P02 arte – teatro

803 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

P02 arte – teatro

  1. 1. CADERNO DE PROVAS ARTE – TEATRO EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE 25 de maio de 2014 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica transparente com tinta nas cores azul ou preta. Escreva o seu nome completo e o número do seu documento de identificação no espaço indicado nessa capa. A prova terá duração máxima de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo para responder a todas as questões do Caderno de Provas e para preencher a Folhas de Respostas. O Caderno de Provas somente poderá ser levado depois de transcorridas 2 (duas) horas do início da aplicação da prova. Confira, com máxima atenção, o Caderno de Provas, observando se o número de questões contidas está correto e se há defeito(s) de encadernação e/ou de impressão que dificultem a leitura.  Confira, com máxima atenção, a Folha de Resposta, observando se seus dados (o nome do candidato, seu número de inscrição, a opção Matéria/Disciplina e o número do seu documento de identificação) estão corretos. Em havendo falhas no Caderno de Provas e/ou na Folha de Respostas, comunique imediatamente ao fiscal de sala.  A quantidade de questões e respectivas pontuações desta prova estão apresentadas a seguir: PROVA ESCRITA NÚMERO DE QUESTÕES TOTAL DE PONTOS PROVA OBJETIVA 50 100 Para cada questão de múltipla escolha, há apenas 1 (uma) opção de resposta correta.  A Folha de Resposta não poderá ser dobrada, amassada ou danificada. Em hipótese alguma, a Folha de Resposta será substituída.  Assine a Folha de Resposta nos espaços apropriados. Preencha a Folha de Resposta somente quando não mais pretender fazer modificações.  Não ultrapasse o limite dos círculos na Folha de Respostas das questões de múltipla escolha. Ao retirar-se definitivamente da sala, entregue a Folha de Respostas ao fiscal. O Caderno de Provas somente poderá ser conduzido definitivamente da sala de provas depois de decorridas duas horas do início das provas. NOME COMPLETO: DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO: P02
  2. 2. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 2 QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA AS RESPOSTAS DESTAS QUESTÕES DEVERÃO SER ASSINALADAS NA FOLHA DE RESPOSTAS DAS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 1. Cognição é o processo de conhecimento que envolve atenção, percepção, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem. A escola que atua numa abordagem cognitivista de ensino- aprendizagem dever ter como função A) promover um ambiente desafiador favorável à motivação intrínseca do aluno. B) criar condições para o desenvolvimento da autonomia do aluno. C) oferecer condições para que o aluno possa aprender por si próprio. D) reconhecer a prioridade psicológica da inteligência sobre a aprendizagem. 2. Na abordagem cognitivista do processo de ensino e aprendizagem, o conhecimento é concebido como uma construção contínua e essencialmente ativa em constante evolução. Nessa abordagem, a aquisição do conhecimento se dá por duas fases. Assinale a opção que contém as duas fases de aquisição do conhecimento na abordagem cognitivista e suas respectivas características. A) exógena - fase da constatação, da cópia, da repetição; e endógena - fase da compreensão das relações, das combinações. B) concreta - fase que dura dos 7 aos 11 anos de idade em média; e abstrata – fase que considera leis gerais e se preocupa com o hipoteticamente possível e também com a realidade. C) formal - fase do pensamento egocêntrico, intuitivo, mágico; e operacional – fase da capacidade de usar símbolos. D) acomodação - fase das deduções lógicas com o apoio de objetos concretos; e centralização – fase da incapacidade para se centrar em mais de um aspecto da situação. 3. De acordo com a LDB (Lei nº 9.394/1996), a Educação Profissional Técnica de Nível Médio será desenvolvida nas formas: A) profissionalizante e formação inicial e continuada-FIC, em cursos destinados a trabalhadores que estejam cursando o ensino médio. B) concomitante e interdisciplinar, em cursos destinados a pessoas que tenham concluído o ensino fundamental. C) pluricurricular, na modalidade presencial; e subsequente, oferecida somente a quem já tenha concluído o ensino fundamental. D) articulada com o ensino médio; e subsequente, em cursos destinados a quem já tenha concluído o ensino médio.
