Segurança e Saúde das Mulheres no Trabalho

1.097 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Segurança e Saúde das Mulheres no Trabalho

  1. 1. U M P R O B L E M A ( A I N D A ) D O S É C . X X I T R A B A L H O R E A L I Z A D O P E L A A L U N A : A N D R E I A F I L I P A V E N T U R A M A R T I N S C U R S O : E N G E N H A R I A E G E S T Ã O D A Q U A L I D A D E U C : S E G U R A N Ç A N O T R A B A L H O I I D O C E N T E : L U C I A A F O N S O “Novos Riscos e Tendências na Segurança e Saúde das Mulheres no trabalho” Universidade Fernando Pessoa
  2. 2. Desigualdade no Trabalho —  Desigualdade de género —  Desigualdade salarial —  “Sexo fraco” —  Trabalho em part-time —  Barreiras na progressão de carreira —  Riscos acrescidos —  Impacto na saúde e segurança —  Sobrevalorização
  3. 3. Desigualdade de género —  EPI’s e equipamentos de trabalho concebidos para a estatura masculina —  Condições ergonómicas inadequadas —  “Trabalho de homem” e “trabalho de mulher” —  Exploração —  Ausência de voz ativa —  Maior taxa de exposição a riscos —  Menos tempo livre —  Dificuldade de obter trabalho estável
  4. 4. “Sexo Fraco” —  Trabalhos repetitivos e monótonos —  Trabalhos estáticos —  Trabalho “informal” —  Assédio moral —  Sobrevalorização —  Discriminação —  Intimidação —  Dificuldade em conciliar a vida de trabalho com a vida pessoal
  5. 5. Principais Afeções —  Lesões músculo-esqueléticas —  Riscos Psicossociais —  Assédio sexual e moral —  Bullying —  Exposição a substâncias perigosas —  Abortos espontâneos —  Acidentes no percurso escola dos filhos - trabalho
  6. 6. Desigualdade salarial
  7. 7. Trabalho em Part-time —  Com a premissa dos “deveres femininos” tendem a trabalhar mais em part-time. —  Curiosidade: Trabalham mais horas do que os homens em full-time.
  8. 8. Principais Setores —  Unidades de saúde —  Educação —  Administração Pública —  Restauração —  Comércio —  Agricultura —  Indústria —  Limpezas
  9. 9. Tendências —  Trabalho em Part-time —  Trabalho “informal” —  Trabalhos precários, —  Falta de segurança social —  Ocupações não reconhecidas —  Falta de direitos —  Trabalhadoras migrantes —  Tendência para realizar sempre o mesmo tipo de trabalho —  Trabalho repetitivo e monótono —  Exposição a riscos combinados —  Crescente tendência para doenças do foro mental
  10. 10. Tendências —  Gestão de equipas só de mulheres —  Trabalho doméstico —  Dificuldades em reintegrar o mercado de trabalho —  Grupos vulneráveis: jovens mães e mulheres mais velhas —  Mulheres mais velhas: ÷  Saúde e Educação —  Mulheres mais jovens: ÷  setores de comércio
  11. 11. A Desigualdade na UE —  Igualdade de progressão na carreira nos Novos Estados Membros —  Diferença salarial de 16,2% ÷  Estónia: 27,3% ÷  Eslovénia: 2,3% ÷  Mulheres trabalham “gratuitamente” 59 dias por ano —  Mulheres mais velhas: ÷  Maior percentagem de emprego no Norte da Europa: 55% ÷  Menor percentagem de emprego no Sul da Europa: 35%
  12. 12. A Desigualdade na UE —  ://www.youtube.com/watch?v=DXalzn2FmLk
  13. 13. Fontes —  https://osha.europa.eu/en/publications/reports/ new-risks-and-trends-in-the-safety-and-health-of- women-at-work

×