Primeira GuerraPrimeira GuerraMundialMundial1914-19181914-1918
ApresentaçãoA Primeira Guerra Mundial, ocorreu entre1914 e 1918. Durante os quatro anosde conflito a sociedade mundial, as...
Antecedentes da Primeira Guerra Final do século XIX, o Imperialismo e oNeocolonialismo. A injusta divisão colonial. A a...
PAZ ARMADAPAZ ARMADAALEMANHA X INGLATERRAMERCADO CONSUMIDORALEMANHA-ITÁLIA XINGLATERRA-FRANÇANEOCOLONIALISMOALEMANHA X FRA...
Europa às vésperas da Primeira Guerra
Crises internacionais pré-guerra Crise no Marrocos. Colocava em oposição os principais paísesimperialistas da época: Ing...
Mapa dos balcãs antes da 1ª Guerra
Foto de Grabilo Princip
Atentado ao arquiduque Francisco Ferdinando
Soldados franceses na trincheiras pré-guerra
Início da GuerraO assassinato de Francisco Ferdinando,foi o estopim da Primeira Guerra quepode ser dividida em: Guerra de...
Guerra de Movimento - 1914Era estruturada a partir do plano alemão,que atacou os franceses na frenteocidental e defendeu-s...
Imagens da primeira faseSoldados patrulhando a região do Marne na França
Reservistas alemães em treinamento de baioneta
Ponte de pedra explodida pelos belgas em Liège
Artilharia sérvia
Marinha britânica.
Submarino alemão U-14
Albatross D – avião de combate alemão
Carabineiros belgas com metralhadora
Guerra de Trincheiras – 1915 -1918Como o avanço sobre a França,encontrou forte resistência, com aajuda dos ingleses e o qu...
Imagens do período
As trincheiras constituíam-senum emaranhado de sulcossinuosos. Entre os doisexércitos ficava a "terra deninguém" , um caos...
Soldados franceses numa trincheira
Italianos entrincheirados na regiãodo Isonzo
Novo movimento - 1918Ao final de 1917 e principalmenteem 1918, vários fatores vãofazer a guerra voltar aomovimento, acaban...
Momentos finais da guerra Modernização das armas. Saída de diversos aliados, tanto dolado da Aliança, quanto da Entente....
Soldados ingleses com uma metralhadora.Fotos das inovações ao final da guerra
Soldados ingleses cegos pelo gás
Ataque com gás
A presença americana Os americanos participaramindiretamente da guerra fornecendoarmas e víveres para os países europeus....
 Outro ponto importante a serconsiderado, é a necessidade degarantir os investimentos feitos durantea guerra. O presiden...
14 pontos de Wilson14 pontos de Wilson 1) Inaugurar pactos de paz, depois dos quais1) Inaugurar pactos de paz, depois dos...
7) Bélgica, o mundo inteiro concordará, precisa ser restaurada, sem qualquertentativa de limitar sua soberania a qual ela ...
14 Pontos de Wilson14 Pontos de Wilson PAZ. SEM VENCEDORES E VENCIDOS.PAZ. SEM VENCEDORES E VENCIDOS. ASSOCIAÇÃO PARA GA...
O caso russo A Rússia sai da guerra no início de1918, em função da revoluçãosocialista. Assina com a Alemanha o tratado ...
O Tratado de VersalhesEste foi o principal tratado estabelecido aofinal da Primeira Guerra, na verdade éuma mistura dos 14...
Tratado de VersalhesTratado de VersalhesAlguns artigosAlguns artigos• Art. 45 – Alemanha cede à França a propriedade absol...
Principais determinações para a Alemanha A Alemanha perde 1/7 do seu território. Perdeu suas colônias. Perdeu Sarre ( r...
Consequências da Primeira Guerra Mundial Deslocamento da supremacia econômica,financeira, política e militar para os Esta...
 Troca do revanchismo francês, pelorevanchismo alemão. Surgimento dos regimes nazifascista,que impulsionaram a chegada d...
Organização européia anterior aguerra
Organização européia pós-guerra
Outras fotos e dados estatísticosCidadãos mortos por gás na trincheira.
