Armazenagem

7.605 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.323
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
142
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Armazenagem

  1. 1.  A evolução tecnológica como não poderia deixar de ser estendeu seus múltiplos benefícios a área de armazenagem, tanto pela introdução de novos métodos de racionalização e dos fluxos de distribuição de produtos como pela adequação de instalações e equipamentos de movimentação física de cargas.
  2. 2.  O objetivo primordial do armazenamento é utilizar o espaço nas 3 dimensões na maneira mais eficiente possível. As instalações do armazém devem proporcionar a movimentação rápida e fácil de suprimentos desde o recebimento até a expedição. Assim, cuidados essenciais devem ser observados.
  3. 3.  a) determinação do local em recinto aberto ou não; b) definição adequada do layout; c) definição de uma política de preservação, com embalagens plenamente convenientes aos materiais; d) ordem, arrumação e limpeza de forma constante e) segurança patrimonial contra furtos, incêndios, etc.
  4. 4.  Máxima utilização do espaço (ocupação) Efetiva utilização dos recursos disponíveis (mão de obra e equipamentos) Pronto acesso a todos os itens (seletividade) Máxima proteção aos itens estocados Boa organização Satisfação das necessidades dos clientes
  5. 5.  Devem ser tomados no tocante a disposição dos materiais no almoxarifado, o qual pode conter produtos perecíveis, inflamáveis, tóxicos e outros, que somados a variedade total, definirão os meios de armazenagem. Logo a guarda obedece a critérios definidos no sistema de instalação adotado e no layout, proporcionando condições físicas que preservem a qualidade do material, de conformidade com os planos de armazenagem, de forma a aproveitar ao máximo todas as 3 dimensões (comprimento, largura e altura).
  6. 6.  1- Verificação das condições do material recebido quanto a embalagem e proteção 2- Identificação do material 3- Guarda no local adequado 4- Informação da localização onde guardar 5- verificação periódica do material quanto as condições deste 6- separação para distribuição
  7. 7.  Além das técnicas de layout, a NR 11, do MTe, traz recomendações quanto à dimensões e formas de corredores, portas de acesso, disposições de armários, prateleiras e estruturas. Instalações de incêndio, iluminação, ventilação e exaustão de almoxarifados. Quanto a localização de itens, as mercadorias com maior giro, devem ser localizadas de forma a facilitar sua entrada e saída do depósito.
  8. 8.  São em função das características dos materiais: - fragilidade, combustibilidade, volatização, oxidação, explosividade, toxidade, radioatividade, corrosividade, inflamabilidade, volume, peso e forma.
  9. 9.  a) Por agrupamento= Facilita a arrumação e busca, mas nem sempre aproveita bem o espaço b) Por tamanhos(acomodabilidade)= Permite bom aproveitamento do depósito c) Por frequência= permite armazenar tão próximo a saída do depósito d) especial = dividido em 3 grupos:
  10. 10.  Ambiente climatizado Inflamáveis Perecíveis – Segundo regras PEPS.
  11. 11.  Em área externa= Para materiais que não se deterioram com o intemperismo, mas respeitam ainda algumas condições gerais de armazenamento. Com coberturas alternativas: -Galpão fixo especial - Galpão móvel
  12. 12.  É uma alternativa interessante pois facilita a movimentação e os tamanhos dos pallets padronizados, facilitam a otimizar a armazenagem e ocupar ao máximo o depósito. Estes podem ser de diversos materiais como aço, alumínio, polietileno, madeira, ..., porém os mais utilizados são de madeira pois os custos e pesos são baixos e podem ser reaproveitados.

×