SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
CARREGANDO
    SUA CRUZ




Como cumprir o propósito
       da Cruz.
A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO
 Hebreus 12:2
 2 - Olhando para Jesus, autor e consumador da fé,
  o qual, pelo gozo que lhe estava proposto,
  suportou a cruz, desprezando a afronta, e
  assentou-se à destra do trono de Deus.
 A morte na Cruz era considerada uma morte cruel
  destinada a homens perversos.
 Mas, o significado dela para nós cristãos é o fim
  das nossas angústias,pois foram crucificadas com
  Cristo madeiro.
A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO
 Colossenses 2:14
 14 - Havendo riscado a cédula que era contra nós
  nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira
  nos era contrária, e a tirou do meio de nós,
  cravando-a na cruz.
 Jesus riscou o escrito de dívida que era contra
  você e cravou lá na cruz. A obra da cruz também
  significa o preço pago pelo pecado da humanidade,
  onde Jesus resgatou, pagou em nosso lugar.
A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO
 Isaías 53:4-5
 4 - Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas
  enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e
  nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e
  oprimido.
 5 - Mas ele foi ferido por causa das nossas
  transgressões, e moído por causa das nossas
  iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava
  sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
JESUS LEVOU A PRÓPRIA CRUZ.
 João 19:17
 17 - E, levando ele às costas a sua cruz, saiu para
  o lugar chamado Caveira, que em hebraico se
  chama Gólgota,
 Jesus levou a própria cruz, nos dando um exemplo
  de obediência ao Pai e se colocando no lugar da
  condenação da humanidade para que sua obra na
  cruz trouxesse redenção à humanidade.
CRISTO DEIXOU O EXEMPLO DA CRUZ PARA
                   SEGUIRMOS

 I Pedro 2:21
 21 - Porque para isto sois chamados; pois também
  Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo,
  para que sigais as suas pisadas.
 Jesus nos mostrou o exemplo, para que
  pudéssemos seguir o caminho da obediência que
  Ele trilhou.
 Mas Ele condicionou a uma escolha como vimos
  em: Lucas 9:23-24
 23 - E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim,
  negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz,
  e siga-me.
A OBRA DA CRUZ EM NOSSA VIDA SE COMPLETA
QUANDO CARREGAMOS A NOSSA CRUZ.

 Lucas 9:23-24
 23 - E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim,
  negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz,
  e siga-me.
 24 - Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida,
  perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim,
  perder a sua vida, a salvará.
 Temos um chamado do senhor, e uma decisão
  para tomarmos. Se negarmos nossos, desejos,
  sonhos, e vontades para seguirmos a Jesus, então
  estaremos carregando nossa Cruz.
CARREGAR NOSSA CRUZ IMPLICA EM
           CRUCIFICARMOS O MUNDO

 Gálatas 6:14
 14 - Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser
  na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o
  mundo está crucificado para mim e eu para o
  mundo.
 Muitos de nós temos vivido como se estivéssemos
  ainda no mundo. Jesus deu uma tarefa para cada
  cristão, o de carregar sua cruz. Carregar sua cruz
  implica em crucificar o velho homem com sua
  natureza pecaminosa.
SIGNIFICA CRUCIFICARMOS NOSSAS PAIXÕES
 Gálatas 5:24
 24 - E os que são de Cristo crucificaram a carne
  com as suas paixões e concupiscências.
 É muito importante entendermos que as paixões
  carnais não pertencem aos que são de Cristo, e
  nem aqueles que querem carregar sua Cruz.
PRECISAMOS DEIXAR O EMBARAÇO DO PECADO, E
   CORRER A CARREIRA QUE NOS PROPOSTA.

   Hebreus 12:1-3
   1 - PORTANTO nós também, pois que estamos
    rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas,
    deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de
    perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira
    que nos está proposta,
   2 - Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o
    qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a
    cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do
    trono de Deus.
   3 - Considerai, pois, aquele que suportou tais
    contradições dos pecadores contra si mesmo, para que
    não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.
DEIXANDO AS COISAS QUE PARA TRÁS FICAM
 Filipenses 3:13-14
 13 - Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja
  alcançado; mas uma coisa faço, e é que,
  esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e
  avançando para as que estão diante de mim,
 14 - Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana
  vocação de Deus em Cristo Jesus.
 Quando nos predemos as coisas passadas
  deixamos de avançar em direção a Cristo.
Carregando sua cruz
Carregando sua cruz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Isnande Mota Barros
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIgrupodepaisceb
 
Evangeliza - Parábola da Figueira Seca
Evangeliza - Parábola da Figueira SecaEvangeliza - Parábola da Figueira Seca
Evangeliza - Parábola da Figueira SecaAntonino Silva
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Unesp
 