Baixa entre as potênciasPaíses Mobilizados entre 1914-11918 (emmilhões)Mortos Feridos % de mortos, inválidos ou feridos em...
Marcha dos gaseadosDurante a guerra foram utilizados basicamente três tipos de gases venenosos: ogás lacrimogêneo, o gás c...
Taxa de crescimento industrial – 1880 /1900Alemanha FrançaCarvão(milhões de tons)110,7 31,8Aço(milhões de tons)7,3 1,7Ferr...
Perdas da batalha de SommePerdas aliados Mês Perdas alemãs208.645 Jul 103.00076.891 Ago 68.000175.460 Set 140.00095.348 Ou...
Exercício com máscara de gás
Baixas provocadas pelo gás na guerraPaís Total de atingidos MortosGrã-Bretanha 188.706 8.109França 190.000 8.000EUA 72.807...
Foto de um ônibus-viveiro
A utilização de gás somente será proibida apósa 1ª guerra
Ilustração do semanário francês Le Miroir
Canhão de 24 centímetros lançando bomba de120 quilos
Perdas da população civil
Prisioneiros alemães em Verdun
Batalha de Somme, com um soldadobritânico carregando um ferido
Soldados russos entrincheirados empleno inverno
Esquadrilha britânica, os aviões eramreconhecidos pela cor
Soldado britânicos jogando bomba sobreos inimigos.
Dentro da guerraDentro da guerra ““...tento desprender o velho Mazé, que segue gritando: mas quanto mais terra eu...tento...
Dentro da guerraDentro da guerra "O odor fétido nos"O odor fétido nos penetra garganta a dentro ao chegarmos na nossa nov...
Mapa europeu pós-guerraMapa europeu pós-guerra
Tratado de VersalhesTratado de Versalhes ( a paz dos( a paz dosvencedores)vencedores) - Devolução dos territórios da Alsá...
ARMAS DE GUERRAARMAS DE GUERRA De cima para baixo e da esquerdaDe cima para baixo e da esquerdapara a direita:para a dire...
GUERRA DE TRINCHEIRASGUERRA DE TRINCHEIRAS1915-19181915-1918
GUERRA DE TRINCHEIRASGUERRA DE TRINCHEIRAS1915-19181915-1918 Retrato mais bem acabado da Primeira Guerra Mundial (1914 – ...
Brasil na guerraBrasil na guerra Parte da contribuição do Brasil na 1ª Guerra se deu com o envio de tropas navais.Parte d...
Brasil na guerraBrasil na guerra A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial foi estabelecida em função de uma sé...
Primeira guerra 2013
Primeira guerra 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Primeira guerra 2013

858 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
198
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primeira guerra 2013

  1. 1. Primeira GuerraPrimeira GuerraMundialMundial1914-19181914-1918
  2. 2. ApresentaçãoA Primeira Guerra Mundial, ocorreu entre1914 e 1918. Durante os quatro anosde conflito a sociedade mundial, assisteatônita a um conflito sangrento, queceifa vidas de mais ou menos 14milhões de pessoas, inutiliza cerca de20 milhões e deixa como saldo umaEuropa envolta em conflitos erevanchismos.
  3. 3. Antecedentes da Primeira Guerra Final do século XIX, o Imperialismo e oNeocolonialismo. A injusta divisão colonial. A afirmação dos nacionalismo. O Pan-germanismo. O Pan-eslavismo. O Sistema de Alianças. A paz armada e corrida armamentista.
  4. 4. PAZ ARMADAPAZ ARMADAALEMANHA X INGLATERRAMERCADO CONSUMIDORALEMANHA-ITÁLIA XINGLATERRA-FRANÇANEOCOLONIALISMOALEMANHA X FRANÇAALSÁCIA-LORENAÁUSTRIA-HUNGRIA XRÚSSIAREGIAO ESLAVAFORMAÇÃO DOS BLOCOSTRÍPLICE ENTENTEINGLATERRA. FRANÇA. RÚSSIA.XTRÍPLICE ALIANÇAALEMANHA. ITÁLIA. ÁUSTRIA-HUNGRIA.Causas–contextoImperialismo eNeocolonialismo.
