SlideShare uma empresa Scribd logo
• CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DA OBRA: - levantamento métrico arquitetônico
(plantas, cortes, elevações)
- croquis e desenhos
- levantamento fotográfico

• ANÁLISE CRÍTICA DA OBRA:
- análise funcional, isto é, a relação entre a solução de planta e as necessidades do
programa;
- inserção no panorama da arquitetura brasileira e internacional de sua época, quanto
a técnicas construtivas e características formais;

- identificação de eventuais influências formais ou tipológicas sobre a obra, e/ou suas
especificidades próprias;
- verificação do papel de outros condicionantes de partido sobre a solução
arquitetônica adotada.
• CONCLUSÃO FINAL sobre o significado/importância da obra, em relação ao tema
em que se insere.

Para que estes itens tenham adequado desenvolvimento, é imprescindível que:
1. Os textos de apoio relativos ao tema sejam lidos;
2. Os alunos façam os vínculos possíveis entre a análise do edifício e o contexto
geral, através dos textos de apoio e de anotações de aula;
3. O ideal é que as equipes dialoguem entre si, já que, para cada aula, os estudos de
caso são sempre exemplos de uma determinada tendência arquitetônica;
4. Não esquecer que o objetivo não é a apresentação da trajetória histórica da obra
no tempo, e sim a análise arquitetônica da edificação.
ESTUDO DE CASO 25/05/2012

AUH 154 – HISTÓRIA DA ARQUITETURA




 INSTITUTO OSCAR
      FREIRE


    Por Denise Jankovic NUSP 7598111
                      Nathália Mir NUSP
                     Victor Molina NUSP
INSTITUTO OSCAR FREIRE




O Prédio ganhou o nome de Instituto Oscar Freire em homenagem ao primeiro
                                 Professor.
Instituto Oscar Freire (IOF)
                                    ou
Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho




 Caráter da Instituição : Público Estadual
LOCALIZAÇÃO




              R. Teodoro
              Sampaio, 115

              -Jardim Paulista,
              São Paulo
Localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo (SP), reúne :   Aqui também estão:

da Faculdade de Medicina                                        Complexo do Hospital das
da Faculdade de Saúde Pública                                   Clínicas e o Instituto de
da Escola de Enfermagem da USP.                                 Medicina Tropical
IMPLANTAÇÃO
CRONOLOGIA



1827. Fundação da Faculdade de Direito.

1876. Criação do Liceu de Artes e Ofícios, em São Paulo

1886. Criação da Comissão Geográfica e Geológica do Estado de São
Paulo (que, desde 1946, é o Instituto de Astronomia, Geofísica e
Ciências Atmosféricas da USP).

1893. Escola Politécnica inicia as atividades. Fundação do Museu
Paulista, incorporado à USP em 1963.

1898. Criação da Escola Livre de Farmácia de São Paulo (que depois se
desmembraria em duas unidades da USP: Faculdade de Odontologia e
Faculdade de Ciências Farmacêuticas).

1901. Criação da Escola Agrícola Prática de Piracicaba (atual Escola
Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”)

1912. Implantação da Faculdade de Medicina
Nos ambientes de aula para o curso de Medicina os
seguintes escritos: “ Provisoriamente no Edifício da
Escola de comércio Álvares Penteado.”
Escadas duplas
Acesso Principal   FACHADA FRONTAL
FACHADA
LATERAL
MUSEU
 O Museu Técnico Científico do Instituto Oscar Freire - MUIOF está vinculado
ao Departamento de Medicina Legal da Faculdade de Medicina da Universidade
      de São Paulo e localizado em prédio tombado pelo poder público.



Objetivo do Museu: Mostrar aspectos da Medicina Legal



O acervo museológico, composto por aproximadamente 5000 peças, está
organizado por tipo de material: armas de fogo, facas, documentos
médicos, pertences dos professores, etc.
RESTAURO
OSCAR FREIRE
-Diplomou-se aos 18 anos na Fac. De Medicina da Bahia.

-1914 era promovido Catedrático de Medicina Legal da citada Faculdade de
Medicina.

-Convidado pelo Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho, instalou, na Faculdade de
Medicina, em São Paulo a disciplina de Medicina Legal, que começou a funcionar
em 18 de abril de 1918.