  3. 3. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 3 4. A Lei 9.394/1996 estabelece que a educação profissional e tecnológica, no cumprimento dos objetivos da educação nacional, A) integra-se aos diferentes níveis e modalidades de educação e às dimensões do trabalho, da ciência e da tecnologia. B) organiza-se em centros interescolares de acordo com a demanda exigida do mercado de trabalho em diferentes modalidades de ensino. C) proporciona ao educando uma habilitação profissional através de aplicação de testes vocacionais com base nas experiências adquiridas. D) visa o preparo do indivíduo e da sociedade inspirada nos princípios de liberdade com prioridade na formação propedêutica. 5. Em relação às características do PROEJA, analise as assertivas a seguir e assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso. ( ) Programa que integra a Educação Básica à Educação Profissional e destina-se à formação inicial e continuada de trabalhadores que tiveram seus estudos interrompidos na fase própria de escolaridade, conforme determina a legislação educacional brasileira. ( ) Programa que, observando as diretrizes curriculares nacionais e demais atos normativos, articula o ensino médio e a educação de jovens e adultos, cujo objetivo é atender à formação de trabalhadores necessária ao desenvolvimento científico e tecnológico do País. ( ) Programa que implica investigar, entre outros aspectos, as reais necessidades de aprendizagem dos alunos, a forma como produziram seus conhecimentos, suas lógicas, estratégias de resolver situações e enfrentar desafios. ( ) Programa que promove a superação do analfabetismo entre jovens com quinze anos ou mais, adultos e idosos, que visam a universalização do ensino fundamental e a superação das desigualdades sociais no Brasil. A opção que indica a sequência correta é A) F, V, F, V. B) V, F, V, F. C) V, F, F, V. D) F, F, V, V.
  4. 4. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 4 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 6. A formação do professor de arte deve basear-se nos seguintes princípios: A) nos conceitos pré-estabelecidos da arte; na satisfação e no prazer pessoal; e na arte como meio de sobrevivência. B) noalto nível intelectual e social do educador; na visão setorizada do que seja arte; e nos dons pessoais. C) na concepção de arte como forma de construção do conhecimento; no domínio do conteúdo; e no conhecimento em educação. D) nos conhecimentos da LDB, na arte que favoreça o professor e nos PCN como referencia de graduações no Brasil. 7. De acordo com Artigo 26, parágrafo segundo, da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, o ensino da arte deve ser tratado de forma a A) garantir o acesso dos alunos às políticas culturais. B) formar atores, atrizes e artistas. C) identificar a arte como recurso de socialização dos alunos. D) promover o desenvolvimento cultural dos alunos. 8. Os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM)definem que os conhecimentos da arte tem como objetivo: A) estabelecer conceitos teóricos e práticos acerca da arte e facilitar sua compreensão. B) construir conceitos e estabelecer paradigmas da arte como produto de consumo. C) permitir que a linguagem artística possa atingir as mais diversas classes sociais e faixas etárias. D) explicitar diretrizes gerais que possibilitem promover conhecimentos de arte aos adolescentes, jovens e adultos. 9. Na perspectiva contemporânea da arte na educação escolar, o professor deve A) ser um profissional com aptidão e conhecimentos prévios, capaz de implantar seu conhecimento e soberania. B) satisfazer todas as expectativas do aluno e que seja capaz de suprir as deficiências do ensino. C) repassar informações e dirimir dúvidas acerca da produção artística contemporânea. D) posicionar-se com clareza sobre as dimensões estéticas e artísticas que devem conectar-se com a educação escolar. 10. Na perspectiva multicultural, o principal sentido da obra de arte é A) não interferir na realidade, por ser a arte soberana e responder por si própria. B) ser capaz de intervir no processo histórico da sociedade e da própria arte, explicitando a dialética de sua relação com o mundo. C) traçar um paralelo entre as diversas tendências artísticas em períodos históricos distintos com a intenção de difundi-las socialmente. D) fazer uso das cores, da poesia, musica e dança, de maneira coerente.
