Apresentação111

255 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
255
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação111

  1. 1. Centro de Competências de Ciências Sociais<br />Curso de 1.º Ciclo em Ciências da Educação<br />Unidade Curricular: Organização do Sistema Educativo<br />Ano lectivo -2010/2011 –3ºAno –1.º Semestre<br />Docente: João Brazão<br />Ensino Pós- obrigatório: Secundário <br />Grupo: <br /><ul><li>Ana Freitas
  2. 2. Maria Pestana</li></li></ul><li>Objectivo:<br /><ul><li>Assegurar um bom desenvolvimento cognitivo e metodológico que se adequa a inserção na vida activa;
  3. 3. Fornecer conhecimentos necessários para aquisição e aplicação de um saber baseado na reflexão crítica, na observação e na experimentação;
  4. 4. Favorece contactos e experiências com o mundo do trabalho facultando uma orientação e formação profissional aos jovens;
  5. 5. Desenvolver hábitos de trabalho que proporciona uma reflexão metódica e consequente adaptação às mudanças</li></li></ul><li>Organização:<br /><ul><li>Acesso restrito aos alunos que completarem o Ensino Básico.
  6. 6. O ingresso é geralmente feito com base na área de residência do aluno.
  7. 7. Escolas da rede pública são gratuitas.
  8. 8. Duração de 3 anos
  9. 9. Como componentes de formação ao nível técnico, tecnologico e profissionalizante e de língua cultura portuguesa.
  10. 10. Orientacção para vida activa.
  11. 11. Um professor responsável apenas por uma só disciplina.
  12. 12. O currículo nacional concretiza-se em planos de estudos elaborados com base nas matrizes curriculares, este como o próprio nome indica é definido a nível nacional.</li></li></ul><li>O Ensino Secundário visa proporcionar formação e aprendizagens diversificadas e compreende:<br /><ul><li>a)    Cursos científico-humanísticos, vocacionados para o prosseguimento de estudos de nível superior;
  13. 13. b)    Cursos tecnológicos, orientados na dupla perspectiva do mercado do trabalho e do prosseguimento de estudos de nível superior, especialmente através da frequência de cursos pós-secundários de especialização tecnológica e de cursos do ensino superior;
  14. 14. c)     Cursos artístico especializado,vocacionados, consoante a área artística, para o prosseguimento de estudos ou orientados na dupla perspectiva da inserção no mercado de trabalho e do prosseguimento de estudos;</li></li></ul><li>d)    Cursos profissionais, vocacionados para a qualificação inicial dos alunos, privilegiando a sua inserção no mundo do trabalho e permitindo o prosseguimento de estudos.<br />e) Cursos de Especialização Tecnológica – facultam formação de nível pós-secundário não superior, promovendo, desta forma, um percurso formativo -idades 18 e19 anos de idade.<br />Avaliação: <br />Os alunos têm que obter nota minima de 10 valores (de uma escala de 0-20) para dar por concluido o nível secundário.<br />Têm que obter aprovação nos exames nacionais.<br />Dado por concluído o nível secundário é atribuído um diploma.<br />
  15. 15. Perguntas:<br /><ul><li>Com base na legislação qual é o objectivo príncipal do ensino secundário?</li></ul> Segundo a Lei n.º 85/2009, de 27 de Agosto, que estabelece o regime de escolaridade obrigatória para as crianças e jovens em idade escolar, considerando que se encontram em idade escolar as crianças e os jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos [n.º 1 do art.º 2º].<br />
  16. 16. <ul><li>O ensino secundário, actualmente, é um ensino obrigatório?</li></ul>Constituem objetivos genéricos do ensino secundário:<br />1.Assegurar o desenvolvimento do raciocínio, da reflexão e da curiosidade científica e o aprofundamento dos elementos fundamentais de uma cultura humanística, artística, científica e técnica;<br />2.Facultar conhecimentos necessários à compreensão das manifestações estéticas e culturais e possibilitar o aperfeiçoamento da expressão artística;<br />3.Fomentar a aquisição e a aplicação de um saber cada vez mais aprofundado;<br />4.Formar jovens interessados na resolução dos problemas do País e sensibilizados para os problemas da comunidade internacional;<br />5.Facultar contactos e experiências com o mundo do trabalho;<br />6.Favorecer a orientação e formação profissional;<br />7.Criar hábitos de trabalho individual e em grupo. [art. 9º]<br />
  17. 17. Fontes:<br /><ul><li> Lei de Bases do Sistema Educativo – Versão nova consolidade -30/08/2005
  18. 18. Ficha Síntese Nacionais Sobre Os Sistemas Educativos Na Europa E Reformas Em Curso</li></ul>Link:<br /><ul><li>http://dre.pt/pdf1sdip/1986/10/23700/30673081.pdf
  19. 19. www. Eurydice.org</li></ul> <br />

×