CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS
Marcos Kisil
Solicitações mais comuns para o
Captador de Recursos
• Alinhar-se com Conselho ou Presidente de organização
cliente para c...
Habilidades necessárias para
tornar-se um Captador de sucesso
• Necessita conhecer e praticar diferentes técnicas de capta...
Competências do Captador de Recursos
Área 1: Construir Relações
• Construir consenso
• Realizar interações
• Engajar-se na...
Competências do Captador de Recursos
Área 2: Liderança
• Ética
• Constituir equipe
• Motivação
• Relações com doadores
• C...
Competências do Captador de Recursos
Área 3: Juízo Profissional
• Conhecer o contexto político, econômico,
social
• Coleta...
Competências do Captador de Recursos
Área 4: Gestão Organizacional
• Gestão financeira
• Sistemas de trabalho (processos)
...
Consequências/Opiniões
• Captador mais voltado a habilidades, menos
ao conhecimento e atitude
• Restrição ao conhecimento ...
10
Competências como
Pilares da Educação
O que é então EDUCAÇÃO?
É um processo de formação, de
desenvolvimento do potencial humano em
espaços formais e não formais...
O Relatório da UNESCO
considera quatro pilares da educação,
visando formação do ser integral, o
desenvolvimento de competê...
13
COMPETÊNCIA
“Conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes
necessários para exercer determinada
atividade e também ...
APRENDER A SER
É o eixo da competência pessoal. É a
relação do indivíduo consigo mesmo,
desenvolvendo e fortalecendo sua
i...
APRENDER A APRENDER
É o eixo da competência cognitiva. Trata-
se de preparar o indivíduo para ser um
caçador de conhecimen...
APRENDER A FAZER
É o eixo da competência produtiva. Mais
do que desenvolvimento de habilidades
voltadas para a qualificaçã...
APRENDER A CONVIVER
É o eixo da competência relacional. É a
relação do indivíduo com os outros e com
o meio-ambiente enten...
MUITO OBRIGADO!!!!
mkisil@idis.org.br
Festival 201 - Capacitação de Profissionais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Festival 201 - Capacitação de Profissionais

468 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada por Marcos Kisil, no Festival ABCR 2015, dia 07 de maio de 2015, em São Paulo.

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
468
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Festival 201 - Capacitação de Profissionais

  1. 1. CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS Marcos Kisil
  2. 2. Solicitações mais comuns para o Captador de Recursos • Alinhar-se com Conselho ou Presidente de organização cliente para criar as condições organizacionais para captação de recursos • Criar planos e estratégias, implanter e gerenciar o desenvolvimento da captação de recursos • Levantar recursos financeiros para os projetos atuais, bem como contruir um fundo patrimonial para assegurar recursos para a sustentabilidade da organização cliente • Realizar as funções de relação pública tais como escrever news releases, newsletters and estórias • Manter uma relação positive com os atuais doadores • Propor e preparar casos para encorajar o apoio para uma causa ou organização
  3. 3. Habilidades necessárias para tornar-se um Captador de sucesso • Necessita conhecer e praticar diferentes técnicas de captação de recursos • Necessita ser sensível às diferenças culturais nas atitudes relativas a captação de recursos. • Necessita conhecer a legislação e regulamentações relevantes para a captação de recursos. • Necessita ser capaz de compilar informações e preparer relatórios que sejam efetivos para o cliente
  4. 4. Competências do Captador de Recursos Área 1: Construir Relações • Construir consenso • Realizar interações • Engajar-se na relação com cliente e doadores • Autoconsciência • Ouvinte ativo • Resultados • Saber comunicar • Estilo pessoal (empatia) • Trabalho em equipe
  5. 5. Competências do Captador de Recursos Área 2: Liderança • Ética • Constituir equipe • Motivação • Relações com doadores • Conhecer o contexto filantrópico • Liderança compartilhada • Saber planejar • Saber estabelecer metas • Selecionar e estabelecer afiliações profissionais • Acreditar-se • Gestão de voluntários
  6. 6. Competências do Captador de Recursos Área 3: Juízo Profissional • Conhecer o contexto político, econômico, social • Coletar e analisar dados e informações • Conhecer o escopo das operações de captação de recursos • Capacidade de resolução de problemas • Buscar o crescimento profissional
  7. 7. Competências do Captador de Recursos Área 4: Gestão Organizacional • Gestão financeira • Sistemas de trabalho (processos) • Gestão da Informação • Gestão de Pessoas • Planejamento Estratégico
  8. 8. Consequências/Opiniões • Captador mais voltado a habilidades, menos ao conhecimento e atitude • Restrição ao conhecimento do mundo. Acredita demais em técnicas de captação • Pouca inserção no ecossistema de filantropia/investimento social privado
  9. 9. 10 Competências como Pilares da Educação
  10. 10. O que é então EDUCAÇÃO? É um processo de formação, de desenvolvimento do potencial humano em espaços formais e não formais e se configura como um trunfo indispensável à humanidade na construção de ideais de paz, liberdade e justiça social.
  11. 11. O Relatório da UNESCO considera quatro pilares da educação, visando formação do ser integral, o desenvolvimento de competências e habilidades mínimas para viver e conviver numa sociedade moderna.
  12. 12. 13 COMPETÊNCIA “Conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários para exercer determinada atividade e também o desempenho expresso pela pessoa em determinado contexto”. (Carbone, 2006)
  13. 13. APRENDER A SER É o eixo da competência pessoal. É a relação do indivíduo consigo mesmo, desenvolvendo e fortalecendo sua identidade, auto-estima, autoconceito, autoconfiança, autodeterminação, autocuidado.
  14. 14. APRENDER A APRENDER É o eixo da competência cognitiva. Trata- se de preparar o indivíduo para ser um caçador de conhecimentos, ou seja, criar o desejo de educar-se constantemente, cuidando do seu próprio desenvolvimento, do autodidatismo.
  15. 15. APRENDER A FAZER É o eixo da competência produtiva. Mais do que desenvolvimento de habilidades voltadas para a qualificação profissional, mas, em sentido ampliado, preparando o indivíduo para enfrentar e superar experiências sociais de maneira efetiva.
  16. 16. APRENDER A CONVIVER É o eixo da competência relacional. É a relação do indivíduo com os outros e com o meio-ambiente entendida na sua concepção mais ampla. Relaciona-se com a cidadania, com a participação e a democracia.
  17. 17. MUITO OBRIGADO!!!! mkisil@idis.org.br

×