Composição e Diagramação

27.648 visualizações

Publicada em

Composição e Técnicas de Diagramação

Publicada em: Educação

Composição e Diagramação

  1. 1. Prof. Eduardo Rocha
  2. 2. PRINCÍPIOS DO DESIGN <ul><li>Proximidade </li></ul><ul><li>Repetição </li></ul><ul><li>Alinhamento </li></ul><ul><li>Contraste </li></ul>
  3. 3. PRINCÍPIOS DO DESIGN <ul><li>Diagramação Leiga </li></ul>
  4. 4. PRINCÍPIOS DO DESIGN - PROXIMIDADE <ul><li>PROXIMIDADE </li></ul><ul><li>agrupamento de valores que são próximos, criando identidade visual </li></ul>
  5. 5. PRINCÍPIOS DO DESIGN - ALINHAMENTO <ul><li>ALINHAMENTO </li></ul><ul><li>o alinhamento tende a criar uma estética moderna e sofisticada </li></ul>
  6. 6. PRINCÍPIOS DO DESIGN - REPETIÇÃO <ul><li>REPETIÇÃO </li></ul><ul><li>a repetição ajuda na criação da identidade visual e na identificação do itens importantes dentro da diagramação </li></ul>
  7. 7. PRINCÍPIOS DO DESIGN - CONTRASTE <ul><li>CONTRASTE </li></ul><ul><li>o contraste ajuda na valorização da forma e quebra a monotonia da leitura </li></ul>
  8. 8. PRINCÍPIO DA COR
  9. 9. PRINCÍPIO DA COR
  10. 10. PRINCÍPIO DA COR
  11. 11. PRINCÍPIO DA COR
  12. 12. PRINCÍPIO DA COR
  13. 13. PRINCÍPIO DA COR
  14. 14. PRINCÍPIO DA COR
  15. 15. COMPOSIÇÃO <ul><li>SIMÉTRICA </li></ul><ul><li>ASSIMÉTRICA </li></ul>
  16. 16. COMPOSIÇÃO SIMÉTRICA <ul><li>Mantém a colunagem e a imagem em harmonia </li></ul>
  17. 17. COMPOSIÇÃO ASSIMÉTRICA <ul><li>O ritmo é quebrado pela modulagem de textos quebrando propositadamente a harmonia da página. Além disso, outros elementos da página contribuem para quebrar a lineariedade da leitura </li></ul>
  18. 18. TIPOS DE DIAGRAMAÇÃO <ul><li>Horizontal </li></ul><ul><li>Vertical </li></ul><ul><li>Modular </li></ul>
  19. 19. DIAGRAMAÇÃO HORIZONTAL <ul><li>A colunagem de texto acompanha de maneira horizontal a disposição dos elementos na página </li></ul>
  20. 20. DIAGRAMAÇÃO VERTICAL <ul><li>A disposição dos elementos na página são verticalizados. O mesmo pode ocorrer com fotos, ilustrações e outros elementos gráficos </li></ul>
  21. 21. DIAGRAMAÇÃO MODULAR <ul><li>É a mais utilizada no meio industrial de jornais e revistas, por ser composta de módulos de texto de tamanho previamente estabelecido. </li></ul><ul><li>É a mais utilizada porque permite o encaixe de módulos de texto e anúncios com maior facilidade. </li></ul><ul><li>Por outro lado, é a modalidade que permite menos criatividade do diagramador </li></ul>
  22. 22. TÉCNICAS DE DIAGRAMAÇÃO <ul><li>Técnica do L </li></ul><ul><li>Técnica do U </li></ul><ul><li>Técnica do T </li></ul><ul><li>Técnica do H </li></ul><ul><li>Técnica do I </li></ul><ul><li>Técnica do Suporte </li></ul>
  23. 23. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO L
  24. 24. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO L
  25. 25. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO L
  26. 26. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO L
  27. 27. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO U
  28. 28. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO U
  29. 29. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO U
  30. 30. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO T
  31. 31. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO T
  32. 32. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO T
  33. 33. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO H
  34. 34. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO H
  35. 35. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO H
  36. 36. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO I
  37. 37. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO I
  38. 38. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO I
  39. 39. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO I
  40. 40. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO SUPORTE
  41. 41. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO SUPORTE
  42. 42. DIAGRAMAÇÃO – TÉCNICA DO SUPORTE
  43. 43. DIAGRAMAÇÃO – RITMO DE LEITURA <ul><li>O que não fazer </li></ul>
  44. 44. DIAGRAMAÇÃO – RITMO DE LEITURA <ul><li>O que não fazer </li></ul>
  45. 45. DIAGRAMAÇÃO – ÁREAS DE RESPIRO <ul><li>Valorizando os espaços em branco </li></ul>
  46. 46. DIAGRAMAÇÃO – ÁREAS DE RESPIRO <ul><li>Valorizando os espaços em branco </li></ul>
  47. 47. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>Escrita normal </li></ul><ul><li>(sem tratamento tipográfico) </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado Cancun </li></ul>
  48. 48. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>TAMANHO </li></ul><ul><li>UM PARAÍSO </li></ul><ul><li>CHAMADO CANCÚN </li></ul>
  49. 49. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>FONTE </li></ul><ul><li>UM PARAÍSO </li></ul><ul><li>CHAMADO CANCÚN </li></ul>
  50. 50. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>FONTE + TAMANHO </li></ul><ul><li>UM PARAÍSO </li></ul><ul><li>CHAMADO CANCÚN </li></ul>
  51. 51. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>CONTRASTE </li></ul><ul><li>(tamanho) </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  52. 52. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>CONTRASTE </li></ul><ul><li>(tamanho+cor) </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  53. 53. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>CONTRASTE </li></ul><ul><li>(tamanho + cor + fonte) </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  54. 54. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>CONTRASTE </li></ul><ul><li>(tamanho + cor + fonte+peso) </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  55. 55. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>COR </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  56. 56. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>COR </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  57. 57. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>COR </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  58. 58. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA <ul><li>COR </li></ul><ul><li>Um paraíso chamado </li></ul><ul><li>CANCÚN </li></ul>
  59. 59. CRIAÇÃO COM A TIPOLOGIA

×