Primeira guerra

804 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Primeira guerra

  1. 1. Primeira Guerra Mundial e Imperialismo
  2. 2. Imperialismo
  3. 3. As razões da supremacia da Europa• 1ª potência econômica do mundo: – Dominava grande parte das trocas comerciais mundiais – Tinha a maior parte da frota marítima do mundo – Tinha a maior parte da produção industrial – A maior parte dos investimentos mundiais eram europeus
  4. 4. As razões da supremacia da Europa• Econômicas: procura de matérias-primas (para as indústrias européias) e de novos locais para escoar os produtos europeus• Políticas: desejo de afirmação política e de aumento do poder militar• Culturais: os europeus consideravam que tinham a missão de civilizar os povos não europeus (consideravam-se superiores, tendo, portanto, um sentimento racista)• Aumento do peso demográfico da Europa graças à melhoria das condições de vida; escoamento de excedente populacional.
  5. 5. A partilha de África• Viagens de exploradores no interior de África, continente até então praticamente desconhecido (presença dos europeus até então limitava-se ao litoral)• Conferência de Berlim (1884-1885):• Objetivo: regularizar a ocupação de África e prevenir mal entendidos e conflitos• Medidas: princípio da ocupação efetiva
  6. 6. O IMPERIALISMO Estimula a divulgação doA Revolução Industrial do século XVIII liberalismo econômico (Grã-Bretanha) influenciando a independência de países da América Latina. O capitalismo - tem como Neste caso a idéia de independência apresenta- características - o surgimento se como forma de reorganização do mercado de crises cíclicas mundial - principalmente - nos aspectos (superprodução industrial) relacionados ao fornecimento de matéria além da necessidade de prima. busca de novos locais para a aplicação de capitais. Aparecimento do capital financeiro A busca de matérias primas em maior quantidade e menor preço: Com este objetivo acentua-se o domínio de regiões ainda não controlada pelo capitalismo.
  7. 7. CARACTERÍSTICAS DO IMPERIALISMO MONOPOLISTA Concentração da produção em grandes empresas com milhares de operários. Com o monopólio acabam por surgir disputas entre as Esta característica de potências, originando monopólio industrial também guerras e disputas é notado no setor bancário imperialistas. A política fortalecendo o capitaleconômica dos estados financeiro industrializados é aplicada - através dasempresas internacionais - nos países mais pobres.
  8. 8. O sistema de controle imperialista criou - nos países dominados - um modelo econômico caracterizado por: * Políticas econômicas nacionais voltadas para as necessidades dos grupos monopolistas * Atraso no processo de industrialização Dependência dos produtos industrializados produzidos nos mesmos países consumidores da matéria prima A diferença entre os preços dos * Dependência do capital financeiro produtos primários e dos países imperialistas para industrializados e eventual saneamento dos deficts decorrentes desvalorização das mercadorias da balança comercial desfavorável. exportadas geravam uma dependência direta dos países colonizados.
  9. 9. Primeira Guerra Mundial• A Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) foi um conflito no qual se envolveram países de todos os continentes.• Foi um conflito de proporções nunca antes vistas, apesar de toda a tragédia humana, representou também um grande avanço tecnológico.
  10. 10. Trincheiras Aviões Carros TanquesMetralhadoras Submarinos
  11. 11. • A corrida imperialista por territórios e mercados durante todo o século XIX gerou violentas rivalidades entre as potências européias. No início do século XX, essas rivalidades cresceram, pois cada país, como a Inglaterra, a Alemanha e a França, buscava conservar ou ampliar seu império colonial na África e na Ásia.• Essas rivalidades imperialistas estão entre as principais razões da Primeira Guerra Mundial, um conflito que envolveu países de quase todo o mundo.
  12. 12. Motivos que levaram a guerra • Disputas pela posse de colônias na Ásia e na África. • A Corrida armamentista e o crescimento da Alemanha. • Os nacionalismos radicais. • As alianças feitas entre os países.1. A partir de 1870, as nações européias, vivendo uma grave crise econômica, procuravam com o domínio da África e da Ásia, superar suas dificuldades e retornar ao crescimento. 2. Partilha das terras entre Inglaterra e França. 3. Japão e E.U.A (Processo de industrialização.4. Não havia mais terras no Globo a serem partilhadas. (85% das terras já tinham dono).
  13. 13. Alemanha• A ALEMANHA progrediu de modo extraordinário após sua unificação. No início do século XX, era uma das principais potências industriais do globo.Mas como a Alemanha demorou a entrar na corrida imperialista, quando o fez o mundo já estava praticamente dividido entre as outras potências, sobre tudo a INGLATERRA e a FRANÇA. Os alemães passaram,então, a pressionar estes países para que cedessem territórios da África e Ásia.
