Atividades impressas ch_i

33.613 visualizações

Publicada em

0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
33.613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
111
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
603
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades impressas ch_i

  1. 1. www.editorasaraiva.com.br Destino: Matemática Conceitos e Habilidades I Atividades para impressão
  2. 2. Gerente de projeto: Paulo Fernando Silvestre Editora: Olivia Maria Neto Tradução: Mariana Braga de Milani Revisores: Janete Siqueira Cristiana Boaventura Salvine Maciel Alexandre Agnolon Luciana Lima Silva Assessoria em Matemática: Maria Ângela de Camargo (coordenação) Edson Ferreira (revisão) Willian SeiguiTamashiro (revisão) Projeto gráfico e diagramação: Casa Paulistana de Comunicação O uso deste produto é objeto de restrições e limitações de garantia conforme o contrato de licença. Copyright © Saraiva S/A Livreiros Editores.Todos os direitos reservados. Copyright © Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company.Todos os direitos reservados. Riverdeep Inc., uma afiliada da Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company, concedeu à Saraiva S/A Livreiros Editores o direito intransferível de localizar, produzir, comercializar e distribuir o Destination Math (Destino: Matemática), Destination Reading e o Destination Learning Management com exclusividade no território nacional. Destination Math, Destination Reading e Destination Learning Management são marcas registradas da Riverdeep Interactive Learning Limited, uma afiliada da Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company. Saraiva e Destino: Matemática são marcas registradas da Saraiva S/A Livreiros Editores.Todas as outras marcas registradas são propriedades dos respectivos detentores.
  3. 3. As atividades a seguir foram planejadas para serem impressas e aplicadas em sala de aula, sem o uso do computador. Elas reforçam as habilidades e conceitos matemáticos ensinados no Destino: Matemática – Conceitos e Habilidades: Curso I. Cada atividade é composta de um original para ser reproduzido para o aluno e das respectivas orientações para o professor. Você poderá escolher entre atividades individuais ou em grupo, incluindo jogos, atividades práticas e trabalho com materiais concretos. Ao realizar as atividades, os alunos consolidam a compreensão dos conceitos de forma divertida. Sugerimos que você utilize cada atividade impressa depois que os alunos terminarem a seqüência correspondente do software. No entanto, algumas dessas atividades podem ser utilizadas antes da seqüência, a critério do professor. Você encontrará um quadro de referência para cada atividade na parte lateral esquerda da página de instruções. Esse quadro descreve o material necessário, duração aproximada, forma de agrupamento dos alunos e conteúdos conceituais e procedimentais dos PCN abordados na atividade. Esses conteúdos estão abreviados da seguinte forma: n NN e SND – Números naturais e sistema de numeração decimal n ONN – Operações com números naturais n EF – Espaço e forma n GM – Grandezas e medidas n TI –Tratamento da informação Apresentação
  4. 4. Sumário Atividades para impressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 1 Senso numérico 1.1 Números de 1 a 5 1.1.1 Contando de 1 a 5 Bichinho de estimação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6 1.1.2 Formando conjuntos de 1 a 5 elementos Aquários. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8 1.1.3 Criando representações dos números de 1 a 5 Memória da fábrica de brinquedos . . . . . . . . . . . . 10 1.2 Números de 1 a 10 1.2.1 Contando de 5 a 10 Circo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12 1.2.2 Formando conjuntos de 5 a 10 elementos Salada de frutas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14 1.2.3 Criando representações dos números de 5 a 10 Memória da fazenda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16 1.2.4 Um a mais Cachorrinhos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18 1.2.5 Um a menos e zero Pétalas de margarida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20 1.3 Números até 100 1.3.1 Contando de 10 a 20 Toras na caminhonete . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 1.3.2 Contando de 20 a 50 Números amigos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 1.3.3 Contando de 50 a 100 Números escondidos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26 1.3.4 Contando em grupos de 10 e de 5 Pegue quatro do monte. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28 1.3.5 Contando em pares Pares e ímpares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30 1.4 Comparando e ordenando 1.4.1 Mais, menos ou o mesmo Um dia na praia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32 1.4.2 Comparando números até 100 Balas de ursinho. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34 2 Adição e subtração 2.1 Adição 2.1.1 Combinando e agrupando até 10 Histórias de peixes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36 2.1.2 Comparando até 10 O que está faltando?. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38 2.1.3 Somas até 20, com uma parcela igual a 10 Sentenças de adição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40 2.1.4 Somas até 20 Iguais, mas diferentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42 2.2 Subtração 2.2.1 Diferenças até 10 Vamos tirar!. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44 2.2.2 Diferenças até 20 Quantos a mais ou a menos? . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46 3 Geometria e medidas 3.1 Medidas 3.1.1 Comprimento Jogo das lagartas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48 3.1.2 Medindo a massa de objetos Feira do bairro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50 3.1.3 O tempo do relógio e do calendário Hora da diversão! . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 3.1.4 Dinheiro Porta-moedas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 3.2 Geometria 3.2.1 Triângulos e retângulos No parque. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 3.2.2 Figuras tridimensionais Combine as figuras. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58 4 Tratamento da informação 4.1 Tabelas e gráficos 4.1.1 Figuras Adivinhe o meu padrão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 4.1.2 Padrões numéricos Números secretos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62 4.1.3 Tabelas e gráficos Um dia no zoológico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 64 Respostas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67
  5. 5. Atividades para impressão
  6. 6. 6 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ giz de cera amarelo e marrom Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Bichinho de estimação Os_alunos_praticam_a_contagem_de_1_a_5_enquanto_pintam_a_fi_gura-surpresa. Atividade prévia ■ Peça para um aluno desenhar um quadrado na lousa. Conte 1 quadrado. Depois, peça para um outro aluno desenhar um segundo quadrado próximo ao primeiro. Conte os quadrados apontando para cada um, ressaltando o número 2. Em seguida, um terceiro aluno deve ir à lousa e repetir o mesmo procedimento, enfatizando o número 3. Diga para os alunos continuarem adicionando quadrados até que sejam 5 ao todo e você tenha mostrado o significado de 4 e 5. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Bichinho de estimação”. Peça para os alunos apontarem uma forma que contenha uma estrela (mostre que há mais que uma forma que se encaixa nesta descrição). Ande pela sala e verifique se os alunos precisam de ajuda para escolher a forma correta. 2. Em seguida, diga aos alunos para mostrarem uma forma que contenha 2 estrelas. Muitos alunos usarão a contagem para identificar o número certo de estrelas. Lembre-os de que, quando contamos, um objeto está associado a um número em uma ordem. O último número da conta indica a quantidade total de objetos. Depois que todos os alunos encontrarem uma forma com duas estrelas, peça-lhes para procurarem formas com 3, 4 e 5 estrelas. 3. Leia os comandos em voz alta. Peça para os alunos mostrarem uma forma com 2 estrelas. Depois, convide-os a pintar essa forma de marrom. Agora, peça aos alunos para apontarem uma forma com 4 estrelas e, em seguida, pintarem essa forma de amarelo. Diga aos alunos para terminarem de pintar todas as formas que têm 2 e 4 estrelas para que a figura apareça. Reitere para eles NÃO pintarem as formas com uma, 3 ou 5 estrelas. Avaliação Avalie cada aluno individualmente. Verifique se cada um conseguiu: ■ determinar o número de objetos, até 5, em um conjunto dado independentemente do tipo ou distribuição dos mesmos; ■ reconhecer representações dos números 1, 2, 3, 4 e 5 e seus símbolos. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Sugerimos que você faça com seus alunos a leitura do livro de ALCY, Linares Deamo. Um, dois, três, quatro... 3. ed. Belo Horizonte: Formato, 2001. Neste livro, as crianças têm a oportunidade de lidar com situações que envolvem a noção de número e contagem. A primeira parte do livro envolve a percepção de quantidade em cada página (1 a 10) e a segunda propicia, além da percepção de quantidade, a agregação e a subtração. Ambas permitem o conhecimento da seqüência numérica de 1 a 10, além de desenvolver a percepção de cores e formas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 1: núMeros De 1 a 5 – seqüência 1: contanDo De 1 a 5
  7. 7. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Bichinho de estimação Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 1: Números de 1 a 5 – Seqüência 1: Contando de 1 a 5 1. Pinte as formas com 2 estrelas de 2. Pinte as formas com 4 estrelas de marrom . amarelo . amarelomarrom
  8. 8. 8 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ cola ■ tesoura Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Aquários Os_alunos_lêem_um_número_de_1_a_5_nos_aquários_e_colam_o_número_ correspondente_de_peixes_em_cada_um. Atividade prévia n Trabalhe com a classe e fale em voz alta números de 1 a 5. Peça para os alunos mostrarem o número correspondente de dedos. Faça isso várias vezes usando um número diferente a cada vez. Depois, escreva um número de 1 a 5 na lousa e diga aos alunos que mostrem o número correspondente de dedos. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Aquários”. Solicite aos alunos que coloquem o dedo sobre o primeiro aquário da página. Em seguida, diga para identificarem o número que está escrito nesse aquário (5) e para mostrarem o número correspondente de dedos. Agora, diga-lhes que olhem para um aquário por vez, identifiquem o número ali escrito e mostrem o número correspondente de dedos. 2. Recorte para seus alunos os 15 peixes que estão na parte de baixo da página. 3. Leia o comando da atividade em voz alta. Peça para os alunos olharem para o primeiro aquário, com o número 5. Explique que o número 5 representa quantos peixes eles devem colocar no aquário. Solicite que escolham 5 peixes recortados e os colem no aquário. Ande pela sala e certifique-se de que cada aluno colou os 5 peixes no lugar certo. Diga-lhes para terminarem a atividade dessa forma, colando o número certo de peixes em cada aquário. Avaliação Observe os alunos enquanto colam os peixes em cada aquário. Verifique se conseguem: ■ ler e representar conjuntos de números de 1 a 5. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Peça para os alunos fazerem um cartaz de números. Diga-lhes para escolherem um número de 1 a 5 e escrevê-lo na parte de cima de uma folha grande, A3, por exemplo. Depois, peça-lhes para recortarem figuras de revista em número correspondente e as colarem no cartaz. Se quiser, escolha um cartaz para cada número e coloque-os juntos e em seqüência para criar um livro de números gigantes. Você pode adicionar mais páginas a esse livro quando apresentar os números de 6 a 10 em aulas posteriores. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 1: núMeros De 1 a 5 – seqüência 2: ForManDo conjuntos De 1 a 5 eleMentos
  9. 9. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Aquários Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 1: Números de 1 a 5 – Seqüência 2: Formando conjuntos de 1 a 5 elementos 5 2 3 4 1 Siga a orientação de seu professor. Depois, cole o número correto de peixes em cada aquário.
