Projeto de tcc

16.771 visualizações

Publicada em

Slides de orientação para elaboração do projeto de TCC na Fara 2011.1.

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Muito bom! Recomendo também um curso que fiz pra acelerar meu TCC que deixei pra última hora e não tinha a ajuda do meu orientandor pra elaborar, só fazia dizer pra corrigir isso e aquilo e não ajudava em nada. Vou deixar o link pra quem ficou desesperado como eu e tá sem tempo. ... http://www.cursosebooks.net/tcc-em-1-semana/tcc-sem-drama
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.771
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
226
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
205
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de tcc

  1. 1. PROJETO DE TCC Prof. Ms. Valdirene Alves de Oliveira
  2. 2. INTRODUÇÃO <ul><li>Apresentação e contextualização do problema que será investigado; </li></ul><ul><li>Revisão da literatura ou revisão bibliográfica; </li></ul><ul><li>Compromisso do seu projeto de pesquisa com o projeto coletivo de construção do conhecimento; </li></ul><ul><li>Precisão na definição; </li></ul><ul><li>Definição da abordagem teórica; </li></ul><ul><li>OBS. Retomar as questões apresentadas pelo autor na p’. 172/p.4 </li></ul>
  3. 3. JUSTIFICATIVA <ul><li>Demonstrar a relevância da pesquisa (científica, social) </li></ul><ul><li>Convencer quanto às razões pelas quais o projeto merece ser executado; </li></ul><ul><li>QUESTÕES </li></ul><ul><li>Qual o valor dessa investigação proposta? </li></ul><ul><li>Qual o valor de responder à pergunta que seu trabalho pretende responder? </li></ul><ul><li>O que sua investigação pretende acrescentar ao que já se sabe? </li></ul><ul><li>De que modo os resultados de sua pesquisa contribuirão para o campo de estudos escolhidos? </li></ul><ul><li>Qual será a utilidade desse resultado? </li></ul>
  4. 4. OBJETIVOS <ul><li>Precisão no detalhamento do objetivo; </li></ul><ul><li>Objetivo geral X objetivos específicos; </li></ul><ul><li>Orientam o caminho a ser percorrido </li></ul><ul><li>Questões </li></ul><ul><li>O que se pretende alcançar com essa pesquisa no que diz respeito ao conhecimento? </li></ul><ul><li>Que conhecimentos pretende-se produzir? </li></ul>
  5. 5. METODOLOGIA <ul><li>Caminho que se pretende percorrer para alcançar os objetivos; </li></ul><ul><li>Definição de recursos, </li></ul><ul><li>Definição do trabalho que se pretende fazer para alcançar os objetivos propostos; </li></ul><ul><li>Métodos X metodologia como “leitura e reflexão; </li></ul>
  6. 6. CRONOGRAMA http://www.fameg.edu.br/estagio/cronograma_atividades_projeto_pesquisa.pdf X Entrega do projeto X X Elaboração do projeto X Levantamento bibliográfico X Delimitação do tema X Escolha do assunto jun mai abr mar fev Tarefas/meses
  7. 7. CRONOGRAMA <ul><li>Planejamento do trabalho ao longo do tempo disponível; </li></ul><ul><li>Considerar o tempo real para execução do projeto; </li></ul><ul><li>Distribuição das tarefas de forma clara; </li></ul><ul><li>Um bom projeto é pensado e executado dentro do prazo; </li></ul>
  8. 8. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA/BIBLIOGRAFIA <ul><li>Listagem em ordem alfabética dos autores/obras que subsidiaram a elaboração do projeto (tanto os aspectos técnicos, quanto os conceituais); </li></ul><ul><li>Incluir livros já lidos e os que se pretende ler para a execução do projeto; </li></ul><ul><li>“ De um projeto que aborda determinada problemática e ignora as principais obras já escritas sobre ela, não se pode esperar muito”. (p.5) </li></ul>
  9. 9. CATAR FEIJÃO João Cabral de Melo Neto
  10. 10. CATAR FEIJÃO <ul><li>Catar feijão se limita com escrever:       joga-se os grãos na água do alguidar       e as palavras na da folha de papel;       e depois, joga-se fora o que boiar.       Certo, toda palavra boiará no papel,       água congelada, por chumbo seu verbo: pois para catar feijão, soprar nele,       e jogar fora o leve e oco, palha e eco </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Ora, nesse catar feijão, entra um risco:       o de entre os grãos pesados entre       um grão qualquer, pedra ou indigesto,       um grão imastigável, de quebrar dente. </li></ul><ul><li>      Certo não, quanto ao catar palavras:       a pedra dá à frase seu grão mais vivo:       obstrui a leitura fluviante, flutual,       açula a atenção, isca-a com o risco. </li></ul>