  5. 5. Europa às vésperas da Primeira Guerra
  6. 6. Crises internacionais pré-guerra Crise no Marrocos. Colocava em oposição os principais paísesimperialistas da época: Inglaterra, Françae Alemanha. Guerras Balcânicas. Império Otomano X Sérvia, Montenegro,Grécia e Bulgária. Sérvia X Bulgária. Assassinato do Arquiduque FranciscoFerdinando.
  7. 7. Mapa dos balcãs antes da 1ª Guerra
  8. 8. Foto de Grabilo Princip
  9. 9. Atentado ao arquiduque Francisco Ferdinando
  10. 10. Soldados franceses na trincheiras pré-guerra
  11. 11. Início da GuerraO assassinato de Francisco Ferdinando,foi o estopim da Primeira Guerra quepode ser dividida em: Guerra de Movimento – 1914. Guerra de Trincheiras – 1915 – 1918. Novo Movimento – 1918.
  12. 12. Guerra de Movimento - 1914Era estruturada a partir do plano alemão,que atacou os franceses na frenteocidental e defendeu-se contra a Rússiano leste europeu. No entanto váriosproblemas impediram esse avanço tãorápido: Batalha de Marne ( 6 a 9/09/1914). Entrada dos ingleses na guerra. Os problemas com as tropas russas. A tomada das colônias alemães.
  13. 13. Imagens da primeira faseSoldados patrulhando a região do Marne na França
  14. 14. Reservistas alemães em treinamento de baioneta
  15. 15. Ponte de pedra explodida pelos belgas em Liège
  16. 16. Artilharia sérvia
  17. 17. Marinha britânica.
  18. 18. Submarino alemão U-14
  19. 19. Albatross D – avião de combate alemão
  20. 20. Carabineiros belgas com metralhadora
  21. 21. Guerra de Trincheiras – 1915 -1918Como o avanço sobre a França,encontrou forte resistência, com aajuda dos ingleses e o que restou doexército belga, os francesessustentaram posições a partir da linhaque ia de Flandres até a fronteiraSuíça. Durante os três anos que seseguiram não ocorreram mudançassignificativas. Os soldados ficaramfrente a frente em trincheiras, entrearame farpado, sacos de areia e ratos.
  22. 22. Imagens do período
  23. 23. As trincheiras constituíam-senum emaranhado de sulcossinuosos. Entre os doisexércitos ficava a "terra deninguém" , um caos decrateras, troncos de árvorescalcinadas, rolos de aramefarpado, lama e cadáveres.(Visão aérea das trincheiras).
  24. 24. Soldados franceses numa trincheira
  25. 25. Italianos entrincheirados na regiãodo Isonzo
  26. 26. Novo movimento - 1918Ao final de 1917 e principalmenteem 1918, vários fatores vãofazer a guerra voltar aomovimento, acabando por fimem 11/11/1918 com aassinatura do armistício daAlemanha.
  27. 27. Momentos finais da guerra Modernização das armas. Saída de diversos aliados, tanto dolado da Aliança, quanto da Entente. Saída da Rússia da 1ª Guerra Mundial. Entrada americana na Primeira Guerra.(1917). Abdicação de Guilherme II, com aiminente derrota. Estabelecimento da República deWeimar.
  28. 28. Soldados ingleses com uma metralhadora.Fotos das inovações ao final da guerra
  29. 29. Soldados ingleses cegos pelo gás
  30. 30. Ataque com gás
  31. 31. A presença americana Os americanos participaramindiretamente da guerra fornecendoarmas e víveres para os países europeus.14 Pontos de Wilson ( a paz sem vencedores)O presidente Woodrow Wilson – Estados Unidos
  32. 32.  Outro ponto importante a serconsiderado, é a necessidade degarantir os investimentos feitos durantea guerra. O presidente Woodrow Wilson, tentouestabelecer a paz sem vencedores, oque foi negado de forma objetiva pelaFrança principalmente. Ao final da guerra os americanosrevertem a sua posição em relação àEuropa.
