SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
http://www.espirito.org.br/portal/palestras/diversos/por-queir.html

Por que ir à Casa Espírita?
Sexta feira – 20 de setembro. 2013
Rose Campos
Algumas pessoas comparecem à Casa Espírita em busca
de solução para tormentosos problemas pessoais.

Etc, etc e etc...
Solução esta que já buscaram em outras crenças
e até mesmo em consultórios médicos,
sem contudo lograrem o êxito esperado,
na sua ótica de visão.
Vêem então à Casa Espírita.
Isto significa que o Centro Espírita é, para muitos,
um hospital mágico, onde mentores espirituais
podem realizar mais variados prodígios em
favor dos consulentes.

“Muito mais do que atender aos interesses da Terra, a
Casa Espírita faz nossa iniciação nos ideais do Céu.”
Note-se que nas reuniões públicas não
se fecha a porta em momento algum.
Mesmo que alguém chegue atrasado
para a sessão, se nos minutos finais da
palestra, a pessoa escutar uma palavra
que lhe toque verdadeiramente
o coração,
já será um grande
passo em seu benefício
Quando o Centro Espírita
é tomado à conta de um
“hospital”, os “pacientes”
tendem a afastar-se por dois motivos:
Melhoram e
consideram
desnecessário
continuar o
tratamento

Não melhoram e
decidem procurar
ajuda em outro
lugar e ainda
dizem:

- “ Essa Casa é fraca. Eles não resolveram o meu problema!”
Se um doente procura o Centro porque está com uma
doença grave, pouco valerá cuidar apenas de seu
corpo físico através de passes.

E indispensável ajudá-lo a compreender que o
processo de cura está ligado à sua própria mente, às
suas atitudes; com a necessária modificação de seu
campo vibratório;
e ainda esclarecê-lo sobre a possibilidade dos
processos de doença estarem ligados à Lei de Causa e
Efeito e a consequente necessidade de compreensão e
vivência do que é a verdadeira resignação ativa.
Se alguém é envolvido por Espíritos que o atormentam
com idéias e sentimentos infelizes, será ocioso
afastá-los simplesmente.
Aqueles (ou outros espíritos) poderão retornar.

A providência fundamental é ajudar o obsidiado a
modificar seu padrão vibratório com a assimilação de
conhecimento renovador.
Então ele próprio se libertará em definitivo.
É preciso superar
a concepção
distorcida e
irreal do
“centro-hospital”,

com pleno
entendimento de
que ele é, acima de
tudo, uma
abençoada escola.
Devemos recebê-los de braços abertos, escutando-os,
consolando e esclarecendo amorosamente, renovandolhes o convite a buscarem uma casa espírita, fazendo-os
ver que podem rumar para a cura da alma e também
para cura do corpo.
O Espiritismo nos convida a todos que participamos
do Movimento Espírita, (seareiros, palestrantes,
diretores, ouvintes) a realizar este nobre trabalho
em favor dos irmãos angustiados.
Para tanto, procuremos conhecer a
DOUTRINA ESPÍRITA. Suas obras básicas
e complementares.
O livro espírita é precioso
repositório de bênçãos
que deve estar sempre
ao alcance de nossa mão.
Irmãos reticentes e
ainda não convencidos
poderão perguntar:
- Eu não posso estudar e
aprender em casa sozinho?
Pode.
- Sem ir à Casa Espírita, eu
não posso ajudar aos
necessitados no meu bairro?
Evidente que sim.
- Ou em hospitais, orfanatos,
asilos?...Resposta positiva.
- “Então por que ir à casa Espírita?”
A Casa Espírita idônea, é um ambiente
mais propício para encontrarmos a paz, o
reconforto, compreensão,
esclarecimentos.
A Casa Espírita é o lugar onde espíritos
iluminados, vem em missões de
divulgação das Leis Naturais, bem como
em atendimento aos sofredores dos dois
planos da vida.
Na Casa Espírita é onde irmãos encarnados dedicados
(inspirados pelos mentores), buscam em pesquisas,
nos passar a interpretação correta da mensagem do
Cristo através de palestras edificantes.
Na Casa Espírita, com a
divulgação dos ensinos de Jesus,
compreendemos aos poucos que
seremos cada vez mais felizes
quanto mais pautarmos a nossa
caminhada de acordo com as Leis
Naturais.
Na Casa Espírita, devido à reunião dos
trabalhadores do Cristo, a atmosfera
espiritual está repleta de luzes e energias
salutares que reorganizam as nossas forças.
Na Casa Espírita, relembraremos os ideais
cristãos, buscando sufocar as nossas
imperfeições e elevarmos os nossos valores
morais, gravados indeléveis em nossas
consciências, por bondade do Criador.
Nosso estudo de hoje foi baseado numa palestra
inspirada no livro
“UMA RAZÃO PARA VIVER”
de Richard Simonetti

