Islamismo

464 visualizações

Publicada em

O que significa islamismo, o que prega essa religião e qual seu principio fundamental?

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
464
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Islamismo

  1. 1. Centro de Ensino Urbano Rocha Professora: Mary Alvarenga Tema: Islamismo Atividade de História  Pesquise e responda. 1. O que significa islamismo, o que prega essa religião e qual seu principio fundamental? O islamismo deriva do islã, que quer dizer submissão a Deus. O islamismo prega a ideia de que Deus é um só e que sua natureza é divina. O principio fundamental dessa religião é a crença em Alá, o único Deus, e em seu profeta Maomé. 2. De onde vem o termo Islã? Em árabe, Islã significa "rendição" ou "submissão" e se refere à obrigação do muçulmano de seguir a vontade de Deus. 3. Quais as razões da expansão islâmica? A crença de que todo aquele que morresse em luta contra os infiéis ganharia como recompensa o Paraiso, a necessidade de conquistar terras férteis, o interesse dos grandes comerciantes árabes em controlar os pontos-chaves do comércio internacional. 4. Cite as principais obrigações de um muçulmano que constituem os 5 pilares da religião islâmica 1. Dar esmola aos pobres 2. Jejuar durante o ramadã 3. Afirmar que existe apenas um Deus e apenas um profeta, Maomé. 4. Rezar cinco vezes ao longo do dia voltado para Meca. 5. Ir pelo menos uma vez na vida a Meca 5. Defina os termos “árabe e muçulmanos”.  Árabe - povo originário da península Arábica, que se espalhou pelo Oriente Médio e Norte da África (regiões cuja maioria da população hoje é de origem árabe).  Muçulmano - seguidor da religião islâmica (fundada pelos árabes e difundida pelo mundo). 6. Cite algumas contribuições culturais islâmicas na Península Ibérica. Destaca-se a introdução de novas técnicas e novas culturas, como sistemas de irrigação (azenhas e noras), introdução de plantas (limoeiro, laranjeira, alfarrobeira, amendoeira e provavelmente o arroz). No domínio da ciência são valiosos os conhecimentos transmitidos: matemática, astronomia e náutica, para além do enriquecimento que os conquistadores proporcionaram à língua peninsular, com vários novos vocábulos.
  2. 2. 7. Qual é a importância da ciência islâmica para o desenvolvimento da chamada ciência universal? Foi com os islâmicos que, pela primeira vez, a ciência ganhou características universalistas, validas para todos os povos e indivíduos. 8. Explique a Jihad. Jihad é um termo árabe que significa “luta”, “esforço” ou empenho. É utilizado para descrever o dever dos muçulmanos de disseminar a fé muçulmana. É também utilizado para indicar a luta pelo desenvolvimento espiritual. É muitas vezes considerado um dos pilares da fé islâmica, que são deveres religiosos destinados a desenvolver o espírito da submissão a Deus. 9. O que são os Hadith? E a Suna? Hadith - São uma série de ensinamentos, dizeres e ações do Profeta Muhammad (saws), transcritas e coletadas por seus devotos e companheiros. Explicam e interpretam os versículos corânicos. Com base nos Hadith, estudiosos muçulmanos estabeleceram a Suna, um conjunto de normas tradicionais de conduta. Suna - Palavra árabe que significa „caminho trilhado‟, e logo, suna do profeta significa os caminhos trilhados pelo profeta, ou aquilo que é normalmente conhecido como Tradições do Profeta. Terminologicamente, a palavra “Suna” significa também os feitos, dizeres e aprovações do Profeta Muhammad durante os seus 23 anos de profeta, e isto significa que tudo o que ele disse, fez ou aprovou durante o seu tempo como profeta e mensageiro de Deus é considerado uma suna, e os muçulmanos tendem a seguir e praticar as suas tradições, deste modo, é a segunda fonte da lei islâmica após o Alcorão. 