HISTÓRIAO COELHINHO BRANCO E A CABRACABRÊS                 Jardim de Infância de Roupeire
ERA UMA VEZ... UM COELHINHO BRANCO QUE VIVIA NUMA LINDA CASINHA NAFLORESTA. TINHA TAMBÉM UMA HORTA, ONDE CULTIVAVA CENOURA...
CERTO DIA, LEVANTOU-SE MUITO CEDINHO E FOI À SUA HORTA BUSCAR COUVESPARA FAZER O CALDINHO. COMO A HORTA ERA ALI AO LADO, N...
QUANDO VOLTOU… A PORTA ESTAVA FECHADA. BATEU… CHAMOU… EMPURROU…MAS LÁ DE DENTRO SÓ OUVIU UMA VOZ:- EU SOU A CABRA CABRÊS, ...
ENTÃO, LEMBROU-SE DE IR PEDIR AJUDA A UM AMIGO, MAIOR E MAIS FORTE. NOCAMINHO, ENCONTROU O CÃO QUE LHE PERGUNTOU:- O QUE T...
CONTINUOU O SEU CAMINHO, COM UMA LÁGRIMA A DESLIZAR PELO CANTO DO OLHO. FOIENTÃO, QUE APARECEU A AMIGA VACA. QUE GRANDE SO...
LEMBROU-SE ENTÃO DO AMIGO GALO E CORREU A TODA A VELOCIDADE PARA LHEFALAR. AO VÊ-LO O GALO PERGUNTOU-LHE:- PORQUE VENS COM...
PASSAVA POR ALI UMA FORMIGUINHA QUE O OUVIU E PERGUNTOU-LHE:- QUE ESTÁS A DIZER, COELHINHO? PORQUE ESTÁS TÃO TRISTE?E MAIS...
JUNTO À PORTA DE CASA, OUVIRAM LÁ DENTRO A CABRA CABRÊS QUE FESTEJAVA. AOAPERCEBER-SE DA CHEGADA DE ALGUÉM, GRITOU:- QUEM ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Coelhinho branco e a cabra cabrês

10.804 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
363
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
119
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coelhinho branco e a cabra cabrês