http://www.espirito.org.br/portal/palestras/diversos/po
r-que-ir.html
Palestrante: João Batista Armani
PORTAL DO ESPÍRITO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roteiro 4 progressão dos espíritos
Roteiro  4   progressão dos espíritosRoteiro  4   progressão dos espíritos
Roteiro 4 progressão dos espíritosBruno Cechinel Filho
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !Leonardo Pereira
 
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualCapitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualMarta Gomes
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundasJose Luiz Maio
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareismanumino
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorDanilo Galvão
 
Necessidade da reencarnação - Wilma Badan
Necessidade da reencarnação - Wilma BadanNecessidade da reencarnação - Wilma Badan
Necessidade da reencarnação - Wilma BadanWilma Badan C.G.
 
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos Leonardo Pereira
 
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BAConhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BADanilo Galvão
 
2.8.6 - Segunda Vista
2.8.6 - Segunda Vista 2.8.6 - Segunda Vista
2.8.6 - Segunda Vista Marta Gomes
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a leiGraça Maciel
 
Influência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no ProgressoInfluência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no Progressoigmateus
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraGraça Maciel
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espíritanelmarvoc
 

Mais procurados (20)

Roteiro 4 progressão dos espíritos
Roteiro  4   progressão dos espíritosRoteiro  4   progressão dos espíritos
Roteiro 4 progressão dos espíritos
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualCapitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
 
Necessidade da reencarnação - Wilma Badan
Necessidade da reencarnação - Wilma BadanNecessidade da reencarnação - Wilma Badan
Necessidade da reencarnação - Wilma Badan
 
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Bem Aventurados os Aflitos
 
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BAConhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
 
2.8.6 - Segunda Vista
2.8.6 - Segunda Vista 2.8.6 - Segunda Vista
2.8.6 - Segunda Vista
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a lei
 
Influência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no ProgressoInfluência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no Progresso
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
SEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOSSEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOS
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 

Destaque

Por que frequentar o centro espírita!
Por que frequentar o centro espírita!Por que frequentar o centro espírita!
Por que frequentar o centro espírita!Leonardo Pereira
 
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...Instituto Espírita de Educação
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECJorge Luiz dos Santos
 
Visita as casas espíritas
Visita as casas espíritasVisita as casas espíritas
Visita as casas espíritasOrlei Almeida
 
A importância do centro espírita na nossa atual existência
A importância do centro espírita na nossa atual existênciaA importância do centro espírita na nossa atual existência
A importância do centro espírita na nossa atual existênciaAtendimento_CEACE
 
Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)Helio Cruz
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!Leonardo Pereira
 
Apresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espíritaApresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espíritaDaniela Azevedo
 
Trabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraTrabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraSergio Menezes
 
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?igmateus
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaumecamaqua
 

Destaque (16)

Por que frequentar o centro espírita!
Por que frequentar o centro espírita!Por que frequentar o centro espírita!
Por que frequentar o centro espírita!
 