-Fundou a Sociedade de Medicina Legal e Criminologia e a Sociedade de Educação
e Ensino.

-Como professor de Medicina e cientista, deixou numerosos trabalhos, além de
artigos na imprensa diária sobre a história do ensino na perícia, centenas de laudos
periciais, pareceres médico-legais, lições, artigos e estudos variados.

-Defensor dos princípios éticos e do altruísmo entre os médicos.

-Faleceu em São Paulo em 11 de janeiro de 1923.
Atribuído ao Escritório Técnico F.P. Ramos de Azevedo

Obras iniciadas em 1919.

Em 1921 já abrigava a Cadeira de Medicina Legal.



-Oscar Freire ( docente da Cadeira de Medicina Legal) faz INTERVENÇÕES no
projeto proposto pelo escritório de Ramos .



     Projeto Escritório de Azevedo       Projeto Fund. Rockfeller

     Construção em sistema de            o projeto foi interrompido e
     pavilhões, com cinco edifícios a    apenas um pavilhão foi construído,
     comporem o complexo.                sendo inaugurado em 1924.
BIBLIOGRAFIA

http://www.fafich.ufmg.br/~memorandum/artigos07/jacovilela01

       http://www.hcnet.usp.br/historiahc/historia.htm


http://www5.usp.br/institucional/a-usp/historia/linha-do-tempo/

       http://www.usp.br/cpc/cpcinfo/cpcinfo-0902.html



                     AGRADECIMENTOS


                     Profa. Helena Ayoub

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Instituto oscar freire med usp

ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTASARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
Laboratório de Memória e Patrimônio Cultural
 
História da fisiologia no Brasil
História da fisiologia no BrasilHistória da fisiologia no Brasil
História da fisiologia no Brasil
Caio Maximino
 
Oswaldo Cruz
Oswaldo CruzOswaldo Cruz
Oswaldo Cruz
Giulia Soares
 
1ª aula história da fisioterapia-1
         1ª aula   história da fisioterapia-1         1ª aula   história da fisioterapia-1
1ª aula história da fisioterapia-1
Alexander Da Silva Pereira
 
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documentoMemória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
Laboratório de Memória e Patrimônio Cultural
 
Apresentação de Carlos Fiolhais
Apresentação de Carlos Fiolhais Apresentação de Carlos Fiolhais
Apresentação de Carlos Fiolhais
Biblioteca Escola Secundária
 
História da psicologia no Brasil.pptx
História da psicologia no Brasil.pptxHistória da psicologia no Brasil.pptx
História da psicologia no Brasil.pptx
Vilciele
 
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
Monitor Científico FaBCI
 
Relatorio
RelatorioRelatorio
Relatorio
Carol Costa
 
Módulo 01 1 ERGONOMIA
Módulo 01 1 ERGONOMIAMódulo 01 1 ERGONOMIA
Módulo 01 1 ERGONOMIA
Lucila Soares
 
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do PortoAbel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
Artur Filipe dos Santos
 
Otorrino e oftalmo
Otorrino e oftalmo Otorrino e oftalmo
Otorrino e oftalmo
CarlaGeovana2
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
krirocha
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
krirocha
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
krirocha
 
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional - Profa. Dra. ...
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional  - Profa. Dra. ...O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional  - Profa. Dra. ...
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional - Profa. Dra. ...
SIBiUSP
 
081 1 pdi
081 1 pdi081 1 pdi
081 1 pdi
Projeto Rondon
 
Fisioterapia não é reabilitação
Fisioterapia não é reabilitaçãoFisioterapia não é reabilitação
Fisioterapia não é reabilitação
Eduardo Santana Cordeiro
 
Fisiopatologia cardiovascular
Fisiopatologia cardiovascularFisiopatologia cardiovascular
Fisiopatologia cardiovascular
juhbianchi
 
LudwickFleck.pdf
LudwickFleck.pdfLudwickFleck.pdf
LudwickFleck.pdf
zoio1
 

Semelhante a Instituto oscar freire med usp (20)

ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTASARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
ARQUITETURA ASSISTENCIAL E SAÚDE: DISCUTINDO CONCEPÇÕES E PROTAGONISTAS
 
História da fisiologia no Brasil
História da fisiologia no BrasilHistória da fisiologia no Brasil
História da fisiologia no Brasil
 