  5. 5. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 5 11. A concepção que pode auxiliar numa proposta de ensino e aprendizagem artísticos e estéticos aponta para A) ver, ler e viajar. B) fazer, representar e exprimir. C) momento de reflexão sobre o sentido da arte. D) compor um bom plano de trabalho. 12. A ideia de arte não é única para todas as culturas, possuindo cada uma delas uma maneira de concebê- la. Nessa perspectiva, considere que uma máscara foi produzida por uma tribo africana da Nigéria para o uso em cultos, magias e encantamentos. Na visão da referida tribo, essa máscara A) deverá ser preservada em um museu de arte. B) tem valor artístico e financeiro. C) é um objeto construído para fins escolares. D) não é considerada arte. 13. São movimentos que se destacaram depois da década de 1950: A) Modernismo e Expressionismo. B) Abstracionismo e Concretismo. C) Naturalismo e Geometrismo. D) Romantismo e o Realismo. 14. São artistas contemporâneos brasileiros: A) Fernando Arrabal, Martins Pena e Chiquinha Gonzaga. B) Salvador Dali, Di Cavalcanti e Marc Chagal. C) Artur de Azevedo, Gaudí e Manuel de Brito. D) Carlos Scliar, Tomie Ohtake e Lygia Clark. 15. Ao ser concebida em seu contexto social e cotidiano, a arte A) já diz tudo por si, sem a necessidade da interferência de terceiros. B) constrói um mundo fecundo em ambiguidades com elementos extraídos do mundo sensível. C) requer conceitos e definições pedagógicas para se constituir enquanto representação. D) pressupõe um acúmulode saberes e conhecimentos prévios. 16. A arte na sociedade contemporânea implica um processo cognitivo, quando A) construímos um percurso individualizado do conhecimento sem permitir interferências diversas. B) analisamos, comparamos e mobilizamos transformações em nossos saberes. C) buscamos a qualidade do material usado. D) descobrimos nosso talento sem a interferência de terceiros.
  6. 6. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 6 17. Uma melhor compreensão da arte contemporânea ocorre quando A) viabilizamos o acesso à arte por meio do fator econômico. B) compreendemos concomitantemente os estudos das artes e analisamos suas linhas artísticas e estéticas. C) esquecemos todas as referencias prévias que nos causam bloqueios à interpretação de suas obras artísticas. D) entramos em contato com exposições e obras artísticas. 18. Considerando que a arte está ligada à maneira de produção criativa de uma sociedade, as primeiras manifestações surgidas à partir da descoberta da tecnologia são A) o vídeo e a música. B) a televisão e o rádio. C) o cinema e a fotografia. D) o computador e a mídia eletrônica. 19. Os primeiros indícios do uso da tecnologia na arte foram registrados A) na Segunda Grande Guerra Mundial, com o surgimento do computador. B) na segunda metade do século XVIII, com a Revolução Industrial. C) com o surgimento do primeiro celular, pela Ericsson, em 1956. D) com a entrada do século XXI da era cristã. 20. O professor de arte, em sua ação docente, deve A) integrar a prática-teoria artística e estética conectada a uma concepção de arte que articule o saber arte e o saber ser professor de arte. B) priorizar a teoria e a prática da produção e apreciação artística conectadas às escolas clássicas da história geral da arte. C) privilegiar as produções artísticas expostas em museus, teatros e galerias. D) definir os temas das aulas com base nos conteúdos e saberes artísticos predominantes. 21. A concepção do artístico está relacionado à A) capacidade de imaginação, que é inerente a todo ser humano. B) satisfação pessoal e coletiva de uma sociedade dita civilizada. C) criação da obra de arte desde a elaboração, formalização e contato com o público. D) faixa etária, condição social, política e econômica. 22. O fazer artístico e a capacidade de criação constituem-se como A) construção e elaboração de conceitos teóricos em arte. B) vontade de participar da sociedade a qual pertence. C) mobilização de ações que resultam em construção de formas novas, a partir da natureza e da cultura. D) treino e aplicação de técnicas na confecção de objetos artísticos, a partir da racionalidade e da objetividade.
