Tipografia

18.123 visualizações

Publicada em

2 comentários
71 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.123
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
234
Comentários
2
Gostaram
71
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipografia

  1. 1. TIPOGRAFIA Prof. Tiago Santana
  2. 2. typos > forma graphein > escrita Processo físico e/ou digital de criação e composição de textos. Estruturação visual dos caracteres.
  3. 3. A forma comunica Considerar aspectos socioculturais, psicológicos e estéticos inerentes ao projeto
  4. 4. Vicente Connare – Designer Microsoft
  5. 5. Anatomia Dos tipos Prof. Tiago Santana
  6. 6. Anatomia dos Tipos Versal ou maiúscula Minúscula Tipografia Ascendente Linha de base Linha média Times New Roman Linha das ascendentes Altura das capitais Linha das descendentes Descendentes Ligadura
  7. 7. Anatomia dos Tipos Tipografia Times New Roman Corpo Altura x distância entre a linha ascendente e a linha descendente. É medido em pontos (1 pt = 0,351mm)
  8. 8. Anatomia dos Tipos Fonte: www.chocoladesign.com
  9. 9. Anatomia dos Tipos b l T K Q r Garamond Haste Bojo Barra Braço Cauda Gancho Serifa Perna
  10. 10. Anatomia dos Tipos n A g b a Espora Ombro Vértice Orelha Terminal Ligação Garamond
  11. 11. família tipográfica fonte Conjunto de caracteres desenhados com os mesmos parâmetros gráficos. Caracteres de uma família em um peso específico. Fonte: www.chocoladesign.com
  12. 12. Classificação das Famílias Tipográficas romanas antigas ABC ABCDEFGHIJKLMOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmopqrstuvwxyz Times New Roman
  13. 13. Classificação das Famílias Tipográficas romanas antigas As hastes, traves e curvas apresentam suave contraste entre si. Serifas possuem desenhos triangulares. Boa legibilidade. Pelo seu design harmonioso, são indicadas para longos blocos de textos impressos. Funcionam muito bem em jornais, livros, revistas e outros projetos semelhantes. São consideradas clássicas, transmitem imagem de seriedade, equilíbrio, cultura e longevidade.
  14. 14. Classificação das Famílias Tipográficas romanas antigas
  15. 15. Classificação das Famílias Tipográficas ABC ABCDEFGHIJKLMOPQRSTUVWXYZ ROMANAS MODERNAS abcdefghijklmopqrstuvwxyz Bodoni SvtyTwo OS ITC TT
  16. 16. Classificação das Famílias Tipográficas ROMANAS MODERNAS As hastes, traves e curvas apresentam grande contraste entre si. Serifas possuem desenhos lineares. Razoável legibilidade. Em reduções apresentam problemas de legibilidade. Seu uso é indicado em situações nas quais se queira obter impacto visual com o texto. Muito utilizada em títulos. São tipologias pesadas, transmitem impacto e solidez.
  17. 17. Classificação das Famílias Tipográficas ROMANAS MODERNAS
  18. 18. Classificação das Famílias Tipográficas ABC ABCDEFGHIJKLMOPQRSTUVWXYZ egipcias abcdefghijklmopqrstuvwxyz Arvo
  19. 19. Classificação das Famílias Tipográficas egipcias As hastes, traves e curvas apresentam contraste suave ou nenhum. Serifas possuem desenhos retangulares. Razoável legibilidade. Em reduções apresentam problemas de legibilidade. Tem um design marcante e bom impacto visual, também utilizadas em títulos. Expressam força, equilíbrio e certa dose de modernidade
  20. 20. Classificação das Famílias Tipográficas egipcias ARVO PT Sefif Caption
  21. 21. Classificação das Famílias Tipográficas ABC ABCDEFGHIJKLMOPQRSTUVWXYZ lapidárias abcdefghijklmopqrstuvwxyz Helvética
  22. 22. Classificação das Famílias Tipográficas lapidárias Não possui variação entre suas hastes e não apresentam serifas. Transmitem uma sensação de precisão matemática, de tecnologia, objetividade e dureza. Recomendadas para peças publicitárias de leitura rápida e projetos de sinalização.
  23. 23. Classificação das Famílias Tipográficas lapidárias Helvética FRANKLIN
  24. 24. Classificação das Famílias Tipográficas ABC ABCDEFGHIJKLMOPQRSTUVWXYZ CURSIVAS abcfghijklmopqtuvwxyz Liza Display Pro
  25. 25. Classificação das Famílias Tipográficas CURSIVAS Têm a aparência de letras manuscritas com penas caligráficas ou outro objetos tradicionais de escrita. Legilibilidade complicada. Devem ser utilizadas com cuidado. Utilizadas em peças que se queira passar lirismo, romantismo ou certa ligação com o passado e até infantilidade.
  26. 26. Classificação das Famílias Tipográficas Liza Dplay Pro Edwardian Script ITC Pacifico CURSIVAS
  27. 27. Classificação das Famílias Tipográficas fantasia / decorativas Base 05
  28. 28. Classificação das Famílias Tipográficas fantasia / decorativas Fruto da tecnologia aplicada a tipografia. A legibilidade varia entre o excelente e o péssimo. Por isso devem ser utilizadas com cuidado para não tornar o impresso ilegível. São utilizadas em situações especiais onde se deseja um efeito bem específico.
  29. 29. Classificação das Famílias Tipográficas fantasia / decorativas Rosewood Std Braggadocio
  30. 30. www.dafont.com/pt
  31. 31. Legi bili dade Leitu rabili dade
  32. 32. A aula do Tiago é muito legal Alta legibilidade Helvética A aula do Tiago e muito legal Baixa legibilidade Jefferson
  33. 33. Um tto de boa iturabilidade com uma nte de baixa gibilidade Liza Text Pro U m t E x t o D e b A i x a l e i T u r a b i l i D A d e c O M u m a f O N t e d e a l T A l e G i b i l i d a d e Helvetica
  34. 34. Tipografia de leitura contínua ou longa durabilidade Livros - Jornais - Revistas- Manuais - Hipertexto Tipografia efêmera ou de impacto Cartazes - Capas - Marcas - Embalagens Anúncios

×