  10. 10. 10 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ giz de cera ou lápis de cor Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Memória da fábrica de brinquedos Neste_jogo_da_memória,_os_alunos_associam_números_com_fi_chas_e_fi_guras. Atividade prévia ■ Distribua cópias da atividade “Memória da fábrica de brinquedos” para os alunos e divida-os em pares. ■ Recorte para seus alunos as 15 peças do jogo e peça-lhes para pintarem a parte de trás para que as imagens e o texto não apareçam do outro lado. Como jogar 1. Os alunos jogarão em pares. Eles precisarão das peças de apenas uma página de atividade. Diga aos alunos para colocarem o segundo conjunto de peças à parte. Quando eles estiverem dominando o jogo, alguns poderão querer juntar o outro conjunto de peças para torná-lo mais desafiador. 2. Oriente os alunos a colocarem as peças na mesa viradas com a face para baixo e depois as embaralhem. Peça-lhes para arrumarem as peças em 5 fileiras com 3 peças cada uma. 3. Cada aluno virará três peças por vez. O objetivo é encontrar três peças que combinem (um número, uma representação pictórica de um número e esse número de fichas). 4. Se um jogador encontrar três peças que combinam, ele as tira da mesa e as guarda na sua pilha de peças. Se as três peças não combinarem, o jogador as vira novamente e passa a vez para seu par. 5. O jogo continua até que não haja mais peças na mesa. Ganha o jogador que tiver mais peças na pilha. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam. Verifique se conseguem: ■ combinar o número, a representação com fichas e a representação pictórica de números de 1 a 5. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Para que o jogo fique mais desafiador, diga para os alunos jogarem com dois conjuntos de peças. Como variação do jogo, arrume as peças em círculo ou de forma aleatória sobre a mesa. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 1: núMeros De 1 a 5 – seqüência 3: crianDo representações Dos núMeros De 1 a 5
  11. 11. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 11 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Memória da fábrica de brinquedos Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 1: Números de 1 a 5 – Seqüência 3: Criando representações dos números de 1 a 5 1 2 3 4 5 Siga a orientação de seu professor. Depois, vire cada peça e pinte a parte de trás.
  12. 12. 12 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Circo As_crianças_praticam_a_contagem_de_5_a_10_enquanto_procuram_e_contam_ itens_em_uma_ilustração_de_circo. Atividade prévia ■ Mostre 6 dedos aos alunos em qualquer combinação. Peça para um voluntário contar quantos dedos você está mostrando, um a um, e diga o número total. ■ Forme pares de alunos. Peça para um aluno mostrar de 5 a 10 dedos. Diga para o outro aluno contar quantos dedos o colega está mostrando. Sugira aos alunos que invertam os papéis e continuem o jogo de contagem. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Circo” para os alunos. 2. Leia o comando da atividade em voz alta. Peça para os alunos olharem o exemplo que está abaixo da ilustração do circo, procurando chapéus idênticos ao do exemplo na ilustração e, em seguida, contarem os chapéus. 3. Depois que os alunos encontrarem os 9 chapéus na ilustração, peça-lhes para cobrirem o pontilhado do número 9 no exemplo. 4. Agora, diga para completarem a atividade da mesma forma e escreverem os números. Ande pela sala e auxilie-os a realizarem a atividade. Avaliação Avalie os alunos individualmente. Verifique se conseguem: ■ determinar o número de objetos em um conjunto, até 10, independentemente do tipo ou arranjo dos mesmos; ■ ler e escrever os números 5, 6, 7, 8, 9 e 10. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Faça desenhos de margaridas numéricas. O número escrito no miolo da flor deve coincidir com o número de pétalas da margarida. Desenhe, antes da aula, uma margarida e recorte um miolo, um cabinho e 5 a 10 pétalas por aluno. Escreva um número de 5 a 10 em cada miolo e coloque o número correspondente de pétalas em um saquinho. Distribua os miolos, cabinhos, cola e papel. Peça para os alunos colarem os cabinhos e os miolos das flores no papel. Depois, diga para eles escolherem um saquinho que contenha o número de pétalas correspondente ao número escrito no miolo da flor. Para terminar, peça para eles escreverem o número de pétalas da flor que montaram na parte superior da página. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 2: núMeros De 1 a 10 – seqüência 1: contanDo De 5 a 10 6
  13. 13. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 13 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 2: Números de 1 a 10 – Seqüência 1: Contando de 5 a 10 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Circo Observe a figura. Em seguida, escreva as quantidades. Quantos? Quantos?
  14. 14. 14 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ giz de cera Duração aproximada ■ 15 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Salada de frutas Os_alunos_identifi_cam_os_números_de_5_a_10_e_pintam_frutas_para_fazer_uma_ salada_de_frutas_no_papel. Atividade prévia ■ Como atividade prévia, fale números de 5 a 10 e peça para os alunos mostrarem o número certo de dedos. Repita diversas vezes usando números diferentes. Em seguida, escreva um dos números de 5 a 10 na lousa e, sem falar o número, peça para mostrarem o número certo de dedos. ■ Faça pares de alunos. Peça para um aluno de cada par falar um número entre 5 e 10 e peça para o outro aluno mostrar o número de dedos correspondentes. Depois, sugira que invertam os papéis. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Salada de frutas” para os alunos. 2. Leia o comando da atividade em voz alta. Diga que pintarão figuras de frutas. Peça para um aluno ler a instrução que está próxima ao primeiro exemplo – “Pinte 8 ” – e para os demais apontarem 8 bananas enquanto contam 8 delas. Depois, eles devem escolher um giz de cera e pintar 8 bananas (não precisam ser consecutivas). 3. Peça para um aluno ler a instrução ao lado da segunda fileira: “Pinte 5 ”. Os alunos deverão apontar para 5 figuras de morangos enquanto contam 5 morangos. Peça para escolherem um giz de cera e pintar 5 dos 10 morangos. Quando terminarem, deverão pintar tantas frutas quanto os numerais indicarem. Avaliação Observe os alunos enquanto pintam as frutas. Verifique se conseguem: ■ ler e representar conjuntos de números de 5 a 10. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Na atividade “Aquários”, foi solicitado aos alunos que escolhessem números de 1 a 5 para fazer um cartaz de números. Você pode estender essa atividade para os números de 6 a 10. Peça para os alunos escolherem um número de 6 a 10 e escrevê-lo na parte de cima de uma folha grande, como a A3. Depois, peça para recortarem figuras de revista em número correspondente e as colarem no cartaz. Se quiser, escolha um cartaz de cada número e junte-os para fazer um livro de números gigantes. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 2: núMeros De 1 a 10 – seqüência 2: ForManDo conjuntos De 5 a 10 eleMentos
  15. 15. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 15 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Salada de frutas Observe cada número e, depois, pinte a mesma quantidade de frutas. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 2: Números de 1 a 10 – Seqüência 2: Formando conjuntos de 5 a 10 elementos Pinte 8 . 5 . 9 . 6 . 7 . 10 . Pinte Pinte Pinte Pinte Pinte
  16. 16. 16 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ giz de cera ou lápis de cor Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Memória da fazenda Neste_jogo_da_memória,_os_alunos_associam_números_a_fi_guras_e_fi_chas. Atividade prévia ■ Distribua cópias da atividade “Memória da fazenda”. ■ Recorte para seus alunos as 15 peças do jogo, que estão na folha da atividade, e peça para eles pintarem a parte de trás das mesmas, para que os desenhos e o texto não apareçam no verso. Uma outra sugestão é pedir para os alunos colarem as peças em cartolina ou papel cartão. Como jogar 1. Como os alunos jogarão em pares, precisarão de apenas uma folha de atividade. Diga aos alunos para deixarem o segundo conjunto de peças de lado. Quando os alunos estiverem dominando as regras e o jogo, poderão acrescentar o outro conjunto de peças para tornar o jogo mais desafiador. 2. Oriente os alunos a colocarem as peças viradas com a face para baixo. Depois, peça que as embaralhem e as arrumem em 5 fileiras com 3 peças em cada uma. 3. Diga aos alunos para se revezarem virando 3 peças por vez. O objetivo é encontrar 3 peças do jogo que combinem (um número, uma representação pictórica de um número e esse número de fichas). Quando os jogadores encontrarem três peças que combinem, devem colocá-las na sua pilha. 4. O jogo continua até que não haja mais peças sobre a mesa. O jogador que tiver mais peças é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam. Verifique se conseguem: ■ combinar um número, uma representação pictórica e o conjunto de fichas correspondente aos números de 6 a 10. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Para um desafio adicional, diga para os alunos jogarem usando dois conjuntos de peças da atividade (2 cópias da atividade). Você também pode juntar as peças dessa atividade com as da “Memória da fábrica de brinquedos”. Desta forma, os alunos praticarão combinações de números, representações pictóricas e conjuntos de fichas para os números de 1 a 10. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 2: núMeros De 1 a 10 – seqüência 3: crianDo representações Dos núMeros De 5 a 10
  17. 17. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 17 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 2: Números de 1 a 10 – Seqüência 3: Criando representações dos números de 5 a 10 elementos Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Memória da fazenda 6 7 8 9 10 Siga a orientação de seu professor. Depois, vire as peças e pinte a parte de trás.
