SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
4
CONTRIBUIÇÕES PARA A ANÁLISE DE
O CAVALEIRO DA DINAMARCA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN
1. Atenta no primeiro parágrafo de O Cavaleiro da Dinamarca:
1.1. Localiza a acção no espaço.
1.2. Caracteriza o Inverno, fazendo corresponder a cada espaço um
adjectivo:
INVERNOS
Noites
Dias
2009/2010
Prof.
Manuela
Pereira
1º Período
Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco
Colaço
Língua Portuguesa – 7º ano
Ficha de Trabalho I – O Cavaleiro da
Dinamarca
Florestas
Pinheiros
Silêncio
Introdução:
Do 1º ao 16º parágrafo:
De “A Dinamarca fica no Norte da Europa.” até “…ninguém deve
impedir um peregrino de partir.”
4
2. A partir da descrição da Primavera e do Verão (segundo e terceiro
parágrafos), destaca, para caso:
2.1. Sensações visuais;
2.2. Sensações auditivas.
3. No parágrafo onde se descreve a Primavera (terceiro parágrafo), faz
levantamento:
3.1. Dos nomes comuns concretos;
3.2. Dos verbos que conferem maior dinamismo à descrição.
4. Não se descreve o Outono. De que forma esta estação é pressentida
no texto?
5. Atenta no quinto parágrafo.
5.1. Qual é a estação do ano preferida da família do Cavaleiro?
5.1.1. Porquê?
6. Lê do sexto ao décimo sétimo parágrafo:
6.1. O dia de Natal é, sem dúvida, um ritual.
6.1.1. Que passagem do sexto parágrafo melhor ilustra a
afirmação proferida em 6.1. .
6.2. De que constam os preparativos para o grande dia?
6.3. Quem participa na ceia de Natal?
6.4. Que reacções o anúncio da partida do Cavaleiro despertou?
6.5. Que promessa fez o Cavaleiro?
6.6. Indica a razão por que não o impediram de partir.
7. Na tua terra, o Natal deve ter, como na do Cavaleiro, uma
gastronomia típica.
7.1. Indica os pratos e doces mais característicos dessa época do
ano:
a) Em casa do Cavaleiro;
b) Na tua terra.
Da Dinamarca à Terra Santa:
Do 17º ao 23º parágrafo:
De “Na Primavera o Cavaleiro deixou a sua floresta…” até
_______________________________________________________
A viagem de
ida…
4
8. O Cavaleiro visitou vários lugares na Palestina.
8.1. Indica-os.
8.2. Indica o motivo por que o Cavaleiro escolheu esses lugares.
9. Caracteriza o Cavaleiro, tendo em conta o seu comportamento.
10.Como e onde é que o Cavaleiro passou o Natal distante de sua
família?
11.Após esse Natal passado na terra santa, o Cavaleiro foi de imediato
para casa?
11.1. O que visitou o Cavaleiro?
12.De Jerusalém, o Cavaleiro partiu para onde?
12.1. Durante a viagem, com quem fez amizade o Cavaleiro?
13.Atenta no parágrafo que começa por “Mas uma vez no mar foram
assaltados pela tempestade” (27º parágrafo).
13.1. Faz o levantamento de verbos que contribuam para dar maior
dinamismo à caracterização da tempestade.
14.Atenta nos parágrafos seguintes:
14.1. Quanto tempo durou a tempestade?
15.Indica o verbo que demonstra que a tempestade passou.
16.A que cidade é que o navio aportou?
16.1. Que aspectos dessa cidade encantaram o Cavaleiro?
De Jerusalém a _________________:
Do 24º ao 34º parágrafo:
De “Depois, em fins de Fevereiro…” até _______________________
___________________________________________________
Início do
regresso do
Cavaleiro
4
17.Perante o facto de o Cavaleiro ter gostado tanto dessa cidade, o seu
amigo propõe-lhe uma rota alternativa àquela que ele planeava.
17.1. Por onde tencionava ir o Cavaleiro?
17.2. Qual a rota de viagem que o amigo do Cavaleiro lhe propõe?
18.Na cidade de Veneza, o que causou admiração ao Cavaleiro?
Praça de São Marcos, Veneza

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Promoção da leitura o cavaleiro da dinamarca
Promoção da leitura   o cavaleiro da dinamarcaPromoção da leitura   o cavaleiro da dinamarca
Promoção da leitura o cavaleiro da dinamarca
Lucília Lopes
 
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de TrabalhoOrigem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Patrícia Morais
 