  33. 33. 14 pontos de Wilson14 pontos de Wilson 1) Inaugurar pactos de paz, depois dos quais1) Inaugurar pactos de paz, depois dos quais não deverá haver acordosnão deverá haver acordosdiplomáticos secretosdiplomáticos secretos, mas sim diplomacia franca e sob os olhos, mas sim diplomacia franca e sob os olhospúblicos;públicos; 22) Liberdade absoluta de navegação nos mares e águas fora do) Liberdade absoluta de navegação nos mares e águas fora doterritório nacionalterritório nacional, tanto na paz quanto na guerra, com exceção dos, tanto na paz quanto na guerra, com exceção dosmares fechados completamente ou em parte por ação internacional emmares fechados completamente ou em parte por ação internacional emcumprimento de pactos internacionais;cumprimento de pactos internacionais; 3) Abolição, na medida do possível, de todas as barreiras econômicas3) Abolição, na medida do possível, de todas as barreiras econômicasentre os países e o estabelecimento de uma igualdade das condiçõesentre os países e o estabelecimento de uma igualdade das condiçõesde comércio entre todas as nações que consentem com a paz e com ade comércio entre todas as nações que consentem com a paz e com aassociação multilateral;associação multilateral; 4) Garantias adequadas da redução dos armamentos nacionais até o4) Garantias adequadas da redução dos armamentos nacionais até omenor nível necessário para garantir a segurança nacional;menor nível necessário para garantir a segurança nacional; 5) Um reajuste livre, aberto e absolutamente imparcial da política5) Um reajuste livre, aberto e absolutamente imparcial da políticacolonialista, baseado na observação estrita do princípio de que acolonialista, baseado na observação estrita do princípio de que asoberania dos interesses das populações colonizadas deve ter o mesmosoberania dos interesses das populações colonizadas deve ter o mesmopeso dos pedidos equiparáveis das nações colonizadoras;peso dos pedidos equiparáveis das nações colonizadoras; 6) Retirada dos Exércitos do território russo e solução de todas as6) Retirada dos Exércitos do território russo e solução de todas asquestões envolvendo a Rússia, visando assegurar melhor cooperaçãoquestões envolvendo a Rússia, visando assegurar melhor cooperaçãocom outras nações do mundo. O tratamento dispensado à Rússia porcom outras nações do mundo. O tratamento dispensado à Rússia porsuas nações irmãs será o teste de sua boa vontade, da compreensão desuas nações irmãs será o teste de sua boa vontade, da compreensão desuas necessidades como distintas de seus próprios interesses e de suasuas necessidades como distintas de seus próprios interesses e de suasimpatia inteligente e altruísta;simpatia inteligente e altruísta;
  34. 34. 7) Bélgica, o mundo inteiro concordará, precisa ser restaurada, sem qualquertentativa de limitar sua soberania a qual ela tem direito assim como as outrasnações livres;8) Todo território francês deve ser libertado e as partes invadidas restauradas. Omal feito à França pela Prússia, em 1871, na questão da Alsácia e Lorena, deveser desfeito para que a paz possa ser garantida mais uma vez, no interesse detodos;9) Reajuste das fronteiras italianas, respeitando linhas reconhecidas denacionalidade;10) Reconhecimento do direito ao desenvolvimento autônomo dos povos daÁustria-Hungria, cujo lugar entre as nações queremos ver assegurado esalvaguardado;11) Retirada das tropas estrangeiras da Romênia, da Sérvia e de Montenegro,restauração dos territórios invadidos e o direito de acesso ao mar para a Sérvia;12) Reconhecimento da autonomia da parte da Turquia dentro do ImpérioOtomano e a abertura permanente do estreito de Dardanelos como passagemlivre aos navios e ao comércio de todas as nações, sob garantias internacionais;13) Independência da Polônia, incluindo os territórios habitados por populaçãopolonesa, que devem ter acesso seguro e livre ao mar;14) Criação de uma associação geral sob pactos específicos para o propósito defornecer garantias mútuas de independência política e integridade territorial dosgrandes e pequenos Estados.