  18. 18. 18 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ cola Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Cachorrinhos Os_alunos_colocam_um_cachorrinho_a_mais_no_conjunto_e_escrevem_o_ número_que_representa_um_cachorrinho_a_mais. Atividade prévia ■ Peça para um aluno ficar em pé diante da classe. Escreva o número 1 na lousa. Em seguida, peça para mais um aluno ir para a frente da classe. Conte os dois alunos, apague o número 1 e escreva 2 na lousa. Continue este procedimento até que haja 10 alunos em pé na frente da classe e o número 10 esteja escrito na lousa. Apresentação da atividade 1. Distribua uma cópia da atividade “Cachorrinhos” para cada aluno. Recorte para seus alunos os 10 cachorrinhos da parte de baixo da página. 2. Leia o comando da atividade em voz alta. Depois, chame a atenção dos alunos para o primeiro quadro, que não tem ilustração de cachorro. Convide os alunos a colarem uma das ilustrações recortadas dentro do quadrado pontilhado. Depois, peça para um aluno contar o número total de cachorrinhos (1). Peça-lhes que cubram o número 1 pontilhado. 3. Agora, peça para um aluno contar o número de cachorrinhos do próximo quadro (1). Então, cole 1 cachorrinho no quadrado para ter um a mais. Peça aos alunos para identificarem o número que é um a mais que 1 (2). Peça-lhes que cubram esse número no quadrado. 4. Diga aos alunos que continuem a atividade, colando 1 cachorrinho a mais em cada quadrado e escrevendo o número que representa um a mais que havia antes. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ nomear e escrever o número que representa um a mais que determinado número de objetos. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! No pátio da escola, desenhe um arco com giz. Diga aos alunos que eles jogarão “Patos na lagoa”. Escolha um aluno para ficar em pé dentro do arco e ser o primeiro pato. Diga aos outros alunos para fazerem uma roda em torno do arco. Com os olhos fechados, o pato estende um braço e gira o corpo enquanto os colegas falam: “Um(a) patinho(a) gira, gira, procura um amigo. Quem ele(a) encontrou?”. Quando os alunos terminarem o verso, o pato pára de girar e abre os olhos. O aluno para quem o pato estiver apontando entra no arco e torna-se, então, o segundo pato. O primeiro pato senta dentro do arco e o segundo assume o seu papel enquanto os colegas falam: “Dois patinhos giram, giram, procurando um amigo. Quem encontraram?”. Então, o pato pára, abre os olhos e aponta para o aluno que será o terceiro pato e se junta aos dois que já estão dentro do arco. O jogo continua, acrescentando-se um aluno por vez. Os alunos de fora do arco mudam o verso para acompanhar o número de patos dentro do arco. Quando o décimo pato for escolhido, o jogo acaba. O aluno escolhido como décimo pato será o primeiro da próxima rodada do jogo. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 2: núMeros De 1 a 10 – seqüência 4: uM a Mais
  19. 19. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 19 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 2: Números de 1 a 10 – Seqüência 4: Um a mais Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Cachorrinhos Siga a orientação de seu professor e depois cole os para representar um a mais. Escreva o total.
  20. 20. 20 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis ou canetinhas Duração aproximada ■ 15 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Pétalas de margarida Os_alunos_contam_para_trás_(contagem_decrescente)_para_saber_quantas_ pétalas_sobraram_depois_que_uma_caiu. Atividade prévia ■ Convide 10 alunos para ficarem em pé diante da classe. Conte-os e escreva o número 10 na lousa. Tire um aluno do grupo, deixando 9, e apague o 10 da lousa. Peça para um aluno contar as crianças que sobraram e escreva o número 9 na lousa. Reitere para a classe que 9 alunos é igual a um a menos que 10. ■ Continue esse processo até que não sobre nenhum aluno. Pergunte a eles que número podem escrever para representar que não há mais alunos no grupo. Escreva, então, o número 0 na lousa para salientar que zero é um a menos que um. Apresentação da atividade 1. Distribua para cada aluno uma cópia da atividade “Pétalas de margarida”. Leia em voz alta o comando que está no início da página. 2. Peça para os alunos contarem as pétalas da primeira margarida à esquerda (10). Peça-lhes para cobrirem o número 10 pontilhado do quadrado. 3. Em seguida, explique que a figura da segunda margarida mostra que uma das 10 pétalas caiu. Convide as crianças a contarem as pétalas que sobraram na margarida (9). Peça-lhes para cobrirem o número 9 pontilhado para representar uma margarida que tem 1 pétala a menos que 10. 4. Depois de fazer um ou mais desses exercícios em conjunto, peça para os alunos terminarem a atividade individualmente. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ nomear e escrever o número que representa um item a menos que um número de 1 a 10; ■ identificar 0 como o número que representa um item a menos que 1. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Faça um livro de histórias da classe. Distribua para cada aluno uma folha de papel. Escreva um número de 1 a 10 na folha. Peça para cada aluno fazer um desenho com o número escolhido de animais, objetos ou pessoas. Depois, peça para riscarem um dos itens desenhados. Peça para cada criança inventar uma história, descrevendo como ou por que há um item a menos no desenho. Registre em papel pautado a atividade de cada aluno. Quando todos terminarem, faça uma montagem do desenho com a história em um pedaço de cartolina. Junte todas as folhas, fure-as e monte o livro “Um a menos que” da classe. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 2: núMeros De 1 a 10 – seqüência 5: uM a Menos e zero
  21. 21. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 21 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 2: Números de 1 a 10 – Seqüência 5: Um a menos e zero Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Pétalas de margarida Conte as pétalas de cada margarida e escreva o número que representa um a menos.
  22. 22. 22 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis ou giz de cera Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN Toras na caminhonete Os_alunos_escrevem_números_entre_10_e_20_para_representar_quantas_toras_ há_em_uma_caminhonete_e_desenham_toras_para_representar_números_entre 10_e_20. Atividade prévia ■ Para esta atividade você precisará de palitos de dente (19 por aluno) e elásticos (1 por aluno). Comece pedindo aos alunos para contarem e separarem 10 dos 19 palitos e os prenderem com o elástico. Peça-lhes para colocarem de lado o maço de 10 e os 9 palitos soltos. ■ Mostre para os alunos um maço de 10 e 4 palitos soltos. Peça a um aluno para identificar o número total de palitos, usando os termos “10 mais 4” e “14”. Dê mais exemplos, usando conjuntos de palitos para representar números entre 10 e 20. ■ Peça para os alunos pegarem seus palitos novamente. Fale o número 17 e escreva 17 na lousa. Peça-lhes para representarem o número 17 usando os palitos (1 conjunto de 10 mais 7 palitos soltos). Repita com outros números, se necessário. Apresentação da atividade 1. Distribua uma cópia da atividade “Toras na caminhonete” para cada aluno. Leia em voz alta o primeiro comando. 2. Peça para os alunos contarem as toras da primeira figura dizendo “10 mais 4 é igual a 14”. Diga para cobrirem o número 14 pontilhado, em seguida, para fazerem os próximos três problemas do mesmo modo. 3. Agora, leia o segundo comando em voz alta. Peça para um aluno identificar o número escrito na caminhonete no primeiro exemplo (13). Mostre que em cada pilha há 10 toras. Então, peça para os alunos identificarem quantas toras a mais são necessárias para representar um total de 13 (3). Diga a eles para cobrirem as 3 toras pontilhadas. Estimule os alunos a resolverem os outros problemas desta forma. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ escrever e representar os números de 10 a 20. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Proponha um jogo chamado “Lenhador”. Você precisará dos maços de palitos de dente usados na atividade prévia, fichas de papel (1 por aluno), saquinhos plásticos (1 por aluno) e uma caneta. Antes da aula, escreva um número de 10 a 20 em uma ficha de papel. Repita isso usando todos os números até que haja uma ficha por aluno. Coloque um maço de 10 palitos e um número de palitos soltos em um saquinho e espalhe-os pelas carteiras da sala. Diga aos alunos que eles são lenhadores e que você dará a cada um uma ficha com o número que representa quantas toras são necessárias para encher a caminhonete. Diga também que os saquinhos espalhados pela sala contêm as toras (palitos) que correspondem aos números das fichas. O objetivo do jogo é que os alunos encontrem o saquinho com o número de “toras” que correspondem ao da ficha e o levem para seus lugares. Eles devem mostrar o saquinho e a ficha para que você verifique se está correto. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 3: núMeros até 100 – seqüência 1: contanDo De 10 a 20
  23. 23. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 23 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 3: Números até 100 – Seqüência 1: Contando de 10 a 20 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Toras na caminhonete 10 4 10 8 2. Desenhe mais toras para representar cada número. 1. Quantas toras há ao todo? 13 15 12 11 10 10 10 10
  24. 24. 24 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ cola Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ classe inteira Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Números amigos Os_alunos_fazem_cartões_numéricos_para_números_de_20_a_50_e_mostram_ suas_representações_em_base_decimal. Atividade prévia ■ Monte um ou mais cartões numéricos da atividade “Números amigos”. Mostre-os para os alunos e depois distribua cópias da atividade para cada um. ■ Diga aos alunos que os dois quadros da página serão a parte da frente e a de trás de um cartão numérico. Leia a instrução que está acima do quadro à esquerda, em voz alta. Peça para os alunos escolherem um número entre 20 e 50 e o escreverem no quadro. Verifique se os alunos seguiram a instrução corretamente antes de prosseguir. ■ Leia a instrução que está acima do quadro da direita. Os alunos devem desenhar blocos para representar o número. Verifique se os alunos seguiram a instrução antes de prosseguir. ■ Finalmente, peça para os alunos recortarem os dois quadros e colarem um no outro, com a parte escrita para fora, para formar os cartões do jogo “Números amigos”. Como jogar 1. Recolha os cartões e divida a turma em dois grupos. Peça para um membro de cada grupo ir à lousa. Mostre para a classe o lado desenhado do cartão que representa as dezenas e as unidades. Peça aos dois alunos que estão na lousa para escreverem o número correspondente. Cada aluno ganha 1 ponto para o grupo se o número estiver certo. 2. Continue jogando até que todos os alunos tenham ido à lousa. O grupo que obtiver a maior pontuação, vence. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem os cartões numéricos. Verifique se conseguem: ■ identificar, representar e escrever os números de 20 a 50. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Distribua blocos de base decimal ou use os blocos da caixa de ferramentas do software do Destino: Matemática. Dê a cada aluno um cartão numérico do jogo “Números amigos” com o lado do número para cima. Peça que usem blocos para representar o número. Para conferir as respostas, solicite que virem os cartões e observem as representações das dezenas e das unidades. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 3: núMeros até 100 – seqüência 2: contanDo De 20 a 50
  25. 25. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 25 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 3: Números até 100 – Seqüência 2: Contando de 20 a 50 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Números amigos Desenheblocosnestequadro.Escrevaumnúmeronoquadro.
