Armazenagem
<ul><li>O principal objectivo de uma empresa é, sem dúvida, maximizar o lucro sobre o capital investido em:  fábrica, equi...
<ul><li>O objectivo, portanto, da gestão de stocks é optimizar o investimento em stocks, aumentando o uso eficiente dos me...
<ul><li>Transporte marítimo dominava grande parte do comércio mundial; </li></ul><ul><li>Importância da análise de Localiz...
<ul><li>Sempre que proporcione vantagens de serviço ou de custo; </li></ul><ul><li>Somente quando aumentam o impacto de ve...
 
<ul><ul><li>O armazenamento pode ser referido como transporte de materiais a zero quilómetros por hora.   </li></ul></ul><...
<ul><ul><li>redução dos custos de transporte/produção; </li></ul></ul><ul><ul><li>coordenação e gestão de pedidos e de aba...
Um armazém tem três funções fundamentais: <ul><ul><ul><ul><ul><li>Manuseamento dos materiais </li></ul></ul></ul></ul></ul...
Um armazém tem três funções fundamentais: <ul><li>Transferência de Informação </li></ul>Esta função funciona em simultâneo...
Existem ainda quatro funções principais para os sistemas de armazenamento: <ul><li>holding; </li></ul><ul><li>consolidatio...
Holding Consolidation <ul><li>Apoio à produção; </li></ul><ul><li>Protecção do inventário; </li></ul><ul><li>Conservação o...
Break-Bulk
Product Mixing
Alternativas de Armazenamento: <ul><li>Armazenamento Próprio; </li></ul><ul><li>Armazenamento Público; </li></ul><ul><li>A...
Armazenamento Próprio <ul><ul><li>O espaço de armazenamento é propriedade da empresa. </li></ul></ul><ul><ul><li>O espaço ...
Armazenamento Público <ul><ul><li>O armazém é propriedade de uma entidade externa à empresa. </li></ul></ul><ul><ul><li>A ...
Armazenamento Público Desvantagens: <ul><li>falhas na comunicação;  </li></ul><ul><li>falta de serviços especializados; </...
Armazenamento Alugado (Leasing) Boa alternativa ao aluguer por um pequeno período de tempo, de um armazém público ou ao in...
Armazenamento em Trânsito Vantagens: <ul><li>Competitivo para carregamentos a longas distâncias; </li></ul><ul><li>Elimina...
Os armazéns podem também ter inúmeras formas. Algumas serão apresentadas de seguida. Rack Convencional: É a solução mais s...
Drive-in: Solução formada por blocos contínuos de armazenamento, que permite uma utilização máxima do volume disponível. E...
Flow Track: Sistema deslizante por gravidade que permite o máximo aproveitamento de espaço e uma maior rapidez de carga e ...
Push Back Rack: Sistema de acumulação dinâmica que não necessita que o empilhador entre dentro dos corredores. Este sistem...
Power Rack: A estrutura de armazenamento assenta sobre bases móveis motorizadas electricamente, que se movimentam sobre tr...