  14. 14. Inglaterra• A INGLATERRA liderava o comércio marítimo internacional e tinha como principal rival, no campo econômico, a ALEMANHA.
  15. 15. Alemanha X Inglaterra
  16. 16. França• A França era uma antiga rival da Alemanha, pois tinha perdido uma região riquíssima em minério de ferro e carvão (Alsácia-Lorena) para a Alemanha na Guerra Franco-Prussiana (1870 – 1871). E por isso, sonhava com uma revanche contra os alemães.
  17. 17. A questão dos paises balcânicos• Outra razão da • Essa política baseava- Primeira Guerra se no pan-eslavismo Mundial foi a política (movimento contrário expansionista da à penetração de idéias Rússia, que se ocidentais e defensor arrogava o direito de da originalidade da defender e proteger as história e dos valores pequenas nações russos. eslavas da Península Balcânica.
  18. 18. Países Bálcãs
  19. 19. • O mundo daquela época repousava sobre um barril de pólvora.
  20. 20. A Corrida armamentista e o crescimento da Alemanha.• Clima hostil entre os países europeus.• Corrida armamentista e naval entre os países.• Crescimento alemão que assustava a potência da Inglaterra.• Conceito de “Paz Armada”. Os nacionalismos radicais.1. Inglaterra – Os ingleses são os povos mais civilizados do mundo e, portanto, os outros povos deveriam se curvar a eles.2. Alemanha – Acreditava-se que o espírito alemão era o mais puro possível (pan-germanismo).3. Rússia – Superioridade Russa sobre os povos eslavos (poloneses, croatas, sérvios ). (pan-eslavismo).
  21. 21. • Com o objetivo de unir as forças e isolar os rivais,as nações europeias fizeram vários acordos e alianças entre si, de tal modo que, em 1907, a Europa estava dividida em dois blocos antagônicos: A Tríplice Aliança: Alemanha, Itália e Império Austro- Húngaro) e a Tríplice Entente: Inglaterra, França e Rússia).
  22. 22. Atentado de Saravejo• Faltava apenas um incidente para a guerra começar. O incidente ocorreu em um domingo, na cidade de Saravejo, capital da Bósnia.• Dois nacionalistas sérvios, que tinham como objetivo libertar a região do domínio austríaco, assassinaram a tiros o herdeiro do trono da Áustria-Hungria, Francisco Ferdinando.
  23. 23. • 1914: Atentado em Sarajevo• No dia 28 de junho de 1914, um atentado na capital da província austríaca da Bósnia-Herzegovina matou o arquiduque Francisco Ferdinando e sua esposa, Sofia Chotek.• O atentado acabou deflagrando a Primeira Guerra Mundial. Foi um estudante sérvio chamado Gavrilo Princip, de 19 anos, pertencente a uma associação secreta conhecida como Mão Negra, quem assassinou o arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono da Áustria, e sua esposa.• O atentado, ocorrido na cidade de Sarajevo, na Bósnia, culminou com a declaração de guerra contra a Sérvia por parte do Império Austro-Húngaro. Os países europeus foram, um a um, arrastados para o conflito, que durou quatro anos, de 1914 a 1918.• Francisco Ferdinando foi morto a tiros, a curta distância, enquanto passeava por Sarajevo. A visita era uma tentativa do império, com sede em Viena, de demonstrar força na capital bósnia.• Princip era um dos sete conspiradores espalhados em pontos nevrálgicos da cidade de Sarajevo. Eram todos jovens, entre 17 e 20 anos, membros do movimento nacionalista que pretendia uma Grande Sérvia e inimigos da monarquia dos Habsburg. 1914: Atentado em Sarajevo
  24. 24. Guerra de Movimento.
  25. 25. • Guerra de Movimentos 1914 -1915.1. O governo do Império Austríaco envia um ultimato ao governo da Sérvia com exigências absurdas. Após uma série de incidentes, o ultimato foi recusado. Assim, a Sérvia foi invadida em 28 de julho de 1914.2. O Império Russo, devido a política do pan-eslavismo, correu em defesa da Sérvia, atacando o Império Austríaco. Isso levou a Alemanha a declarar guerra aos russos, o que, por sua vez, serviu de pretexto para a França declarar guerra á Alemanha.3.Para invadir a França, os alemães violaram a neutralidade da Bélgica, o que levou a Inglaterra a intervir.
