Teleconferência
Resultados 4T11/2011Resultados 4T11/2011
15/02/2012
PALESTRANTES
• MAURÍCIO TAVARES BARBOSA
Diretor Superintendente e de Incorporação
• IAN MONTEIRO DE ANDRADE
2
Diretor de F...
Destaques do 4T11
• Nova atualização dos orçamentos com impacto no resultado de:
– 4T11: R$81,7 MM
– 2011: R$171,8 MM
• Ve...
Resultado Operacional 4T11
Vendas Contratadas
5
248.5 195.8
59.5
937.1
721.7
79.6 105.2
84.9
242.2
452.5
328.2 301.1
144.3
1,179.3 1,174.2
VENDAS CON...
Lançamentos (R$MM)
6
Empreendimento Localização
Data de
Lançamento
Unidades
VGV - %
CCDI
Segmento
(R$ MM)
1 Connect Workst...
Construção Própria segmento Tradicional
7
VGV: R$256 MM
Lançamento: Setembro/10
Unidades: 246 (3 Torres)
Início: Junho/201...
Baixa Renda (HM): processo construtivo 100% verticalizado
8
30 empreendimentos em obras e 8.415 unidades em construção (de...
9
Evolução das Obras
553.9 422.2
1,195.3
503.5
129.0
157.1
390.0
393.0
683 579
1,585
897
2,373
3,613
9,798
5,464
EVOLUÇÃO ...
Entregas em 2011 e no 4T11
10
Foram entregues:
• 2011: 3.613 unidades ou R$579,3 milhões em VGV
• 4T11: 274 unidades ou R$...
Performance Financeira
12
Apesar da ampla atualização de orçamentos realizada no 2T11, novos
desvios no valor de R$121,4mm foram quantificados no...
13
Atualização de orçamentos 4T11
• Os estouros de orçamentos continuam concentrados nos empreendimentos lançados até 2008...
..que impactaram o Resultado do 4T11 em R$81,7 milhões...
14
DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS (R$ MM) 4T11 Pro
Forma
Atualização...
15
273.7 308.7
190.7
932.5 946.9
25.5%
21.3%
-22.1%
25.6%
4.2%
-70.0%
-50.0%
-30.0%
-10.0%
10.0%
30.0%
100
200
300
400
500...
Resultado a apropriar e margem por ano de lançamento
16
1,242.1
1,495.9 1,437.6
200.0
400.0
600.0
800.0
1,000.0
1,200.0
1,...
Aumento do endividamento em linha com aumento de obras
17
154.6
128,0
26.6
MOVIMENTAÇÃO DE CAIXA (R$MM)
363.2
559.1 617.5
...
396.6
173.5
37.8 9.5
0.2
205.4 205.4
396.8
173.5
243.2 214.9
CRONOGRAMA DE VENCIMENTOS DA DÍVIDA BRUTA
(R$ MM)
Debêntures ...