Armazéns Automáticos: Estrutura de armazenamento com alturas elevadas e armazenadores robotizados. A capacidade de armazen...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Armazenagem3º trabalho

2.834 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.834
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Armazenagem3º trabalho

  1. 1. Armazenagem
  2. 2. <ul><li>O principal objectivo de uma empresa é, sem dúvida, maximizar o lucro sobre o capital investido em: fábrica, equipamentos, financiamentos, reserva de caixa e stocks. </li></ul><ul><li>Podemos então esperar que o dinheiro que está investido em stocks seja a “mola” necessária para a produção e bom atendimento das vendas </li></ul>
  3. 3. <ul><li>O objectivo, portanto, da gestão de stocks é optimizar o investimento em stocks, aumentando o uso eficiente dos meios da empresa, minimizando as necessidades de capital investido. </li></ul><ul><li>Uma das principais dificuldades dentro da gestão de stocks está em conciliar da melhor maneira possível os diferentes objectivos de cada departamento da empresa para os stocks, sem prejudicar a operacionalidade da empresa. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Transporte marítimo dominava grande parte do comércio mundial; </li></ul><ul><li>Importância da análise de Localização é reconhecida em meados do século XIX por Joachim von Thünen. Para ele, o desenvolvimento económico era determinado pelo preço da terra e o custo de transporte entre produção e mercado. </li></ul><ul><li>Alfred Weber transportou a teoria de uma sociedade agrícola para uma industrial. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Sempre que proporcione vantagens de serviço ou de custo; </li></ul><ul><li>Somente quando aumentam o impacto de vendas e de marketing ou reduzem os custos totais. </li></ul>
  6. 7. <ul><ul><li>O armazenamento pode ser referido como transporte de materiais a zero quilómetros por hora. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais as características e custos das actividades </li></ul></ul><ul><ul><li>de armazenamento e manuseamento de materiais? </li></ul></ul><ul><ul><li>Será o armazenamento e manuseamento dos materiais </li></ul></ul><ul><ul><li>verdadeiramente necessário como parte do sistema </li></ul></ul><ul><ul><li>logístico de uma empresa? </li></ul></ul><ul><ul><li>Que razões nos levam a recorrer ao armazenamento? </li></ul></ul>
  7. 8. <ul><ul><li>redução dos custos de transporte/produção; </li></ul></ul><ul><ul><li>coordenação e gestão de pedidos e de abastecimentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>assistência ao processo de produção; </li></ul></ul><ul><ul><li>assistência ao processo de marketing. </li></ul></ul>Razões mais relevantes
  8. 9. Um armazém tem três funções fundamentais: <ul><ul><ul><ul><ul><li>Manuseamento dos materiais </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><li>Recepção e Expedição de mercadorias; </li></ul><ul><li>Movimentação das mercadorias; </li></ul><ul><li>Selecção/Recolha; </li></ul><ul><li>Ponto de rotação. </li></ul>
  9. 10. Um armazém tem três funções fundamentais: <ul><li>Transferência de Informação </li></ul>Esta função funciona em simultâneo com as outras duas funções fundamentais. <ul><li>captação de informação correcta em tempo oportuno; </li></ul><ul><ul><li>Retenção </li></ul></ul><ul><li>Armazenamento temporário; </li></ul><ul><li>Armazenamento semi-permanente. </li></ul>
  10. 11. Existem ainda quatro funções principais para os sistemas de armazenamento: <ul><li>holding; </li></ul><ul><li>consolidation; </li></ul><ul><li>break-bulk; </li></ul><ul><li>product mixing. </li></ul>
  11. 12. Holding Consolidation <ul><li>Apoio à produção; </li></ul><ul><li>Protecção do inventário; </li></ul><ul><li>Conservação ordenada e </li></ul><ul><li>adequada do inventário. </li></ul>
  12. 13. Break-Bulk
  13. 14. Product Mixing
  14. 15. Alternativas de Armazenamento: <ul><li>Armazenamento Próprio; </li></ul><ul><li>Armazenamento Público; </li></ul><ul><li>Armazenamento Alugado (Leasing); </li></ul><ul><li>Armazenamento em Trânsito. </li></ul>
  15. 16. Armazenamento Próprio <ul><ul><li>O espaço de armazenamento é propriedade da empresa. </li></ul></ul><ul><ul><li>O espaço é de uso exclusivo da empresa. O espaço é organizado pela própria empresa. </li></ul></ul>12 Vantagens: <ul><li>armazenamento mais barato do que o armazenamento em </li></ul><ul><li>locais arrendados ou em leasing ; </li></ul><ul><li>elevado controlo sobre as operações de armazenamento e manuseamento; </li></ul><ul><li>benefícios fiscais; </li></ul><ul><li>o espaço poderá ser reutilizado no futuro para outras aplicações; </li></ul>Desvantagens: <ul><li>Fraca flexibilidade estrutural (localização e dimensão); </li></ul><ul><li>Elevado investimento inicial; </li></ul><ul><li>Custo total de armazenamento apresenta uma percentagem de custos fixos </li></ul><ul><li>que poderão estar desaproveitados. </li></ul>