  35. 35. 14 Pontos de Wilson14 Pontos de Wilson PAZ. SEM VENCEDORES E VENCIDOS.PAZ. SEM VENCEDORES E VENCIDOS. ASSOCIAÇÃO PARA GARANTIR A SEGURANÇAASSOCIAÇÃO PARA GARANTIR A SEGURANÇAINTERNACIONAL.INTERNACIONAL. PROBIÇÃO DE ALIANÇAS SECRETASPROBIÇÃO DE ALIANÇAS SECRETAS
  36. 36. O caso russo A Rússia sai da guerra no início de1918, em função da revoluçãosocialista. Assina com a Alemanha o tratado deBrest-Litovsk. Com a saída da guerra e com a suarevolução socialista a Rússia é isoladaatravés de um cordão sanitário,buscando evitar a influênciarevolucionária numa Europa pós-guerra.
  37. 37. O Tratado de VersalhesEste foi o principal tratado estabelecido aofinal da Primeira Guerra, na verdade éuma mistura dos 14 Pontos com asidéias da chamada Paz dos Vencedores.Este determinava sanções aos principaisenvolvidos no conflito e em particular aAlemanha.Foi criada também a Liga das Nações,encarregada de preservar a paz mundial,mas excluindo a Alemanha e a Rússia.
  38. 38. Tratado de VersalhesTratado de VersalhesAlguns artigosAlguns artigos• Art. 45 – Alemanha cede à França a propriedade absoluta (...), com direito totalArt. 45 – Alemanha cede à França a propriedade absoluta (...), com direito totalexploração, das minas e carvão situadas na bacia do rio Sarre.exploração, das minas e carvão situadas na bacia do rio Sarre.• Art. 119 - Alemanha renuncia, em favor das potências aliadas, a todos os direitos sobreArt. 119 - Alemanha renuncia, em favor das potências aliadas, a todos os direitos sobreas colônias ultramarina.as colônias ultramarina.• Art. 160 – O exército alemão não deverá ter mai do que sete divisões (...). EmArt. 160 – O exército alemão não deverá ter mai do que sete divisões (...). Emnenhuma caso, a totalidade dos efetivos do exército deverá ultrapassar 100 mil homens.nenhuma caso, a totalidade dos efetivos do exército deverá ultrapassar 100 mil homens.• Art. 171 - Estão proibidas na Alemanha a fabricação e a importação de carros blindados,Art. 171 - Estão proibidas na Alemanha a fabricação e a importação de carros blindados,tanques ou qualquer outro instrumento que seiva a objetivos de guerra.tanques ou qualquer outro instrumento que seiva a objetivos de guerra.• Art. 173 – Todo serviço militar universal e obrigatório será abolido na Alemanha. OArt. 173 – Todo serviço militar universal e obrigatório será abolido na Alemanha. Oexército alemão só poderá ser constituído e recrutado através do alistamento voluntário.exército alemão só poderá ser constituído e recrutado através do alistamento voluntário.• Art. 232 - A Alemanha se compromete a reparar todos os danos causados à populaçãoArt. 232 - A Alemanha se compromete a reparar todos os danos causados à populaçãocivil das potências aliadas e a seus bens.civil das potências aliadas e a seus bens.
  39. 39. Principais determinações para a Alemanha A Alemanha perde 1/7 do seu território. Perdeu suas colônias. Perdeu Sarre ( região rica em carvão). Desmilitarizou a Renânia. Diminuição para o 100 mil homens noexército. Criação do corredor polonês. Pagamentos de uma indenizaçãoequivalente a 33 bilhões de dólares.
  40. 40. Consequências da Primeira Guerra Mundial Deslocamento da supremacia econômica,financeira, política e militar para os EstadosUnidos. No plano demográfico, cerca de 14 milhõesde mortos e 20 milhões de mutilados. Surgimento de novas naçõesindependentes Hungria, Tcheco-Eslováquia,Iugoslávia, Polônia, Letônia, Lituânia,Estônia Transição do Estado Liberal, para o EstadoIntervencionista.
  41. 41.  Troca do revanchismo francês, pelorevanchismo alemão. Surgimento dos regimes nazifascista,que impulsionaram a chegada da 2ªGrande Guerra. A derrubada do regime czarista naRússia e estabelecimento da ordemsocialista.
  42. 42. Organização européia anterior aguerra
  43. 43. Organização européia pós-guerra
  44. 44. Outras fotos e dados estatísticosCidadãos mortos por gás na trincheira.
