WebquestComo aplicar uma WebQuest em sala de aula?           Adelina Moura
• Concebida e implantada por professores para  ser resolvida por alunos;• A informação é proveniente de recursos  disponív...
Potencialidades da webquest• A WebQuest promove a motivação do aluno, o  pensamento crítico, a aprendizagem cooperativa e ...
Caracterização• Uma WebQuest bem concebida deve respeitar os quatro  componentes do modelo proposto por Keller e  menciona...
Componentes•   Introdução•   Tarefa•   Processo•   Recursos•   Avaliação•    Conclusão
Estrutura• Introdução – cria o ambiente e contextualiza a temática.  Deve fornecer informação de modo a contextualizar o  ...
Tarefa – deve ser executável e interessante e ao mesmo tempo envolvente. A tarefamostra o que os alunos vão ter de apresen...
Componentes• O processo – deve apresentar claramente as etapas  a seguir, as fontes a consultar e as ferramentas para  org...
Componentes• A conclusão – resume o que os alunos  alcançaram ou aprenderam e deve também  colocar algumas questões retóri...
Webquest
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Webquest

2.080 visualizações

Publicada em

Como aplicar uma Webquest na sala de aula?

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.080
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
966
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Webquest

  1. 1. WebquestComo aplicar uma WebQuest em sala de aula? Adelina Moura
  2. 2. • Concebida e implantada por professores para ser resolvida por alunos;• A informação é proveniente de recursos disponíveis online, CDRom, Enciclopédia, etc.;• Estratégia que permite o desenvolvimento de competências;• Utilização de utilitários informáticos.
  3. 3. Potencialidades da webquest• A WebQuest promove a motivação do aluno, o pensamento crítico, a aprendizagem cooperativa e o desempenho de diferentes papéis centrando-se em fontes e em tarefas autênticas.• As tarefas devem ser autênticas e desafiantes, facilitadoras de aprendizagem individual e em grupo. Em cada área disciplinar e transdisciplinar, identificar temas e conteúdos que tenham vantagem em ser abordados através de uma WebQuest, tendo sempre presente não só os produtos finais mas também as reacções dos alunos.
  4. 4. Caracterização• Uma WebQuest bem concebida deve respeitar os quatro componentes do modelo proposto por Keller e mencionados por Marcl (2003):• 1) A actividade capta a atenção dos alunos?• 2) É relevante para os seus interesses e motivações?• 3) Os alunos sentem confiança no apoio disponibilizado?• 4) Sentem satisfação perante a missão cumprida com sucesso.
  5. 5. Componentes• Introdução• Tarefa• Processo• Recursos• Avaliação• Conclusão
  6. 6. Estrutura• Introdução – cria o ambiente e contextualiza a temática. Deve fornecer informação de modo a contextualizar o desafio;• Deve ser motivadora e desafiante para os alunos.• Essa motivação deve ser temática e cognitiva .
  7. 7. Tarefa – deve ser executável e interessante e ao mesmo tempo envolvente. A tarefamostra o que os alunos vão ter de apresentar como produto ou desempenho final. As etapas para o conseguir são apresentadas no processo. A tarefa deve solicitar a análise, síntese, avaliação, julgamento, resolução de problemas ou criatividade, em vez de reprodução de factos. A formulação da tarefa é a essência da WebQuest. Deve ser interessante e exequível, Pode incluir actividades de diversos tipos Dodge apresenta doze tipo de tarefas, ( Taskonomy, 2002 ). ► R edigir o que se leu (contar) ► Compilação de dados ► Mistério (papel de detective) ► Jornalismo (papel de repórter) ► Criar um produto ou planear uma acção ► Produtos criativos (criar um poema, canção, uma pintura) ► Criar consenso ► Persuasão (ponto de vista a apresentar, por exemplo, na câmara; escrever uma carta, um editorial; criar um vídeo publicitário) ► Conhece-te! (reflexão sobre quem se é; questões éticas e morais; como melhorar determinadas facetas, etc) ► Tarefas analíticas (identificar semelhanças e diferenças) ► Julgar/avaliar (o aluno dispõe de vários itens e tem que os ordenar ou classificar ou, ainda, escolher entre opções) ► Tarefas científicas (definir hipóteses, testar hipóteses; descrever os resultados e interpretá-los.
  8. 8. Componentes• O processo – deve apresentar claramente as etapas a seguir, as fontes a consultar e as ferramentas para organizar a informação.• A avaliação – deve especificar os critérios para o desempenho e para o conteúdo (produto final). É igualmente importante especificar se há uma avaliação para o grupo e outra individual.
  9. 9. Componentes• A conclusão – resume o que os alunos alcançaram ou aprenderam e deve também colocar algumas questões retóricas ou encorajar os alunos para outros temas, disponibilizando apontadores para outros sites.

×