  7. 7. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 7 23. As representações performáticas contidas nas artes cênicas são A) a fotografia, o vídeo e o cinema. B) a pintura, a escultura e o desenho. C) o teatro, o circo, a ópera e a dança. D) a instalação plástica, a dramaturgia, vídeo e adereços. 24. As artes cênicas diferenciam-se das demais, porque A) transforma todos os presentes, artistas e público, em uma só relação social e humana. B) fica registrada a presença cênica do artista, dando condições para que ele possa depois observar suas conquistas adquiridas através do corpo e da voz. C) tem caráter efêmero, num espaço e tempo, uma vez que o artista usa corpo, voz, gesto, atitude, emoção e motivação. D) se caracteriza como obra popular, acessível a todos e por conscientizar a sociedade, carente de arte, cultura e educação. 25. O circo como expressão artística das artes cênicas, apresenta características próprias. Marque a opção que elenca as particularidades do circo. A) surgiu na Grécia, no século V a.C. e criou a ideia do primeiro ator, chamado Téspis. B) é formado por família; são artistas saltimbancos e mambembes; praticam o contorcionismo, malabarismo e outras modalidades artísticas. C) originou-se de três festividades, a do deus Dionísio, a do mistério de Delos e ada louvação às divindades quintonianas Elêusis, Deméter e Prosepina. D) Tem sua origem religiosa e campestre nos Mistérios Gregos. 26. A dança é considerada pelos estudiosos como sendo a primeira linguagem corporal do ser humano, porque A) usa os gestos e expressões fisionômicas, aliados ao ritmo, criando um código de sinais. B) está ligada a rituais primitivos tais como os ditirambos e a melopeia. C) é considerada, dentro da formação construtivista, atividade precípua no desenvolvimento aluno. D) é utilizada com fins terapêutico desde a educação infantil. 27. Considerando sua origem na Grécia, o teatro surgiu de A) procissões ao deus Dionísio, em que se podia constar a dança, o canto e a atuação. B) diversas manifestações populares posteriormente coligadas. C) textos de Ésquilo, Sófocles e Eurípedes. D) mistérios e milagres religiosos. 28. No segundo terço do século XVI, com a decadência da Comédia Erudita, surgiu a Commedia Dell’arte, marcada A) pela riqueza no texto, pelo surgimento do dramaturgo Moliére e requinte no cenário. B) pelo destaque para os textos Mandrágora, Antígona, Lisístrata. C) pelo surgimento dos autores William Shakespeare, Thomas Hughes, Francis Bacon. D) pela improvisação, pelo uso de máscaras e do gesto.
  8. 8. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 8 29. Após o período inaugural da encenação, incluindo a dramaturgia, a atuação, o cenário, a direção, a sonoplastia e a iluminação, surgia um modo alternativo de produção teatral, menos centrado na figura do diretor. Esse modo de produção teatral, que teve raízes na criação coletiva, ficou mais conhecido como A) Happening. B) Teatro Brasileiro Moderno. C) Processo Colaborativo. D) Obra Aberta. 30. O teatro naturalista, no século XIX, tem sua marca registrada por sua natureza mais imediata e concreta, influindo na elaboração cênica. Marque a opção que indica o autor que instalou o naturalismo nos palcos modernos. A) Erwin Piscator, no Totaltheatre, na Alemanha. B) JerzyGrotowski, no Teatro das 13 filas, na Polônia. C) Jaques Copeau, no VieuxColombieur, na França. D) André Antoine, no Theatre Libre, da França. 31. Em um trabalho de criação, o jogo dramático é aceito pelo ator, entre outros aspectos, porque A) incentiva o gosto pela dramaturgia clássica e os elementos próprios do texto. B) apresenta ao ator sua relação hierárquica com o diretor e o público. C) expõe o ator à capacidade de improvisação e à sua experiência criativa. D) define o jogo como um elemento acessório ao teatro e à vida do participante. 32. Os jogos teatrais são situações sociais baseadas em problemas a serem solucionados. Os problemas, objetos do jogo, incluem em sua estrutura dramática os seguintes elementos: A) “O QUE”, que representa as consequências; “QUEM”, que representa a plateia; e “ONDE”, que representa opalco. B) “O QUE”, que representa o conflito; “QUEM”, que representa os antecedentes; e “ONDE”, que representa o final. C) “O QUE”, que representa o jogo; “QUEM”, que representa o diretor; e “ONDE”, que representa o teatro. D) “O QUE”, que representa o objetivo; “QUEM”, que representa o personagem; e “ONDE”, que representa o espaço da ação. 33. Na perspectiva contemporânea do ensino e aprendizagem da arte (música, teatro, artes plásticas e dança), o aluno deve A) vivenciar o processo artístico, acionado e evoluído em seus modos de fazer técnico de representação imaginativa e de expressividade. B) apreender conhecimentos teóricos e práticos do professor, de modo a instrumentalizar-se com o domínio das técnicas diversas da aprendizagem da arte. C) desenvolver a capacidade de apreciação e aptidão pelo gosto à arte. D) priorizar a disciplina de arte como essencial para a evolução escolar.