  45. 45. Baixa entre as potênciasPaíses Mobilizados entre 1914-11918 (emmilhões)Mortos Feridos % de mortos, inválidos ou feridos em relação ao totalmobilizadoFrança 8.410 1.35 3.5s 60Grã-Bretanha 8 0.95 2 37Itália 5.250 0.5 ? -EstadosUnidos4 0.1 ? -Rússia - 2.3 ? -Alemanha 13 1.6 4 41Austria-Hungria9 1.45 2 38Turquia - 0.4 ? -
  46. 46. Marcha dos gaseadosDurante a guerra foram utilizados basicamente três tipos de gases venenosos: ogás lacrimogêneo, o gás cloro e o Gás mostarda. A princípio, o exército francêse alemão utilizaram o gás lacrimogêneo como arma no front. Ao longo daguerra, o gás lacrimogêneo cedeu lugar ao gás cloro na preferência dosexércitos alemão, francês e inglês.
  47. 47. Taxa de crescimento industrial – 1880 /1900Alemanha FrançaCarvão(milhões de tons)110,7 31,8Aço(milhões de tons)7,3 1,7Ferro Gusa(milhões de tons)12 3,3População(milhões)54 41Marinha Mercante(milhões de tons líquido)2,6 1,4Estradas de ferro(quilômetros)55.478.320 47.095.430Fonte: K. D. Bracher in História do século XX (número 6).
  48. 48. Perdas da batalha de SommePerdas aliados Mês Perdas alemãs208.645 Jul 103.00076.891 Ago 68.000175.460 Set 140.00095.348 Out 78.50059.913 Nov 45.000623.907 TOTAL 500.000Fonte: Alistair Horne; Verdun e Sommer, In Hist do Sec 20
  49. 49. Exercício com máscara de gás
  50. 50. Baixas provocadas pelo gás na guerraPaís Total de atingidos MortosGrã-Bretanha 188.706 8.109França 190.000 8.000EUA 72.807 1.462Itália 60.000 4.627Rússia 475.340 56.000Império alemão 200.000 9.000Austria-Hungria 100.000 3.000Outros 10.000 1.000Total 1.296.853 91.198Fonte: Gas Death in The First World War
  51. 51. Foto de um ônibus-viveiro
  52. 52. A utilização de gás somente será proibida apósa 1ª guerra
  53. 53. Ilustração do semanário francês Le Miroir
  54. 54. Canhão de 24 centímetros lançando bomba de120 quilos
  55. 55. Perdas da população civil
  56. 56. Prisioneiros alemães em Verdun
  57. 57. Batalha de Somme, com um soldadobritânico carregando um ferido
  58. 58. Soldados russos entrincheirados empleno inverno
  59. 59. Esquadrilha britânica, os aviões eramreconhecidos pela cor
  60. 60. Soldado britânicos jogando bomba sobreos inimigos.
  61. 61. Dentro da guerraDentro da guerra ““...tento desprender o velho Mazé, que segue gritando: mas quanto mais terra eu...tento desprender o velho Mazé, que segue gritando: mas quanto mais terra eutiro, mais afunda: consigo desenterrá-lo por fim até o peito e pode respirar melhor;tiro, mais afunda: consigo desenterrá-lo por fim até o peito e pode respirar melhor;vou então socorrer um homem do 270 que grita também, mas debilmente, e consigovou então socorrer um homem do 270 que grita também, mas debilmente, e consigolivrar-lhe a cabaça até o pescoço, enquanto ele chora e suplica que não lhe deixe ali.livrar-lhe a cabaça até o pescoço, enquanto ele chora e suplica que não lhe deixe ali.Estão faltando outros dois, mas não escuto nada e volto a cavar para desenterrarEstão faltando outros dois, mas não escuto nada e volto a cavar para desenterrarsuas cabeças. Então me dou conta que estão mortos. Tonteio um pouco porquesuas cabeças. Então me dou conta que estão mortos. Tonteio um pouco porqueestou esgotado; o bombardeio continua."estou esgotado; o bombardeio continua."-- Gustavo Hefer, 28º Regimento de Infantaria.Gustavo Hefer, 28º Regimento de Infantaria.http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/primeira_guerra1.htmhttp://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/primeira_guerra1.htm
