Revisão de BioQuímica - enem 2009

3.895 visualizações

Publicada em

Prof. Albérico Lincoln
Temas abordados: Bioquímica

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.895
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revisão de BioQuímica - enem 2009

  1. 1. Química – Prof. Albérico Lincoln  3ª Revisão  Química  ENEM - 2009
  2. 2. TEMAS ABORDADOSB I O Q U Í M I C A
  3. 3. QUESTÕES01) As características dos vinhos dependem do grau de maturação das uvas nas parreiras porque as concentrações de diversas substâncias da composição das uvas variam à medida que as uvas vão amadurecendo. O gráfico a seguir mostra a variação da concentração de três substâncias presentes em uvas, em função do tempo.
  4. 4. O teor alcoólico do vinho deve-se à fermentação dos açúcares do suco da uva. Por sua vez, a acidez do vinho produzido é proporcional à concentração dos ácidos tartárico e málico. Considerando-se as diferentes características desejadas, as uvas podem ser colhidasa) mais cedo, para a obtenção de vinhos menos ácidos e menos alcoólicos.b) mais cedo, para a obtenção de vinhos mais ácidos e mais alcoólicos.c) mais tarde, para a obtenção de vinhos mais alcoólicos e menos ácidos.d) mais cedo e ser fermentadas por mais tempo, para a obtenção de vinhos mais alcoólicos.e) mais tarde e ser fermentadas por menos tempo, para a obtenção de vinhos menos alcoólicos.
  5. 5. - Quanto maior a concentração dos ácidos tartárico emálico, maior a acidez do vinho. Isso acontecequando as uvas são colhidas mais cedo.- Quanto maior a concentração de açúcar, maior aquantidade de álcool que será obtida, o que ocorrequando as uvas são colhidas mais tarde.- Portanto, quanto mais tarde as uvas forem colhidas,menos ácido será o vinho e maior será o teoralcoólico.
  6. 6. 02) A ligação peptídica é formada pela reação entre um ácido carboxílico e uma amina, liberando água. Qual das estruturas a seguir representa o produto orgânico da reação entre o ácido etanóico (ácido acético) e a metilamina?
  7. 7. AMINOÁCIDOSapresentam simultâneamente os grupos amino  NH2 e carboxila  COOH  H3C CH COOH  NH2 PROPRIEDADES QUÍMICAS DOS AMINOÁCIDOS * são anfóteros. * sofrem reação de polimerização.
  8. 8. Ligação entre Aminoácidos OCH3  CH C  NH– CH– C=O | | NH CH3 LIGAÇÕES PEPTÍDICAS AMÍDICA Dipeptídeo(2): Libera 1 molécula de água
  9. 9. H3C CH COOH  NH2 •• PAR LIVRE
  10. 10. H3C CH COO H  NH2 ••
  11. 11. H3C CH COO – H+  NH2 ••Ocorre ionização do grupo ácido neparana@ig.com.br
  12. 12. H3C CH COO  H+  NH2 ••
  13. 13. H3C CH COO   H+ NH2 •• neparana@bol.com.br
  14. 14. H3C CHCOO   + NH2 H ••
  15. 15. H3 CCHCOO   NH2 + •• H
  16. 16. H3C CH COO   NH2 •• + H
  17. 17. H3C CH COO   NH2 •• + H neparana@ig.com.br
  18. 18. H3C CH COO   NH2 ••+ H
  19. 19. H3C CH COO   NH3 + ••
  20. 20. H3C CH COO   NH3 +Denomina-se de sal interno ou zwitteríon neparana@bol.com.br
  21. 21. H3C CH COO   NH3 + zwitterionÉ anfótero, pois reage com ácidoe com base.
  22. 22. +  + H2OÁc. Acético ou metilamina Etanóico N-metil-etanamida
  23. 23. 03) Os sabões compreendem sais de sódio ou potássio de diversos ácidos graxos. O procedimento moderno de fabricação de sabões envolve duas etapas: a primeira é a de hidrólise da gordura (triglicerídeo); a segunda é a de obtenção do sabão a partir dos ácidos graxos, conforme mostra o esquema a seguir.
  24. 24. Com relação ao texto e ao esquema apresentados, a alternativa INCORRETA é:a) A etapa II consiste em uma reação de neutralização.b) Segundo a IUPAC, a nomenclatura oficial da glicerina é 1,2,3- propanotriol.c) Ácidos graxos pertencem à função ácido carboxílico.d) Em água com pH ácido, o sabão aumenta o seu poder de limpeza.e) A etapa I consiste em uma hidrólise.
