Ativismo, Engajamento e
Captação de Recursos.
Claudia Focking
Apresentação
Um olhar sobre o ativismo.
Engajamento público.
Captação de Recursos.
Ativista
Ativismo
Ativistas são inspiradores, são
polinizadores da mudança!
1869
1817
19291948 1968
1862
São diferentes entre si!
Em comum:
Saída do ponto de apatia.
Atenção x Engajamento
Perceber e Agir
Engajamento
Tem receita?
Os ingredientes!
ESTIMULO
INFRAESTUTURA
INFORMAÇÂO
Como fazer?
• Cultivar a comunidade deve ser uma
atividade contínua.
• Compartilhe seu objetivo.
• Seja claro nas instruçõ...
• UMA REVOLUÇÃO COMPARTILHADA
DE UMA GERAÇÃO CONECTADA.
Não esquecer!
Alguns casos:
Campanha Greenpeace x Transgênicos
Alguns casos:
Protocolo de
Montreal
Considerações
Agora é com vocês!
claudia.focking@gmail.com
FIM!
Festival 2014 - Ativismo, Engajamento e Captação de Recursos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Festival 2014 - Ativismo, Engajamento e Captação de Recursos

265 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada por Claudia Focking no Festival ABCR 2014, em Guarapari, Espírito Santo.

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Festival 2014 - Ativismo, Engajamento e Captação de Recursos

  1. 1. Ativismo, Engajamento e Captação de Recursos. Claudia Focking
  2. 2. Apresentação Um olhar sobre o ativismo. Engajamento público. Captação de Recursos.
  3. 3. Ativista Ativismo
  4. 4. Ativistas são inspiradores, são polinizadores da mudança! 1869 1817 19291948 1968 1862
  5. 5. São diferentes entre si!
  6. 6. Em comum: Saída do ponto de apatia.
  7. 7. Atenção x Engajamento Perceber e Agir
  8. 8. Engajamento Tem receita?
  9. 9. Os ingredientes! ESTIMULO INFRAESTUTURA INFORMAÇÂO
  10. 10. Como fazer? • Cultivar a comunidade deve ser uma atividade contínua. • Compartilhe seu objetivo. • Seja claro nas instruções. • Ajude as pessoas a se sentirem seguras. • Esteja aberto a formas criativas, alternativas de participar.
  11. 11. • UMA REVOLUÇÃO COMPARTILHADA DE UMA GERAÇÃO CONECTADA.
  12. 12. Não esquecer!
  13. 13. Alguns casos: Campanha Greenpeace x Transgênicos
  14. 14. Alguns casos: Protocolo de Montreal
  15. 15. Considerações
  16. 16. Agora é com vocês!
  17. 17. claudia.focking@gmail.com FIM!

×