  26. 26. 26 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ giz de cera ou lápis de cor Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Números escondidos Os_alunos_se_revezam_neste_jogo_de_números,_cobrindo_e_depois_ identifi_cando_os_números_em_um_quadro_de_100_números. Atividade prévia ■ Dê uma cópia da atividade “Números escondidos” para cada aluno. Recorte para seus alunos o quadro e o conjunto de 5 quadradinhos abaixo dele. ■ As duplas precisarão de apenas um quadro de 100 números e de um conjunto de 5 quadradinhos para jogar. Como jogar 1. Organize a classe em duplas e peça para um jogador de cada par escolher uma cor diferente de lápis ou giz de cera e fechar os olhos. O outro usará os 5 quadradinhos para cobrir 5 números quaisquer do quadro. 2. Depois que os 5 quadradinhos estiverem colocados, o primeiro aluno deve identificar os números cobertos falando seus nomes. Para cada número identificado corretamente, o aluno retira o quadradinho branco e pinta com a cor escolhida o quadradinho correspondente. Se não acertar o número, o aluno somente retira o quadradinho branco de cima. 3. Na próxima rodada, os jogadores invertem os papéis. O segundo aluno fecha os olhos, e o primeiro cobre 5 números. Os quadradinhos pintados não poderão ser cobertos. 4. Diga para os alunos jogarem até que todos os quadradinhos estejam pintados. Conte o total de cada cor. Vence o jogador com mais quadradinhos pintados. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam e verifique se conseguem: ■ identificar e nomear os números de 1 a 100. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Como atividade complementar ao trabalho com a contagem até cem, leia com seus alunos o livro de RAMOS, Luzia Faraco e FAIFI. Caramelos da alegria. 5. ed. São Paulo, Ática, 2003. Nesse livro, as personagens Adelaide e seus amigos se sentem “robotizadas” diante da televisão e passam a ter uma vida monótona e sem diversão. Inconformada, Adelaide resolve tomar uma atitude para reverter essa situação... O principal tema matemático abordado é o conceito de centena. No final do livro, são propostos jogos e brincadeiras, que complementam de forma lúdica conceitos matemáticos. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 3: núMeros até 100 – seqüência 3: contanDo De 50 a 100
  27. 27. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 27 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 3: Números até 100 – Seqüência 3: Contando de 50 a 100 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Números escondidos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Siga a orientação de seu professor.
  28. 28. 28 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ giz de cera ou lápis de cor ■ papel-cartão ou cartolina (opcional) Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Pegue quatro do monte Neste_jogo_de_cartões_numéricos,_o_objetivo_é_conseguir_quatro_cartões_de_ múltiplos_consecutivos_de_5_ou_de_10. Atividade prévia ■ Distribua cópias da atividade “Pegue quatro do monte”, que contém 20 peças ou cartões numéricos: 20 múltiplos de 5, sendo 10 deles múltiplos de 10. ■ Recorte para seus alunos as peças e diga para pintarem o verso para que os números não apareçam. Uma alternativa é colar os cartões numéricos em cartolina ou papel-cartão. Como jogar 1. Organize os alunos em duplas e peça para cada uma colocar todos os seus cartões numéricos virados para baixo e embaralhados em uma pilha, que será o “monte”. 2. Para começar, peça para cada participante pegar 4 cartas do monte, segurando-as ou colocando-as sobre a mesa sem que o outro veja os números. Em seguida, os jogadores se revezam, pegando uma carta do monte por vez e descartando outra em uma pilha separada. O primeiro jogador que obtiver 4 cartas consecutivas de múltiplos de 5 ou de 10 é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam e verifique se conseguem: ■ contar em grupos de 10 e de 5 até 100. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Contar em grupos combina com pular corda! Pegue uma corda longa e escolha um aluno para ajudar a batê-la. Peça para os alunos fazerem uma fila e pularem um por vez. A cada pulo, os demais contam em grupos de 5 ou 10. Quando errar o pulo, o aluno perde a vez e vai para o fim da fila e o próximo começa a pular. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 3: núMeros até 100 – seqüência 4: contanDo eM grupos De 10 e De 5
  29. 29. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 29 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 3: Números até 100 – Seqüência 4: Contando em grupos de 10 e de 5 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Pegue quatro do monte 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 55 60 65 70 75 80 85 90 95 100 Siga a orientação de seu professor.
  30. 30. 30 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ cola ■ cartolina ou papel-cartão Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Pares e ímpares Os_alunos_cobrem_os_números_pares_em_seus_tabuleiros_antes_que_os_ oponentes_cubram_os_ímpares. Atividade prévia ■ Faça uma cópia da atividade “Pares e ímpares” para cada aluno. Antes de entregar as cópias, entretanto, recorte a parte de baixo que contém 4 tiras e faça um tabuleiro de jogo para cada aluno. Separe-as e cole-as em uma cartolina ou papel-cartão, de forma que fiquem em duas fileiras com 10 números cada, assim: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 ■ Agora, entregue a cada aluno um tabuleiro e 20 peças do jogo da parte de cima da folha da atividade, recortadas por você. Como jogar 1. Divida a classe em duplas e diga para cada uma colocar os tabuleiros sobre a mesa e depois juntar as peças, embaralhando-as viradas para baixo. 2. Um aluno deve cobrir os números pares e, o outro, os ímpares de seu respectivo tabuleiro. (Deixe que decidam quem cobrirá os pares e quem cobrirá os ímpares) 3. Oriente os alunos a se revezarem para tirar uma peça do monte de cada vez. Se o número for par e o aluno estiver cobrindo números pares, ele coloca a peça do jogo sobre o número correspondente no tabuleiro. Se o número retirado for ímpar, ou se o número já estiver coberto no tabuleiro, o jogador devolve a peça para o monte e perde a vez. 4. O primeiro jogador a cobrir todos os números do seu tabuleiro é o vencedor. Avaliação Observe as duplas enquanto jogam e verifique se conseguem: ■ identificar números pares e ímpares. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Organize os alunos em uma roda grande para jogar “Vai!”. Você precisará de uma bola macia de borracha. Os alunos devem jogar a bola rapidamente para qualquer outro jogador da roda. O primeiro joga e diz “dois”. O aluno que pegar a bola deve contar em grupos de 2 e dizer “quatro”. O próximo diz “seis”, e assim por diante. Os alunos que não pegarem a bola ou que não disserem imediatamente o número da seqüência deverão sair da roda. O jogo continua até que sobre apenas um aluno. Se o número da seqüência ficar muito grande, pode-se reiniciar a contagem. Uma variação de “Vai!” é contar em grupos de 2 começando no 1. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 3: núMeros até 100 – seqüência 5: contanDo eM pares
  31. 31. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 31 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 3: Números até 100 – Seqüência 5: Contando em pares Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Pares e ímpares 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Siga a orientação de seu professor. Professor: recorte esta parte antes de entregar a atividade aos alunos. Use esses quadradinhos para montar os tabuleiros dos alunos. Consulte a Atividade prévia na página anterior.
  32. 32. 32 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Um dia na praia Os_alunos_aprendem_“mais_que”_e_“menos_que”_enquanto_descobrem_se_há_ artigos_de_praia_sufi_cientes_para_as_chinchilas_em_férias. Atividade prévia ■ Segure 4 livros e peça para 3 alunos virem para a frente da classe. Peça para a classe decidir se há mais livros ou alunos. Dê um livro para cada aluno. Mostre que sobra 1 livro; então, há mais livros que crianças. Repita este procedimento com 6 alunos e 4 livros. ■ Chame 9 alunos para a frente da classe. Peça para 4 alunos formarem um grupo para pular sapo. Diga a outros 5 alunos que formem outro grupo e rastejem como cobra. Peça para a classe decidir se há menos sapos ou menos cobras. Faça pares de sapos com cobras e mostre que há uma cobra sobrando, portanto, há menos sapos que cobras. Apresentação da atividade 1. Leia as orientações da atividade “Um dia na praia” em voz alta. Peça para os alunos olharem para o primeiro exercício e pergunte se há mais roupinhas ou mais chinchilas (há mais roupinhas). Sugira aos alunos que contornem as roupinhas. Depois, conduza-os para o segundo exercício, que está à direita do primeiro. 2. Leia as instruções para os próximos dois exercícios. Mostre que nesses dois os alunos devem contornar o conjunto que tem menos itens. 3. Por fim, chame a atenção dos alunos para a parte de baixo da página. Leia as instruções em voz alta. Mostre que no primeiro exercício os alunos devem desenhar um conjunto que tenha mais itens que o número de toalhas. No segundo exercício, eles devem desenhar um conjunto com menos itens que o número de baldes. (Os alunos podem desenhar os mesmos objetos ou objetos diferentes desde que cada conjunto desenhado tenha mais ou menos itens que os das figuras.) Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ identificar se um conjunto tem mais ou menos objetos que outro. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Caso considere adequado, leia com seus alunos o livro do autor BARI, Atílio. 10 que valem 30! – Quem tem 10 não tem 30. Ou tem? São Paulo: Scipione, 2002. Toni e seus amigos encontram-se depois de muito tempo e lembram que cada um devia dinheiro ao outro. Resolvem, então, pagar as dívidas e acabam ficando com os mesmos 10 reais que tinham antes. Você pode trabalhar com os conceitos “mais que” e “menos que” de forma lúdica e com as operações de adição e subtração. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 4: coMparanDo e orDenanDo – seqüência 1: Mais, Menos ou o MesMo
  33. 33. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 33 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 4: Comparando e ordenando – Seqüência 1: Mais, menos ou o mesmo Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Um dia na praia Circule o que tem MAIS. Circule o que tem MAIS. Circule o que tem MENOS. Circule o que tem MENOS. Desenhe MAIS QUE. Desenhe MENOS QUE.