Paratextos 8º ano teste 3 com soluções
Paratextos 8º ano teste 3 com soluçõesParatextos 8º ano teste 3 com soluções
Paratextos 8º ano teste 3 com soluções
Zélia fernandes
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
7F
 
Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
Correção do Teste de Avaliação_Civilização GregaCorreção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
Patrícia Morais
 
Ficha n.º 1
Ficha n.º 1Ficha n.º 1
Ficha n.º 1
f982
 
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕESFicha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
ensinovirtual3ciclo
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
Ana Pereira
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
Margarida Gomes
 

Mais procurados (20)

Subclasses dos verbos exercícios
Subclasses dos verbos exercíciosSubclasses dos verbos exercícios
Subclasses dos verbos exercícios
 
Promoção da leitura o cavaleiro da dinamarca
Promoção da leitura   o cavaleiro da dinamarcaPromoção da leitura   o cavaleiro da dinamarca
Promoção da leitura o cavaleiro da dinamarca
 
Teste de frances 7º ano
Teste de frances 7º anoTeste de frances 7º ano
Teste de frances 7º ano
 
Teste sumativo 2 bruno
Teste sumativo 2 brunoTeste sumativo 2 bruno
Teste sumativo 2 bruno
 
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
 
Teste 1
Teste 1Teste 1
Teste 1
 
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de TrabalhoOrigem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
 
Paratextos 8º ano teste 3 com soluções
Paratextos 8º ano teste 3 com soluçõesParatextos 8º ano teste 3 com soluções
Paratextos 8º ano teste 3 com soluções
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
 
Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
Correção do Teste de Avaliação_Civilização GregaCorreção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega
 
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
 
Ficha formativa_ Frase Ativa e Frase Passiva
Ficha formativa_ Frase Ativa e Frase PassivaFicha formativa_ Frase Ativa e Frase Passiva
Ficha formativa_ Frase Ativa e Frase Passiva
 
Ficha n.º 1
Ficha n.º 1Ficha n.º 1
Ficha n.º 1
 
Cavaleiro da dinamarca resumo
Cavaleiro da dinamarca   resumoCavaleiro da dinamarca   resumo
Cavaleiro da dinamarca resumo
 
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕESFicha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES
 
Ficha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismoFicha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismo
 
Teste de História 8º ano- Porto Editora
Teste de História 8º ano- Porto EditoraTeste de História 8º ano- Porto Editora
Teste de História 8º ano- Porto Editora
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
 
Ficha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavrasFicha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavras
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
 

Destaque (15)

Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
 
Teste lp
Teste lp Teste lp
Teste lp
 
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hpResumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
 
Matriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junhoMatriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junho
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
 
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
 
Coordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro sínteseCoordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro síntese
 
Teste sumativo 2
Teste sumativo 2Teste sumativo 2
Teste sumativo 2
 
O cavaleiro da_dinamarca_seq_narrativas
O cavaleiro da_dinamarca_seq_narrativasO cavaleiro da_dinamarca_seq_narrativas
O cavaleiro da_dinamarca_seq_narrativas
 
Guiao trabalho-de-pesquisa ref bib
Guiao trabalho-de-pesquisa ref bibGuiao trabalho-de-pesquisa ref bib
Guiao trabalho-de-pesquisa ref bib
 
Formação do Utilizador da Biblioteca Escolar
Formação do Utilizador da Biblioteca EscolarFormação do Utilizador da Biblioteca Escolar
Formação do Utilizador da Biblioteca Escolar
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
 
Processos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavrasProcessos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavras
 
Introdução texto poético
Introdução texto poéticoIntrodução texto poético
Introdução texto poético
 
O velho, o rapaz e o burro expresso
O velho, o rapaz e o burro expressoO velho, o rapaz e o burro expresso
O velho, o rapaz e o burro expresso
 

Semelhante a 40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho

Semelhante a 40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho (9)

Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarcaRoteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
Roteiro da obra o cavaleiro da dinamarca
 
Cavaleiro da dinamarca e principezinho
Cavaleiro da dinamarca e principezinhoCavaleiro da dinamarca e principezinho
Cavaleiro da dinamarca e principezinho
 
O cavaleiro da dinamarca versão cat
O cavaleiro da dinamarca versão catO cavaleiro da dinamarca versão cat
O cavaleiro da dinamarca versão cat
 
Mathesis10 287
Mathesis10 287Mathesis10 287
Mathesis10 287
 
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doccap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
cap-1a13-Robsin Crusoe leitura orientada.doc
 
Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13
Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13
Leitura Orientada da obra: Sexta-feira ou a vida selvagem -Cap. 1 a 13
 
