SlideShare uma empresa Scribd logo
Componente: História
Prof. Carlos Néri
Prof.a Janaina Jardim
Equipe de História
Centro de Mídias de São Paulo
A indústria automotiva e o
governo de Juscelino Kubitschek
Disponível no site da EFAPE. Currículo Paulista.
https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp-
content/uploads/sites/7/download/EF%20anos%20finais%202020%20-
%20Caderno%20do%20Aluno%20-
%20Vol%202/SPFE%209%20ano%20EF%20vol%202%20PARTE%202.pdf.
HABILIDADE DO CURRÍCULO PAULISTA
EF09HI17 Identificar e analisar processos
sociais, econômicos, culturais e políticos
do Brasil a partir de 1946.
A indústria automotiva e o governo
de Juscelino Kubitschek
© Pixabay.
Atitude historiadora
• Identificação;
• Comparação;
• Contextualização;
• Interpretação;
• Análise.
• Analisar o ideal de modernidade desenvolvido no
governo de Juscelino Kubitschek;
• Compreender o processo de modernização do
Brasil e seus desdobramentos em um país em
transformação.
Objetivos da aula
Questão disparadora
Quem foi Juscelino Kubitschek?
1 min.
Arte: prof. Carlos Néri.
Colônia
1500 – 1808
Transição para a
independência
1808 – 1822
I Reinado e
regência
1822 – 1840
II Reinado
1840 – 1889
I República
1889 – 1930
Período Vargas
1930 – 1945
Governos
democráticos
1945 – 1964
I Reinado e
regência
1822 – 1840
Cronologia dos governos brasileiros até 1964
• Governo Dutra (1946 – 1951);
• 2º Governo Vargas (1951 – 1954);
• Governo Café Filho (1954 – 1955);
• Governo Juscelino Kubitschek (1956 – 1961).
Governos democráticos
São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do
Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 154.
Identifique no texto algumas
obras realizadas pela política
desenvolvimentista de Getúlio
Vargas.
2 min.
Atividade 1
O Plano de Metas foi um importante programa de industrialização e modernização levado a cabo na
presidência de Juscelino Kubitschek, na forma de um "ambicioso conjunto de objetivos setoriais“, que
"daria continuidade ao processo de substituição de importações que se vinha desenrolando nos dois
decênios anteriores".[...]. [...]. Apesar de ter sido realizada na presidência de Juscelino, o plano teve
consequências em administrações futuras, quando aconteceram diversos planos para recuperação da
economia do país.
Setores estratégicos
transportes
indústria alimentação
energia
educação
Plano de Metas (governo Juscelino Kubitschek)
Plano de Metas. Wikipedia. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Plano_de_Metas. Acesso em 6 de julho de 2020.
Qual foi o principal
objetivo do plano de
metas estabelecidos
por Juscelino Kubitschek?
São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do
Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 155.
1 min.
Atividade 2
Adaptado de MARANHÃO. Ricardo. O governo de Juscelino Kubistchek. São Paulo, Brasiliense, 1981.
In: São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157.
44%
29%
20%
4% 03%
Setor energético
Transporte
Setor industrial
Educação
Quais os setores que
receberam mais verbas?
Explique esse privilégio
relacionando-o ao plano de
metas.
Atividade 3
Atividades
Complementares
Leia o texto ao lado e responda:
Que tipo de impacto o crescimento
urbano de Brasília vem causando
ao meio ambiente?
Brasília e os impactos ambientais
2 min.
“Desde o início o projeto de construção de Brasília,
produziu impactos conflitantes, por outro lado,
como os impactos econômicos e ambientais com a
marcha do desmatamento rumo ao Cerrado, o
bioma do Planalto Central do Brasil.
A vegetação do Cerrado foi transformada pelas
obras de terraplanagem. O crescimento urbano de
Brasília, de forma desorganizada, continua
prejudicando as áreas urbanas e rurais.
O crescimento populacional desorganizado
consequentemente agride o meio ambiente,
causando diversos problemas ambientais.
Devemos ressaltar que diversos fatores estão
incluídos na degradação ambiental, como erosão e
poluição”.
Carlos Néri
São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157.
São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 158.
Retomada dos pontos
principais e avaliação
construção de Brasília
valorização da indústria nacional
conjunto de investimentos setoriais
programa de industrialização e modernização do país
1
2
3
Arte: prof. Carlos Néri.
Informações importantes
Adaptado de MARANHÃO. Ricardo. O governo de Juscelino Kubistchek. São Paulo, Brasiliense, 1981.
In: São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157.
Verbas
44%
29%
20%
4% 03%
Setor energético
Transporte
Setor industrial
Educação
Quais os setores que
receberam mais verbas?
Atividade 3
Protagonismo Juvenil
Mirela Beatriz S. Alves – 9º Ano
PEI EDGAR DE MELLO MATOS DE CASTRO
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 22931.pptx

CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdfCHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
GernciadeProduodeMat
 
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdfCHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
GernciadeProduodeMat
 
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
1sested
 
O fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temerO fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temer
Fernando Alcoforado
 
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
Marcelo Luiz
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
Fernando Alcoforado
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
Roberto Rabat Chame
 
Geografia agrária iv
Geografia agrária ivGeografia agrária iv
Geografia agrária iv
Marcelo Henrique Bastos
 
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacaoCiência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
Hilton M
 
Balanço final do PAC no governo Lula
Balanço final do PAC no governo LulaBalanço final do PAC no governo Lula
Balanço final do PAC no governo Lula
Giovanni Sandes
 
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdfCHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
GernciadeProduodeMat
 
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdfCHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
GernciadeProduodeMat
 
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto AlegreNotas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
Alvaro Santi
 
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
Fernando Alcoforado
 
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensa
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensaChico Macena Uma história no plenário e na imprensa
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensa
Chico Macena
 
Tcc joacir 9 versão final
Tcc   joacir 9 versão finalTcc   joacir 9 versão final
Tcc joacir 9 versão final
joacirfelicianopimenta
 
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
 PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ... PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
Deisi Motter
 
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
Joelson Gonçalves de Carvalho
 
Obj geografia - industrialização brasileira 01
Obj   geografia - industrialização brasileira 01Obj   geografia - industrialização brasileira 01
Obj geografia - industrialização brasileira 01
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
Paulo Veras
 

Semelhante a 22931.pptx (20)

CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdfCHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
 
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdfCHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
CHSA 1ª SÉRIE- 3º BIM Professor (1).pdf
 
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
A REGIÃO CENTRO-OESTE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA ANÁLISE A PARTI...
 
O fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temerO fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temer
 
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
Plano de ação da fundaj para o pne 2011 2012
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
 
Geografia agrária iv
Geografia agrária ivGeografia agrária iv
Geografia agrária iv
 
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacaoCiência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
Ciência e tecnologia no brasil #c&t #inovacao
 
Balanço final do PAC no governo Lula
Balanço final do PAC no governo LulaBalanço final do PAC no governo Lula
Balanço final do PAC no governo Lula
 
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdfCHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
 
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdfCHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
CHSA 1ª Série 3º Bimestre Esudante.pdf
 
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto AlegreNotas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
Notas para uma política de Economia Criativa em Porto Alegre
 
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
 
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensa
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensaChico Macena Uma história no plenário e na imprensa
Chico Macena Uma história no plenário e na imprensa
 
Tcc joacir 9 versão final
Tcc   joacir 9 versão finalTcc   joacir 9 versão final
Tcc joacir 9 versão final
 
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
 PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ... PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
 
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
Dimensões regionais e urbanas do desenvolvimento socioeconômico em São José d...
 
Obj geografia - industrialização brasileira 01
Obj   geografia - industrialização brasileira 01Obj   geografia - industrialização brasileira 01
Obj geografia - industrialização brasileira 01
 
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
Diretrizes para o programa de governo de Paulo Câmara 2018
 

Mais de MarcosTerrinha

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
MarcosTerrinha
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
MarcosTerrinha
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
MarcosTerrinha
 
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptxMesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
MarcosTerrinha
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
MarcosTerrinha
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
MarcosTerrinha
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
MarcosTerrinha
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
MarcosTerrinha
 
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
MarcosTerrinha
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
MarcosTerrinha
 

Mais de MarcosTerrinha (14)

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
 
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptxMesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
 
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
 

Último

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 

Último (20)