  25. 25. ÁCIDO + ÁLCOOL ÉSTER + ÁGUALipídeos são ésteres de ácidos graxos eálcoois. Os ácidos graxos são ácidoscarboxílicos de cadeia longa. E a reaçãode formação de um lipídeo é conhecida comoesterificação: EXEMPLO
  26. 26. 1,2,3-propanotriol, Glicerina ou Glicerol ou
  27. 27. ÁCIDOS GRAXOSAC. GRAXOS SUPERIORES SÃO MONOÁCIDOS COM 10 OUMAIS CARBONOS EM NÚMERO PAR, EM CADEIA NORMALSATURADA OU INSATURADA.EXEMPLOS: H3C–(CH2)14–COOH neparana@bol.com.br
  28. 28. ÁCIDOS GRAXOSH 3C-(CH 2)14-COOH AC. PALMÍTICO ÓLEO DE PALMA AC. HEXADECANÓICOH 3C-(CH 2)16-COOH AC. ESTEÁRICO GORDURA DE CARNEIRO AC. OCTADECANÓICOH 3C-(CH 2)24-COOH AC. CERÓTICO CERA DE ABELHA AC. HEXAHEICOZÓICO
  29. 29. TRIGLICÉRIDO(Triacilglicerol) O | | R– C O O – CH2 | | | R– C O – CH2 O | O – CH2 | | R– CPODE SER UM ÓLEO(Insaturado) OU UMA GORDURA(Saturado)
  30. 30. HIDRÓLISE Hidrólise ÁcidaÁCIDO + ÁLCOOL esterificação ÉSTER + ÁGUA hidrólise Hidrólise BásicaTriéster + NaOH saponificação Sabão + Glicerol H2O (Sal) (Álcool)
  31. 31. SAPONIFICAÇÃO(Hidrólise básica) glicerina Sabão(Sal)
  32. 32. 04) Era comum nas comunidades do interior da Ilha de Santa Catarina, assim como em outras localidades do estado, a produção de sabão artesanal, que consistia em misturar gorduras de animais ou óleos vegetais com cinzas. Uma maneira mais moderna é substituir as cinzas pela soda cáustica (NaOH). Atualmente, para os processos de limpeza, utilizam- se com maior freqüência os detergentes que são derivados do ácido sulfônico. Abaixo estão representadas as fórmulas de um sabão e de um detergente.
  33. 33. A alternativa INCORRETA é:a) A parte apolar do sabão é a que interage com a gordura.b) Na hidrólise alcalina de um óleo ou gordura para produzir um sabão, obtém-se o glicerol como subproduto.c) O sabão e o detergente - ambos de cadeia normal - são facilmente degradados no meio ambiente.d) O detergente fabricado a partir de alcenos com cadeia ramificada provoca danos ao meio ambiente.e) Tanto no sabão como no detergente, a parte que se liga à água é a apolar.
  34. 34. DETERGENTE(Surfactante) SO3HHidrofóbica(apolar) Hidrofílica (polar)
  35. 35. Sabão biodegradável Degradados (decompostos) por microorganismos que existem na água. Não causam grandes alterações ao meio ambiente. Cadeia linear(normal)
  36. 36. Sabão Não-biodegradável acumulam-se nos rios, formando uma camada de espuma que impede a entrada de gás oxigênio na água e pode remover a camada oleosa que reveste as penas de algumas aves. Causam grandes alterações ao meio ambiente. Cadeia Ramificada
  37. 37. 05) No Brasil, a principal fonte de etanol é a cana-de-açúcar. A sacarose C12H22)11 , presente no caldo de cana, é inicialmente transformada por microorganismos em glicose, C6H12O6 , e frutose, C6H12O6, que, em seguida, se transformam em etanol, C2H6O , e gás carbônico, CO2.a) oxidação.b) hidrólise.c) ozonólise.d) redução.e) fermentação.
  38. 38. FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA zimase 2 C2H5OH + 2CO2GLICOSEC6H12O6
  39. 39. 06) Considere as estruturas:
  40. 40. a) As estruturas A e B representam moléculas delipídios encontrados em vegetais.b) A estrutura A representa molécula de umdissacarídeo e a B, uma hexose.c) As estruturas A e B representam moléculas dealdoses.d) As estruturas A e B representam moléculas dehexoses.e) A estrutura A representa molécula de ummonossacarídeo e a B, uma aldose.
