocabulário e novas informações. • Repita com a criança as novas expressões exploradas durante a leitura. Crie laços afetivos em relação à leitura. Seja o primeiro a contribuir para o prazer de ler!
  20. 20. Família…
  21. 21. Outras sugestões para ler e escrever em família  Deixe bilhetes, recados ou escreva cartas.  Prepare receitas culinárias na presença da criança.  Procure na Internet significados de palavras e lugares num mapa.  Explore rótulos de embalagens.  Escreva listas de compras, mensagens telefónicas e de correio eletrónico.  Aproveite as situações da rua (sinais de trânsito, nomes de lojas e de restaurantes).  Leia ou crie os convites de aniversário.  Elabore uma agenda telefónica.  Faça jogos (letras magnéticas).  Leia horários, mapas, instruções, anúncios, folhetos e brochuras. E não se esqueça… Família…
  22. 22. Dê o exemplo. Vale por mil palavras!
  23. 23. Como escolher livros para os seus filhos? Dos dois aos três anos • Coloridos, com páginas de cartão – mas também com páginas de papel. • Livros cómicos. • Rimas, canções e textos repetitivos que possam aprender de cor. • Livros sobre: crianças e famílias; fazer amigos; alimentos; animais; camiões; carros; comboios e barcos. • Livros de palavras associadas a imagens. Família…
  24. 24. Como escolher livros para os seus filhos? Dos três aos cinco anos • O leitor como «player» (jogador). • Ainda apenas ouvinte de histórias, assume um papel de participante/ator confiante num mundo de fantasia que simbolicamente recria a realidade, os medos e os desejos, situação que o ajuda pouco a pouco a ultrapassá-los e a controlá-los. Família…
  25. 25. Como escolher livros para os seus filhos? Dos seis aos oito anos • O leitor como «herói» ou «heroína» assume-se como figura central de uma história que está constantemente a ser reescrita, de acordo com a imagem que vai construindo do mundo. Família…
  26. 26. Recursos na Internet que o podem apoiar Ler + em família do PNL Sugestões de leitura adaptadas a todas as faixas etárias e esclarecimento de dúvidas. www.planonacionaldelei tura.gov.pt/ Casa da Leitura Sugestões de livros e soluções para dúvidas dos pais e educadores. www.casadaleitura.org/ Contalá Leitura de histórias online (para funcionar como modelo de leitura ou para ouvir com o seu filho). www.contala.net/ O Caminho das Letras Portal com diversos recursos de leitura para crianças. http://e-livros.clube- de-leituras.pt/cdl/ O CATA LIVROS Lúdico e interativo aproxima jovens leitores de títulos essenciais da literatura para infância e juventude, com destaque para a produção nacional. www.catalivros.org/
  27. 27. Seja um leitor generoso. O prazer de ler nasce com aqueles que mais amamos.
  28. 28. Títulos das narrações a intercalar na apresentação A lagartinha muito comilona de Eric Carle Animado percurso pelos dias da semana, pelos números e por um vasto sortido de frutos e outros manjares com que a lagartinha se delicia. A árvore generosa de Shel Silverstein Uma Narrativa vocacionada para as primeiras idades, mas que proporciona múltiplos níveis de leitura, constituindo um excelente exemplo de como, com muito pouco, se diz e se sugere muito. Tanto, Tanto de Trish Cooke. Um livro divertido e cheio de amor, sobre uma família unida e amorosa que se reúne para fazer uma festa surpresa! (Ler ao deitar). Se eu fosse um livro de José Jorge Letria Quem nunca sentiu que o mundo se transforma à sua volta por influência do que está a ler? Após o diapositivo n.º 7Após o diapositivo n.º 2 Após o diapositivo n.º 18 No final da apresentação
  29. 29. UC Leitura e Literacias II Pós-graduação em Gestão de Bibliotecas Escolares Trabalho realizado por Armanda Dias e Marta Pinto

×