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 

22931.pptx

  • 1.
  • 2. Componente: História Prof. Carlos Néri Prof.a Janaina Jardim Equipe de História Centro de Mídias de São Paulo A indústria automotiva e o governo de Juscelino Kubitschek
  • 3. Disponível no site da EFAPE. Currículo Paulista. https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp- content/uploads/sites/7/download/EF%20anos%20finais%202020%20- %20Caderno%20do%20Aluno%20- %20Vol%202/SPFE%209%20ano%20EF%20vol%202%20PARTE%202.pdf. HABILIDADE DO CURRÍCULO PAULISTA EF09HI17 Identificar e analisar processos sociais, econômicos, culturais e políticos do Brasil a partir de 1946. A indústria automotiva e o governo de Juscelino Kubitschek
  • 4. © Pixabay. Atitude historiadora • Identificação; • Comparação; • Contextualização; • Interpretação; • Análise.
  • 5. • Analisar o ideal de modernidade desenvolvido no governo de Juscelino Kubitschek; • Compreender o processo de modernização do Brasil e seus desdobramentos em um país em transformação. Objetivos da aula
  • 6. Questão disparadora Quem foi Juscelino Kubitschek? 1 min.
  • 7. Arte: prof. Carlos Néri. Colônia 1500 – 1808 Transição para a independência 1808 – 1822 I Reinado e regência 1822 – 1840 II Reinado 1840 – 1889 I República 1889 – 1930 Período Vargas 1930 – 1945 Governos democráticos 1945 – 1964 I Reinado e regência 1822 – 1840 Cronologia dos governos brasileiros até 1964
  • 8. • Governo Dutra (1946 – 1951); • 2º Governo Vargas (1951 – 1954); • Governo Café Filho (1954 – 1955); • Governo Juscelino Kubitschek (1956 – 1961). Governos democráticos
  • 9. São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 154. Identifique no texto algumas obras realizadas pela política desenvolvimentista de Getúlio Vargas. 2 min. Atividade 1
  • 10. O Plano de Metas foi um importante programa de industrialização e modernização levado a cabo na presidência de Juscelino Kubitschek, na forma de um "ambicioso conjunto de objetivos setoriais“, que "daria continuidade ao processo de substituição de importações que se vinha desenrolando nos dois decênios anteriores".[...]. [...]. Apesar de ter sido realizada na presidência de Juscelino, o plano teve consequências em administrações futuras, quando aconteceram diversos planos para recuperação da economia do país. Setores estratégicos transportes indústria alimentação energia educação Plano de Metas (governo Juscelino Kubitschek) Plano de Metas. Wikipedia. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Plano_de_Metas. Acesso em 6 de julho de 2020.
  • 11. Qual foi o principal objetivo do plano de metas estabelecidos por Juscelino Kubitschek? São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 155. 1 min. Atividade 2
  • 12. Adaptado de MARANHÃO. Ricardo. O governo de Juscelino Kubistchek. São Paulo, Brasiliense, 1981. In: São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157. 44% 29% 20% 4% 03% Setor energético Transporte Setor industrial Educação Quais os setores que receberam mais verbas? Explique esse privilégio relacionando-o ao plano de metas. Atividade 3
  • 14. Leia o texto ao lado e responda: Que tipo de impacto o crescimento urbano de Brasília vem causando ao meio ambiente? Brasília e os impactos ambientais 2 min. “Desde o início o projeto de construção de Brasília, produziu impactos conflitantes, por outro lado, como os impactos econômicos e ambientais com a marcha do desmatamento rumo ao Cerrado, o bioma do Planalto Central do Brasil. A vegetação do Cerrado foi transformada pelas obras de terraplanagem. O crescimento urbano de Brasília, de forma desorganizada, continua prejudicando as áreas urbanas e rurais. O crescimento populacional desorganizado consequentemente agride o meio ambiente, causando diversos problemas ambientais. Devemos ressaltar que diversos fatores estão incluídos na degradação ambiental, como erosão e poluição”. Carlos Néri
  • 15. São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157.
  • 16. São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 158.
  • 18. construção de Brasília valorização da indústria nacional conjunto de investimentos setoriais programa de industrialização e modernização do país 1 2 3 Arte: prof. Carlos Néri. Informações importantes
  • 19. Adaptado de MARANHÃO. Ricardo. O governo de Juscelino Kubistchek. São Paulo, Brasiliense, 1981. In: São Paulo Faz Escola, 2020. Caderno do Professor, História, 9º Ano, vol. 2, p. 157. Verbas 44% 29% 20% 4% 03% Setor energético Transporte Setor industrial Educação Quais os setores que receberam mais verbas? Atividade 3
  • 21. Mirela Beatriz S. Alves – 9º Ano PEI EDGAR DE MELLO MATOS DE CASTRO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS