Teste cef módulo 16 (1)

139 visualizações

Publicada em

Teste - CEF - Os Lusíadas de Luís de Camões

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teste cef módulo 16 (1)

  1. 1. QUALIFICAR É CRESCER AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERDE HORIZONTE - MAÇÃO Ano letivo 2014/2015 TESTE DE AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CEF 2A – 2º ANO (Módulo 16) Nome:____________________________________________________ N.º: ______ Data: ___/___/______ Avaliação Enc. de Educação Professora:Cristina Martins ______________________________ ______________________________ ______________________________ O/A aluno/a:Tomei conhecimento _________________________________ Data: ____/____/________ GRUPO I A- Transcreve, do conjuntode termos abaixo enunciados,aquele que corresponde a cada uma das definições inscritas na coluna da esquerda.
  2. 2. QUALIFICAR É CRESCER C- Completa os espaços em branco com a informação adequada da coluna da direita, relativa à biografia de Camões e estrutura externa da epopeia Os Lusíadas. Luís Vaz de Camões nasceu em _________ e terá falecido em Lisboa a 10 de junho de _________. A obra Os Lusíadas, editada pela primeira vez em _______, é uma sofisticada construção literáriaque impressionaqualquer estudioso. Esta epopeia está dividida em _______ cantos e cada canto é, em média, constituído por ________ estâncias. O canto mais longo é o ______, com _______ estâncias. Se tivermos em conta que cada estância tem _______ versos e que, no total, a obra tem ________ estâncias, Camões escreveu afinal _________ versos. Cada um destes versos tem _______ sílabas métricas, sendo designados de versos decassílabos heroicos. É importante notarque _______ estâncias, dototal referido,dizemrespeito à ação principal, a viagem da armada de Vasco da Gama e intervenções dos Deuses do Olimpo. 156 110 1572 10 8 1102 10 10º 8896 1524 1580 773 B- Completa os espaços em branco com a informação adequada relativa à estrutura interna d’Os Lusíadas . Na ____________________ o poeta expõe o assunto do seu poema e explica o que se propõe fazer. Camões irá cantar os feitos ilustres dos portugueses, as memórias dos reis e todos aqueles que se imortalizaram. Nestas estâncias destaca-se um herói coletivo – Os Portugueses. Na ____________________ o narrador pede ajuda às Tágides para que o inspirem a um tom digno do povo e dos feitos de que vai falar. Na _____________________ o narrador elogia o rei D. sebastião e dedica-lhe o seu poema épico, mostrando-lhe o quão grande é o seu império, desde o Oriente até ao Ocidente. Ainda no Canto I, dá-se início à ________________ in media res, já com a frota de Vasco da Gama no Oceano Índico. D- Faz corresponder a simbologia associada aos deuses da mitologia grega e romana, escrevendo o respectivo número, de acordo com a informação na coluna da direita. Mitologia grega Mitologia romana Afrodite Vénus 1. Deusdos oceanos Apolo Apolo 2. Deusdo fogoe dasforjas Ares Marte 3. Deusdo sol,da poesiae da música Ártemis Diana 4. Deusdo vinhoe das festas Atena Minerva 5. Deusado amor e da beleza Deméter Ceres 6. Deusdos Infernos Dionísio Baco 7. O líderdos deusesdoOlimpo Eros Cupido 8. Deusada agricultura Hades Plutão 9. Mensageirodosdeuses Hefesto Vulcano 10. Deusda guerra Hera Juno 11. Deusdo amor Hermes Mercúrio 12. Deusada sabedoria Poseidon Neptuno 13. Deusaprotetoradas mulherese dospartos Zeus Júpiter 14. Deusada caça
  3. 3. QUALIFICAR É CRESCER GRUPO II A- Lê as estâncias seguintes doCanto I, respondendoàs questõesque te são colocadas. (Atenção:respostas completas!) 19 Já no largo Oceano navegavam, As inquietas ondas apartando; Os ventos brandamente respiravam, Das naus as velas côncavasinchando; Da branca escuma os mares se mostravam Cobertos, onde as proas vão cortando As marítimas águas consagradas, Que do gado de Próteu são cortadas, 20 Quando os Deuses no Olimpo luminoso, Onde o governo está da humana gente, Se ajuntamem consílio glorioso, Sobre as cousas futuras do Oriente. Pisando o cristalino Céu fermoso, Vêm pela Via Láctea juntamente, Convocados,da parte de Tonante, Pelo neto gentil do velho Atlante. 29 «E porque, como vistes,têm passados Na viagem tão ásperos perigos, Tantos climas ecéus exprimentados, Tanto furor de ventos inimigos, Que sejam,determino, agasalhados Nesta costa Africana como amigos; E, tendo guarnecido a lassafrota, Tornarão a seguir sua longa rota.» 30 Estas palavrasJúpiter dizia, Quando os Deuses, por ordem respondendo, Na sentença um do outro diferia, Razões diversas dando erecebendo. O padre Baco ali não consentia No que Júpiter disse,conhecendo Que esquecerão seus feitos no Oriente Se lá passar a Lusitana gente. 