INFORMAÇÕES DE CONTATO
Ian Monteiro de Andrade
Diretor de Finanças e RIDiretor de Finanças e RI
Mara Boaventura Dias
Geren...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação 4 t11

698 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 4 t11

  1. 1. Teleconferência Resultados 4T11/2011Resultados 4T11/2011 15/02/2012
  2. 2. PALESTRANTES • MAURÍCIO TAVARES BARBOSA Diretor Superintendente e de Incorporação • IAN MONTEIRO DE ANDRADE 2 Diretor de Finanças e Relações com Investidores
  3. 3. Destaques do 4T11 • Nova atualização dos orçamentos com impacto no resultado de: – 4T11: R$81,7 MM – 2011: R$171,8 MM • Vendas contratadas: – R$1.174,2 milhões em 2011, estável versus 2010, mesmo com menor número de lançamentos – Segmento de baixa renda apresentou 87% de crescimento na comparação com 3 – Segmento de baixa renda apresentou 87% de crescimento na comparação com 2010 – Estoques: R$1.07 bilhões em 2011 (91,1% das vendas contratadas em 2011) • Entregas recorde: 3.613 unidades ou R$579,3 milhões em VGV em 2011. • Segmento baixa renda: aumento de 44% na receita líquida acumulada e forte crescimento no número de obras em andamento. • Avanço das obras dos projetos de lajes corporativas (“AAA”) em São Paulo totalizando 88.836m² de ABL (parcela CCDI)
  4. 4. Resultado Operacional 4T11
  5. 5. Vendas Contratadas 5 248.5 195.8 59.5 937.1 721.7 79.6 105.2 84.9 242.2 452.5 328.2 301.1 144.3 1,179.3 1,174.2 VENDAS CONTRATADAS (R$ MM) 100% CCDIBaixa Renda (HM) Tradicional -56,0% -52,1% -0,4% 79,9% 85,4% 99,7% 93,2% 74,7% 20,1% 14,6% 0,3% 6,8% 25,3% 328.2 316.5 412.3 301.1 144.3 VENDAS CONTRATADAS DE LANÇAMENTOS E ESTOQUE Vendas de Lançamentos (%) Vendas de Estoques (%) VENDAS ORIGINADAS NO ESTADO DE SÃO PAULO: 92,4% AS VENDAS DOS SEGMENTOS ABAIXO DE R$500 MIL REPRESENTAM 90,8% 59.5 4T10 3T11 4T11 2010 2011 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 São Paulo (Interior + Litoral) 54.4% São Paulo (Capital + RMSP) 38.0% Outras 7.6% LOCALIZAÇÃO Baixa Renda/ Econômico 58.1% Médio 31.4% Médio-Alto 1.3% Alto e Altíssimo 9.2% SEGMENTO DE MERCADO
  6. 6. Lançamentos (R$MM) 6 Empreendimento Localização Data de Lançamento Unidades VGV - % CCDI Segmento (R$ MM) 1 Connect Workstation Campos dos Goytacazes, RJ fev/11 243 29,1 Salas Comerciais 2 Soul Jardim Sul São Paulo, SP fev/11 180 38,3 Médio 3 Set Cabral Curitiba, PR fev/11 151 39,2 Médio-alto 4 Condomínio Residencial Vale das Figueiras Valinhos, SP mar/11 760 78,0 Baixa Renda 5 Vivenda do Horto - Vivenda Orquídea Hortolândia, SP mar/11 173 19,7 Baixa Renda LANÇAMENTOS RECENTES Localização: São Paulo – Jd. Sul VGV: R$51,3MM (100% CCDI) Metragem: 40,1 m² a 55,0 m² (1 e 2 Dormitórios ) Lançamento em Jan/12 5 Orquídea Hortolândia, SP mar/11 173 19,7 Baixa Renda 6 Vanguard Ipiranga São Paulo, SP jun/11 70 11,7 Baixa Renda 7 Quinta das Figueiras Cajamar, SP jun/11 117 13,9 Baixa Renda 8 Vega Work & Life Curitiba, PR ago/11 397 87,1 Médio 9 Estação Vida Nova Itapevi, SP set/11 480 55,0 Baixa Renda 10 Feel Jardim Sul São Paulo, SP out/11 198 64,1 Médio Total de Lançamentos em 2011 2.769 436,1 Lançamentos recentes (segmento econômico):