Oswaldo Cruz
Oswaldo CruzOswaldo Cruz
Oswaldo Cruz
 
1ª aula história da fisioterapia-1
         1ª aula   história da fisioterapia-1         1ª aula   história da fisioterapia-1
1ª aula história da fisioterapia-1
 
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documentoMemória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
Memória da assistência à Saúde em Belém-PA: Arquitetura como documento
 
Apresentação de Carlos Fiolhais
Apresentação de Carlos Fiolhais Apresentação de Carlos Fiolhais
Apresentação de Carlos Fiolhais
 
História da psicologia no Brasil.pptx
História da psicologia no Brasil.pptxHistória da psicologia no Brasil.pptx
História da psicologia no Brasil.pptx
 
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
Diagnóstico do arquivo da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paul...
 
Relatorio
RelatorioRelatorio
Relatorio
 
Módulo 01 1 ERGONOMIA
Módulo 01 1 ERGONOMIAMódulo 01 1 ERGONOMIA
Módulo 01 1 ERGONOMIA
 
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do PortoAbel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
Abel Salazar, o médico artista - Artur Filipe dos Santos - História do Porto
 
Otorrino e oftalmo
Otorrino e oftalmo Otorrino e oftalmo
Otorrino e oftalmo
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
 
028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199028 033 entrevista-bruce-199
028 033 entrevista-bruce-199
 
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional - Profa. Dra. ...
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional  - Profa. Dra. ...O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional  - Profa. Dra. ...
O papel da Biblioteca em uma revista de impacto internacional - Profa. Dra. ...
 
081 1 pdi
081 1 pdi081 1 pdi
081 1 pdi
 
Fisioterapia não é reabilitação
Fisioterapia não é reabilitaçãoFisioterapia não é reabilitação
Fisioterapia não é reabilitação
 
Fisiopatologia cardiovascular
Fisiopatologia cardiovascularFisiopatologia cardiovascular
Fisiopatologia cardiovascular
 
LudwickFleck.pdf
LudwickFleck.pdfLudwickFleck.pdf
LudwickFleck.pdf
 

Mais de De Janks

Drenagem na rmsp apresentação parcial dez 2014
Drenagem na rmsp  apresentação parcial dez 2014Drenagem na rmsp  apresentação parcial dez 2014
Drenagem na rmsp apresentação parcial dez 2014
De Janks
 
Tour eiffel presentation
Tour eiffel presentationTour eiffel presentation
Tour eiffel presentation
De Janks
 
Presentation plataform publique - Place de la republique lille
Presentation plataform publique - Place de la republique lillePresentation plataform publique - Place de la republique lille
Presentation plataform publique - Place de la republique lille
De Janks
 
Seminário planurb
Seminário planurbSeminário planurb
Seminário planurb
De Janks
 
Vivienda social en madrid siglo xxi
Vivienda social en madrid siglo xxiVivienda social en madrid siglo xxi
Vivienda social en madrid siglo xxi
De Janks
 
O andar do bêbado – capítulo iv modificado
O andar do bêbado – capítulo iv modificadoO andar do bêbado – capítulo iv modificado
O andar do bêbado – capítulo iv modificado
De Janks
 
Apresentação cubo maracujá
Apresentação cubo  maracujáApresentação cubo  maracujá
Apresentação cubo maracujá
De Janks
 
Avaliação pós ocupação
Avaliação pós ocupaçãoAvaliação pós ocupação
Avaliação pós ocupação
De Janks
 
O apodeu da cidade medieval le goff
O apodeu da cidade medieval le goffO apodeu da cidade medieval le goff
O apodeu da cidade medieval le goff
De Janks
 
Aula império 2012
Aula império 2012Aula império 2012
Aula império 2012
De Janks
 
Aula i media 1 alta idade média
Aula i media 1 alta idade médiaAula i media 1 alta idade média
Aula i media 1 alta idade média
De Janks
 
Aula i média baixa idade média
Aula i média baixa idade médiaAula i média baixa idade média
Aula i média baixa idade média
De Janks
 
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
De Janks
 
Aula 4 grecia 2012
Aula 4 grecia  2012Aula 4 grecia  2012
Aula 4 grecia 2012
De Janks
 
Seminário cidades precolombianas
Seminário cidades precolombianasSeminário cidades precolombianas
Seminário cidades precolombianas
De Janks
 