  16. 17. Armazenamento Público <ul><ul><li>O armazém é propriedade de uma entidade externa à empresa. </li></ul></ul><ul><ul><li>A empresa que pretende fazer o armazenamento compra um serviço ao proprietário do armazém. </li></ul></ul>Vantagens: <ul><li>não há necessidade e fazer um </li></ul><ul><li>investimento fixo; </li></ul><ul><li>capacidade de ajustar a </li></ul><ul><li>dimensão disponível </li></ul><ul><li>(sazonalidade); </li></ul><ul><li>flexibilidade estrutural </li></ul><ul><li>(localização, dimensão, </li></ul><ul><li>tecnologia…). </li></ul>
  17. 18. Armazenamento Público Desvantagens: <ul><li>falhas na comunicação; </li></ul><ul><li>falta de serviços especializados; </li></ul><ul><li>falta de espaço em determinadas alturas. </li></ul>Estes tipos de armazéns podem ser classificados em: <ul><li>Armazéns de matérias-primas; </li></ul><ul><li>Armazéns de produtos volumosos (grandes quatidades; </li></ul><ul><li>Armazéns climatizados; </li></ul><ul><li>Armazéns de produtos domésticos; </li></ul><ul><li>Armazéns de uso genérico; </li></ul><ul><li>Mini-armazéns; </li></ul><ul><li>Cross-Docking; </li></ul><ul><li>Bonded Warehouses. </li></ul>
  18. 19. Armazenamento Alugado (Leasing) Boa alternativa ao aluguer por um pequeno período de tempo, de um armazém público ou ao investimento de longo prazo que será montar um armazém próprio. Vantagens: <ul><li>pode ter uma renda baixa; </li></ul><ul><li>elevado controlo sobre as operações de armazenamento </li></ul><ul><li>e de gestão do espaço de armazenamento. </li></ul>Desvantagem: <ul><li>perda de flexibilidade de localização relativamente </li></ul><ul><li>ao aluguer de um armazém público </li></ul>
  19. 20. Armazenamento em Trânsito Vantagens: <ul><li>Competitivo para carregamentos a longas distâncias; </li></ul><ul><li>Elimina substancialmente os custos de investimento e </li></ul><ul><li>manutenção dos armazéns. </li></ul>Desvantagens: <ul><li>Dificilmente aplicável para pequenas distâncias; </li></ul><ul><li>Dificuldade em encontrar modos de transporte que </li></ul><ul><li>correspondam às exigências do mercado; </li></ul><ul><li>Certos tipos de produtos necessitam de cuidados especiais </li></ul><ul><li>que os transportes podem não oferecer </li></ul>
  20. 21. Os armazéns podem também ter inúmeras formas. Algumas serão apresentadas de seguida. Rack Convencional: É a solução mais simples e mais utilizada, sendo adaptável a qualquer tipo de carga e volume. in, http://www.ramada.pt/sist_armazenagem/frameset_sistemasarmazenagem.htm
  21. 22. Drive-in: Solução formada por blocos contínuos de armazenamento, que permite uma utilização máxima do volume disponível. Este sistema é particularmente indicado quando o custo do espaço é elevado e quando os produtos são homogéneos.
  22. 23. Flow Track: Sistema deslizante por gravidade que permite o máximo aproveitamento de espaço e uma maior rapidez de carga e descarga de paletes, necessitando apenas de áreas de circulação nas zonas de carga e descarga. Funciona segundo o princípio FIFO.
  23. 24. Push Back Rack: Sistema de acumulação dinâmica que não necessita que o empilhador entre dentro dos corredores. Este sistema assenta no princípio LIFO (Last In First Out), ou seja, a última palete a entrar é a primeira a sair. in, http://www.ramada.pt/sist_armazenagem/frameset_sistemasarmazenagem.htm
  24. 25. Power Rack: A estrutura de armazenamento assenta sobre bases móveis motorizadas electricamente, que se movimentam sobre trilhos aplicados no chão. Este sistema permite ao operador do empilhador abrir o corredor que necessita através de um comando. Esta solução permite aproveitar até 85% da superfície em armazenagem. in, http://www.ramada.pt/sist_armazenagem/frameset_sistemasarmazenagem.htm
  25. 26. Armazéns Automáticos: Estrutura de armazenamento com alturas elevadas e armazenadores robotizados. A capacidade de armazenamento é, nestes casos, muito elevada e o picking totalmente mecanizado. Autoportantes: Solução de execução rápida e funcional em que a própria estrutura de armazenamento forma a estrutura de suporte (cobertura e revestimento) de um edifício compacto. in, http://www.ramada.pt/sist_armazenagem/frameset_sistemasarmazenagem.htm

×