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoPalestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoTiburcio Santos
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosGraça Maciel
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãohome
 
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)Marcos Antônio Alves
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitosgrupodepaisceb
 
Parabola do Joio e do Trigo
Parabola do Joio e do TrigoParabola do Joio e do Trigo
Parabola do Joio e do TrigoPatricia Farias
 
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo). Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo). Leonardo Pereira
 

Mais procurados (20)

Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
 
Caridade para com os criminosos
Caridade para com os criminososCaridade para com os criminosos
Caridade para com os criminosos
 
As bem aventuranças
As bem aventuranças As bem aventuranças
As bem aventuranças
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
 
Reencarnação e Ressurreição
Reencarnação e RessurreiçãoReencarnação e Ressurreição
Reencarnação e Ressurreição
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
Evangeliza - Parábola da Figueira Seca
Evangeliza - Parábola da Figueira SecaEvangeliza - Parábola da Figueira Seca
Evangeliza - Parábola da Figueira Seca
 
Sede perfeitos
Sede perfeitosSede perfeitos
Sede perfeitos
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoPalestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
 
NinguéM Poderá Ver O Reino De Deus Se
NinguéM Poderá Ver O Reino De Deus SeNinguéM Poderá Ver O Reino De Deus Se
NinguéM Poderá Ver O Reino De Deus Se
 
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
 
AMAI OS VOSSOS INIMIGOS
AMAI OS VOSSOS INIMIGOSAMAI OS VOSSOS INIMIGOS
AMAI OS VOSSOS INIMIGOS
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
 
Parabola do Joio e do Trigo
Parabola do Joio e do TrigoParabola do Joio e do Trigo
Parabola do Joio e do Trigo
 
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo). Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
 

Destaque (20)

Carregar a cruz
Carregar a cruzCarregar a cruz
Carregar a cruz
 
A Cruz Que Nos Carregamos
A Cruz Que Nos CarregamosA Cruz Que Nos Carregamos
A Cruz Que Nos Carregamos
 
Lição 5 - A Cruz
Lição 5 - A CruzLição 5 - A Cruz
Lição 5 - A Cruz
 
Indo a Cruz
Indo a CruzIndo a Cruz
Indo a Cruz
 
Carregar a cruz
Carregar a cruzCarregar a cruz
Carregar a cruz
 
A cruz de Jesus Cristo
A cruz de Jesus CristoA cruz de Jesus Cristo
A cruz de Jesus Cristo
 
A cruz de cada um
A cruz de cada umA cruz de cada um
A cruz de cada um
 
Ministração da cruz
Ministração da cruzMinistração da cruz
Ministração da cruz
 
Lição 12 A morte de Jesus
Lição 12   A morte de JesusLição 12   A morte de Jesus
Lição 12 A morte de Jesus
 
A cruz de Cristo
A cruz  de CristoA cruz  de Cristo
A cruz de Cristo
 
Como Cristo Foi Crucificado
Como Cristo Foi CrucificadoComo Cristo Foi Crucificado
Como Cristo Foi Crucificado
 
A Morte De Jesus
A Morte De JesusA Morte De Jesus
A Morte De Jesus
 
Quem é jesus power point
Quem é jesus power pointQuem é jesus power point
Quem é jesus power point
 
Licao Biblica as Tres Cruzes
Licao Biblica as Tres CruzesLicao Biblica as Tres Cruzes
Licao Biblica as Tres Cruzes
 
Fenômeno Bruna Carla
Fenômeno   Bruna CarlaFenômeno   Bruna Carla
Fenômeno Bruna Carla
 
VITÓRIA NA CRUZ - Sofia Cardoso
VITÓRIA NA CRUZ - Sofia CardosoVITÓRIA NA CRUZ - Sofia Cardoso
VITÓRIA NA CRUZ - Sofia Cardoso
 
A vitória da cruz
A vitória da cruzA vitória da cruz
A vitória da cruz
 
Eu vou passar pela cruz
Eu vou passar pela cruz Eu vou passar pela cruz
Eu vou passar pela cruz
 
Eu vou passar pela cruz pg
Eu vou passar pela cruz  pgEu vou passar pela cruz  pg
Eu vou passar pela cruz pg
 
Teologia cruz
Teologia cruzTeologia cruz
Teologia cruz
 

Semelhante a Carregando sua cruz (20)

Ebook 128 a mensagem da cruz
Ebook 128   a mensagem da cruzEbook 128   a mensagem da cruz
Ebook 128 a mensagem da cruz
 
Meditacoes da Via Sacra
Meditacoes da Via SacraMeditacoes da Via Sacra
Meditacoes da Via Sacra
 
Via Sacra Cardeal Ratzinger
Via Sacra Cardeal RatzingerVia Sacra Cardeal Ratzinger
Via Sacra Cardeal Ratzinger
 