31 Ouvido tinha aos Fados que viria Ũa gente fortíssima de Espanha Pelo mar alto, a qual sujeitaria Da Índia tudo quanto Dóris banha, E com novas vitórias venceria A fama antiga,ou sua ou fosseestranha. Altamente lhe dói perder a glória De que Nisa celebra inda a memória. 32 Vê que já teve o Indo sojugado E nunca lhetirou Fortuna ou caso Por vencedor da Índia ser cantado De quantos bebem a água de Parnaso. Teme agora que seja sepultado Seu tão célebre nome em negro vaso D' água do esquecimento, se lá chegam Os fortes Portugueses que navegam. 33 Sustentava contra ele Vénus bela, Afeiçoada à gente Lusitana Por quantas qualidades vianela Da antiga,tão amada, sua Romana; Nos fortes corações,na grande estrela Que mostraramna terra Tingitana, E na língua,na qual quando imagina, Com pouca corrupção crêque é a Latina. 34 Estas causas moviamCitereia, E mais,porque das Parcasclaro entende Que há-de ser celebrada a clara Deia Onde a gente belígera se estende. Assi que, um, pela infâmia que arreceia, E o outro, pelas honras quepretende, Debatem, e na perfia permanecem; A qualquer seus amigos favorecem. 35 Qual Austro fero ou Bóreas na espessura De silvestrearvoredo abastecida, Rompendo os ramos vão da mata escura Com impeto e braveza desmedida, Brama toda montanha, o som murmura, Rompem-se as folhas,ferve a serra erguida: Tal andava o tumulto, levantado Entre os Deuses, no Olimpo consagrado. 36 Mas Marte, que da Deusa sustentava Entre todos as partes em porfia, Ou porque o amor antigo o obrigava, Ou porque a gente forte o merecia, De antre os Deuses em pé se levantava: Merencório no gesto parecia; O forte escudo, ao colo pendurado, Deitando pera trás,medonho e irado;
  4. 4. QUALIFICAR É CRESCER 1. A ação começa in media res. Transcreve o verso que confirma esta ideia. _________________________________________________________________________________________ 2. Atenta na estância 20. a) Quem convocou o Consílio? ________________________________________________________________________________________ b) Quem levou a convocatória até aos outros deuses? ________________________________________________________________________________________ c) Quem presidiu ao Consílio? ________________________________________________________________________________________ 3. Relê a estância29. Qual a ideiadoPai dosDeusesnoinícioda reunião?AjudarouprejudicarosPortugueses? ________________________________________________________________________________________ 4. a) Atenta na estância 30. Quem está contra os Portugueses? ________________________________________________________________________________________ b) Relê as estâncias 31, 32 e 33. Indica o motivo pelo qual esta entidade é oponente ao sucesso dos Portugueses. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ 5. Atenta na estância 33. Vénus defende os Portuguese. Que motivos a levam a exprimir esta preferência? _________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 6. a) Relê a estância 36. Que outro deus toma o partido de Vénus nesta discussão? ________________________________________________________________________________________ b) Por que razão o faz? ________________________________________________________________________________________ 7. “Quando os Deuses no Olimpo luminoso” a) Faz a divisão do verso em sílabas métricas. ________________________________________________________________________________________ b) Como classificas o verso quanto ao número de sílabas métricas? ________________________________________________________________________________________ 8. Cada estância tem oito versos. Como se designam? ______________________________________________ 9. Indica o esquema rimático utilizado por Camões. ________________________________________________ 10. Como classificas o tipo de rima? ______________________________________________________________
  5. 5. QUALIFICAR É CRESCER B- O episódiode Inêsde Castro, no Canto III (estância118-135) foi imortalizado peloPoetaem dezoitoestâncias de intensolirismo.Tendoem conta o que aprendeste,selecionaaopção correta para cada item. 1. Indica o plano narrativo em que se insere o episódio de Inês de Castro: a. plano da viagem; b. plano da história de Portugal; c. plano mitológico; d. plano das considerações do poeta. 2. Podemos classificar este episódio de: a. episódio bélico; b. episódio lírico; c. episódio mitológico; d. episódio simbólico. 3. Inês de Castro veio para Portugal a. para ser dama de companhia de D. Constança; b. para casar com o príncipe D. Pedro; c. por convite de D. Afonso IV. 4. Inês é descrita como a. uma mulher que ambicionava o poder; b. uma mulher talentosa e astuta; c. uma frágil e indefesa donzela; 5. A morte de Inês de Castro teve lugar a. no reinado de D. Pedro I; b. no reinado de D. Afonso IV; c. no reinado de D. Dinis. 