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...
O que buscar na casa espírita - Wilma Badan c.g. - iee - 19.10.11 (white spac...
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
 
Por que ir a casa espirita
Por que ir a casa espiritaPor que ir a casa espirita
Por que ir a casa espirita
 
O Centro Espírita - ESDE
O Centro Espírita - ESDEO Centro Espírita - ESDE
O Centro Espírita - ESDE
 
Visita as casas espíritas
Visita as casas espíritasVisita as casas espíritas
Visita as casas espíritas
 
A importância do centro espírita na nossa atual existência
A importância do centro espírita na nossa atual existênciaA importância do centro espírita na nossa atual existência
A importância do centro espírita na nossa atual existência
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)
 
O Livro dos Espíritos - Wilma Badan
O Livro dos Espíritos - Wilma BadanO Livro dos Espíritos - Wilma Badan
O Livro dos Espíritos - Wilma Badan
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!
 
Apresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espíritaApresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espírita
 
Trabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraTrabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima Hora
 
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
Trabalhador Espírita, vamos Trabalhar?
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Trabalhador espírita
Trabalhador espíritaTrabalhador espírita
Trabalhador espírita
 

Semelhante a Por que ir à Casa Espírita

O valor do acolhimento na casa espírita
O valor do acolhimento na casa espíritaO valor do acolhimento na casa espírita
O valor do acolhimento na casa espíritaHelio Cruz
 
40 cura espiritual e a medicina oficial da terra
40 cura espiritual e a medicina oficial da terra40 cura espiritual e a medicina oficial da terra
40 cura espiritual e a medicina oficial da terraAntonio SSantos
 
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosBem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosMagali ..
 
A cura real %28batuíra%29
A cura real %28batuíra%29A cura real %28batuíra%29
A cura real %28batuíra%29ltadeu8
 
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosTiburcio Santos
 
Tratamento Espiritual
Tratamento EspiritualTratamento Espiritual
Tratamento Espiritualield
 

Semelhante a Por que ir à Casa Espírita (20)

O valor do acolhimento na casa espírita
O valor do acolhimento na casa espíritaO valor do acolhimento na casa espírita
O valor do acolhimento na casa espírita
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 11 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 11 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 11 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 11 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
 
40 cura espiritual e a medicina oficial da terra
40 cura espiritual e a medicina oficial da terra40 cura espiritual e a medicina oficial da terra
40 cura espiritual e a medicina oficial da terra
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 09 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 09 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 09 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 09 doc
 
( Espiritismo) # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
( Espiritismo)   # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes( Espiritismo)   # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
( Espiritismo) # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
 
( Espiritismo) # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
( Espiritismo)   # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes( Espiritismo)   # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
( Espiritismo) # - antonio c p carvalho - organizacao dos passes
 
04 casa espírta
04 casa espírta04 casa espírta
04 casa espírta
 
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechadosBem aventuradososquetemosolhosfechados
Bem aventuradososquetemosolhosfechados
 
Atendimento fraterno
Atendimento fraternoAtendimento fraterno
Atendimento fraterno
 
A cura real %28batuíra%29
A cura real %28batuíra%29A cura real %28batuíra%29
A cura real %28batuíra%29
 
A Cura Real
A Cura RealA Cura Real
A Cura Real
 
Ampliaçao da desobsessão
Ampliaçao da desobsessãoAmpliaçao da desobsessão
Ampliaçao da desobsessão
 
A cura espiritual
A cura espiritualA cura espiritual
A cura espiritual
 
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 19 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 19 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 19 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 19 doc
 
Mediunidade o que é isso apostila 025
Mediunidade o que é isso   apostila 025Mediunidade o que é isso   apostila 025
Mediunidade o que é isso apostila 025
 
Tratamento Espiritual
Tratamento EspiritualTratamento Espiritual
Tratamento Espiritual
 
A conduta nos templos umbandistas
A conduta nos templos umbandistasA conduta nos templos umbandistas
A conduta nos templos umbandistas
 
A cura espirita
A cura espiritaA cura espirita
A cura espirita
 

Mais de Lar Irmã Zarabatana

Livro ação e reação cap 01 - parte 02
Livro ação e reação   cap 01 - parte 02Livro ação e reação   cap 01 - parte 02
Livro ação e reação cap 01 - parte 02Lar Irmã Zarabatana
 
