TENDÊNCIAS Consultoria IntegradaPERSPECTIVAS DA ECONOMIA      BRASILEIRA        Maílson da NóbregaApresentação para a GALV...
CRISE MUNDIAL:                         NOVOS RISCOSRazões da piora do ambiente    • Decepção com ritmo de recuperação da e...
BRASIL MAIS RESISTENTESistema financeiro sólido e sofisticado  – Efeitos do Proer, do Proes e da estabilidade    macroecon...
TENDÊNCIAS PARA 2011 E 2012•   Economia em ritmo menos acelerado•   Taxa de desemprego em baixa•   Forte superávit na bala...
PROJEÇÕES 2011 - 2012       Indicador             2011   2012PIB (%)                      3,5    3,7Inflação (IPCA) %     ...
GOVERNO DILMAVisão geral  –   Dificuldades de governar  –   Grandes reformas: pouco prováveis  –   Desafio: promover inves...
TEMOS INSTITUIÇÕES               FUNDAMENTAIS•   Democracia•   Judiciário independente•   Banco Central autônomo•   Impren...
A NOVA REALIDADE• Distância do populismo latino-americano• Baixo risco de volta da inflação do passado• Ordem política vir...
TENDÊNCIAS CONSULTORIA        INTEGRADAwww.tendencias.com.br tel.: (11) 3052-3311
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gb2011 mailson nóbrega_tendênciasconsultoria

252 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gb2011 mailson nóbrega_tendênciasconsultoria

  1. 1. TENDÊNCIAS Consultoria IntegradaPERSPECTIVAS DA ECONOMIA BRASILEIRA Maílson da NóbregaApresentação para a GALVABRASIL 2011 São Paulo, 25 de outubro de 2011
  2. 2. CRISE MUNDIAL: NOVOS RISCOSRazões da piora do ambiente • Decepção com ritmo de recuperação da economia americana • Crise europeia: risco de contágio na Itália e na Espanha • As negociações e o rebaixamento da dívida pública americanaCenários para a crise grega • Status quo: insustentável • Calote desordenado: efeitos catastróficos, incluindo risco de colapso do euro. Menos provável • Calote ordenado: acalma mercados. Mais provávelRiscos para o Brasil • Recessão ou baixo crescimento nos países ricos • Nova crise financeira: quebra de um grande banco europeu • Desaceleração da economia chinesa
  3. 3. BRASIL MAIS RESISTENTESistema financeiro sólido e sofisticado – Efeitos do Proer, do Proes e da estabilidade macroeconômicaEstabilidade macroeconômica – Câmbio flutuante – Banco Central autônomo (apesar das dúvidas recentes) – Superávits primários no setor públicoSituação externa confortável – Reservas internacionais superiores à dívida externaGrau de investimento – Selo de qualidade para a gestão macroeconômica
  4. 4. TENDÊNCIAS PARA 2011 E 2012• Economia em ritmo menos acelerado• Taxa de desemprego em baixa• Forte superávit na balança comercial• Taxa de câmbio estável• Juros (Selic) em baixa• Banco Central não consegue fazer a inflação convergir para a meta em 2012
  5. 5. PROJEÇÕES 2011 - 2012 Indicador 2011 2012PIB (%) 3,5 3,7Inflação (IPCA) % 6,6 6,0Taxa de Desemprego % 6,0 5,8Massa Salarial Real % 5,0 5,2Juros (Selic) % 11,0 11,5Taxa de Câmbio (R$/US$) 1,75 1,65Balança Comercial (US$ bi) 28,0 28,0
  6. 6. GOVERNO DILMAVisão geral – Dificuldades de governar – Grandes reformas: pouco prováveis – Desafio: promover investimentos em infraestrutura – Crescimento: investimentos, demografia e avanços na educação podem manter ritmo sofrívelCenários e probabilidades – Básico: simples continuidade (75%) – Otimista: liderança e ousadia. Tudo dá certo (5%) – Pessimista: retrocesso na economia (20%)
  7. 7. TEMOS INSTITUIÇÕES FUNDAMENTAIS• Democracia• Judiciário independente• Banco Central autônomo• Imprensa livre e independente• Sociedade intolerante à inflação• Disciplina de mercado• País previsível• Capacidade de detectar e corrigir erros
  8. 8. A NOVA REALIDADE• Distância do populismo latino-americano• Baixo risco de volta da inflação do passado• Ordem política virtuosa (Fukuyama) – Estado forte – Estado de Direito – Accountability• Brasil cruzou o Rubicão – Em estabilidade política – Em estabilidade econômica• Risco para o futuro: baixo crescimento
  9. 9. TENDÊNCIAS CONSULTORIA INTEGRADAwww.tendencias.com.br tel.: (11) 3052-3311

×