  7. 7. Construção Própria segmento Tradicional 7 VGV: R$256 MM Lançamento: Setembro/10 Unidades: 246 (3 Torres) Início: Junho/2011 Evolução: Obra 8º mês; Fundações 90%; VGV: R$71 MM Lançamento: Novembro/10 Unidades: 312 (2 Torres) Início: Junho/2011 Evolução: Obra 8º mês; Fundações 95%; Macaé - RJ São Paulo - SP VGV: R$42 MM Lançamento: Dez/07 Unidades: 168 Início: Jan/2009 Evolução: Fundações 100%; Estrutura 100%; Alvenaria 100%; Acabamento 95% Previsão de Entrega: Mar/2012 São Paulo - SP Obras que assumimos recentemente: VGV: R$49 MM Início: Outubro/2010 Obra 16º mês; Fundações 99%; Estrutura 98%; Alvenaria 85%; Acabamento 25% Entrega: Out/2012 VGV: R$35 MM Início: Fevereiro/2011 Evolução: Obra 12º mês, Fundações 98%; Estrutura 95%; Alvenaria 75%, Acabamento 10% Entrega: Fev/2013 VGV: R$29 MM Início: Agosto/2010 Obra 18º mês, Fundações 100%; Estrutura 100%; Alvenaria 98%; Acabamentos 40% Entrega: Jun/2012 Evolução: Obra 8º mês; Fundações 90%; Estrutura 10% Novembro/2013 Evolução: Obra 8º mês; Fundações 95%; estrutura 5% Entrega: Agosto/2013 São Paulo - SP São Paulo - SP Previsão de Entrega: Mar/2012 São Paulo - SP VGV: R$141,5 MM Lançamento: Mar/08 Unidades: 876 Início: Out/08 Evolução: Fundações 100%; Estrutura 98%; Alvenaria 96%, Acabamento 79% Entrega: Ago/12 São Paulo - SP INTERCLUBES
  8. 8. Baixa Renda (HM): processo construtivo 100% verticalizado 8 30 empreendimentos em obras e 8.415 unidades em construção (dez/11) 294 404 1,025 1,723 1,828 4,290 1T10 3T10 4T10 2010 2011 2012(E) UNIDADES ENTREGUES 3,934 5,550 8,415 2009 2010 2011 UNIDADES EM CONSTRUÇÃO VGV: R$29 MM Início: jun/2010 Evolução: 78,8% Previsão de Entrega: Abr/2012 VGV: R$52 MM Início: Jun/2011 Evolução: 93,6% Previsão de Entrega: Fev/2012 VGV: R$26 MM Início: Mar/2011 Evolução: 64,4% Previsão de Entrega: Ago/2012 1T10 3T10 4T10 2010 2011 2012(E)2009 2010 2011 (E): Estimativa Vivenda Ribeirão Águas de Março Bela Vista Varandas
  9. 9. 9 Evolução das Obras 553.9 422.2 1,195.3 503.5 129.0 157.1 390.0 393.0 683 579 1,585 897 2,373 3,613 9,798 5,464 EVOLUÇÃO DAS ENTREGAS 2008 20.0% 2009 11.4% 2010 25.7% OBRAS POR ANO DE LANÇAMENTO* CCDI 650 HM 1.723 CCDI 1.785 HM 1.828 CCDI 5.508 HM 4.290 CCDI 1.669 HM 3.795 553.9 422.2 503.5 2010 2011 2012(E) 2013(E) VGV HM R$MM VGV CCDI R$MM Unidades Entregues 2007 28.6% 2011 14.3% *Em VGV 64% 36% 2012 (E) 50%50% 2013 (E) Evolução da participação da Construção própria no segmento tradicional CCDI em VGV2012 Obras Terceirizadas Obras - Construção Própria 45% 55% 2014 (E) 22% 78% 2015 (E)