  34. 34. 34 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ giz de cera ou lápis de cor ■ fichas Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Balas de ursinho Os_alunos_comparam_peças_numeradas_do_jogo_e_decidem_se_um_número_é_ maior,_menor_ou_igual_ao_outro. Atividade prévia ■ Distribua uma cópia da atividade “Balas de ursinho” para cada aluno e recorte para seus alunos as 20 peças do jogo. Eles podem pintar as balinhas se quiserem. Como jogar 1. Peça para cada dupla colocar todas as peças em uma pilha, viradas para baixo. Depois diga para embaralhá-las. 2. Convide os alunos de cada par a retirar uma peça da pilha e virá-la. Depois, peça que os alunos comparem os números que retiraram. O aluno que tiver o maior número fica com as duas peças. Se os dois alunos tirarem o mesmo número, devolvem as peças para a pilha. 3. O jogo continua até que não haja mais peças na pilha. Cada aluno da dupla conta o número de peças que tem. O vencedor é o que tiver mais peças. 4. Proponha uma variação do jogo “Balas de ursinho”: quando os alunos compararem os números, o jogador com o número menor fica com as duas peças. 5. Dê 3 fichas para cada dupla: uma com o sinal de maior (), uma com o sinal de menor () e uma com o sinal de igual (=). Peça para os alunos formarem uma sentença matemática a cada retirada, comparando os números. No início, decida qual critério (maior, menor ou igual) os alunos usarão para ficar com as cartas e decidir quem é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam e verifique se conseguem: ■ identificar o maior ou o menor de dois números; ■ representar a relação entre dois números usando os símbolos , , ou =. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Divida a classe em dois grupos para jogar “Basquete na sala”. Coloque um cesto ou uma caixa de papelão diante da classe. Desenhe ou cole uma linha de arremesso a cerca de 2 metros do cesto. Peça para os alunos de cada grupo ficarem atrás da linha e se revezarem, arremessando bolinhas no cesto. Cada aluno que acertar a bolinha no cesto ganha um ponto. Registre os pontos na lousa. No final do jogo, conte os pontos de cada grupo e escreva-os na forma numérica. Então, use os símbolos , , ou = para comparar os pontos. O grupo com mais pontos vence. Se houver empate, proponha uma partida de desempate. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 1: senso nuMérico – uniDaDe 4: coMparanDo e orDenanDo – seqüência 2: coMparanDo núMeros até 100
  35. 35. Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. 35 Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 1: Senso numérico – Unidade 4: Comparando e ordenando – Seqüência 2: Comparando números até 100 Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Balas de ursinho 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Siga a orientação de seu professor.
  36. 36. 36 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual ou em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN ■ TI Histórias de peixes Os_alunos_descobrem_as_somas_até_10_enquanto_contam_peixes. Atividade prévia ■ Crie uma história como esta: Um dia, eu fui à praia e encontrei 2 conchas. (Mostre 2 conchas.) No dia seguinte, eu voltei à praia e encontrei mais 3 conchas. (Mostre mais 3 conchas.) Então pergunte: Quantas conchas eu tenho ao todo?. ■ Peça para os alunos começarem no número 2 e contarem mais 3 até chegar ao 5. Escreva na lousa 2 mais 3 é igual a 5. ■ Depois, imediatamente abaixo de 2 mais 3 é igual a 5, escreva uma sentença de adição explicando os símbolos + e =. 2 + 3 = 5 ■ Escreva uma outra sentença de adição na lousa e convide os alunos a criar uma história sobre as parcelas e a soma. Comente as histórias que os alunos inventaram e verifi que se cada história corresponde à sentença de adição e se as parcelas estão na ordem certa. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Histórias de peixes” para os alunos. Eles podem trabalhar em duplas ou sozinhos. Comente que eles escreverão histórias matemáticas de peixes. 2. Leia o comando em voz alta. Depois, chame a atenção dos alunos para o primeiro exercício. Peça para eles contarem o número de peixes de cada aquário. Então, diga a um aluno para responder qual é a quantidade total de peixes. Também peça-lhes para cobrirem o 7 pontilhado. 3. Peça para os alunos fazerem a atividade enquanto você anda pela sala auxiliando, se necessário. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ interpretar uma representação pictórica e descobrir a soma de dois números menores que 10. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Dê a cada aluno uma sentença de adição como 3 + 5 = . Peça-lhes para escreverem a soma. Depois, diga para recortarem figuras de revistas ou fazerem desenhos para criar histórias correspondentes aos números da sentença matemática. Certifique-se de as parcelas estejam na ordem certa. Então, peça a eles para compartilharem suas histórias com os colegas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 1: aDição – seqüência 1: coMbinanDo e agrupanDo até 10
  37. 37. 37 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ Histórias de peixes Quantos peixes há ao todo? Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 1: Adição – Seqüência 1: Combinando e agrupando até 10
  38. 38. 38 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis de cor ou giz de cera Duração aproximada ■ 15 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN ■ TI O que está faltando? Os_alunos_completam_sentenças_matemáticas_onde_faltam_parcelas_ou_ somas_até_10. Atividade prévia ■ Para preparar os alunos para esta atividade, você precisará de 20 bolas de gude e de 3 caixas de ovos. Coloque previamente as bolas de gude que representam cada parcela de uma sentença simples de adição em cada caixa de ovos, uma bola em cada cavidade. Na terceira caixa, coloque o número de bolas de gude que representa a soma e coloque-a à direita das demais. O arranjo deve corresponder à sentença de adição. ■ Trabalhando com a turma, abra duas caixas de ovos: uma que representa uma parcela e outra que representa a soma. Escreva a sentença matemática incompleta na lousa de forma que o número que falta represente a outra parcela. Peça para os alunos falarem quantas bolas de gude eles acham que há na caixa fechada. Registre as opiniões na lousa e depois abra a caixa para ver quantas bolas de gude há dentro dela. Coloque a parcela que falta na sentença matemática. ■ Proponha outros exercícios de adição da mesma forma, perguntando por uma parcela ou pela soma e escrevendo as sentenças matemáticas correspondentes. Apresentação da atividade 1. Entregue uma cópia da atividade “O que está faltando?” para cada aluno. Leia o comando do primeiro exercício em voz alta. 2. Diga aos alunos que no primeiro exercício uma caixa de ovos está vazia, mas que o número total de ovos das duas caixas à esquerda deveria ser igual ao número de ovos na caixa à direita. Eles precisam descobrir quantos ovos deveriam ser colocados na caixa vazia e desenhá-los nela. Peça para os alunos cobrirem o ovo pontilhado na caixa vazia e o número que representa quantos ovos há na caixa. Estimule os alunos a fazerem os próximos três problemas. 3. Agora, leia o comando do segundo exercício em voz alta. Diga aos alunos que nesses exercícios os números representam quantos ovos há em duas das três caixas de ovos e que eles devem descobrir qual número completa cada sentença matemática. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ completar sentenças de adição quando falta uma parcela. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Agrupe os alunos em duplas para jogarem “O que está faltando?”. Cada aluno vai precisar de 3 envelopes e 20 fichas. Peça para um aluno da dupla pensar em uma sentença de adição e depois colocar as fichas que representam cada parcela em dois envelopes e as fichas que representam a soma no terceiro envelope. O outro jogador abre os envelopes que representam uma parcela e a soma e deve dizer quantas fichas há no envelope fechado. Os jogadores, então, abrem o envelope e conferem a resposta. Os jogadores invertem os papéis. Neste jogo, não há pontuação e todos são vencedores! Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 1: aDição – seqüência 2: coMparanDo até 10
  39. 39. 39 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ O que está faltando? 1. Desenhe ovos nas . Escreva o número que falta. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 1: Adição – Seqüência 2: Comparando até 10 3 4 2. Escreva o número que falta. =+ =+ =+ =+ =+ =+ =+ =+ 3 + = 5 8 + = 10 + 3 = 7
  40. 40. 40 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ giz de cera (duas cores diferentes) ■ lápis de cor Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN ■ TI Sentenças de adição Os_alunos_completam_sentenças_matemáticas_quando_uma_parcela_é_igual_a_ 10_e_a_soma_total_é_até_20. Atividade prévia ■ Represente um problema de adição usando 3 envelopes e ao menos 30 fi chas. Uma parcela é 10 e a outra é menor ou igual a 10 (inclua o 0). Coloque o número de fi chas que representa cada parcela em envelopes separados e o número de fi chas que representa a soma no terceiro envelope. Organize os envelopes como uma sentença matemática: primeiro, coloque os envelopes que representam as parcelas próximos um do outro e, depois, o envelope que representa a soma à direita deles. Abra o envelope que contém 10 fi chas e um dos outros dois envelopes. Escreva uma sentença matemática, apresentando os dois números conhecidos e representando o que falta com um sinal de interrogação (?), por exemplo, 10 + ? = 18 ou 10 + 8 = ? . ■ Peça para os alunos determinarem o número de fi chas do envelope fechado e o número que falta na sentença de adição. Depois, abra o envelope e confi ra se acertaram. ■ Apresente problemas similares usando sentenças matemáticas incompletas e conjuntos de fi chas. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Sentenças de adição” e leia o comando em voz alta. 2. Diga para os alunos olharem para a primeira sentença. Diga que o total de corações nos dois quadros à esquerda do sinal de igual é o mesmo que o número de corações do quadro à direita. Estimule os alunos a identifi carem o número de corações da parcela dada e da soma. Depois, pergunte quantos corações deveriam haver no quadro vazio, e diga para desenharem esses corações no segundo quadro, usando uma cor diferente em cada conjunto de corações que representa as parcelas. Depois, eles deverão pintar o mesmo número de corações da soma para mostrar o total. 3. Convide os alunos a completar as sentenças matemáticas cobrindo o número 4 que está dentro do triângulo. 4. Por fi m, oriente os alunos a trabalharem sozinhos desenhando o número correspondente de corações em cada quadro, pintando os corações e escrevendo os números que faltam dentro de cada triângulo. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ identifi car a parcela desconhecida quando são informadas a outra parcela e a soma. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Crie um cartaz, como este à direita, para ajudar os alunos a reconhecerem o padrão na soma de dois números, quando 10 é uma das parcelas. Recorte quadradinhos para cobrir as parcelas escondidas. Os quadradinhos em cada número representam abas. Levante uma das abas de uma seqüência matemática para que os alunos vejam as duas parcelas ou 10 e a soma. Depois, peça para os alunos indicarem o número escondido sob a aba. Levante a aba para ver se acertaram. 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 = = = = = = = = = = = Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 1: aDição – seqüência 3: soMas até 20, coM uMa parcela igual a 10