Livro ação e reação cap 01 - parte 01
Livro ação e reação   cap 01 - parte 01Livro ação e reação   cap 01 - parte 01
Livro ação e reação cap 01 - parte 01Lar Irmã Zarabatana
 
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evoluçãoLar Irmã Zarabatana
 
27 01 2017 a morte do animal de estimação
27 01 2017 a morte do animal de estimação27 01 2017 a morte do animal de estimação
27 01 2017 a morte do animal de estimaçãoLar Irmã Zarabatana
 
28 10 2016 - Diferença entre influenciação e obsessão
28 10 2016  - Diferença entre influenciação e obsessão 28 10 2016  - Diferença entre influenciação e obsessão
28 10 2016 - Diferença entre influenciação e obsessão Lar Irmã Zarabatana
 
07 de outubro 2016 Questões espirituais na infância
07 de outubro 2016   Questões espirituais na infância07 de outubro 2016   Questões espirituais na infância
07 de outubro 2016 Questões espirituais na infânciaLar Irmã Zarabatana
 
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"Lar Irmã Zarabatana
 
10 de abril de 2015 "Infância e Recordações de Vida Passada"
10 de abril de  2015   "Infância e Recordações de Vida Passada"10 de abril de  2015   "Infância e Recordações de Vida Passada"
10 de abril de 2015 "Infância e Recordações de Vida Passada"Lar Irmã Zarabatana
 
04 de setembro 2015 "O valor terapêutico da natureza"
04 de setembro 2015   "O valor terapêutico da natureza"04 de setembro 2015   "O valor terapêutico da natureza"
04 de setembro 2015 "O valor terapêutico da natureza"Lar Irmã Zarabatana
 
10 de julho 2015 "O parente difícil"
10 de julho 2015 "O parente difícil"10 de julho 2015 "O parente difícil"
10 de julho 2015 "O parente difícil"Lar Irmã Zarabatana
 
24 de julho 2015 o idoso na visão espírita
24 de julho 2015 o idoso na visão espírita24 de julho 2015 o idoso na visão espírita
24 de julho 2015 o idoso na visão espíritaLar Irmã Zarabatana
 
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"Lar Irmã Zarabatana
 
28 novembro 2014 estado físico e moral de outros mundos
28 novembro 2014   estado físico e moral de outros mundos28 novembro 2014   estado físico e moral de outros mundos
28 novembro 2014 estado físico e moral de outros mundosLar Irmã Zarabatana
 
25 de julho de 2014 indivisibilidade do espírito
25 de julho de 2014   indivisibilidade do espírito25 de julho de 2014   indivisibilidade do espírito
25 de julho de 2014 indivisibilidade do espíritoLar Irmã Zarabatana
 
19 dezembro 2014 a substância do corpo espiritual em outros mundos
19 dezembro 2014   a substância do corpo espiritual em outros mundos19 dezembro 2014   a substância do corpo espiritual em outros mundos
19 dezembro 2014 a substância do corpo espiritual em outros mundosLar Irmã Zarabatana
 
15 agosto 2014 provas da individualidade da alma
15 agosto 2014   provas da individualidade da alma15 agosto 2014   provas da individualidade da alma
15 agosto 2014 provas da individualidade da almaLar Irmã Zarabatana
 

Mais de Lar Irmã Zarabatana (20)

Livro ação e reação cap 01 - parte 02
Livro ação e reação   cap 01 - parte 02Livro ação e reação   cap 01 - parte 02
Livro ação e reação cap 01 - parte 02
 
Livro ação e reação cap 01 - parte 01
Livro ação e reação   cap 01 - parte 01Livro ação e reação   cap 01 - parte 01
Livro ação e reação cap 01 - parte 01
 
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução
17 02 2017 Reforma íntima como ferramenta de evolução
 
27 01 2017 a morte do animal de estimação
27 01 2017 a morte do animal de estimação27 01 2017 a morte do animal de estimação
27 01 2017 a morte do animal de estimação
 