Visitaao centro2008
Visitaao centro2008Visitaao centro2008
Visitaao centro2008
De Janks
 
Apogeu da cidade medieval
Apogeu da cidade medievalApogeu da cidade medieval
Apogeu da cidade medieval
De Janks
 
idade média
idade médiaidade média
idade média
De Janks
 
Prédio da reitoria
Prédio da reitoriaPrédio da reitoria
Prédio da reitoria
De Janks
 
Pico do jaraguá
Pico do jaraguáPico do jaraguá
Pico do jaraguá
De Janks
 

Mais de De Janks (20)

Drenagem na rmsp apresentação parcial dez 2014
Drenagem na rmsp  apresentação parcial dez 2014Drenagem na rmsp  apresentação parcial dez 2014
Drenagem na rmsp apresentação parcial dez 2014
 
Tour eiffel presentation
Tour eiffel presentationTour eiffel presentation
Tour eiffel presentation
 
Presentation plataform publique - Place de la republique lille
Presentation plataform publique - Place de la republique lillePresentation plataform publique - Place de la republique lille
Presentation plataform publique - Place de la republique lille
 
Seminário planurb
Seminário planurbSeminário planurb
Seminário planurb
 
Vivienda social en madrid siglo xxi
Vivienda social en madrid siglo xxiVivienda social en madrid siglo xxi
Vivienda social en madrid siglo xxi
 
O andar do bêbado – capítulo iv modificado
O andar do bêbado – capítulo iv modificadoO andar do bêbado – capítulo iv modificado
O andar do bêbado – capítulo iv modificado
 
Apresentação cubo maracujá
Apresentação cubo  maracujáApresentação cubo  maracujá
Apresentação cubo maracujá
 
Avaliação pós ocupação
Avaliação pós ocupaçãoAvaliação pós ocupação
Avaliação pós ocupação
 
O apodeu da cidade medieval le goff
O apodeu da cidade medieval le goffO apodeu da cidade medieval le goff
O apodeu da cidade medieval le goff
 
Aula império 2012
Aula império 2012Aula império 2012
Aula império 2012
 
Aula i media 1 alta idade média
Aula i media 1 alta idade médiaAula i media 1 alta idade média
Aula i media 1 alta idade média
 
Aula i média baixa idade média
Aula i média baixa idade médiaAula i média baixa idade média
Aula i média baixa idade média
 
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
 
Aula 4 grecia 2012
Aula 4 grecia  2012Aula 4 grecia  2012
Aula 4 grecia 2012
 
Seminário cidades precolombianas
Seminário cidades precolombianasSeminário cidades precolombianas
Seminário cidades precolombianas
 
Visitaao centro2008
Visitaao centro2008Visitaao centro2008
Visitaao centro2008
 
Apogeu da cidade medieval
Apogeu da cidade medievalApogeu da cidade medieval
Apogeu da cidade medieval
 
idade média
idade médiaidade média
idade média
 
Prédio da reitoria
Prédio da reitoriaPrédio da reitoria
Prédio da reitoria
 
Pico do jaraguá
Pico do jaraguáPico do jaraguá
Pico do jaraguá
 

Último

OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 

Último (20)

OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 

Instituto oscar freire med usp

  • 1. • CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DA OBRA: - levantamento métrico arquitetônico (plantas, cortes, elevações) - croquis e desenhos - levantamento fotográfico • ANÁLISE CRÍTICA DA OBRA: - análise funcional, isto é, a relação entre a solução de planta e as necessidades do programa; - inserção no panorama da arquitetura brasileira e internacional de sua época, quanto a técnicas construtivas e características formais; - identificação de eventuais influências formais ou tipológicas sobre a obra, e/ou suas especificidades próprias; - verificação do papel de outros condicionantes de partido sobre a solução arquitetônica adotada. • CONCLUSÃO FINAL sobre o significado/importância da obra, em relação ao tema em que se insere. Para que estes itens tenham adequado desenvolvimento, é imprescindível que:
  • 2. 1. Os textos de apoio relativos ao tema sejam lidos; 2. Os alunos façam os vínculos possíveis entre a análise do edifício e o contexto geral, através dos textos de apoio e de anotações de aula; 3. O ideal é que as equipes dialoguem entre si, já que, para cada aula, os estudos de caso são sempre exemplos de uma determinada tendência arquitetônica; 4. Não esquecer que o objetivo não é a apresentação da trajetória histórica da obra no tempo, e sim a análise arquitetônica da edificação.
  • 3. ESTUDO DE CASO 25/05/2012 AUH 154 – HISTÓRIA DA ARQUITETURA INSTITUTO OSCAR FREIRE Por Denise Jankovic NUSP 7598111 Nathália Mir NUSP Victor Molina NUSP
  • 4. INSTITUTO OSCAR FREIRE O Prédio ganhou o nome de Instituto Oscar Freire em homenagem ao primeiro Professor.
  • 5. Instituto Oscar Freire (IOF) ou Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho Caráter da Instituição : Público Estadual
  • 6. LOCALIZAÇÃO R. Teodoro Sampaio, 115 -Jardim Paulista, São Paulo
  • 7. Localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo (SP), reúne : Aqui também estão: da Faculdade de Medicina Complexo do Hospital das da Faculdade de Saúde Pública Clínicas e o Instituto de da Escola de Enfermagem da USP. Medicina Tropical
  • 9. CRONOLOGIA 1827. Fundação da Faculdade de Direito. 1876. Criação do Liceu de Artes e Ofícios, em São Paulo 1886. Criação da Comissão Geográfica e Geológica do Estado de São Paulo (que, desde 1946, é o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP). 1893. Escola Politécnica inicia as atividades. Fundação do Museu Paulista, incorporado à USP em 1963. 1898. Criação da Escola Livre de Farmácia de São Paulo (que depois se desmembraria em duas unidades da USP: Faculdade de Odontologia e Faculdade de Ciências Farmacêuticas). 1901. Criação da Escola Agrícola Prática de Piracicaba (atual Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”) 1912. Implantação da Faculdade de Medicina
  • 10.
  • 11.
  • 12. Nos ambientes de aula para o curso de Medicina os seguintes escritos: “ Provisoriamente no Edifício da Escola de comércio Álvares Penteado.”
  • 13.
  • 15.
  • 17.
  • 18. MUSEU O Museu Técnico Científico do Instituto Oscar Freire - MUIOF está vinculado ao Departamento de Medicina Legal da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e localizado em prédio tombado pelo poder público. Objetivo do Museu: Mostrar aspectos da Medicina Legal O acervo museológico, composto por aproximadamente 5000 peças, está organizado por tipo de material: armas de fogo, facas, documentos médicos, pertences dos professores, etc.
  • 20. OSCAR FREIRE -Diplomou-se aos 18 anos na Fac. De Medicina da Bahia. -1914 era promovido Catedrático de Medicina Legal da citada Faculdade de Medicina. -Convidado pelo Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho, instalou, na Faculdade de Medicina, em São Paulo a disciplina de Medicina Legal, que começou a funcionar em 18 de abril de 1918. -Fundou a Sociedade de Medicina Legal e Criminologia e a Sociedade de Educação e Ensino. -Como professor de Medicina e cientista, deixou numerosos trabalhos, além de artigos na imprensa diária sobre a história do ensino na perícia, centenas de laudos periciais, pareceres médico-legais, lições, artigos e estudos variados. -Defensor dos princípios éticos e do altruísmo entre os médicos. -Faleceu em São Paulo em 11 de janeiro de 1923.
  • 21.
  • 22. Atribuído ao Escritório Técnico F.P. Ramos de Azevedo Obras iniciadas em 1919. Em 1921 já abrigava a Cadeira de Medicina Legal. -Oscar Freire ( docente da Cadeira de Medicina Legal) faz INTERVENÇÕES no projeto proposto pelo escritório de Ramos . Projeto Escritório de Azevedo Projeto Fund. Rockfeller Construção em sistema de o projeto foi interrompido e pavilhões, com cinco edifícios a apenas um pavilhão foi construído, comporem o complexo. sendo inaugurado em 1924.
  • 23. BIBLIOGRAFIA http://www.fafich.ufmg.br/~memorandum/artigos07/jacovilela01 http://www.hcnet.usp.br/historiahc/historia.htm http://www5.usp.br/institucional/a-usp/historia/linha-do-tempo/ http://www.usp.br/cpc/cpcinfo/cpcinfo-0902.html AGRADECIMENTOS Profa. Helena Ayoub