  10. 10. Entregas em 2011 e no 4T11 10 Foram entregues: • 2011: 3.613 unidades ou R$579,3 milhões em VGV • 4T11: 274 unidades ou R$96,1 milhões em VGV ID Jardim Sul Segmento: Altíssimo VGV Entregue: R$50,0 milhões Unidades Entregues: 46 Lançamento: Mar/08 Ecos’s Natureza Clube 2 Segmento: Médio VGV Entregue: R$46,1 milhões Unidades Entregues: 228 Lançamento: Dez/07
  11. 11. Performance Financeira
  12. 12. 12 Apesar da ampla atualização de orçamentos realizada no 2T11, novos desvios no valor de R$121,4mm foram quantificados no 4T11 Desvios causados por: – Pressões de custo de mão-obra e materiais – Desafios de gestão nas obras terceirizadas – Disputas contratuais com algumas construtoras Nova atualização de orçamentos reflete as seguintes medidas tomadas pela Administração: – Contratação de empresas independentes de engenharia para avaliarem os orçamentos das obras mais críticas (10 obras) – Criação da Superintendência de Orçamentos na Diretoria de Engenharia – Substituição de construtoras terceirizadas nas obras com baixo desempenho físico e/ou financeiro
  13. 13. 13 Atualização de orçamentos 4T11 • Os estouros de orçamentos continuam concentrados nos empreendimentos lançados até 2008... 3,8% 2009-11 30% Atualização de orçamento 4T11 R$121,4MM Atualização de orçamento total em 2011 (2T11 + 4T11) 8,5% 2009-11 19% R$262,6MM Por ano de Lançamento Custo Orçado Total* Por ano de Lançamento Por ano de lançamento * Orçamento base dezembro/11 CCDI R$3,1 bi 2007-08 70% Custo Orçado Total* Por ano de lançamento 2007-08 81%
  14. 14. ..que impactaram o Resultado do 4T11 em R$81,7 milhões... 14 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS (R$ MM) 4T11 Pro Forma Atualização de orçamentos 4T11 Reportado 2011 pro forma Atualização de orçamentos 2011 Reportado CONSOLIDADO RECEITA BRUTA DE VENDAS E/OU SERVIÇOS 285,4 (87,6) 197,7 1.161,6 (183,5) 978,2 DEDUÇÃO DA RECEITA BRUTA (10,2) 3,2 (7,0) (37,9) 6,7 (31,2) RECEITA LÍQUIDA DE VENDAS E/OU SERVIÇOS 275,1 (84,4) 190,7 1.123,7 (176,8) 946,9 CUSTO DE BENS E/OU SERVIÇOS PRESTADOS (232,8) - (232,8) (906,9) - (906,9) LUCRO BRUTO 42,3 (84,4) (42,2) 216,8 (176,8) 40,1 MARGEM BRUTA (%) 15,4% -22,1% 19,3% (0,2) 4,2% (DESPESAS) RECEITAS OPERACIONAIS (43,2) - (43,2) (163,4) - (163,4) Com Vendas (5,6) - (5,6) (33,8) - (33,8) Em 2011 foi constituída provisão para cobrir multas e indenizações a clientes por atraso nas entregas (R$20,4 milhões) Com Vendas (5,6) - (5,6) (33,8) - (33,8) Gerais e Administrativas (37,6) - (37,6) (129,7) - (129,7) Despesas Gerais e Administrativas (29,8) - (29,8) (100,9) - (100,9) Outras Despesas Operacionais (7,8) - (7,8) (28,7) - (28,7) (PREJUÍZO) LUCRO OPERACIONAL ANTES DO RES. FINANC. (0,9) (84,4) (85,4) 53,4 (176,8) (123,4) RESULTADO FINANCEIRO (12,8) - (12,8) (42,4) - (42,4) RESULTADO ANTES TRIBUTAÇÃO / PARTICIPAÇÕES (13,7) (84,4) (98,2) 11,0 (176,8) (165,8) IR E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL (5,3) 2,7 (2,6) (31,9) 4,9 (27,0) LUCRO / PREJUÍZO DO PERÍODO (19,0) (81,7) (100,7) (21,0) (171,8) (192,8) MARGEM LÍQUIDA (%) -6,9% - -52,8% -1,9% - -20,4%