28 10 2016 - Diferença entre influenciação e obsessão
28 10 2016  - Diferença entre influenciação e obsessão 28 10 2016  - Diferença entre influenciação e obsessão
28 10 2016 - Diferença entre influenciação e obsessão
 
07 de outubro 2016 Questões espirituais na infância
07 de outubro 2016   Questões espirituais na infância07 de outubro 2016   Questões espirituais na infância
07 de outubro 2016 Questões espirituais na infância
 
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"
21 de agosto 2015 "Pais e filhos difíceis"
 
10 de abril de 2015 "Infância e Recordações de Vida Passada"
10 de abril de  2015   "Infância e Recordações de Vida Passada"10 de abril de  2015   "Infância e Recordações de Vida Passada"
10 de abril de 2015 "Infância e Recordações de Vida Passada"
 
04 de setembro 2015 "O valor terapêutico da natureza"
04 de setembro 2015   "O valor terapêutico da natureza"04 de setembro 2015   "O valor terapêutico da natureza"
04 de setembro 2015 "O valor terapêutico da natureza"
 
10 de julho 2015 "O parente difícil"
10 de julho 2015 "O parente difícil"10 de julho 2015 "O parente difícil"
10 de julho 2015 "O parente difícil"
 
24 de julho 2015 o idoso na visão espírita
24 de julho 2015 o idoso na visão espírita24 de julho 2015 o idoso na visão espírita
24 de julho 2015 o idoso na visão espírita
 
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
 
11 03 2016 A ARROGÂNCIA
11 03 2016   A ARROGÂNCIA11 03 2016   A ARROGÂNCIA
11 03 2016 A ARROGÂNCIA
 
15 04 2016 A FOFOCA E O PRECONTEITO
15 04 2016   A FOFOCA E O PRECONTEITO15 04 2016   A FOFOCA E O PRECONTEITO
15 04 2016 A FOFOCA E O PRECONTEITO
 
A CORRENTE MEDIÚNICA
A CORRENTE MEDIÚNICAA CORRENTE MEDIÚNICA
A CORRENTE MEDIÚNICA
 
27 nov 2015 a alma dos animais
27 nov 2015 a alma dos animais27 nov 2015 a alma dos animais
27 nov 2015 a alma dos animais
 
28 novembro 2014 estado físico e moral de outros mundos
28 novembro 2014   estado físico e moral de outros mundos28 novembro 2014   estado físico e moral de outros mundos
28 novembro 2014 estado físico e moral de outros mundos
 
25 de julho de 2014 indivisibilidade do espírito
25 de julho de 2014   indivisibilidade do espírito25 de julho de 2014   indivisibilidade do espírito
25 de julho de 2014 indivisibilidade do espírito
 
19 dezembro 2014 a substância do corpo espiritual em outros mundos
19 dezembro 2014   a substância do corpo espiritual em outros mundos19 dezembro 2014   a substância do corpo espiritual em outros mundos
19 dezembro 2014 a substância do corpo espiritual em outros mundos
 
15 agosto 2014 provas da individualidade da alma
15 agosto 2014   provas da individualidade da alma15 agosto 2014   provas da individualidade da alma
15 agosto 2014 provas da individualidade da alma
 

