Resultados 1T09
18 de maio de 2009
1T09
Comentários de Abertura
Divulgação
de Resultados
2
1T09Divulgação
de Resultados
Perspectiva no 4T08
Demanda Fraca
Perspectiva no 1T09
Demanda Forte
Vendas 1T09: R$430,1 milh...
1T09
Pacote Habitacional do Governo “Minha Casa, Minha Vida”
Divulgação
de Resultados
4
Pacote Habitacional para baixa ren...
Vendas:
Efetividade do Canal
Qualidade de Crédito
Geração de
Negócios:
Compra de Terrenos
Projetos Adequados
1T09
Sucesso ...
1T09
Financiamento CEF
Divulgação
de Resultados
R$ mm Unidades
Status dos Projetos na CEF
Financiamentos Aprovados (impact...
223 223
176
148
1T09
Consumo de Caixa e Endividamento
Divulgação
de Resultados
Consumo de Caixa Trimestral*
(em R$ milhões...
1T09
Produção
Divulgação
de Resultados
... ajustes do 1º Tri não influenciarão a trajetória do ano.
8
1.556
2.180
3.192
3....
78% do Banco de Terreno
elegível ao Programa.
Parceria
1T09
Posicionamento MRV
Divulgação
de Resultados
“Minha Casa, Minha...
1T09Divulgação
de Resultados
Desempenho Operacional e Financeiro
Banco de Terrenos
Lançamentos
Vendas Contratadas
Estoque ...
Desempenho
Operacional e Financeiro 1T09
... por fonte de financiamento em mar/09
... em 31 de março de 2009:
• Banco de T...
1T09
... por faixa de preço no 1T09... no 1T09:
• Lançamento de 19 novos empreendimentos
• VGV de R$268,5 milhões com 2.62...
1T09
... no 1T09:
• Total de R$430,1 milhões em vendas contratadas
• 4.339 unidades vendidas
• Velocidade de vendas média ...
1T09
Estoque a valor de Mercado (%MRV)
Desempenho
Operacional e Financeiro
Distribuição do Estoque de Unidades à Venda
Est...
1T09Desempenho
Operacional e Financeiro
Indicadores Financeiros
Receita Operacional Líquida
(em R$ milhões)
Lucro Bruto
(e...
1T09Desempenho
Operacional e Financeiro
Indicadores de Produtividade
Despesas Comerciais (em R$ milhões)
e Despesas Comerc...
Desempenho
Operacional e Financeiro 1T09
Indicadores Financeiros
EBITDA (em R$ milhões)
e Margem EBITDA (%)
Lucro Líquido ...
Desempenho
Operacional e Financeiro 1T09
Resultados a apropriar
R$ mm
mar/09 dez/08 Var. %
Receita bruta de vendas a aprop...
1T09
Guidance 2009
Divulgação
de Resultados
Guidance
Divulgado Revisão
19
Vendas (%MRV) - R$ milhões 1.600 ~ 2.000 2.400 ~...
Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas...
Leonardo Corrêa
Diretor Vice Presidente Executivo, Financeiro e de Relações com Investidores
Mônica Simão
Diretora Finance...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação dos Resultados do Primeiro Trimestre de 2009.

64 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Resultados do Primeiro Trimestre de 2009.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação dos Resultados do Primeiro Trimestre de 2009.

