O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
As Perspectivas dos Estudantes do Nível Superior na
Baixada Santista
Artur de Abreu
Diego de Souza
Matheus Pina
Cresce o número de estudantes matriculados em
universidades na Baixada Santista
• 18/05/2010 – A Tribuna
• Matéria Complet...
Apesar de ter registrado um índice de evasão no Ensino
Superior privado de 21,34%,
semelhante ao do Estado de
São Paulo, q...
Apesar da alta evasão, que leva em conta alunos que
abandonaram, trancaram, desligaram-se ou se transferiram
para outra in...
O crescimento foi impulsionado por jovens de 18 a 24
anos.
Em 2007, ingressaram 8.670
jovens nesta faixa etária e,
em 2008...
O índice de crescimento de matrículas na Baixada
Santista se manteve praticamente estabilizado.
Em 2007, a região possuía
...
Oferta
O número de vagas oferecidas pelas instituições privadas
na região também registrou crescimento.
Dados do levantamento apo...
O número de instituições e cursos na Baixada Santista
também se manteve estável.
Em 2009, esses números
cresceram para 24 ...
Administração, Direito e Pedagogia são os três cursos
mais procurados,
em números de matrículas,
nas universidades das nov...
Os dados fazem parte de um levantamento do Sindicato
das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de
Ensino Superior no ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As perspectivas dos estudantes do nível superior na baixada santista

411 visualizações

Publicada em

Não está completo.... apenas uma vaga idéia de como será

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

As perspectivas dos estudantes do nível superior na baixada santista

  1. 1. As Perspectivas dos Estudantes do Nível Superior na Baixada Santista Artur de Abreu Diego de Souza Matheus Pina
  2. 2. Cresce o número de estudantes matriculados em universidades na Baixada Santista • 18/05/2010 – A Tribuna • Matéria Completa: http://www.santoscity.com.br/index.asp?InCdSecao=6&InCdEditori a=17&InCdMateria=697&pagina=&Cresce+o+n%FAmero+de+estuda ntes+matriculados+em+universidades+na+Baixada+Santista+
  3. 3. Apesar de ter registrado um índice de evasão no Ensino Superior privado de 21,34%, semelhante ao do Estado de São Paulo, que é de 21,10%, a Baixada Santista, teve um crescimento de 5% no número de ingressantes na faculdade.
  4. 4. Apesar da alta evasão, que leva em conta alunos que abandonaram, trancaram, desligaram-se ou se transferiram para outra instituição, de acordo com o levantamento realizado pelo Semesp, na Baixada Santista, em 2007, ingressaram no Ensino Superior 12.827 alunos. No ano seguinte, esse número chegou a 13.438.
  5. 5. O crescimento foi impulsionado por jovens de 18 a 24 anos. Em 2007, ingressaram 8.670 jovens nesta faixa etária e, em 2008, foram 9.548, um aumento de 10,13%.
  6. 6. O índice de crescimento de matrículas na Baixada Santista se manteve praticamente estabilizado. Em 2007, a região possuía 43.725 alunos no Ensino Superior, enquanto em 2008 estes números chegaram a 44.077, o que equivale a um aumento de 0,8% em relação ao ano anterior. O Estado de São Paulo registrou crescimento de 3,9% de alunos matriculados em 2008, e o País, um aumento de 4,1%.
  7. 7. Oferta
  8. 8. O número de vagas oferecidas pelas instituições privadas na região também registrou crescimento. Dados do levantamento apontam para um aumento de 9,28%, passando de 32.782, em 2007, para 35.740, em 2008.
  9. 9. O número de instituições e cursos na Baixada Santista também se manteve estável. Em 2009, esses números cresceram para 24 instituições (19 privadas e cinco públicas). Hoje, a região oferece cursos em 25 universidades (20 privadas e cinco públicas). Em 2008, o Ensino Superior era composto por 22 instituições, sendo 17 privadas e cinco públicas.
  10. 10. Administração, Direito e Pedagogia são os três cursos mais procurados, em números de matrículas, nas universidades das nove cidades da região.
  11. 11. Os dados fazem parte de um levantamento do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp). A pesquisa é realizada com base no censo da educação superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

×