6. Inês pede clemência ao rei, dizendo-lhe a. que já não ama D. Pedro; b. que pretende ir para longe, criar os seus filhos pequenos; c. que os seus irmãos não a tentam influenciar politicamente. 7. Apesar das súplicas, o rei manda executar Inês a. pois queria assegurar-se de que D. Pedro voltava a casar-se; b. devido às vozes críticas do povo; c. por mera crueldade. 8. Camões compara a morte precoce de Inês a. a uma bonina cortada antes do tempo; b. a uma rosa sem espinhos cortada no seu esplendor; c. a um lírio branco arrancado da terra. 9. Assim que foi aclamado rei, D. Pedro I a. compreendeu e perdoou o seu pai; b. esqueceu o seu amor por D. Inês; c. mandou executar os assassinos de D. Inês. 10. A figura de estilo presente no verso Tirar Inês ao mundo determina é: a. o eufemismo; b. a metáfora; c. a hipérbole; d. a personificação GRUPO III A- Classifica as orações sublimadas em cada frase. 1. NavegavamnolargoOceano quandoos deusesdoOlimpose juntaram. _________________________________________________________________________________________ 2. A intençãode Baco nãoé justa porque resultadasua inveja. _________________________________________________________________________________________ 3. Deveissaberdaviagemdosportugueses se dogrande valordestagente nãoperdeisopensamento. _________________________________________________________________________________________ 4. Queriaperdoar-lhe oRei benigno e oPovonão deixou. _________________________________________________________________________________________ 5. Camões, que escreveu OsLusíadas,teveváriosproblemasnacorte portuguesa. _________________________________________________________________________________________
  6. 6. QUALIFICAR É CRESCER B- Indica as funçõessintáticas dos elementosdestacadosemcada frase. 1. O André ofereceu um CD ao seu avô. _______________________________________________________ 2. A minha amiga mora nesta casa. ________________________________________________________ 3. Comprei uma bicicleta nova. ________________________________________________________ 4. Os testes foram efetuados pelos alunos do CEF. _________________________________________________ 5. Esta manhã, os alunos realizaram os exames nacionais. ___________________________________________ C- Transforma a seguinte frase em voz passiva: O Adamastor viu Tétis. ______________________________________________________________________ D- Indica o processo de formação das seguintespalavras: 1. OCDE - _________________________________________________________ 2. IVA - _________________________________________________________ 3. Engordar - _________________________________________________________ 4. “online” - _________________________________________________________ 5. lealdade - _________________________________________________________ 6. livrete - _________________________________________________________ 7. bicampeão - _________________________________________________________ 8. pontapé - _________________________________________________________ E- Substituiras expressõessublinhadasporpronomespessoais. 1. Puso dinheiro nobolsodocasaco. ________________________________________________________ 2. Darei os recados à Alice. _________________________________________________________________ F- Risca a palavra intrusa. 1. Qual não é umverbocopulativo? parecerficar estar entenderpermanecertornar-se 2. Qual não é umnome coletivo? rebanhoturma enxame escolapomar souto 3. Qual não é umaadjectivoqualificativo?linda calma pálida primeira cega triste G- Exercíciode ortografia. Completacom fala-se ou falasse. 1. Se ele ________________________ menos,seriamelhorparatodos. 2. Hoje emdia _______________________ muitoeminstabilidade.
  7. 7. QUALIFICAR É CRESCER GRUPO IV Escolhe apenas UMA opção e desenvolve umtextonos moldespedidos,de 180 a 240 palavras. Devesfazer parágrafos, ter atenção à pontuação, caligrafia, ortografia, estrutura de frasese vocabulário usado. A- Escreve uma carta formal,na qual D. Inêsde Castro se dirige aorei D. AfonsoIV (e lhe pede clemência,invocando váriasrazões,como o factode serapenasuma donzelainocente,de terfilhospequenosparacriar,de não constituir nenhumaameaçaà soberaniadoreino,etc; B- Comcertezajá ouviste falaremváriashistóriasde amor,como a de Romeue Julieta,Tristãoe Isolda,Bonnieand Clyde,Párise Helenade Troia, Cleópatrae Marco António,etc.Numtextonarrativo, contauma históriade amor, real ou inventada. A tua opção é ________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________

×