  1. 1. Resultados 1T09 18 de maio de 2009
  2. 2. 1T09 Comentários de Abertura Divulgação de Resultados 2
  3. 3. 1T09Divulgação de Resultados Perspectiva no 4T08 Demanda Fraca Perspectiva no 1T09 Demanda Forte Vendas 1T09: R$430,1 milhões 3 Demanda Fraca Gestão focada em caixa Vendas 1T09: R$430,1 milhões Vendas Abr/09: R$270 milhões Gestão focada em caixa e crescimento
  4. 4. 1T09 Pacote Habitacional do Governo “Minha Casa, Minha Vida” Divulgação de Resultados 4 Pacote Habitacional para baixa renda Política de Governo Contínua Exemplo com um apartamento de R$80 mil e usando os limites superiores das faixas: Faixas Subsídio Pagamentos Famílias com renda até 3 S.M. até R$ 17.000 até R$ 418,50 Famílias com renda de 3 a 6 S.M. até R$ 10.000 até R$ 837,00 Famílias com renda de 6 a 10 S.M. - até R$ 1.395,00
  5. 5. Vendas: Efetividade do Canal Qualidade de Crédito Geração de Negócios: Compra de Terrenos Projetos Adequados 1T09 Sucesso de Companhias Imobiliárias depende de todos os setores Divulgação de Resultados Produção: Construção Escala Margens Financiamento ao Comprador: Servicing Crédito Capacidade Financeira: Capital Alavancagem Geração de Caixa 5 Gestão
  6. 6. 1T09 Financiamento CEF Divulgação de Resultados R$ mm Unidades Status dos Projetos na CEF Financiamentos Aprovados (impactados) R$ mm 6 Volume de Empreendimentos: Em avaliação preliminar 1.385 14.787 Em fase final de aprovação 1.459 13.949 42 62 71 158 211 258 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 (*) Realizado de 01/04/09 a 15/05/09 (*)
  7. 7. 223 223 176 148 1T09 Consumo de Caixa e Endividamento Divulgação de Resultados Consumo de Caixa Trimestral* (em R$ milhões) Endividamento em R$ milhões mar/09 Debêntures 314,4 148 30 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 7 * Medido pela variação da dívida líquida (excluindo financiamentos SFH) e deduzido os aumentos de capital, quando aplicável. A queda substancial no “cash burn” leva a um equilíbrio financeiro saudável Financiamento à construção 165,9 Outros 120,7 Dívida total 600,9 (-) Disponibilidades 221,2 Dívida Líquida 379,7 Dívida Líquida / Patrimônio Líquido 23,7%
  8. 8. 1T09 Produção Divulgação de Resultados ... ajustes do 1º Tri não influenciarão a trajetória do ano. 8 1.556 2.180 3.192 3.415 2.287 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09E 3T09E 4T09E Unidades Produzidas
  9. 9. 78% do Banco de Terreno elegível ao Programa. Parceria 1T09 Posicionamento MRV Divulgação de Resultados “Minha Casa, Minha Vida” Evolução dos Lançamentos porEvolução dos Lançamentos por tipo de financiamentotipo de financiamento 21,6% 21,0% 11,8% 7,3% 14,0% Parceria A posição privilegiada da MRV se deve ao foco contínuo no segmento com maior demanda não atendida e a força do seu balanço. 9 28,5% 78,4% 57,9% 79,0% 88,2% 92,7% 86,0% 71,5% 21,6% 42,1% 21,0% 11,8% 14,0% 2007 2008 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 Crédito Associativo (CEF) Financiamento Bancário
  10. 10. 1T09Divulgação de Resultados Desempenho Operacional e Financeiro Banco de Terrenos Lançamentos Vendas Contratadas Estoque a valor de mercado Receita Operacional Líquida Lucro Bruto Indicadores de Produtividade EBITDA Lucro Líquido Resultados a apropriar Guidance 10
  11. 11. Desempenho Operacional e Financeiro 1T09 ... por fonte de financiamento em mar/09 ... em 31 de março de 2009: • Banco de Terrenos de R$8.666,1 milhões • 88.041 unidades potenciais • Preço médio de R$98,4 mil (foco na baixa renda) Banco de Terrenos (%MRV) 78% 22% Minha Casa, Minha Vida SFH - SBPE % permuta / custo do terreno% custo do terreno / VGV 11 10,1 9,9 9,5 9,0 8,7 mar/08 jun/08 set/08 dez/08 mar/09 Landbank %MRV(emR$ bilhões) -14% Custo 9% Permuta 27% Caixa 73% 100% da reposição de terrenos feita no 1T09 foi feita via permuta, ou seja, sem desembolso de caixa
  12. 12. 1T09 ... por faixa de preço no 1T09... no 1T09: • Lançamento de 19 novos empreendimentos • VGV de R$268,5 milhões com 2.629 unidades • 73,2% dos lançamentos de unidades com preço médio até R$130 mil. Lançamentos Desempenho Operacional e Financeiro 20% 54% 27% Até R$ 80.000 De R$ 80.001 a R$ 130.000 12 691,5 268,5 1T08 1T09 %MRV(R$'Milhões) -61,2% ... por fonte de financiamento no 1T09 (em número de unidades) 20% Acima de R$ 130.000 65% 35%SFH - FGTS SFH - SBPE
  13. 13. 1T09 ... no 1T09: • Total de R$430,1 milhões em vendas contratadas • 4.339 unidades vendidas • Velocidade de vendas média de 9% ao mês Vendas Contratadas Desempenho Operacional e Financeiro ... por faixa de preço no 1T09 %MRV(R$'Milhões) 25% 51% 23% Até R$80.000 De R$80.001 a R$130.000 Acima de R$130.000 13 340,1 430,1 1T08 1T09 %MRV(R$'Milhões) 26% ... por fonte de recurso em 1T09 (em número de unidades) 25%Acima de R$130.000 61% 39% Minha Casa, Minha Vida SFH - SBPE
  14. 14. 1T09 Estoque a valor de Mercado (%MRV) Desempenho Operacional e Financeiro Distribuição do Estoque de Unidades à Venda Estoque a valor de mercado em 31/03/09 = R$ 1,5 bilhões Distribuição do Estoque de Unidades à Venda 14 Distribuição do Estoque de Unidades à Venda por fase de construção - Março de 2009 Distribuição do Estoque de Unidades à Venda por fonte de recursos - Março de 2009 47% 53% Minha Casa, Minha Vida SFH - SBPE 51% 49%Construção não iniciada Em construção
  15. 15. 1T09Desempenho Operacional e Financeiro Indicadores Financeiros Receita Operacional Líquida (em R$ milhões) Lucro Bruto (em R$ milhões) 272,5 43,8% 29,0% 15 189,5 1T08 1T09 71,1 91,7 1T08 1T09
  16. 16. 1T09Desempenho Operacional e Financeiro Indicadores de Produtividade Despesas Comerciais (em R$ milhões) e Despesas Comerciais / Receita Líquida (%) Despesas G&A (em R$ milhões) e Despesas G&A / Receita Líquida (%) 24,8 16,2% 21,6 21,7% 16 21,4 24,8 11,3% 9,1% 1T08 1T09 17,7 21,6 9,3% 7,9% 1T08 1T09
  17. 17. Desempenho Operacional e Financeiro 1T09 Indicadores Financeiros EBITDA (em R$ milhões) e Margem EBITDA (%) Lucro Líquido (em R$ milhões) e Margem Líquida (%) 60,5 69,2% 14,9% 17 35,7 60,5 18,9% 22,2% 1T08 1T09 42,7 49,0 22,5% 18,0% 1T08 1T09
  18. 18. Desempenho Operacional e Financeiro 1T09 Resultados a apropriar R$ mm mar/09 dez/08 Var. % Receita bruta de vendas a apropriar 1.013,7 991,6 2,2% Custo de unidades vendidas a apropriar (531,0) (505,8) 5,0% Resultado a apropriar 482,7 485,8 -0,6% 18 Resultado a apropriar 482,7 485,8 -0,6% Margem do resultado a apropriar % 47,6% 49,0% -1,4 p.p.
  19. 19. 1T09 Guidance 2009 Divulgação de Resultados Guidance Divulgado Revisão 19 Vendas (%MRV) - R$ milhões 1.600 ~ 2.000 2.400 ~ 2.900 Margem EBITDA % 24% ~ 28% 24% ~ 28%
  20. 20. Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da MRV Engenharia. As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a MRV Engenharia atualmente tem acesso. Esta apresentação está atualizada até o final do 1T09 e a MRV Engenharia não se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A MRV Engenharia não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação. 1T09Divulgação de Resultados Aviso O EBITDA, de acordo com o Ofício Circular CVM 1/2005, pode ser definido como lucros antes das receitas (despesas) financeiras líquidas, imposto de renda e contribuição social, depreciação e amortização e resultados não operacionais. O EBITDA é utilizado como uma medida de desempenho pela administração da Companhia e não é uma medida adotada pelas Práticas Contábeis Brasileiras ou Americanas, não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado como um substituto para o lucro líquido, como indicador do desempenho operacional da MRV ou como substituto para o fluxo de caixa, nem tampouco como indicador de liquidez. A administração da MRV acredita que o EBITDA é uma medida prática para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA não é uma medida estabelecida de acordo com os Princípios Contábeis Brasileiros (Legislação Societária ou BR GAAP) ou Princípios Contábeis Norte-Americanos (US GAAP) e pode ser definido e calculado de maneira diversa por outras companhias. 20
  21. 21. Leonardo Corrêa Diretor Vice Presidente Executivo, Financeiro e de Relações com Investidores Mônica Simão Diretora Financeira 1T09Divulgação de Resultados Contatos Diretora Financeira Tel.: (31) 3348-7150 E-mail: ri@mrv.com.br www.mrv.com.br/ri 21

×