Via-Sacra
Via-SacraVia-Sacra
Via-Sacra
 
Via sacra dia do deserto
Via sacra dia do desertoVia sacra dia do deserto
Via sacra dia do deserto
 
Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Culto de páscoa
 
Resignado amor
Resignado amorResignado amor
Resignado amor
 
Via sacra 2013
Via sacra 2013Via sacra 2013
Via sacra 2013
 
Amor Resignado
Amor ResignadoAmor Resignado
Amor Resignado
 
Viasacra2013
Viasacra2013Viasacra2013
Viasacra2013
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
A obra da expiação propósito e alcance
A obra da expiação propósito e alcanceA obra da expiação propósito e alcance
A obra da expiação propósito e alcance
 
A cruz serrada
A cruz serradaA cruz serrada
A cruz serrada
 
Quando me anulo... Cristo resplandece
Quando me anulo... Cristo resplandeceQuando me anulo... Cristo resplandece
Quando me anulo... Cristo resplandece
 
Rastros de luz 11
Rastros de luz 11Rastros de luz 11
Rastros de luz 11
 
Via Sacra
Via SacraVia Sacra
Via Sacra
 
Cristo, nosso sacrifício_Resumo_742013
Cristo, nosso sacrifício_Resumo_742013Cristo, nosso sacrifício_Resumo_742013
Cristo, nosso sacrifício_Resumo_742013
 
Fora da cidade
Fora da cidadeFora da cidade
Fora da cidade
 
Nenhuma Condenação
Nenhuma CondenaçãoNenhuma Condenação
Nenhuma Condenação
 

Último

10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfSUELLENBALTARDELEU
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 

Último (14)

10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 

Carregando sua cruz

  • 1. CARREGANDO SUA CRUZ Como cumprir o propósito da Cruz.
  • 2. A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO  Hebreus 12:2  2 - Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.  A morte na Cruz era considerada uma morte cruel destinada a homens perversos.  Mas, o significado dela para nós cristãos é o fim das nossas angústias,pois foram crucificadas com Cristo madeiro.
  • 3. A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO  Colossenses 2:14  14 - Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.  Jesus riscou o escrito de dívida que era contra você e cravou lá na cruz. A obra da cruz também significa o preço pago pelo pecado da humanidade, onde Jesus resgatou, pagou em nosso lugar.
  • 4. A CRUZ DE CRISTO E SEU SIGNIFICADO  Isaías 53:4-5  4 - Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.  5 - Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
  • 5. JESUS LEVOU A PRÓPRIA CRUZ.  João 19:17  17 - E, levando ele às costas a sua cruz, saiu para o lugar chamado Caveira, que em hebraico se chama Gólgota,  Jesus levou a própria cruz, nos dando um exemplo de obediência ao Pai e se colocando no lugar da condenação da humanidade para que sua obra na cruz trouxesse redenção à humanidade.
  • 6. CRISTO DEIXOU O EXEMPLO DA CRUZ PARA SEGUIRMOS  I Pedro 2:21  21 - Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas.  Jesus nos mostrou o exemplo, para que pudéssemos seguir o caminho da obediência que Ele trilhou.  Mas Ele condicionou a uma escolha como vimos em: Lucas 9:23-24  23 - E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.
  • 7. A OBRA DA CRUZ EM NOSSA VIDA SE COMPLETA QUANDO CARREGAMOS A NOSSA CRUZ.  Lucas 9:23-24  23 - E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.  24 - Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará.  Temos um chamado do senhor, e uma decisão para tomarmos. Se negarmos nossos, desejos, sonhos, e vontades para seguirmos a Jesus, então estaremos carregando nossa Cruz.
  • 8. CARREGAR NOSSA CRUZ IMPLICA EM CRUCIFICARMOS O MUNDO  Gálatas 6:14  14 - Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.  Muitos de nós temos vivido como se estivéssemos ainda no mundo. Jesus deu uma tarefa para cada cristão, o de carregar sua cruz. Carregar sua cruz implica em crucificar o velho homem com sua natureza pecaminosa.
  • 9. SIGNIFICA CRUCIFICARMOS NOSSAS PAIXÕES  Gálatas 5:24  24 - E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.  É muito importante entendermos que as paixões carnais não pertencem aos que são de Cristo, e nem aqueles que querem carregar sua Cruz.
  • 10. PRECISAMOS DEIXAR O EMBARAÇO DO PECADO, E CORRER A CARREIRA QUE NOS PROPOSTA.  Hebreus 12:1-3  1 - PORTANTO nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,  2 - Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.  3 - Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.
  • 11. DEIXANDO AS COISAS QUE PARA TRÁS FICAM  Filipenses 3:13-14  13 - Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,  14 - Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.  Quando nos predemos as coisas passadas deixamos de avançar em direção a Cristo.