  41. 41. 41 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ Sentenças de adição Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 1: Adição – Seqüência 3: Somas até 20, com uma parcela igual a 10 mais é igual a 10 + = 14 mais é igual a 10 + = 16 mais é igual a 10 + = 11 mais é igual a 10 + = 13
  42. 42. 42 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno Duração aproximada ■ 25 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN ■ TI Iguais, mas diferentes Os_alunos_escolhem_pares_de_parcelas_e_conjuntos_de_cubos_que_ representam_somas_iguais. Atividade prévia ■ Coloque vários cubos sobre a mesa. Coloque 12 cubos em uma pilha e 5 em outra. Depois, escreva uma sentença matemática que represente o modelo: 12 + 5 = ?. Conte o número total de cubos e complete a sentença. ■ Agora, peça para um aluno reagrupar os cubos de forma que fi quem 10 cubos em uma pilha e 7 em outra. Escreva a sentença matemática para esse arranjo: 10 + 7 = ? e peça para confi rmarem se essa soma também é igual a 17. ■ Faça as outras adições da mesma forma, mostrando duas sentenças matemáticas correspondentes, como no primeiro exemplo. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Iguais, mas diferentes” para cada aluno e leia as instruções em voz alta. 2. Peça para olharem o primeiro exercício e identifi carem o número 12 no balão. Depois, olharem para o primeiro conjunto de parcelas, 8 + 4, e contarem os cubos próximos a ele. Já que o número de cubos em um grupo é 8 e o de outro grupo é 4, o resultado é igual a 12. Então, os alunos devem cobrir o pontilhado em torno do conjunto. 3. Diga aos alunos que encontrem outro par de parcelas e cubos neste exercício que também represente 12. Estimule os alunos a cobrirem o pontilhado em torno de 10 + 2 e dos cubos que representam um conjunto de 10 mais 2. 4. Os alunos deverão resolver os outros problemas da mesma forma, contornando pares de parcelas e cubos equivalentes. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ identifi car pares de parcelas que resultem em somas menores que 20. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Dê a cada aluno duas luvas recortadas em cartolina e 40 quadrados pequenos de papel. Peça para os alunos escolherem um número entre 10 e 20 e escrevê-lo acima das luvas. Então, em uma luva, eles deverão escrever duas parcelas cuja soma seja esse número. Depois, peça para colarem os quadrados correspondentes a cada parcela. Na segunda luva, peça que escrevam outras duas parcelas que tenham a mesma soma, sendo uma delas igual a 10. Novamente, os alunos devem colar os quadrados correspondentes abaixo de cada parcela. Quando todos terminarem de fazer seu par de luvas, pendure um varal na classe e prenda os pares de luvas com prendedores de roupas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 1: aDição – seqüência 4: soMas até 20 3 + 12 10 + 5 15
  43. 43. 43 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ Iguais, mas diferentes Olhe o número destacado. Contorne as adições e os conjuntos de cubos iguais a cada número. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 1: Adição – Seqüência 4: Somas até 20 12 16 11 14 15 19 8 + 4 6 + 5 7 + 3 10 + 2 8 + 8 9 + 6 10 + 6 5 + 11 8 + 2 8 + 3 9 + 2 10 + 1 8 + 6 6 + 7 7 + 7 10 + 4 8 + 5 9 + 6 10 + 5 5 + 9 8 + 8 10 + 9 11 + 7 10 + 7 q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q
  44. 44. 44 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ cola Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ TI Vamos tirar! Os_alunos_interpretam_histórias_pictóricas_e_subtraem_números_até_10. Atividade prévia ■ Crie uma história de subtração como esta: Eu tenho 10 livros (mostre 10 livros aos alunos). Eu guardo 4 livros (coloque 4 livros na estante). Com quantos livros eu fi quei? (peça para os alunos contarem quantos livros sobraram). ■ Escreva uma sentença na lousa para representar uma história de tirar (subtração): 10 tirando 4 é igual a 6. ■ Então, abaixo da sentença, escreva 10 – 4 = 6 e diga: dez menos quatro é igual a seis”. Explique que esta sentença de subtração representa que 4 livros foram tirados de 10 livros, restando 6 livros. ■ Escreva outra sentença de subtração na lousa. Peça para os alunos inventarem uma história similar envolvendo tirar. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Vamos tirar!” para os alunos. Recorte para seus alunos os quadradinhos tracejados com números. 2. Chame a atenção dos alunos para os dois desenhos do primeiro exercício. Peça para um aluno contar os balões do primeiro desenho (3). E peça para outro aluno contar os balões do segundo desenho (2). Diga aos alunos que descrevam a história que esses desenhos representam. 3. Então, chame a atenção dos alunos para a sentença de subtração abaixo dos dois desenhos. Mostre que a sentença de subtração é uma forma de contar o que aconteceu na história pictórica. Peça para os alunos colarem o quadrado com o número 2 no quadradinho e completarem a sentença matemática. 4. Sugira aos alunos que examinem as outras histórias pictóricas e colem números em cada quadradinho para completar as sentenças matemáticas. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ interpretar uma história pictórica como um problema de subtração; ■ descobrir a diferença entre dois números menores que 10. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Diga para os alunos criarem suas próprias histórias de subtração. Prepare uma folha de papel para cada aluno com uma sentença incompleta de subtração, como: 8 – 2 = ___. Diga aos alunos para escreverem a diferença entre os dois números. Depois, peça para recortarem figuras de revistas ou fazerem desenhos que combinem com os números da sentença matemática. Diga para compartilharem suas histórias pictóricas e de subtração com os colegas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 2: subtração – seqüência 1: Diferenças até 10
  45. 45. 45 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ Vamos tirar! Quantos sobraram? Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 2: Subtração – Seqüência 1: Diferenças até 10 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 3 - 1 = 8 4 = 4 3 = 9 2 = 5 5 = 7 4 = - - - - -
  46. 46. 46 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN ■ TI Quantos a mais ou a menos? Os_alunos_comparam_dois_conjuntos_desiguais_e_usam_a_subtração_para_ descobrir_a_diferença_entre_eles. Atividade prévia ■ Crie uma história de subtração como esta: Eu tenho 14 cubos (mostre os 14 cubos aos alunos). Um dos meus alunos tem 3 cubos (dê 3 cubos a um aluno). Quantos cubos eu tenho a mais que o meu aluno?. ■ Para resolver o problema, combine 3 cubos do seu conjunto de 14 com os 3 do aluno. Então, conte quantos cubos restaram (11). ■ Para representar a quantidade de cubos a mais no conjunto maior, nós podemos subtrair. Escreva esta sentença na lousa: 14 -– 3 = ? . ■ Explique que a sentença matemática mostra como comparar os dois conjuntos e como descobrir quantos blocos há a mais no conjunto maior e quantos há a menos no conjunto menor. Então, complete a sentença matemática. Apresentação da atividade 1. Distribua uma cópia da atividade “Quantos a mais ou a menos?” para cada aluno. 2. Chame a atenção dos alunos para o primeiro exercício. Leia o comando em voz alta ou peça para um aluno ler. Depois, os alunos deverão escrever o número que representa a diferença, ou seja, quantos blocos há a mais no conjunto maior. 3. Peça para cada aluno completar as outras sentenças matemáticas da mesma forma enquanto você anda pela sala ajudando os alunos se necessário. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifi que se conseguem: ■ usar a subtração para comparar dois conjuntos; ■ descobrir a diferença entre dois números até 20. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Prepare cartões como o modelo abaixo. Depois, agrupe os alunos em duplas e dê a cada uma um cartão e dois dos três números en- volvidos em uma relação de comparação: uma “quantidade grande”, como 18, e uma “quanti- dade pequena”, como 7. Peça para os alunos escreverem os números que representam a quan- tidade grande e a pequena. Dê aos alunos um conjunto de fichas (ou botões, conchas etc.) e diga que usem esse material para representar a relação entre os dois números e descobrir a diferença entre eles. Escreva a diferença no cartão e a sentença matemática, de subtração ou adição, que relaciona os três números. Por exemplo: 18 – 7 = 11 ou 7 + 11 = 18 * Quantidade grande: Quantidade pequena: Diferença: Sentença matemática: Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 2: aDição e subtração – uniDaDe 2: subtração – seqüência 2: Diferenças até 20 * Esta idéia foi adaptada de uma atividade descrita em Elementary and Middle School Mathematics, 3rd Edition, de John A.
  47. 47. 47 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:__________________________________________________ Classe: _ _______ Data:_____/____ /_____ Quantos a mais ou a menos? Compare os conjuntos de cubos e depois complete a sentença matemática. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 2: Adição e subtração – Unidade 2: Subtração – Seqüência 2: Diferenças até 20 17 – 5 = ______ 14 – ______ = ______ 11 – ______ = ______ ______ – 6 = ______ 1. Um menino tem 17 blocos. Sua irmã tem 5 blocos. Quantos blocos o menino tem a mais? 2. Uma professora tem 14 blocos. Um aluno tem 8. Quantos blocos o aluno tem a menos? 3. Uma menina tem 11 blocos. Seu amigo tem 4. Quantos blocos o amigo dela tem a menos? 4. Uma menina tem 20 blocos. Seu irmão tem 6. Quantos blocos o irmão tem a menos? q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q q