  41. 41. HIDRATOS DE CARBONO * COMPOSTOS DE FUNÇÃO MISTA, POLIÁLCOOL-ALDEÍDO OU POLIÁLCOOL-CETONA FÓRMULA GERAL CX( H2O )YSÃO CONHECIDOS TAMBÉM COMO GLÚCIDAS, GLUCÍDEOSOU CARBOIDRATOS
  42. 42. GLICOSE(aldose)CH2– CH– CH– CH– CH– C = O| | | | | | ALDEÍDOOH OH OH OH OH H POLIÁLCOOL FRUTOSE(cetose)CH2– CH– CH– CH– C– CH2| | | | || |OH OH OH OH O OH POLIÁLCOOL CETONA
  43. 43. Dissacarídeo H2O Monossacarídeos (C12H22O11) 2 . (C6H12O6) - Sacarose(cana): Glicose(Aldose) + Frutose(Cetose)- Lactose(leite): Glicose + Galactose- Maltose(malte): Glicose + GlicosePolissacarídeo H2O Monossacarídeos (C6H10O5)n n(C6H12O6) - Amido(vegetais): Glicose + Glicose- Glicogênio(animais): Glicose + Glicose- Celulose(parede das células vegetais): Glicose + Glicose
  44. 44. 07) No processo de fabricação de pão, os padeiros, após prepararem a massa utilizando fermento biológico, separam uma porção de massa em forma de "bola" e a mergulham num recipiente com água, aguardando que ela suba, como pode ser observado, respectivamente, em I e II do esquema abaixo. Quando isso acontece, a massa está pronta para ir ao forno.
  45. 45. Um professor de Química explicaria esse procedimento daseguinte maneira"A bola de massa torna-se menos densa que o líquido esobe. A alteração da densidade deve-se à fermentação,processo que pode ser resumido pela equaçãoC6H12O6  2C2H5OH + 2CO2 + energia.glicose álcool comum gás carbônicoConsidere as afirmações abaixo.
  46. 46. I. A fermentação dos carboidratos da massa de pão ocorre demaneira espontânea e não depende da existência de qualquerorganismo vivo.II. Durante a fermentação, ocorre produção de gás carbônico,que se vai acumulando em cavidades no interior da massa, oque faz a bola subir.III. A fermentação transforma a glicose em álcool. Como oálcool tem maior densidade do que a água, a bola de massasobe.Dentre as afirmativas, apenas:
  47. 47. I – Falso: A fermentação de carboidratos se dá com a presença de enzimas produzidas por microorganismos presentes no meio.II – Verdadeiro: Um dos produtos da reação de fermentação é o gás carbônico que é um gás que fica aprisionado no interior da massa, fazendo com que a mesma flutue.III – Falso: Mesmo a densidade do álcool sendo menor que a da água, ele não é suficiente para fazer a bola de massa subir.
  48. 48. 08) A FENADOCE é um evento de âmbito nacional, realizado anualmente, no qual se ressalta a tradição doceira de Pelotas. O componente mais importante de doces é o açúcar comum ou sacarose. A sacarose, conhecida também por açúcar-de-cana, está presente em vários vegetais e, em nível industrial, a sua obtenção é feita principalmente a partir da cana-de-açúcar e da beterraba.
  49. 49. Podemos afirmar que a sacarosea) é um dissacarídeo formado por uma molécula de glicose e uma de frutose.b) é uma monossacarídeo formado por uma molécula de glicose e uma de frutose.c) é um heterosídeo formado por uma molécula de glicose e uma de frutose.d) é um monossacarídeo formado por duas moléculas de glicose.e) é um dissacarídeo formado por uma molécula de glicose e uma de lactose.