  9. 9. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 9 34. Por considerarmos o campo subjetivo no ensino de arte, os conceitos e critérios de avaliação do estudante de teatro devem estruturar-se A) a partir da prova elaborada por especialistas na linguagem teatral. B) por meio de exercícios práticos e teóricos, em sintonia constante com o desenvolvimento das capacidades, habilidades artísticas e estéticas que estão sendo trabalhadas. C) com base na montagem de textos já construídos por autores consagrados. D) de modo subjetivo por tratar-se de uma atividade artística, tendo em vista não ser possível avaliar o aluno em virtude da ausência de critérios que satisfaçam a arte, na acepção da palavra e no seu conteúdo. 35. Define-se como encenação A) a manipulação de um conjunto de materiais e fatores pelos quais uma peça escrita se transforma em espetáculo. B) o encontro performativo do público com o intérprete. C) o fenômeno psíquico primitivo e elementar da vida consciente provocado pela ação de um estímulo atual sobre um dos órgãos dos sentidos. D) a sucessão de imagens que tem como principais elementos, a harmonia, a melodia e o ritmo. 36. O cenário para um espetáculo cênico representa um A) elemento decorativo, com função de embelezar, deslumbrar e encantar o espectador. B) elemento à parte que deve contar a história, sem se preocupar com a harmonia do texto. C) trabalho plástico de um cenógrafo, que pode ser um arquiteto, um decorador, pintor ou costureiro. D) elemento decisivo a serviço do espetáculo que deve articular-se com o sentido geral da peça, sem sufocá-lo nem se transformar num foco de atenção à parte. 37. A tragédia grega é definida como um ato político à medida que A) debate, de modo democrático e participativo, as questões políticas do seu tempo. B) é utilizada como forma de contestação pública do poder vigente. C) serve como instrumento de manipulação do público a partir dos interesses dominantes. D) explicita, em sua estrutura, questões centrais da existência humana e da vida da polis. 38. Historicamente, a ópera pode ser definida como um gênero artístico A) surgido na Grécia Antiga, distinguindo-se do teatro por privilegiar a composição musical e a melopeia. B) de origem renascentista, concebida com o objetivo de remeter-se espetáculo grego, composto pelo teatro, canto, dança, música e poesia. C) de origem romântica, sintetizando o canto lírico, a música sinfônica e o balé clássico. D) criado por Richard Wagner, a partir de seu conceito de “obra de arte total”. 39. A bailarina e coreógrafa alemã Pina Bausch revoluciona as possibilidade de relação cênico-dramáticas com a dança por meio do um sistema de criação denominado A) Mímica Corporal Dramática. B) Biodança. C) Dança-Teatro. D) Viewpoints.
  10. 10. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 10 40. A linguagem da encenação teatral, estabelecida no início do século XX, caracteriza-se por A) disciplinar a relação do ator com o texto teatral, abolindo recursos como o ponto, os cacos e a improvisação. B) eliminar as fronteiras que até então separavam a realidade entre palco e plateia, produzindo um teatro interativo. C) garantir a autonomia da cena como fenômeno artístico, em detrimento da hegemonia do texto teatral ou do carisma do ator. D) retomar as relações do teatro com suas raízes ancestrais, produzindo uma poética ritualística. 41. No século XX, estreitam-se as relações estéticas entre cenografia teatral e artes plásticas, renovando a linguagem cênica. São considerados artistas referenciais dessa renovação cenográfica: A) Harold Pinter, Tom Stoppard e Noel Coward. B) Gerald Thomas, Anne Boggard e Bob Wilson. C) Tadeuz Kantor, Jerzy Grotowsky e Max Reinhardt. D) Adolph Appia, Gordon Craig e Josef Svoboda. 42. A encenação realista firma-se no fim do século XIX, tendo por precursores A) Os Meiningers e Constantin Stanislavski. B) André Antoine e Antonin Artaud. C) Erwin Piscator e Vseolod Meyerhold. D) Henrik Ibsen e Anton Checov. 43. A década de sessenta do século XX detona uma série de procedimentos performáticos, que diluem as fronteiras entre linguagens artísticas e entre a vida e a arte, sinalizando caminhos para a arte contemporânea. São consideradas experiências performativas referenciais desse período A) o surrealismo, de Andre Breton, e o Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud. B) o teatro sensorial, do Fuerza Bruta, e a Pop Art, de Andy Warhol. C) o teatro, do Living Theatre, e os happenings, de Allan Kaprow. D) o teatro épico, de Bertold Brecht, e a música serial, de Igor Stravinski.