  48. 48. 48 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ cola ■ tesoura ■ giz de cera (opcional) Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ dois ou mais alunos Conteúdo dos PCN ■ GM ■ EF Jogo das lagartas Neste_jogo_divertido,_os_alunos_aprendem_como_usar_unidades_padronizadas_ para_medir_e_comparar_comprimentos. Atividade prévia ■ Distribua cópias da atividade Jogo das lagartas. Ela contém 5 peças retangulares de jogo e uma régua de 12 centímetros. ■ Recorte para seus alunos as 5 peças e, se quiser, peça para pintarem as lagartas. ■ Oriente os alunos a colocar cada peça do jogo virada para baixo e aplicar cola nas beiradas. Diga para dobrarem cada peça pelo comprimento e apertarem as partes coladas formando uma tira. O nome do jogo ficará de um lado e a lagarta do outro. ■ Recorte a régua para cada aluno. Como jogar 1. Organize os alunos em grupos de dois ou mais. Peça para os alunos de cada grupo colocarem em um monte as peças viradas com a lagarta para baixo, e depois embaralhar todas. Os alunos ficam com suas réguas. 2. Cada aluno retira do monte uma peça. Diga para virarem as peças e usar a régua para medir o comprimento da lagarta. Comece pelo lado da cabeça da lagarta, arredondando para o centímetro mais próximo (alguns alunos precisarão de ajuda para alinhar o objeto com a régua e talvez você precise explicar como “arredondar para o centímetro mais próximo”). Cada aluno deve escrever o comprimento da lagarta ao lado dela. 3. Agora, peça para os alunos compararem os comprimentos das lagartas. A cada rodada, o aluno do grupo que tiver a peça do jogo mais longa fica com as peças dos colegas e as coloca em um monte separado. Se duas ou mais peças forem do mesmo comprimento, todos os alunos devolvem as peças para o monte, embaralham todas novamente e jogam uma nova rodada. 4. O jogo continua até que não haja mais peças no monte. O jogador com mais peças é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam. Verifique se conseguem: ■ alinhar as pontas de um objeto, medindo-o com as unidades adequadas da régua; ■ determinar o comprimento de objetos, contando o número de unidades na régua. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Peça aos alunos que estão aprendendo a medir comprimentos para colocar as tiras lado a lado e comparar seus comprimentos visualmente. Peça para eles repetirem o jogo usando medidas não-padronizadas, como, por exemplo, clipes para papel, ou ainda usando uma unidade-padrão, como centímetros, para medir e comparar os comprimentos das lagartas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 1: MeDiDas – seqüência 1: coMpriMento
  49. 49. 49 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________ Classe: _________ Data:____/____ /_____ Jogo das lagartas Depois que seu professor recortar as peças do “Jogo das lagartas” nas linhas tracejadas, passe cola nas beiradas, dobre nas linhas pontilhadas e junte as metades. Use a régua abaixo. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 3: Geometria e medidas – Unidade 1: Medidas – Seqüência 1: Comprimento 0 1 2 3 4 5 6 Jogo das lagartas Jogo das lagartas Jogo das lagartas Jogo das lagartas Jogo das lagartas
  50. 50. 50 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis Duração aproximada ■ 15 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ GM Feira do bairro Os_alunos_olham_objetos_sendo_pesados_em_balanças_e_verifi_cam_quais_são_ mais_leves_ou_mais_pesados. Atividade prévia ■ Peça para um aluno ir para frente da classe. Entregue a ele uma lata, cheia ou vazia, para segurar com uma mão e uma borracha com a outra. Pergunte qual item é o mais pesado. Se você tiver uma balança de pratos, peça para o aluno colocar o primeiro item em um prato e o segundo em outro. Examinem juntos a balança e determinem qual item é o mais leve e qual é o mais pesado. ■ Coloque fichas ou cubos do mesmo tamanho e peso em um prato da balança e use-os como parâmetro para definir o peso do objeto no outro prato. Compare o número de cubos ou fichas usados para equilibrar cada item e pergunte aos alunos qual item é o mais pesado. ■ Escolha itens diferentes da classe (canetas, lápis, giz, folhas de papel etc.) e peça para os alunos usarem uma balança de pratos para compará-los diretamente ou utilize unidades-padrão para pesá-los. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Feira do bairro”. Leia a instrução do primeiro exemplo. 2. Peça para os alunos olharem para as duas balanças e decidirem qual dos dois objetos é o mais pesado, de acordo com a quantidade de cubos apresentada no exercício. Peça para cobrirem o pontilhado, contornando a balança que contém o objeto mais pesado. 3. Chame a atenção dos alunos para o exercício que está à direita do exemplo e leia a instrução em voz alta. Mostre que neste problema os alunos precisam contornar a balança que mostra o objeto mais leve. 4. Peça para os alunos trabalharem sozinhos e resolverem os outros problemas do mesmo modo. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ usar unidades não-padronizadas para decidir qual item em uma balança de pratos é mais leve ou mais pesado. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Use um cabide e duas latas de tamanho e forma similares para fazer uma balança simples. Coloque em um local onde as latas fiquem penduradas livremente. Chame os alunos para usar a balança, pesando pequenos objetos. Coloque um item a ser pesado em uma lata e coloque moedas ou cubos na outra até que se equilibrem. Escreva o nome do item e o número de moedas ou cubos usados para equilibrá-lo. Compare os pesos de vários itens olhando quantas moedas ou cubos foram necessários para equilibrá-los. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 1: MeDiDas – seqüência 2: MeDinDo a Massa De objetos
  51. 51. 51 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________ Classe: _________ Data:____/____ /_____ Feira do bairro Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 3: Geometria e medidas – Unidade 1: Medidas – Seqüência 2: Medindo a massa de objetos Contorne a balança com o objeto “mais pesado”. Contorne a balança com o objeto “mais leve”. Contorne a balança com o objeto “mais pesado”. Contorne a balança com o objeto “mais leve”. Contorne a balança com o objeto “mais pesado”. Contorne a balança com o objeto “mais leve”. Contorne a balança com o objeto “mais pesado”. Contorne a balança com o objeto “mais leve”.
  52. 52. 52 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis de cor ou giz de cera ■ cartolina ou papel-cartão (opcional) Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ GM ■ TI Hora da diversão! Neste_jogo,_os_alunos_combinam_representações_analógicas_e_digitais_ do_tempo. Atividade prévia ■ Organize os alunos em duplas e distribua cópias da atividade Hora da diversão!. ■ Recorte para os alunos as 14 peças do jogo e peça para pintarem de preto o verso das peças para que eles não vejam as figuras e o texto do outro lado. Em vez de pintar as peças, os alunos podem colá-las em cartolina ou papel-cartão. Como jogar 1. As duplas de alunos usarão 28 peças e duas cópias da atividade. Oriente os jogadores a colocar as peças do jogo na mesa, viradas com a face para baixo, e depois misturá-las. Então, peça para arrumarem as peças em 7 fileiras de 4 peças. 2. Diga aos alunos para virarem duas peças a cada jogada. O objetivo é encontrar 2 peças que combinem: uma representação digital e uma representação analógica da mesma hora. Quando um jogador encontrar duas peças que combinem, ele retira as peças do jogo e as coloca em sua pilha de peças. 3. O jogo continua até acabarem as peças. O jogador que tiver mais peças é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam. Verifique se conseguem: ■ ver as horas em relógios analógicos e digitais e combinar horas equivalentes. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Faça um relógio humano. Peça para 12 alunos sentarem em forma de círculo para representar os 12 números do visor do relógio. Dê a cada aluno um cartaz com números de 1 a 12. Peça para outro aluno ficar no centro do círculo e segurar as pontas de duas cordas. Uma das cordas, quando esticada, representará o ponteiro das horas e a outra, quando esticada, representará o ponteiro dos minutos (os comprimentos das cordas devem ser menores que o raio do círculo e a corda dos minutos deve ser mais longa que a corda das horas). Chame mais dois alunos para dentro do círculo para segurar as outras pontas das cordas. Diga um horário e peça para os alunos de dentro do círculo organizarem as cordas para representar esse horário (certifique-se de que quando a hora for quebrada ao meio, a corda das horas esteja a meio caminho entre os dois alunos que representam as horas consecutivas). Continue dizendo horas e pedindo que os alunos as representem. Como desafio adicional, em vez de dizer um novo horário, peça para os alunos alterarem o atual para uma hora mais tarde ou mais cedo, ou 30 minutos mais cedo ou mais tarde. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 1: MeDiDas – seqüência 3: o teMpo Do relóGio e Do calenDário
  53. 53. 53 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________ Classe: _________ Data:____/____ /_____ Hora da diversão! Siga as instruções de seu professor e, depois, pinte de preto o verso de cada figura. Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 3: Geometria e medidas – Unidade 1: Medidas – Seqüência 3: O tempo do relógio e do calendário 6 : 00 2 : 00 2 : 001 9 : 00 7 : 30 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 6 : 30 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 12 6 39 10 11 2 1 8 4 7 5 4 : 30
  54. 54. 54 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ tesoura ■ cola Duração aproximada ■ 15 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ GM ■ TI Porta-moedas Os_alunos_depositam_no_porta-moedas_o_número_de_moedas_que_ corresponde_à_quantia_de_dinheiro_apresentada. Atividade prévia ■ Convide um aluno a ir para frente da classe e colocar 2 ou 3 moedas em um porta- moedas (qualquer combinação de moedas, de 1, 5, 10 ou 25 centavos), sem que os outros alunos vejam as moedas. Escreva na lousa o número de moedas colocadas no porta-moedas, sem o valor total. Peça para outro aluno identificar as moedas que estão no porta-moedas e verifique se a resposta está correta. Repita a atividade usando outras moedas. ■ Peça para um aluno repetir a atividade, mas, desta vez, escreva na lousa somente a quantidade de dinheiro que o aluno colocou no porta-moedas. Diga para sugerirem uma ou mais combinações que resultem na mesma quantidade. Liste as combinações na lousa e depois revele o conjunto de moedas que há no porta-moedas. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Porta-moedas” e leia as instruções em voz alta. 2. Peça para os alunos observarem o primeiro exercício e decidirem quais moedas pertencem ao porta-moedas (3 de 5 centavos). Peça para usarem as moedas que estão na parte de baixo da folha e as colarem no porta-moedas. Diga aos alunos para continuarem os outros exercícios da mesma maneira. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ identificar moedas de diferentes valores; ■ formar um conjunto de moedas com o valor dado em dinheiro. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Peça para os alunos jogarem Loja de brinquedos. Para preparar o jogo, peça para cada aluno recortar uma figura de um brinquedo (de um catálogo ou folheto de propaganda) e colar em uma ficha de papel. Reúna as fichas e escreva quantidades inferiores a R$ 1,00 em cada ficha, como R$ 0,19, por exemplo. Peça para um aluno ser o balconista da loja. Os outros alunos serão os clientes. Dê a cada aluno uma ficha de papel e uma quantidade de moedas. Os alunos deverão se revezar mostrando ao balconista a ficha com o item que querem comprar e pagando a quantia certa com as moedas adequadas. Jogue Loja de brinquedos várias vezes, dando a cada aluno a oportunidade de ser o balconista da loja. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 1: MeDiDas – seqüência 4: DinHeiro
  55. 55. 55 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:____________________________________________________Classe:___________Data:____/____ /_____ Porta-moedas Siga as instruções de seu professor e, depois, cole as moedas nos porta-moedas. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 1: MeDiDas – seqüência 4: DinHeiro Eu tenho 3 moedas. Tenho 15 centavos. Eu tenho 2 moedas. Tenho 10 centavos. Eu tenho 2 moedas. Tenho 26 centavos. Eu tenho 4 moedas. Tenho 40 centavos. Eu tenho 3 moedas. Tenho 12 centavos. Eu tenho 6 moedas. Tenho 19 centavos.
