SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
PERGUNTAS EM
AUDIÊNCIA
10 DICAS QUE VOCÊ PRECISA SABER
Não raro encontramos colegas procurando saber quais as perguntas
pertinentes a fazer em audiência e o porquê.
Depoimento Pessoal (cível)
Diante disso, resolvi fazer esse infográfico onde, de forma
concisa, procuro esclarecer algumas das dúvidas mais
frequentes.
ANTES DE COMEÇARMOS LEMBRE-SE...
1 Depoimento pessoal é modalidade de prova;
2 Essencialmente com essa prova busca-se:
(a) uma confissão judicial (b) esclarecimento de fatos
3 As chamadas "reperguntas"
Na praxe forense as
reperguntas somente são
feitas pelo advogado da
parte adversa que depõe
4 Requerimento do depoimento pessoal pelas partes
A
produção dessa
prova não pode ser
requerida à própria
parte
Tomada de depoimentos
A parte que ainda irá
depor não pode
assistir ao
depoimento anterior
ao seu
5
O QUE PERGUNTAR EM AUDIÊNCIA . . .
6 Indagar acerca de fatos controvertidos
nicial
Conte
Houve uma colisão . . . Sim, realmente HOUVE a colisão
Inicial
Contestação
Inicial
Contestação
. . .e trafegava na
contramão de direção.
NÃO trafegava na
contramão
Repare
que
o
fato
"trafegar
na
contram
ão" tem
relevância
para
o
resultado
da
causa. Por isso, DEVE
ser questionado.
7Atente para o despacho saneador
Nesse caso
exemplificado você
deveria observar se o
magistrado definiria a
"contramão de
direção" como fato
controvertido
8 Por meio do depoimento pessoal busque a
confissão judicial da parte adversa
Confesse que
trafegava na
contramão !!!
9 Essencialmente suas perguntas devem direcionar-se a
dirimir as controvérsias acerca de "fatos jurídicos"
Fatos jurídicos são os fatos
que têm relevância para
julgamento da causa.
O depoente sabe
dize que o carro era
amarelo ou azul ?
10 Regra de ouro:
"SEMPRE É MELHOR UM ACORDO DO QUE UMA BOA
BRIGA..."
Produzido por
www.AlbertoBezerra.com.br
COMPARTILHE!
youtube/CanalAlbertoBezerra
Todos os direitos reservados. 2014. Cursos Alberto Bezerra

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Resumo esquemático de processo do trabalho ives gandra martins - 2006
Resumo esquemático de processo do trabalho   ives gandra martins - 2006Resumo esquemático de processo do trabalho   ives gandra martins - 2006
Resumo esquemático de processo do trabalho ives gandra martins - 2006Guilherme Henrique Silva Couto
 
Manual forense previdenciã¡rio (1)
Manual forense previdenciã¡rio (1)Manual forense previdenciã¡rio (1)
Manual forense previdenciã¡rio (1)Ilídia Direito
 
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...Alberto Bezerra
 
Modelo de Cumprimento de Sentença
Modelo de Cumprimento de SentençaModelo de Cumprimento de Sentença
Modelo de Cumprimento de SentençaConsultor JRSantana
 
Curso de direito previdenciário fábio zambitte ibrahim - 2015
Curso de direito previdenciário   fábio zambitte ibrahim - 2015Curso de direito previdenciário   fábio zambitte ibrahim - 2015
Curso de direito previdenciário fábio zambitte ibrahim - 2015ben11111
 
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001 copia
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001   copiaFocault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001   copia
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001 copiasamenebatista
 
modelo de recurso de revista peça didática
modelo de recurso de revista peça didáticamodelo de recurso de revista peça didática
modelo de recurso de revista peça didáticaAdriana Ribeiro
 
Luiz antlivro ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...
Luiz antlivro  ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...Luiz antlivro  ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...
Luiz antlivro ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...Elizabeth zanatta
 
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.Dinarte Mariz
 
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistas
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistasCurso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistas
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistasGiordano Adjuto Teixeira
 
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.Dinarte Mariz
 
Cartilha entidades sem fins lucrativos
Cartilha entidades sem fins lucrativosCartilha entidades sem fins lucrativos
Cartilha entidades sem fins lucrativosSibele Silva
 

Destaque (15)

Resumo esquemático de processo do trabalho ives gandra martins - 2006
Resumo esquemático de processo do trabalho   ives gandra martins - 2006Resumo esquemático de processo do trabalho   ives gandra martins - 2006
Resumo esquemático de processo do trabalho ives gandra martins - 2006
 
Manual forense previdenciã¡rio (1)
Manual forense previdenciã¡rio (1)Manual forense previdenciã¡rio (1)
Manual forense previdenciã¡rio (1)
 
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...
Curso - Prática da Petição Inicial Cível - CPC/2015 viii - cumulação de pedid...
 