10. Explique o que foi a Hégira. Hégira, vem da palavra árabe hijra, que significa "exílio" e marca para os seguidores de Maomé o início do calendário muçulmano. Muitos habitantes de Meca rejeitaram mensagem de Maomé e começaram a persegui-lo, bem como aos seus seguidores. Em 622 Maomé foi obrigado a abandonar Meca, numa migração conhecida como a Hégira (Hijra), tendo se mudado para Yathrib (atual Medina). Nesta cidade, Maomé tornou-se o chefe da primeira comunidade muçulmana. Seguiram-se uns anos de batalhas entre os habitantes de Meca e Medina, que se saldaram em geral na vitória de Maomé e dos seguidores. 11. Historicamente, qual o motivo que dividiu os muçulmanos entre Sunitas e xiitas? Tudo iniciou no ano de 632, quando a morte do profeta Muhammad abriu espaço para uma disputa sobre quem poderia ocupar a posição de principal líder político de toda a comunidade islâmica existente. Ali, genro de Muhammad, reivindicava a sucessão por ser ele casado com Fátima, a única filha viva do profeta na época, e ter dois netos como descendentes diretos do profeta. Contudo, a maioria dos muçulmanos não concordava com essa ideia ao perceber que Ali era muito jovem e inexperiente para ocupar tamanha posição. Foi então que Abu Bakr, amigo do profeta, acabou sendo escolhido como sucessor pela maioria dos muçulmanos.
  3. 3. O grupo menor formava o Shiat Ali, ou “partido de Ali”. Seus seguidores ficaram conhecidos como xiitas. A facção majoritária foi chamada de sunita (do termo Ahl al Sunna, “o povo da tradição”). Em meio à emergência de escolher um novo líder, o círculo íntimo dos seguidores do Profeta elegeu Abu Bakr, velho companheiro de Maomé. Abu Bakr usou o título de califa (khalifa khalifa), uma palavra árabe que combina as ideias de sucessor e representante. Os sunitas aplaudiram a escolha, mas o xiitas protestaram, eles insistiam que Ali era o candidato legítimo. 12. Diferencie Sunitas e Xiiitas. O Islamismo foi dividido entre xiitas e sunitas após a morte do líder religioso, quando foi iniciada uma disputa sobre quem ocuparia a posição de principal liderança da comunidade islâmica mundial. Ambos acreditam em Alá como único Deus, assim como Maomé como o último profeta. XIITAS SUNITAS  Mais radicais - acreditavam que o sucessor deveria ser descendente de Maomé. (Ali, primo e genro de Maomé).  A seita Xiita, composta por seguidores de Ali (primo e genro de Maomé)  São maioria no Irã.  Autoridade passada a Ali. Fies são independentes  Representam 15% da liderança da população muçulmana.  Mais moderados – aceitavam a liderança de Abu Barkr, acreditam que Maomé não tinha herdeiro legítimo, e que o sucessor deveria ser eleito com uma votação entre as pessoas da comunidade islâmica.  Seguem os Califas, (líderes) sendo dependentes deles para suas decisões.  Representa 85% da população muçulmana.  Fies a tradição 13. Explique o processo de sucessão na liderança do povo árabe após a morte de Maomé. A seguir à morte do Profeta, uma assembleia de muçulmanos escolheu Abu Bacre para liderar a comunidade, foi então o primeiro califa. O califado de Abu Bacre (632 – 634) durou apenas dois anos. Abu Bacre apontou como seu sucessor Omar. A sucessão de Omar foi decidida por uma conselho de seis homens apontados por ele próprio. Este conselho nomeou como seu sucessor Uthman, membro do clã dos Omíadas. O seu califado (644 – 656) durou doze anos, mas tornou-se francamente impopular nos últimos anos, o que conduziu ao seu assassinato. Em 656 Ali foi nomeado califa. No entanto, Muavia e o clã dos Omíadas rebelaram-se e causaram a morte de Ali em 661 abrindo assim caminho para o califado de Muavia e posterior domínio dos Omíadas no mundo islâmico.