  56. 56. 56 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ giz de cera Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ EF No parque Os_alunos_procuram_retângulos_e_triângulos_escondidos_em_uma_ilustração_ de_parque. Atividade prévia ■ Você precisará de geoplanos ou papel pontilhado para esta atividade prévia. Peça para os alunos formarem figuras fechadas no geoplano ou no papel pontilhado. Mostre as figuras para a classe. Explique que um retângulo é uma figura com 4 lados e 4 ângulos retos e que um triângulo é uma figura com 3 lados e 3 ângulos. Depois, peça para os alunos separarem as figuras em três categorias: retângulos, triângulos e outros. ■ Desenhe um quadrado na lousa. Use uma régua para medir seus lados e escreva as medidas perto de cada lado. Depois, pergunte aos alunos se esta figura é um retângulo. Mostre que, como a figura tem 4 lados e 4 ângulos retos, ela é um retângulo. Então, mostre que, como esse retângulo tem 4 lados iguais, ele também é um quadrado. ■ Peça para os alunos usarem seus geoplanos ou papéis pontilhados para mostrar exemplos de retângulos que são quadrados e retângulos que não o são. Apresentação da atividade 1. Distribua uma cópia da atividade “No parque” para cada aluno e leia as instruções em voz alta. Diga para os alunos encontrarem 1 triângulo escondido na ilustração e pintá-lo de vermelho. Peça para os alunos encontrarem 1 retângulo escondido e pintá-lo de azul. 2. Diga aos alunos que há mais triângulos e retângulos escondidos na ilustração. Desafie-os a encontrar todos eles e a pintá-los de azul ou vermelho, conforme o exemplo. 3. Quando todos os triângulos e retângulos forem encontrados e pintados, peça para os alunos pintarem as outras partes da ilustração. Avaliação Observe os alunos enquanto fazem a atividade. Verifique se conseguem: ■ identificar formas de triângulos e retângulos, independentemente de sua orientação. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Faça móbiles de formas geométricas que brilham. Você precisará de uma folha grande de papel quadriculado para cada aluno e também giz de cera, cabides, tesouras, furador e barbante. Cola, gliter e lantejoulas são opcionais. Peça para cada aluno usar uma régua para desenhar retângulos ou triângulos no papel quadriculado. Estimule os alunos a serem criativos e inventarem figuras diferentes das dos colegas, em forma e tamanho. Depois, recorte as figuras e peça para as pintarem dos dois lados. Se você quiser, peça para colarem gliter ou lantejoulas sobre elas. Para finalizar, fure cada figura e faça móbiles com elas. Em alguns móbiles use somente retângulos e em outros somente triângulos; faça também móbiles com as formas combinadas. Mostre aos alunos fotos de móbiles (esculturas em movimento). Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 2: GeoMetria – seqüência 1:triânGulos e retânGulos
  57. 57. 57 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________ Classe: _________ Data:____/____ /_____ No parque Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 3: Geometria e medidas – Unidade 2: Geometria – Seqüência 1:Triângulos e retângulos vermelho azul os retângulos. os triângulos. Pinte de Pinte de
  58. 58. 58 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ 1 cópia da atividade por aluno ■ lápis ■ régua Duração aproximada ■ 20 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ EF ■ GM ■ TI Combine as figuras Os_alunos_combinam_fi_guras_tridimensionais_com_suas_planifi_cações_ bidimensionais_e_identifi_cam_as_faces_das_fi_guras. Atividade prévia ■ Use quadrados grandes para criar, antes da aula, uma figura como esta à direita. É um cubo planificado, com abas em três das faces. Recorte a figura, dobre os lados e fixe as abas com fita adesiva para montar o cubo. ■ Mostre o cubo aos alunos e peça para eles identificarem o número de faces (6) e peça para dizerem qual é a forma de cada face (retângulos que são quadrados). Você pode usar uma régua para verificar que os retângulos são quadrados. ■ Peça para os alunos trazerem várias caixas de papelão pequenas. Use a tesoura para abrir as caixas pelas bordas e peça para eles examinarem as planificações de cada caixa. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Combine as figuras”. Leia o comando em voz alta. 2. Chame a atenção dos alunos para a figura do prisma retangular. Peça para eles escreverem abaixo da figura o número de faces do prisma. Fale para eles usarem uma régua para cobrir a linha pontilhada entre o prisma e sua planificação. Depois, examine a planificação e peça para cobrirem os números pontilhados que representam quantos triângulos e retângulos compõem a planificação (0 triângulos e 6 retângulos). 3. Oriente os alunos a trabalharem sozinhos para contar as faces de cada figura, combinar as figuras com suas planificações e identificar as formas em cada planificação. Avaliação Observe cada aluno individualmente. Verifique se conseguem: ■ identificar as planificações e as faces das figuras. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Para tornar suas aulas mais participativas e produtivas, sugerimos a leitura do livro da autora Katia Stocco Smole Brincadeiras infantis nas aulas de matemática. São Paulo, Artmed, 2000. Esse livro explora vários conceitos numéricos, de geometria, de medidas e de estatística, despertando a curiosidade acerca da Matemática. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 3: GeoMetria e MeDiDas – uniDaDe 2: GeoMetria – seqüência 2: FiGuras triDiMensionais
  59. 59. 59 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________ Classe: _________ Data:____/____ /_____ Combine as figuras Quantas faces há em cada figura? Combine cada figura com sua planificação. Quantos triângulos e retângulos há em cada planificação? Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 3: Geometria e medidas – Unidade 2: Geometria – Seqüência 2: Figuras tridimensionais faces faces faces faces triângulos triângulos triângulos triângulos retângulos retângulos retângulos retângulos
  60. 60. 60 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ uma cópia da atividade por aluno ■ giz de cera ■ tesoura Duração aproximada ■ 30 minutos Agrupamento ■ em duplas Conteúdo dos PCN ■ NN e SND Adivinhe o meu padrão Um_jogador_cria_um_padrão_secreto_e_o_outro_faz_perguntas_que_geram_ respostas_“sim”_ou_“não”_para_descobri-lo. Atividade prévia ■ Distribua cópias da atividade “Adivinhe o meu padrão”. ■ Recorte para os alunos as 9 peças do jogo e peça que pintem o verso de cada uma para que a figura e a letra não fiquem em evidência. Pode-se, também, colar no verso um pedaço de cartolina ou papel-cartão. Jogue o jogo 1. Agrupe a classe em duplas e convide um aluno de cada uma para criar, em segredo, um padrão repetitivo, usando algumas ou todas as suas 9 peças, como TGTGTG ou BTGBTGBTG. 2. O outro jogador deve adivinhar o padrão fazendo perguntas que geram respostas “sim” ou “não”, como: “o gato vem primeiro?” ou “a letra G vem primeiro?”. Perguntas como, “qual animal vem primeiro?” não são permitidas. Quando adivinhar o padrão, deve virar a peça. Depois, inverta os papéis. 3. Conte o número de perguntas que cada jogador faz antes de adivinhar o padrão. Aquele que tiver feito menos perguntas, em uma ou mais rodadas, é o vencedor. Avaliação Observe os alunos enquanto jogam e verifique se conseguem: ■ reconhecer um padrão em determinada seqüência. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! As crianças adoram jogar “Siga o mestre”: um líder começa a bater palmas e pés ritmadamente — 1 palma, 2 batidas de pé, por exemplo — e os demais tentam fazer o mesmo. Depois que todos descobrirem o padrão e o imitarem, o líder cria outro padrão. Peça para os alunos criarem padrões usando carimbos e papel. Dê a eles duas tiras de papel ou fitas de diferentes comprimentos. Uma não deve comportar mais que 4 carimbos, na qual devem criar seus padrões. A outra tira pode medir de 60 a 90 cm, na qual devem repetir o padrão o máximo de vezes possível. Quando terminarem, pendure as tiras pela sala para que todos possam ver e se divertir. Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 4:trataMento Da inforMação – uniDaDe 1:tabelas e gráficos – seqüência 1: figuras
  61. 61. 61 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. Nome:___________________________________________________Classe: _________ Data:____/____ /_____ Adivinhe o meu padrão Siga as orientações de seu professor. # Destino: Matemática – Curso: CH I – Módulo 4:Tratamento da informação – Unidade 1:Tabelas e gráficos – Seqüência 1: Figuras A B C A B C A B C
  62. 62. 62 Permitidaareproduçãosomenteaoslicenciadosconformecontratodelicença. ■ uma cópia da atividade por aluno ■ cola ■ tesoura Duração aproximada ■ 25 minutos Agrupamento ■ individual Conteúdo dos PCN ■ NN e SND ■ ONN Destino: MateMática – curso: cH i – MóDulo 4:trataMento Da inforMação – uniDaDe 1:tabelas e gráficos – seqüência 2: PaDrões nuMéricos Números secretos Os_alunos_identifi_cam_o_padrão_numérico_em_uma_sentença_determinada_e_ encontram_o_número_desconhecido. Atividade prévia ■ Peça para 10 alunos irem diante da classe e sentarem em uma fileira de 11 cadeiras. De forma que deixem a sexta cadeira vazia. Entregue cartões numerados de 0 a 10, em ordem, exceto o número 6, peça que descrevam o padrão dos números (“contar de um em um” ou “somar 1”) e identifiquem o número desconhecido. ■ Chame 5 meninos e 5 meninas diante da classe e peça que sentem em um padrão alternado, deixando a quarta cadeira vazia. Peça para os alunos descreverem o padrão desse arranjo e dizerem se um menino ou uma menina deveria ocupar a cadeira vazia. ■ Coloque 5 alunos sentados diante da classe e entregue cartões de números pares, começando pel o número 2, exceto o número 8. Peça para os alunos descreverem o padrão da seqüência numérica (“somar 2 para chegar ao próximo número” ou “números pares”) e identificarem o número desconhecido. Apresentação da atividade 1. Distribua cópias da atividade “Números secretos” e leia o enunciado em voz alta. Depois, recorte para seus alunos os 6 quadradinhos que estão na parte inferior da página. 2. Chame a atenção dos alunos para a primeira seqüência de números. Peça que adivinhem o padrão (“somar 2” ou “número ímpares”) e identifiquem o número desconhecido. Depois, eles devem colar o quadradinho do número 7 na seqüência. 3. Peça que examinem as outras seqüências. Em cada caso, devem identificar um padrão subjacente (pode haver mais de um) e colar o número que completa a seqüência. Avaliação Observe os alunos enquanto completam cada seqüência e verifique se conseguem: ■ reconhecer padrões e usá-los para identificar números que faltam em uma seqüência. EXPERIMENTE ISTO TAMBÉM! Toda a turma pode se divertir jogando “Números secretos”. Nesse jogo, um aluno fala três números em uma seqüência e omite o quarto, substituindo-o por uma palma. Ele continua dizendo pelo menos mais dois números da seqüência, como: “2, 4, 6, palma, 10, 12”. O padrão é “números pares” ou “somar 2” e o número desconhecido é o 8. O aluno que identificar o número desconhecido inventará a próxima seqüência. Desafie os alunos a criarem seqüências envolvendo números maiores, como, “28, 26, 24, palma, 20, 18.” Nesse padrão, os alunos subtraem 2 de cada número, começando no 28, ou contar de trás para frente em grupos de 2, para descobrir o número desconhecido.

×