  50. 50. Dissacarídeo H2O Monossacarídeos (C12H22O11) 2 . (C6H12O6) - Sacarose(cana): Glicose(Aldose) + Frutose(Cetose)- Lactose(leite): Glicose + Galactose- Maltose(malte): Glicose + Glicose
  51. 51. 09) Leia as informações a seguir sobre o biodiesel. - A primeira usina de biodiesel no país foi inaugurada no dia 24 de março de 2005. Estudos indicam que esse produto é um combustível de queima limpa, derivado de fontes naturais e renováveis como, por exemplo, óleos vegetais, gordura animal ou resíduo de óleo usado em frituras, que pode substituir parcial ou totalmente o diesel do petróleo. - As distribuidoras de combustíveis serão autorizadas a incluir, voluntariamente, até 2 % de biodiesel ao diesel comum, sem comprometer a garantia e nem exigir alteração nos motores dos veículos ou nos postos. - A vantagem desse biocombustível é a possibilidade de reduzir em até 78 % a emissão de dióxido de carbono e 98 % de enxofre na atmosfera. (adaptado de www.ambientebrasil.com.br)
  52. 52. Considerando o exposto pode-se concluir que o biodiesela) é mais eficiente que o óleo diesel de petróleo ou de origem fóssil.b) é uma alternativa que auxilia a solução de problemas relacionados à poluição ambiental aproveitando um resíduo que pode contaminar o solo e a água.c) é considerado renovável porque reduz as emissões de poluentes na atmosfera.d) reduzirá em 78% a chuva ácida provocada pela emissão de dióxido de enxofre na atmosfera.e) adicionado aos combustíveis de origem fóssil ou derivado de petróleo, na concentração de 2%, torna-se compulsório a partir de 24 de março de 2005.
  53. 53. Biodíesel(transesterificação ) - ALCOÓLISE
  54. 54. 10) Considere os compostos X, Y e Z, cujas fórmulas estruturais são fornecidas a seguir.
  55. 55. Com respeito a estes compostos, pode-se afirmar, corretamente, quea) Y reage com NaOH em solução aquosa, formando sabão.b) X e Z são isômeros de função.c) Y é um ácido carboxílico.d) X é uma proteína.e) Z é uma amina.
  56. 56. SAPONIFICAÇÃO(Hidrólise básica) glicerina Sabão(Sal)
  57. 57. 11) As previsões de que, em poucas décadas, a produção mundial de petróleo possa vir a cair têm gerado preocupação, dado seu caráter estratégico. Por essa razão, em especial no setor de transportes, intensificou-se a busca por alternativas para a substituição do petróleo por combustíveis renováveis. Nesse sentido, além da utilização de álcool, vem se propondo, no Brasil, ainda que de forma experimental,
  58. 58. a) a mistura de percentuais de gasolina cada vez maiores no álcool.b) a extração de óleos de madeira para sua conversão em gás natural.c) o desenvolvimento de tecnologias para a produção de biodiesel.d) a utilização de veículos com motores movidos a gás do carvão mineral.e) a substituição da gasolina e do diesel pelo gás natural.
  59. 59. A busca de novas alternativas para ageração de energia, com a utilização decombustíveis renováveis, leva aodesenvolvimento de novas tecnologias,principalmente a produção do biodiesel, apartir de óleos vegetais.
  60. 60. 12) Responder à questão com base nas informações abaixo. Durante o processo da fotossíntese realizada por plantas verdes, a energia luminosa do sol força a formação de glicose a partir do dióxido de carbono e água. Com relação a essa transformação, afirmar-se que
  61. 61. I. há formação de um glicídio e um gás combustível.II. ocorre com absorção de calor, portanto trata-se de um processo endotérmico.III. ocorre transformação de energia luminosa e calorífica em energia química.IV. a equação que representa essa transformação éC6H2O6 + 6O2  6CO2 + 6H2O + Q
  62. 62. A alternativa que contém as afirmativas corretas éa) III e IVb) II e IVc) II e IIId) I e IIIe) I e II
  63. 63. A relação dos glicídios com os seres vivos pode ser resumida pelo esquema: FOTOSSÍNTESE CO2 + H2O + energia glicose + O2(do ar) (do solo) (do sol) (para o ar) amido celulose RESPIRAÇÃO CELULARaçúcares + O2 CO2 + H2O + energia
  64. 64. 13) Uma substância A produz por hidrólise dois isômeros de fórmula C6H12O6. Também, por hidrólise, uma substância B produz
  65. 65. A e B constituem, respectivamente, exemplos de:a) lipídio e carboidratob) peptídio e carboidratoc) carboidrato e peptídiod) peptídio e lipídioe) lipídio e peptídio
  66. 66. CARBOIDRATOSDissacarídeo H2O Monossacarídeos (C12H22O11) 2 . (C6H12O6)
  67. 67. Ligação entre Aminoácidos OCH3  CH C  NH– CH– C=O | | NH CH3 LIGAÇÕES PEPTÍDICAS AMÍDICA Dipeptídeo(2): Libera 1 molécula de água

×