  12. 12. LINHAS DE PESQUISA TCC <ul><li>Alfabetização, </li></ul><ul><li>Concepções de infância, </li></ul><ul><li>A prática pedagógica na EJA, </li></ul><ul><li>As novas tecnologias e a educação, </li></ul><ul><li>A avaliação da aprendizagem nos anos iniciais do ensino aprendizagem, </li></ul><ul><li>Aspectos psicológicos da aprendizagem, </li></ul><ul><li>A aprendizagem e o desenvolvimento na perspectiva inclusiva. </li></ul><ul><li>As novas tecnologias (TICs) e os processos de aprendizagem. </li></ul>Compreende os estudos acerca das teorias, tendências pedagógicas e abordagens metodológicas que permeiam e fundamentam o processo de ensino aprendizagem na educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio) nas diferentes modalidades (EJA, em tempo integral, a distância). Os diversos elementos que compõem o processo de ensino-aprendizagem são afins com essa linha de pesquisa: relação professor-aluno, avaliação, entre outros. 1.Processo de ensino-aprendizagem na educação básica Alguns temas Descrição Linha de pesquisa
  13. 13. <ul><li>A escola em tempo integral, </li></ul><ul><li>A organização do trabalho pedagógico, </li></ul><ul><li>Projeto Político Pedagógico, </li></ul><ul><li>O planejamento educacional; </li></ul><ul><li>O papel do coordenador pedagógico </li></ul><ul><li>Gestão democrática e qualidade do ensino; </li></ul><ul><li>Mecanismos de implementação da gestão democrática; </li></ul><ul><li>A gestão educacional e a aprendizagem dos alunos. </li></ul>Esta linha de pesquisa compreende os trabalhos que tenham como pressuposto de investigação a organização pedagógica e a gestão educacional como elementos importantes no processo de ensino-aprendizagem. Na perspectiva de que a gestão e a organização pedagógica são atividades meio, objetiva aproximar as discussões no nível macro da educação, bem como nos desdobramentos que a organização pedagógica e a gestão estabelecem no cotidiano escolar em sua atividade fim: aprendizagem dos alunos. Nesse sentido, as diferentes concepções de gestão e as formas pelas quais a organização do trabalho pedagógico se configuram estabelecem uma relação direta/indireta o projeto de sociedade em curso. 2.Organização pedagógica e a gestão educacional
  14. 14. <ul><li>A educação como política pública; </li></ul><ul><li>Educação e sociedade </li></ul><ul><li>Políticas educacionais para a educação básica, </li></ul><ul><li>Sistema Nacional de Educação, </li></ul><ul><li>Plano Nacional de Educação, </li></ul><ul><li>As políticas públicas de inclusão, </li></ul><ul><li>Neoliberalismo e educação; </li></ul><ul><li>Mudanças no mundo do trabalho e educação; </li></ul><ul><li>Políticas educacionais de inclusão digital; </li></ul>Os estudos voltados para esta linha de pesquisa verticalizarão as discussões acerca do entendimento que o Estado (em sentido amplo) estabelece com as políticas educacionais e como essas são tecidas na sociedade. A educação é entendida como uma política pública constituída na/ constituinte da sociedade, portanto os estudos percorrerão um caminho de pesquisa que contemple a influência dos elementos macros na educação, bem como as formas de interlocução da educação nesse contexto ampliado. 3. Estado e políticas educacionais
  15. 15. <ul><li>Desafios da formação docente; </li></ul><ul><li>Formação inicial e continuada docente; </li></ul><ul><li>Pesquisa e prática docente; </li></ul><ul><li>Competências e habilidades do professor; </li></ul><ul><li>Saberes docentes e docência; </li></ul><ul><li>A construção da identidade docente; </li></ul><ul><li>Mudanças no mundo do trabalho e implicações para o trabalho docente; </li></ul><ul><li>Formação cultural do professor; </li></ul><ul><li>Aspectos legais da formação docente; </li></ul><ul><li>Aspectos legais de valorização docente; </li></ul>A investigação sobre a formação e a profissionalização docente objetivará compreender como, ao longo da história, a educação escolar, em todos os níveis, considerou e constituiu o docente e o seu papel na educação. As alterações no mundo do trabalho serão compreendidas no âmbito da sociedade e como essas alterações são engendradas no contexto educacional, em seus desdobramentos no trabalho docente. As instâncias de formação inicial docente serão consideradas como lócus importantes na formação e atuação docente legitimadas na sociedade, mas que compõem uma parte na constituição da identidade e dos saberes docentes. Nesse sentido, os demais elementos participantes dessa constituição também são objetos de estudo. <ul><li>Formação e profissionalização docente </li></ul>
  16. 16. PRÓXIMO ENCONTRO <ul><li>ECO, Umberto. A escolha do tema. In: ____. Como se faz uma tese em Ciências Humanas. São Paulo: Perspectiva, 1995. Disponível em: http://www.megaupload.com/?d=VY03UK67 </li></ul><ul><li>Capítulo 3 (p. 69 a 84) </li></ul><ul><li>FACULDADE ARAGUAIA. Normas para elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos e científicos. Goiânia, 2009. </li></ul>

×