Modelo de Cumprimento de Sentença
Modelo de Cumprimento de SentençaModelo de Cumprimento de Sentença
Modelo de Cumprimento de Sentença
 
Curso de direito previdenciário fábio zambitte ibrahim - 2015
Curso de direito previdenciário   fábio zambitte ibrahim - 2015Curso de direito previdenciário   fábio zambitte ibrahim - 2015
Curso de direito previdenciário fábio zambitte ibrahim - 2015
 
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001 copia
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001   copiaFocault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001   copia
Focault,michel.ética,sexualidade,política parte 20001 copia
 
modelo de recurso de revista peça didática
modelo de recurso de revista peça didáticamodelo de recurso de revista peça didática
modelo de recurso de revista peça didática
 
Luiz antlivro ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...
Luiz antlivro  ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...Luiz antlivro  ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...
Luiz antlivro ------antonio scavone jubnior 2015 modelos de peças no novo cp...
 
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
 
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistas
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistasCurso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistas
Curso trabalhista - encontro 01 - 2ª parte - rotinas trabalhistas
 
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.
Novo cpc e processo de execução com o Prof. Dijosete Veríssimo.
 
Práticas trabalhistas e previdenciárias
Práticas trabalhistas e previdenciáriasPráticas trabalhistas e previdenciárias
Práticas trabalhistas e previdenciárias
 
Peticoes incriveis
Peticoes incriveisPeticoes incriveis
Peticoes incriveis
 
Réplica a contestação
Réplica a contestaçãoRéplica a contestação
Réplica a contestação
 
Cartilha entidades sem fins lucrativos
Cartilha entidades sem fins lucrativosCartilha entidades sem fins lucrativos
Cartilha entidades sem fins lucrativos
 

Mais de Alberto Bezerra

|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo
|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo
|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazoAlberto Bezerra
 
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliarPedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliarAlberto Bezerra
 
Exceção de pré-executividade no Juizado Especial
Exceção de pré-executividade no Juizado EspecialExceção de pré-executividade no Juizado Especial
Exceção de pré-executividade no Juizado EspecialAlberto Bezerra
 
Embargos à Ação Monitória
Embargos à Ação MonitóriaEmbargos à Ação Monitória
Embargos à Ação MonitóriaAlberto Bezerra
 
Modelo de procuração particular para fins específicos
Modelo de procuração particular para fins específicosModelo de procuração particular para fins específicos
Modelo de procuração particular para fins específicosAlberto Bezerra
 
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminarModelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminarAlberto Bezerra
 
Lei da Assistência Judiciária
Lei da Assistência Judiciária Lei da Assistência Judiciária
Lei da Assistência Judiciária Alberto Bezerra
 
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90Alberto Bezerra
 
Módulo V - Requisitos da petição inicial
Módulo V - Requisitos da petição inicialMódulo V - Requisitos da petição inicial
Módulo V - Requisitos da petição inicialAlberto Bezerra
 
Módulo IV - Nomen Iuris
Módulo IV - Nomen IurisMódulo IV - Nomen Iuris
Módulo IV - Nomen IurisAlberto Bezerra
 
Módulo II - Distribuição da petição incial
Módulo II - Distribuição da petição incial Módulo II - Distribuição da petição incial
Módulo II - Distribuição da petição incial Alberto Bezerra
 
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto Bezerra
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto BezerraMódulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto Bezerra
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto BezerraAlberto Bezerra
 
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIASAlberto Bezerra
 
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto Bezerra
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto BezerraO que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto Bezerra
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto BezerraAlberto Bezerra
 
Importância da qualificação das partes no novo CPC
Importância da qualificação das partes no novo CPCImportância da qualificação das partes no novo CPC
Importância da qualificação das partes no novo CPCAlberto Bezerra
 
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e Sucessivo
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e SucessivoINFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e Sucessivo
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e SucessivoAlberto Bezerra
 
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...Alberto Bezerra
 
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPC
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPCPalestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPC
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPCAlberto Bezerra
 
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade Jurídica
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade JurídicaPalestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade Jurídica
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade JurídicaAlberto Bezerra
 

Mais de Alberto Bezerra (20)

|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo
|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo
|INFOGRÁFICO| Suspensão e interrupção dos prazo
 
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliarPedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar
Pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar
 
Exceção de pré-executividade no Juizado Especial
Exceção de pré-executividade no Juizado EspecialExceção de pré-executividade no Juizado Especial
Exceção de pré-executividade no Juizado Especial
 