Por que ir à Casa Espírita

  • 1. http://www.espirito.org.br/portal/palestras/diversos/por-queir.html Por que ir à Casa Espírita? Sexta feira – 20 de setembro. 2013 Rose Campos
  • 2. Algumas pessoas comparecem à Casa Espírita em busca de solução para tormentosos problemas pessoais. Etc, etc e etc...
  • 3. Solução esta que já buscaram em outras crenças e até mesmo em consultórios médicos, sem contudo lograrem o êxito esperado, na sua ótica de visão.
  • 4. Vêem então à Casa Espírita. Isto significa que o Centro Espírita é, para muitos, um hospital mágico, onde mentores espirituais podem realizar mais variados prodígios em favor dos consulentes. “Muito mais do que atender aos interesses da Terra, a Casa Espírita faz nossa iniciação nos ideais do Céu.”
  • 5. Note-se que nas reuniões públicas não se fecha a porta em momento algum. Mesmo que alguém chegue atrasado para a sessão, se nos minutos finais da palestra, a pessoa escutar uma palavra que lhe toque verdadeiramente o coração, já será um grande passo em seu benefício
  • 6. Quando o Centro Espírita é tomado à conta de um “hospital”, os “pacientes” tendem a afastar-se por dois motivos: Melhoram e consideram desnecessário continuar o tratamento Não melhoram e decidem procurar ajuda em outro lugar e ainda dizem: - “ Essa Casa é fraca. Eles não resolveram o meu problema!”
  • 7. Se um doente procura o Centro porque está com uma doença grave, pouco valerá cuidar apenas de seu corpo físico através de passes. E indispensável ajudá-lo a compreender que o processo de cura está ligado à sua própria mente, às suas atitudes; com a necessária modificação de seu campo vibratório; e ainda esclarecê-lo sobre a possibilidade dos processos de doença estarem ligados à Lei de Causa e Efeito e a consequente necessidade de compreensão e vivência do que é a verdadeira resignação ativa.
  • 8. Se alguém é envolvido por Espíritos que o atormentam com idéias e sentimentos infelizes, será ocioso afastá-los simplesmente. Aqueles (ou outros espíritos) poderão retornar. A providência fundamental é ajudar o obsidiado a modificar seu padrão vibratório com a assimilação de conhecimento renovador. Então ele próprio se libertará em definitivo.
  • 9. É preciso superar a concepção distorcida e irreal do “centro-hospital”, com pleno entendimento de que ele é, acima de tudo, uma abençoada escola.
  • 10. Devemos recebê-los de braços abertos, escutando-os, consolando e esclarecendo amorosamente, renovandolhes o convite a buscarem uma casa espírita, fazendo-os ver que podem rumar para a cura da alma e também para cura do corpo.
  • 11. O Espiritismo nos convida a todos que participamos do Movimento Espírita, (seareiros, palestrantes, diretores, ouvintes) a realizar este nobre trabalho em favor dos irmãos angustiados. Para tanto, procuremos conhecer a DOUTRINA ESPÍRITA. Suas obras básicas e complementares.
  • 12. O livro espírita é precioso repositório de bênçãos que deve estar sempre ao alcance de nossa mão.
  • 13. Irmãos reticentes e ainda não convencidos poderão perguntar: - Eu não posso estudar e aprender em casa sozinho? Pode. - Sem ir à Casa Espírita, eu não posso ajudar aos necessitados no meu bairro? Evidente que sim. - Ou em hospitais, orfanatos, asilos?...Resposta positiva.
  • 14. - “Então por que ir à casa Espírita?” A Casa Espírita idônea, é um ambiente mais propício para encontrarmos a paz, o reconforto, compreensão, esclarecimentos. A Casa Espírita é o lugar onde espíritos iluminados, vem em missões de divulgação das Leis Naturais, bem como em atendimento aos sofredores dos dois planos da vida.
  • 15. Na Casa Espírita é onde irmãos encarnados dedicados (inspirados pelos mentores), buscam em pesquisas, nos passar a interpretação correta da mensagem do Cristo através de palestras edificantes. Na Casa Espírita, com a divulgação dos ensinos de Jesus, compreendemos aos poucos que seremos cada vez mais felizes quanto mais pautarmos a nossa caminhada de acordo com as Leis Naturais.
  • 16. Na Casa Espírita, devido à reunião dos trabalhadores do Cristo, a atmosfera espiritual está repleta de luzes e energias salutares que reorganizam as nossas forças.
  • 17. Na Casa Espírita, relembraremos os ideais cristãos, buscando sufocar as nossas imperfeições e elevarmos os nossos valores morais, gravados indeléveis em nossas consciências, por bondade do Criador.
  • 18. Nosso estudo de hoje foi baseado numa palestra inspirada no livro “UMA RAZÃO PARA VIVER” de Richard Simonetti http://www.espirito.org.br/portal/palestras/diversos/po r-que-ir.html Palestrante: João Batista Armani PORTAL DO ESPÍRITO