O Gato Malhado Teste
O Gato Malhado Teste O Gato Malhado Teste
O Gato Malhado Teste
 
Ficha de avaliação formativa
Ficha de avaliação formativaFicha de avaliação formativa
Ficha de avaliação formativa
 
Guião de leitura
Guião de leituraGuião de leitura
Guião de leitura
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

40134802 cavaleiro-dinamarca-ficha-de-trabalho

  • 1. 4 CONTRIBUIÇÕES PARA A ANÁLISE DE O CAVALEIRO DA DINAMARCA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN 1. Atenta no primeiro parágrafo de O Cavaleiro da Dinamarca: 1.1. Localiza a acção no espaço. 1.2. Caracteriza o Inverno, fazendo corresponder a cada espaço um adjectivo: INVERNOS Noites Dias 2009/2010 Prof. Manuela Pereira 1º Período Escola E.B 2,3 Dr. António Francisco Colaço Língua Portuguesa – 7º ano Ficha de Trabalho I – O Cavaleiro da Dinamarca Florestas Pinheiros Silêncio Introdução: Do 1º ao 16º parágrafo: De “A Dinamarca fica no Norte da Europa.” até “…ninguém deve impedir um peregrino de partir.”
  • 2. 4 2. A partir da descrição da Primavera e do Verão (segundo e terceiro parágrafos), destaca, para caso: 2.1. Sensações visuais; 2.2. Sensações auditivas. 3. No parágrafo onde se descreve a Primavera (terceiro parágrafo), faz levantamento: 3.1. Dos nomes comuns concretos; 3.2. Dos verbos que conferem maior dinamismo à descrição. 4. Não se descreve o Outono. De que forma esta estação é pressentida no texto? 5. Atenta no quinto parágrafo. 5.1. Qual é a estação do ano preferida da família do Cavaleiro? 5.1.1. Porquê? 6. Lê do sexto ao décimo sétimo parágrafo: 6.1. O dia de Natal é, sem dúvida, um ritual. 6.1.1. Que passagem do sexto parágrafo melhor ilustra a afirmação proferida em 6.1. . 6.2. De que constam os preparativos para o grande dia? 6.3. Quem participa na ceia de Natal? 6.4. Que reacções o anúncio da partida do Cavaleiro despertou? 6.5. Que promessa fez o Cavaleiro? 6.6. Indica a razão por que não o impediram de partir. 7. Na tua terra, o Natal deve ter, como na do Cavaleiro, uma gastronomia típica. 7.1. Indica os pratos e doces mais característicos dessa época do ano: a) Em casa do Cavaleiro; b) Na tua terra. Da Dinamarca à Terra Santa: Do 17º ao 23º parágrafo: De “Na Primavera o Cavaleiro deixou a sua floresta…” até _______________________________________________________ A viagem de ida…
  • 3. 4 8. O Cavaleiro visitou vários lugares na Palestina. 8.1. Indica-os. 8.2. Indica o motivo por que o Cavaleiro escolheu esses lugares. 9. Caracteriza o Cavaleiro, tendo em conta o seu comportamento. 10.Como e onde é que o Cavaleiro passou o Natal distante de sua família? 11.Após esse Natal passado na terra santa, o Cavaleiro foi de imediato para casa? 11.1. O que visitou o Cavaleiro? 12.De Jerusalém, o Cavaleiro partiu para onde? 12.1. Durante a viagem, com quem fez amizade o Cavaleiro? 13.Atenta no parágrafo que começa por “Mas uma vez no mar foram assaltados pela tempestade” (27º parágrafo). 13.1. Faz o levantamento de verbos que contribuam para dar maior dinamismo à caracterização da tempestade. 14.Atenta nos parágrafos seguintes: 14.1. Quanto tempo durou a tempestade? 15.Indica o verbo que demonstra que a tempestade passou. 16.A que cidade é que o navio aportou? 16.1. Que aspectos dessa cidade encantaram o Cavaleiro? De Jerusalém a _________________: Do 24º ao 34º parágrafo: De “Depois, em fins de Fevereiro…” até _______________________ ___________________________________________________ Início do regresso do Cavaleiro
  • 4. 4 17.Perante o facto de o Cavaleiro ter gostado tanto dessa cidade, o seu amigo propõe-lhe uma rota alternativa àquela que ele planeava. 17.1. Por onde tencionava ir o Cavaleiro? 17.2. Qual a rota de viagem que o amigo do Cavaleiro lhe propõe? 18.Na cidade de Veneza, o que causou admiração ao Cavaleiro? Praça de São Marcos, Veneza