  62. 62. Dentro da guerraDentro da guerra "O odor fétido nos"O odor fétido nos penetra garganta a dentro ao chegarmos na nossa novapenetra garganta a dentro ao chegarmos na nossa novatrincheira, a direita dos Éparges. Chove torrencialmente e nos protegemos com otrincheira, a direita dos Éparges. Chove torrencialmente e nos protegemos com oque tem de lonas e tendas de campanha afiançadas nos muros da trincheira. Aoque tem de lonas e tendas de campanha afiançadas nos muros da trincheira. Aoamanhecer do dia seguinte constatamos estarrecidos que nossas trincheiras estavamamanhecer do dia seguinte constatamos estarrecidos que nossas trincheiras estavamfeitas sobre um montão de cadáveres e que as lonas que nossos predecessoresfeitas sobre um montão de cadáveres e que as lonas que nossos predecessoreshaviam colocado estavam para ocultar da vista os corpos e restos humanosque alihaviam colocado estavam para ocultar da vista os corpos e restos humanosque alihaviam.“haviam.“Raymond Naegelen, na região de ChampagneRaymond Naegelen, na região de Champagnehttp://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/primeira_guerra1.htmhttp://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/primeira_guerra1.htm
  63. 63. Mapa europeu pós-guerraMapa europeu pós-guerra
  64. 64. Tratado de VersalhesTratado de Versalhes ( a paz dos( a paz dosvencedores)vencedores) - Devolução dos territórios da Alsácia-Lorena à França;- Devolução dos territórios da Alsácia-Lorena à França; - Ceder outras regiões à Bélgica, à Dinamarca e à Polônia.- Ceder outras regiões à Bélgica, à Dinamarca e à Polônia. - Pagar indenização de guerra.- Pagar indenização de guerra. - Não ter exército superior a 100 mil homens.- Não ter exército superior a 100 mil homens. - Proibição de Marinha de Guerra, artilharia pesada, tanques e- Proibição de Marinha de Guerra, artilharia pesada, tanques eaviões.aviões. - Proibição de indústria bélica.- Proibição de indústria bélica.
  65. 65. ARMAS DE GUERRAARMAS DE GUERRA De cima para baixo e da esquerdaDe cima para baixo e da esquerdapara a direita:para a direita: Trincheiras na Frente OcidentalTrincheiras na Frente Ocidental Avião bi-planadorAvião bi-planador Tanque britânicoTanque britânico Metralhadora comandada por umMetralhadora comandada por umsoldado com máscara de gás.soldado com máscara de gás. Afundamento do navio de guerra.Afundamento do navio de guerra.
  66. 66. GUERRA DE TRINCHEIRASGUERRA DE TRINCHEIRAS1915-19181915-1918
  67. 67. GUERRA DE TRINCHEIRASGUERRA DE TRINCHEIRAS1915-19181915-1918 Retrato mais bem acabado da Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), asRetrato mais bem acabado da Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), aslinhas de trincheiras surgiram em setembro de 1914, quando os alemães,linhas de trincheiras surgiram em setembro de 1914, quando os alemães,que haviam invadido a França, foram barrados perto de Paris. Decididos aque haviam invadido a França, foram barrados perto de Paris. Decididos anão retroceder nenhum palmo de território conquistado, eles iniciaram anão retroceder nenhum palmo de território conquistado, eles iniciaram aconstrução das valas ao longo de toda a frente de combate. Vendo osconstrução das valas ao longo de toda a frente de combate. Vendo osalemães fortificarem-se, os aliados também cavaram seus próprios abrigos.alemães fortificarem-se, os aliados também cavaram seus próprios abrigos.Em poucos meses, as linhas de trincheiras estenderam-se da Suíça até oEm poucos meses, as linhas de trincheiras estenderam-se da Suíça até olitoral norte da França por mais de 600 quilômetros.litoral norte da França por mais de 600 quilômetros. Foi então que começou um longo impasse.Foi então que começou um longo impasse. Os dois lados tentavam quebrar aOs dois lados tentavam quebrar aguarda do oponente com ataques e contra-ataques em massa. Ficavamguarda do oponente com ataques e contra-ataques em massa. Ficavamseparados por uma faixa de lama de menos de 300 metros, a “terra deseparados por uma faixa de lama de menos de 300 metros, a “terra deninguém”. Durante os anos da guerra, viver nas trincheiras tornou-se umaninguém”. Durante os anos da guerra, viver nas trincheiras tornou-se umamistura de miséria, horror e coragem.mistura de miséria, horror e coragem.http://historia.abril.com.br/guerra/trincheiras-frente-horror-433662.shtmlhttp://historia.abril.com.br/guerra/trincheiras-frente-horror-433662.shtml
