Periódicos de acesso aberto no Brasil: o cenário tecnológico no uso do SEER/OJS

642 visualizações

Publicada em

Periódicos de acesso aberto no Brasil: o cenário tecnológico no uso do SEER/OJS - Ronnie Brito, Milton Shintaku

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Periódicos de acesso aberto no Brasil: o cenário tecnológico no uso do SEER/OJS

  1. 1. PERIÓDICOS DE ACESSO ABERTO NO BRASIL: O CENÁRIO TECNOLÓGICO NO USO DO SEER/OJS Ronnie Fagundes de Brito - ronniebrito@ibict.br Milton Shintaku - shintaku@ibict.br Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT
  2. 2. O IBICT O Ibict foi um dos primeiros institutos de pesquisa brasileiros, sendo criado em 1954 como Instituto Brasileiro de Bibliografia e Documentação (IBBD) IBBD – Informação Científica Ibict – Informação em Ciência e Tecnologia Ibict – Informação em Ciência e Tecnologia Futuro – Informação em Ciência e Tecnologia e Inovação
  3. 3. O SEER/OJS no Ibict • O Ibict assinou com o Public Knowledge Project (PKP) uma carta de intensão, que apoiaria as ferramentas do PKP no Brasil. • Serviços: – Tradução das ferramentas – Treinamentos presenciais e a distância – Apoio aos usuários – Publicações Técnicas
  4. 4. Portais SEER/OJS no Brasil O Brasil possui mais de 120 portais distribuídos pelo país, sendo que algumas instituições possuem mais que um portal SEER/OJS
  5. 5. Resultados Levantou-se por meio de um motor de busca 1.800 revistas de todo o Brasil, criando uma base de dados, que apoiou a pesquisa. Cruzou-se os dados da base com as da Classificação Decimal Universal (CDU), proveniente da base Internacional Standard Serial Number (ISSN), para obtenção da área do conhecimento das revistas. Destaques: • Quantitativo de revistas das Ciências Sociais (25%) • Baixa quantidade de revistas de religião e teologia (1%) • Pouca adesão das revistas das Ciências rígidas (7%)
  6. 6. Revistas por versão do SEER/OJS Verificou-se que grande parte das revistas estão na versão OJS 2.3, mas ainda tendo revistas em versões muito antigas Como resultado dessa pesquisa o Ibict desenvolveu uma cartilha visando ajudar os profissionais da Tecnologia da informação para a atualização de versão, devendo ser publicado ainda esse ano.
  7. 7. Distribuição por área do conhecimento 0 Generalidades. Ciência e conhecimento. Organização. Informação. Documentação. Biblioteconomia. Instituições. Publicações. 1 Filosofia. Psicologia. 2 Religião. Teologia. 3 Ciências Sociais. 5 Matemática e Ciências Naturais. 6 Ciências Aplicadas. Medicina. Tecnologia. 7 Arte. Belas-artes. Lazer. Música. Design. Jogos. Desporto. 8 Linguagem. Linguística. Literatura. 9 Geografia. Biografia. Historia. 10 Não determinado
  8. 8. Revistas por Região Brasileira O estudo revelou que a região Sul apresenta o maior quantitativo de revistas atualizadas, que pode refletir em equipes de Tecnologia da Informação mais preparadas no apoio aos portais e revistas desenvolvidas com SEER/OJS Revela-se que o Norte e Nordeste necessita de um investimento maior, tanto na criação de revistas, quanto no apoio a manutenção dos portais e revistas, visto que em muitos casos as revistas são criadas em uma versão e não são atualizadas.
  9. 9. Conclusões • Há uma forte tendência de integrar as revistas em portais institucionais de periódicos • As Ciências Rígidas possivelmente publicam em periódicos estrangeiros e aderem pouco ao SEER/OJS • As humanidades ainda mantém o padrão de comunicação, com preferência por livros • O Sul e Sudeste ainda tem hegemonia nas publicações e em manter atualizadas as revistas e portais • As instituições não mantém atualizado os portais e as revistas • Não há um padrão que indique a desatualização dos portais de revistas
  10. 10. OBRIGADO Ronnie Fagundes de Brito - ronniebrito@ibict.br Milton Shintaku - shintaku@ibict.br Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT

×