Embargos à Ação Monitória
Embargos à Ação MonitóriaEmbargos à Ação Monitória
Embargos à Ação Monitória
 
Modelo de procuração particular para fins específicos
Modelo de procuração particular para fins específicosModelo de procuração particular para fins específicos
Modelo de procuração particular para fins específicos
 
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminarModelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
Modelo de Embargos de Terceiro c/c pedido de medida liminar
 
Lei da Assistência Judiciária
Lei da Assistência Judiciária Lei da Assistência Judiciária
Lei da Assistência Judiciária
 
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90
Codigo de-defesa-do-consumidor-atualizado-em-pdf-lei-8078-90
 
Módulo V - Requisitos da petição inicial
Módulo V - Requisitos da petição inicialMódulo V - Requisitos da petição inicial
Módulo V - Requisitos da petição inicial
 
Módulo IV - Nomen Iuris
Módulo IV - Nomen IurisMódulo IV - Nomen Iuris
Módulo IV - Nomen Iuris
 
Módulo III - Registro
Módulo III - RegistroMódulo III - Registro
Módulo III - Registro
 
Módulo II - Distribuição da petição incial
Módulo II - Distribuição da petição incial Módulo II - Distribuição da petição incial
Módulo II - Distribuição da petição incial
 
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto Bezerra
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto BezerraMódulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto Bezerra
Módulo VIII - Pedido certo e determinado - Curso Prof Alberto Bezerra
 
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS
[ Infográfico ] TOP DEZ DICAS DE PERGUNTAS EM AUDIÊNCIAS
 
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto Bezerra
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto BezerraO que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto Bezerra
O que é "Prova Diabólica" - Prof Alberto Bezerra
 
Importância da qualificação das partes no novo CPC
Importância da qualificação das partes no novo CPCImportância da qualificação das partes no novo CPC
Importância da qualificação das partes no novo CPC
 
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e Sucessivo
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e SucessivoINFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e Sucessivo
INFOGRÁFICO - Cumulação de Pedidos - Simples e Sucessivo
 
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...
Prática Forense Civil - Infográfico - Pedido mediato e imediato no Novo CPC -...
 
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPC
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPCPalestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPC
Palestra 26-05-15 Tema: Embargos de Declaração Prequestionadores no NOVO CPC
 
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade Jurídica
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade JurídicaPalestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade Jurídica
Palestra NOVO CPC - Desconsideração da Personalidade Jurídica
 

Último

Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 

Perguntas em audiência: 10 dicas

  • 1. PERGUNTAS EM AUDIÊNCIA 10 DICAS QUE VOCÊ PRECISA SABER Não raro encontramos colegas procurando saber quais as perguntas pertinentes a fazer em audiência e o porquê. Depoimento Pessoal (cível) Diante disso, resolvi fazer esse infográfico onde, de forma concisa, procuro esclarecer algumas das dúvidas mais frequentes. ANTES DE COMEÇARMOS LEMBRE-SE... 1 Depoimento pessoal é modalidade de prova; 2 Essencialmente com essa prova busca-se: (a) uma confissão judicial (b) esclarecimento de fatos 3 As chamadas "reperguntas"
  • 2. Na praxe forense as reperguntas somente são feitas pelo advogado da parte adversa que depõe 4 Requerimento do depoimento pessoal pelas partes A produção dessa prova não pode ser requerida à própria parte Tomada de depoimentos A parte que ainda irá depor não pode assistir ao depoimento anterior ao seu 5 O QUE PERGUNTAR EM AUDIÊNCIA . . . 6 Indagar acerca de fatos controvertidos nicial Conte
  • 3. Houve uma colisão . . . Sim, realmente HOUVE a colisão Inicial Contestação Inicial Contestação . . .e trafegava na contramão de direção. NÃO trafegava na contramão Repare que o fato "trafegar na contram ão" tem relevância para o resultado da causa. Por isso, DEVE ser questionado. 7Atente para o despacho saneador Nesse caso exemplificado você deveria observar se o magistrado definiria a "contramão de direção" como fato controvertido
  • 4. 8 Por meio do depoimento pessoal busque a confissão judicial da parte adversa Confesse que trafegava na contramão !!! 9 Essencialmente suas perguntas devem direcionar-se a dirimir as controvérsias acerca de "fatos jurídicos" Fatos jurídicos são os fatos que têm relevância para julgamento da causa. O depoente sabe dize que o carro era amarelo ou azul ? 10 Regra de ouro: "SEMPRE É MELHOR UM ACORDO DO QUE UMA BOA BRIGA..."