  68. 68. Brasil na guerraBrasil na guerra Parte da contribuição do Brasil na 1ª Guerra se deu com o envio de tropas navais.Parte da contribuição do Brasil na 1ª Guerra se deu com o envio de tropas navais.http://www.brasilescola.com/historiab/brasil-primeira-guerra.htmhttp://www.brasilescola.com/historiab/brasil-primeira-guerra.htm
  69. 69. Brasil na guerraBrasil na guerra A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial foi estabelecida em função de uma série deA participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial foi estabelecida em função de uma série deepisódios envolvendo embarcações brasileiras na Europa. No mês de abril de 1917, forças alemãsepisódios envolvendo embarcações brasileiras na Europa. No mês de abril de 1917, forças alemãsabateram o navio Paraná nas proximidades do Canal da Mancha. Seis meses mais tarde, outraabateram o navio Paraná nas proximidades do Canal da Mancha. Seis meses mais tarde, outraembarcação brasileira, o encouraçado Macau, foi atacado por alemães. Indignados, popularesembarcação brasileira, o encouraçado Macau, foi atacado por alemães. Indignados, popularesexigiram uma resposta contundente das autoridades brasileiras.exigiram uma resposta contundente das autoridades brasileiras.Na época, o presidenteNa época, o presidente Venceslau BrásVenceslau Brás firmou aliança com os países da Tríplice Entente (Estadosfirmou aliança com os países da Tríplice Entente (EstadosUnidos, Inglaterra e França), em oposição ao grupo da Tríplice Aliança, formada pelo ImpérioUnidos, Inglaterra e França), em oposição ao grupo da Tríplice Aliança, formada pelo ImpérioAustro-húngaro, Alemanha e Império Turco-otomano. Sem contar com uma tecnologia bélicaAustro-húngaro, Alemanha e Império Turco-otomano. Sem contar com uma tecnologia bélicaexpressiva,expressiva, podemos considerar a participação brasileira na Primeira Guerra bastante tímida. Entrepodemos considerar a participação brasileira na Primeira Guerra bastante tímida. Entreoutras ações, o governo do Brasil enviou alguns pilotos da Força Aérea, o oferecimento de naviosoutras ações, o governo do Brasil enviou alguns pilotos da Força Aérea, o oferecimento de naviosmilitares e apoio médico.militares e apoio médico. Incumbidos de proteger o Atlântico de possíveis ataques de submarinos alemães, sete embarcaçõesIncumbidos de proteger o Atlântico de possíveis ataques de submarinos alemães, sete embarcaçõesforam usadas na Primeira Guerra: dois cruzadores, quatro contratorpedeiros e mais um navioforam usadas na Primeira Guerra: dois cruzadores, quatro contratorpedeiros e mais um navioauxiliar. A pequena tripulação destes navios, mesmo tendo um papel breve, foi vítima da epidemiaauxiliar. A pequena tripulação destes navios, mesmo tendo um papel breve, foi vítima da epidemiade gripe espanhola que assolou a Europa nesse período. A experiência de maior sucesso brasileirode gripe espanhola que assolou a Europa nesse período. A experiência de maior sucesso brasileirono conflito aconteceu com os grupos enviados para lutarem ao lado de soldados franceses eno conflito aconteceu com os grupos enviados para lutarem ao lado de soldados franceses ebritânicos.britânicos. http://www.brasilescola.com/historiab/brasil-primeira-guerra.htmhttp://www.brasilescola.com/historiab/brasil-primeira-guerra.htm

×