  15. 15. 15 273.7 308.7 190.7 932.5 946.9 25.5% 21.3% -22.1% 25.6% 4.2% -70.0% -50.0% -30.0% -10.0% 10.0% 30.0% 100 200 300 400 500 600 700 800 900 RECEITA LÍQUIDA(R$MM) E MARGEM Receita Líquida Margem Bruta Margem Bruta *2010: exclui receita com a venda do terreno Itautec por R$100 milhões no 1T10, esta negociação gerou um impactou positivo de R$49,4 milhões no Lucro Líquido 21.4 26.3 29.8 72.9 100.9 6.5% 8.7% 20.7% 6.2% 8.6% -9.0% -4.0% 1.0% 6.0% 11.0% 16.0% 21.0% 8.0 18.0 28.0 38.0 48.0 58.0 68.0 78.0 88.0 98.0 4T10 3T11 4T11 2010 2011 DESPESAS GERAIS E ADMINISTRATIVAS (R$MM) G&A G&A/Vendas Contratadas 13.5 10.2 5.6 33.3 33.8 4.1% 3.4% 3.9% 2.8% 2.9% -4.0% -2.0% 0.0% 2.0% 4.0% 6.0% 0 5 10 15 20 25 30 4T10 3T11 4T11 2010 2011 DESPESAS COMERCIAIS (R$MM) Despesas Comerciais Desp. Comerciais/Vendas Contratadas 273.7 190.7 -90.0%0 100 4T10 3T11 4T11 2010 2011 Vendas diminuíram em 52,1% no 4T11 positivo de R$49,4 milhões no Lucro Líquido
  16. 16. Resultado a apropriar e margem por ano de lançamento 16 1,242.1 1,495.9 1,437.6 200.0 400.0 600.0 800.0 1,000.0 1,200.0 1,400.0 1,600.0 RECEITA A APROPRIAR(R$MM) 398.4 449.8 400.1 50.0 100.0 150.0 200.0 250.0 300.0 350.0 400.0 450.0 500.0 RESULTADO A APROPRIAR (R$MM) - 200.0 4T10 3T11 4T11 - 50.0 4T10 3T11 4T11 MARGEM REF ANO DE LANÇAMENTO TRADICIONAL BAIXA RENDA CONSOLIDA DO 2007 7,0% - 7,0% 2008 17,1% 23,2% 17,3% 2009 25,8% 25,6% 25,8% 2010 34,3% 27,5% 31,7% 2011 32,2% 29,8% 31,0% TOTAL DEZ 2011 27,8% 27,9% 27,8%
  17. 17. Aumento do endividamento em linha com aumento de obras 17 154.6 128,0 26.6 MOVIMENTAÇÃO DE CAIXA (R$MM) 363.2 559.1 617.5 397.9 412.2 411,0 DÍVIDA LÍQUIDA(R$MM) SFH Dívida Líquida ex SFH 761,1 971,2 1.028,5 Caixa em Set/11 Caixa Líquido usado no 4T11 Caixa em Dez/11 4T10 3T11 4T11 20.4% 37.6% 48.4% 13.5% 22.7% 28.7%67,1% 119,2% 154,0% 0 50 100 150 4T10 3T11 4T11 10.0% 20.0% 30.0% 40.0% 50.0% 60.0% DIVIDA LÍQUIDA/PL DÍVIDA LÍQUIDA EX- SFH/PL DÍVIDA LÍQUIDA EX- SFH/(PL+REF) DÍVIDA LÍQUIDA /PL
  18. 18. 396.6 173.5 37.8 9.5 0.2 205.4 205.4 396.8 173.5 243.2 214.9 CRONOGRAMA DE VENCIMENTOS DA DÍVIDA BRUTA (R$ MM) Debêntures SFH Endividamento com perfil de longo prazo e custo baixo 18 Dív. Bruta dez/2011 R$1.028,5 milhões Custo das Debêntures: DI+1,9% 37.8 2012 2013 2014 2015 em diante 1,037.7 221.1 73.2 2012 2013 2014 em diante CRONOGRAMA DE RECEBIMENTO DO CONTAS A RECEBER (R$ MM) Contas a Receber dez/2011 R$1.332 milhões
  19. 19. INFORMAÇÕES DE CONTATO Ian Monteiro de Andrade Diretor de Finanças e RIDiretor de Finanças e RI Mara Boaventura Dias Gerente de RI Caio Sampaio Rodrigues Analista de RI ri.ccdi@camargocorrea.com.br Tel: (11) 3841-4824/8809

×