  11. 11. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 11 44. A Lei Nº 12.287, de 13 de julho de 2010 altera a redação do § 2º do Art. 26 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96), ao incluir o termo “especialmente em suas expressões regionais” ao seguinte texto: “O ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular obrigatório nos diversos níveis da educação básica, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos”. Sobre esse tema, é correto afirmar que A) tal inclusão fortalece um dos objetivos estabelecidos pelos PCN, ao indicar que os estudantes devem ser capazes de conhecer e valorizar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro e os aspectos socioculturais de outros povos e nações, posicionando-se contra qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais. B) a alteração na lei determina que os estudantes devem conhecer apenas as características fundamentais do Brasil nas dimensões sociais, materiais e culturais, como meio para construir progressivamente a noção de identidade nacional. C) uma leitura possível dessa nova lei seria a de que uma obra como “Caipira picando fumo”, do artista plástico Almeida Júnior, de 1893, não seria indicada para um público de alunos predominantemente de cultura urbano-industrial, visto que o contexto histórico e cultural do quadro expressa uma sociedade tradicional e rural. D) na linguagem teatral, a lei traz a compreensão de que os professores devem promover a discussão de características expressivas e da intencionalidade de autores e atores somente da região do país onde vivem, enfatizando o teatro como produto cultural para apreciação estética de seus aspectos regionais, o que nos leva a declinar do estudo das manifestações do teatro nas diferentes culturas e épocas. 45. Tendo em vista a produção teatral potiguar, são considerados meios de realização produtiva A) a política de editais, as iniciativas comuns entre coletivos teatrais eas parcerias com instituições culturais do país. B) a profissionalização por meio da relação direta de bilheteria. C) a subvenção direta do governo a importantes companhias teatrais locais. D) o suporte do empresariado local investindo na comercialização, divulgação e circulação do teatro potiguar. 46. São exemplos de grupos teatrais com produção e continuidade consolidadas na cena potiguar: A) Piolin e Alfenin. B) Clowns de Shakespeare e Atores à Deriva. C) Bagaceira e Teatro Máquina. D) Coletivo Angu e Cia. do Latão. 47. Dentre as sistematizações do teatro improvisacional, destacam-se A) os Jogos Teatrais, de Viola Spolin, e os Viewpoints, de Mary Overlie. B) o treinamento psicofísico, de Jerzy Grotowsky, e a Antropologia Teatral, de Eugênio Barba. C) o V-Effekt, de Bertold Brecht, e a Biomecânia, de Vseolod Meyerhold. D) os Jogos para Atores e Não-Atores, de Augusto Boal, e o Teatro da Morte, de Tadeuz Kantor. 48. Considerando os distintos usos dos jogos teatrais no ensino do teatro, é correto afirmar que, dentre outros, seus propósitos são: A) improvisacionais e psicodramáticos. B) terapêuticos, sensoriais e relacionais. C) dramáticos e conscientizadores. D) recreativos, instrumentais e estéticos.
  12. 12. CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2014-REITORIA/IFRN FUNCERN P02 – ARTE-TEATRO 12 49. No modelo da análise textual proposto por Stanislavski, destacam-se os seguintes elementos: A) linha contínua de ação, super objetivo e o subtexto. B) unidades de tempo, espaço e lugar. C) o Gestus Social, a pré-expressividade e a via negativa. D) o “se mágico”, as ações físicas e a memória emotiva. 50. Dentro da Teoria Estética alemã do período romântico, que buscou recuperar o sentido platônico do Belo, é correto afirmar que A) somente por meio da beleza é possível penetrar no conhecimento, e, desse modo, influir na evolução espiritual do ser humano. B) o Belo é um recurso acessório que somente se completa quando articulado com ideologias consistentes. C) a beleza estética, para não ser vazia, deve ser utilizada como instrumento de transformações sociais. D) beleza e conhecimento são territórios que devem caminhar separadamente, uma vez que os fatores estéticos podem produzir turvações de entendimento.

×