  4. 4. 14. Explique cada um dos cinco preceitos do islã.  O Islã é fundamentado em Cinco Pilares e que estão em sequência basicamente devido à ordem em que foram colocados em prática durante a revelação da religião de Alá em seu formato final, o Islã. Os pilares são: 1) Shahada - É a porta de entrada do indivíduo no Islã e nenhuma pessoa é considerada muçulmana sem que tenha feito a mesma. Ela é naturalmente feita pelos muçulmanos todos os dias, durante as orações e súplicas. Ela consiste em dizer “Não há divindade além de Alá e Muhammad é mensageiro de Alá”. 2) Salat ou Oração - É a oração obrigatória dos muçulmanos, que deve ser praticada 5 vezes ao dia em horários específicos, de acordo com a posição do sol. Durante o salat o muçulmano recita o Alcorão e faz súplicas prescritas pelo Profeta Muhammad, de acordo com o que foi revelado por Deus a ele. 3) Zakat - É a contribuição anual feitas pelos fies em dinheiro ou bens. Essa contribuição é utilizada principalmente para ajudar as pessoas pobres da comunidade e para construir escolas, hospitais, fonte de água etc. Por meio dessas práticas de caridade, além de fortalecer os vínculos com a comunidade os muçulmanos buscam purificar os bens que ele possui. 4) Sawm (Jejum) - Deve ser praticado no mês do Ramadã, em que se celebra a “revelação” de Alá ao profeta Maomé. Durante esse mês, todos os muçulmanos adultos e saudáveis devem se abster de comer, beber e manter relações sexuais durante o dia. A noite, come-se uma refeição em família, durante a qual se celebram os laços de solidariedade e os pensamentos virtuoso. 5) Hajj - É a peregrinação à Meca que todo muçulmano, com condições físicas e financeiras, deve realizar pelo menos um vez na vida. A peregrinação deve ser feita no último mês do calendário muçulmano 15. Quem foi Maomé? Foi o profeta e a figura mais importante do Islamismo. Nascido em Meca no ano 570 como Mohammad, passou a maior parte da vida como mercador analfabeto, mas, aos 40 anos, teria recebido suas primeiras revelações do arcanjo Gabriel. Maomé (o fundador do Islamismo) ouviu a voz do Anjo Gabriel enquanto meditava por volta de 610 d.C. Segundo o Anjo Gabriel, Maomé seria o Último Profeta de Deus. 16. Pesquise o significados das palavras abaixo:  Dinastia - É uma sequência de governantes considerados como membros da mesma família.  Califa - Sucessor do profeta Maomé, na qualidade de guia ou líder temporal e espiritual da comunidade islâmica.  Xiitas - É uma seita do Islamismo, que significa partidários de Ali.  Sunitas - tem origem na palavra sunna, que significa "trajetória", "caminho percorrido" são os povos seguidores do Islamismo.
  5. 5.  Suna - Palavra árabe que significa caminho trilhado.  Islamismo - É uma religião monoteísta, ou seja, acredita na existência de um único Deus; é fundamentada nos ensinamentos de Mohammed.  Monoteísta - É a crença na existência de apenas um só Deus  Politeísta - Crença em vários deuses  Declínio - Estado do que chega ao final de sua evolução  Caaba – É a Casa sagrada de Deus situada no meio da mesquita sagrada na cidade de Meca, na Arábia Saudita.  Islã - Significa paz, pureza, submissão, obediência, etc.  Beduínos - É o termo usado para designar os árabes que vivem de forma nômade no deserto.  Expansão - Do latim expansĭo, é a ação e o efeito de se estender ou dilatar (espalhar, distender, desenvolver, alargar, dar maior amplitude ou fazer com que algo ocupe mais espaço).  Doutrina - Doutrina, um termo que deriva do latim doctrīna, é o conjunto de ensinamentos que se baseia num sistema de crenças. São os princípios que existem acerca de uma determinada questão, geralmente com o intuito de universalizá-la. 17. Produza um texto sobre o inicio do Islamismo, que aborde: a revelação recebida pelo profeta Maomé, a sua pregação, a conquista de Meca, e as dúvidas quanto ao sucessor do profeta, depois de sua morte. A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire

×