  1. 1. HISTÓRIAO COELHINHO BRANCO E A CABRACABRÊS Jardim de Infância de Roupeire
  2. 2. ERA UMA VEZ... UM COELHINHO BRANCO QUE VIVIA NUMA LINDA CASINHA NAFLORESTA. TINHA TAMBÉM UMA HORTA, ONDE CULTIVAVA CENOURAS, BATATAS ECOUVES DELICIOSAS.
  3. 3. CERTO DIA, LEVANTOU-SE MUITO CEDINHO E FOI À SUA HORTA BUSCAR COUVESPARA FAZER O CALDINHO. COMO A HORTA ERA ALI AO LADO, NEM SEQUER FECHOU APORTA.
  4. 4. QUANDO VOLTOU… A PORTA ESTAVA FECHADA. BATEU… CHAMOU… EMPURROU…MAS LÁ DE DENTRO SÓ OUVIU UMA VOZ:- EU SOU A CABRA CABRÊS, SALTO-TE EM CIMA E FAÇO-TE EM TRÊS!UI! QUE MEDO! O COELHINHO BRANCO FICOU MUITO ASSUSTADO E SEM SABER OQUE FAZER.
  5. 5. ENTÃO, LEMBROU-SE DE IR PEDIR AJUDA A UM AMIGO, MAIOR E MAIS FORTE. NOCAMINHO, ENCONTROU O CÃO QUE LHE PERGUNTOU:- O QUE TENS COELHINHO? PORQUE ESTÁS TÃO TRISTE?- SABES, AMIGO CÃO, EU HOJE LEVANTEI-ME MUITO CEDINHO, FUI À MINHA HORTABUSCAR COUVES PARA FAZER O CALDINHO E QUANDO CHEGUEI A CASA, TINHA A PORTATRANCADA. ESTÁ LÁ A CABRA CABRÊS E DISSE QUE ME SALTAVA EM CIMA E ME FAZIA EMTRÊS.- ÃO, ÃO, ÃO…DESCULPA LÁ, COELHINHO. EU TAMBÉM TENHO MEDO, NÃO TE POSSOAJUDAR.
  6. 6. CONTINUOU O SEU CAMINHO, COM UMA LÁGRIMA A DESLIZAR PELO CANTO DO OLHO. FOIENTÃO, QUE APARECEU A AMIGA VACA. QUE GRANDE SORRISO! ELA SIM, IA SER CAPAZDE O AJUDAR.-AMIGO COELHINHO, QUE SE PASSA? PARECIAS TÃO TRISTE!E O COELHINHO CONTOU O QUE LHE TINHA ACONTECIDO. MAS, A VACA AFINAL, NÃO ERAASSIM TÃO VALENTE. - MUUU… EU TAMBÉM NÃO POSSO AJUDAR-TE. AI, AMIGOCOELHINHO, QUE MEDO QUE EU TENHO DA CABRA CABRÊS!
  7. 7. LEMBROU-SE ENTÃO DO AMIGO GALO E CORREU A TODA A VELOCIDADE PARA LHEFALAR. AO VÊ-LO O GALO PERGUNTOU-LHE:- PORQUE VENS COM TANTA PRESSA, COELHINHO?E O NOSSO AMIGO COELHINHO TEVE QUE REPETIR A SUA HISTÓRIA…- JÁ PEDI AJUDA AO CÃO E À VACA QUE JULGAVA TÃO VALENTES, MAS AMBOS, TIVERAMMEDO.PODES AJUDAR-ME, AMIGO GALO? RESPONDEU O GALO:- COCORÓ, COCORÓCOCO... TAMBÉM EU TENHO MEDO! DESCULPA, COELHINHO, MASESTOU COM MUITA PRESSA! COCORÓ, COCORÓCOCO…
  8. 8. PASSAVA POR ALI UMA FORMIGUINHA QUE O OUVIU E PERGUNTOU-LHE:- QUE ESTÁS A DIZER, COELHINHO? PORQUE ESTÁS TÃO TRISTE?E MAIS UMA VEZ O COELHINHO CONTOU O QUE LHE ACONTECERA NAQUELE DIA.- O QUÊ? QUEM PENSA QUE É A CABRA CABRÊS?VOU AJUDAR-TE! VEM DAÍ!- TU?! UMA SIMPLES FORMIGUINHA?! PENSAS QUE CONSEGUES VENCER A CABRACABRÊS? POIS NEM OS MEUS AMIGOS, TÃO GRANDES E TÃO FORTES, ME PUDERAMAJUDAR!? – RESPONDEU O COELHINHO, DESCRENTE. MAS, LÁ PARTIRAM OS DOIS. AFORMIGA, DE CABEÇA ERGUIDA, E O COELHINHO, POUCO CONVENCIDO.
  9. 9. JUNTO À PORTA DE CASA, OUVIRAM LÁ DENTRO A CABRA CABRÊS QUE FESTEJAVA. AOAPERCEBER-SE DA CHEGADA DE ALGUÉM, GRITOU:- QUEM ESTÁ AÍ???- SOU EU, O COELHINHO, QUE FOI À HORTA BUSCAR COUVES PARA FAZER O CALDINHO!- E EU SOU A CABRA CABRÊS, SALTO-TE EM CIMA E FAÇO-TE EM TRÊS!RESPONDE A FORMIGA, ESPREITANDO PELO BURACO DA FECHADURA:- E EU SOU A FORMIGA RABIGA QUE TE SALTO EM CIMA E TE FURO A BARRIGA!E SE BEM O DISSE, MELHOR O FEZ. ENTROU PELO BURACO DA FECHADURA, SALTOU PARACIMA DA CABRA CABRÊS E … PUMBA! PICOU-A NA BARRIGA!- AI! AI! AI! – GRITAVA A CABRA CABRÊS, SALTANDO PELA JANELA. E FUGIU, A BOM FUGIR!

×