  26. 26. Alianças1. A Bulgária e o Império Otomano aliam- se á Alemanha. 2. A Grécia e a Romênia aliam-se aos franceses e ingleses.3. A Itália muda de lado e alia-se em 1915 aos ingleses e franceses. 4. O Japão entra na guerra ao lado da Tríplice Entente
  27. 27. Principais batalhas • Batalha de Marne, onde os franceses conseguiram deter o avanço alemão.• Batalha de Tannemberg, onde os alemães venceram os russos.
  28. 28. Guerra deTrincheiras. Nesta fase os exércitos adversários procuravamfirmar suas posições com o objetivo de vencer oadversário por meio de desgaste progressivo desuas tropas. Os exércitos da Inglaterra e da França,de um lado,e o da Alemanha ,de outrolado,tomaram posições em trincheiras desde omar do Norte ate a fronteira da Suíça.
  29. 29. Guerra marítima Início da guerra marítima. Primeira batalha naval ocorreu em Jutlândia entre as marinhas inglesa e alemã. A Alemanha dá início á guerra submarina, afundando todos os navios inimigos que tentassem desembarcar mantimentos ou soldados no continente.•Navios de países neutrosforam afundados. E issoserviu de pretexto para osEstados unidos declarassemguerra à Alemanha, poisalguns de seus naviosforam afundados.
  30. 30. • Começa-se o emprego de aviões para despejar bombas nos inimigos.
  31. 31. • Em virtude da paz selada com os russos, os alemães deslocaram suas tropas para a frente ocidental e lançaram uma poderosa e ofensiva apoiada pela aviação e pela artilharia pesada no inicio de 1918.Recomeçava a “guerra de movimento”.Mas os países da Entente conseguiram reagir e venceram as forças alemãs na segunda batalha do Marne, forçando seu recuo.O passo seguinte seria invadir o território alemão.
  32. 32. Fim da Guerra.• A Alemanha tenta uma ataque a França, mas é barrada na segunda batalha de Marne. Assim, em novembro de 1918, o governo alemão aceitava os termos de sua rendição incondicionalmente.• Ao fim da grande guerra, o aviação militar, os canhões, os tanques tinham provado sua eficiência.O saldo trágico de mortes da primeira guerra mundial foi cerca de 8 milhões de mortos e 20 milhões de mutilados.Considerando humilhante a paz que lhes foi imposta em Versalhes, os alemães passaram a alimentar um grande ódio e um desejo de vingança em relação aos vencedores, sobretudo no que dizia em respeito a França. Tudo isso favoreceu o ressurgimento de movimentos ultranacionalistas na Alemanha e lançou a semente de um outro conflito a Segunda Guerra Mundial.
  33. 33. O Tratado de VersalhesAo final da guerra algumas nações foram mais prejudicadas que as outras, dentre elas a Alemanha e a Áustria, as mesmas tiveram que pagar inúmeras penalidades
  34. 34. Tratado de VersalhesAcordo feito entre os vencedores e a Alemanha.1. Perda de territórios• Nesse acordo, a Alemanha deveria entregar várias partes de seus territórios aos aliados.2. Desarmamento• A Alemanha seria desarmada e ficava proibida de ter forças armadas. Só poderia ter 100 mil soldados (voluntários) e apenas seis navios.3. Perda de colônias• Todas as colônias alemãs foram passadas para a Inglaterra, França e Japão.4. Responsabilidade• A Alemanha era considerada responsável pelo conflito, devendo pagar uma pesada indenização a todos os vencedores.
  35. 35. Como ficou o mundo após a 1ª Grande Guerra
  36. 36. A Liga das nações• Após a Guerra foi organizada a Liga das Nações, por iniciativa do presidente Wilson dos E.U.A. Tratava-se de um organismo internacional, cujo objetivo maior deveria ser a preservação da paz mundial. A Rússia, a Alemanha e os E.U.A não participaram desta liga.
  37. 37. O Pós Guerra• A Rússia e a Alemanha foram excluídas temporariamente do círculo das grandes nações.• Com o desmembramento do Império Austro- Húngaro, surgiram a Hungria, a Iugoslávia, a Tchecoslováquia e a Polônia.• Na América, os E.U.A consolidaram-se como principal potência, e, na Ásia, o Japão despontava como um grande país industrializado.• De um modo geral, a guerra provocou o declínio da Europa e a ascensão dos E.U.A.
  38. 38. No final do século XIX, os europeus defendiam seusinteresses imperialistas nas regiões africanas e asiáticas,justificando-os como missão civilizatória.Uma das ações empreendidas pelos europeus comomissão civilizatória nessas regiões foi:(A) aplicação do livre comércio(B) qualificação da mão de obra(C) padronização da estrutura produtiva(D) modernização dos sistemas de circulaçãoUERJ 2011
  39. 39. O mapa abaixo indica intervenções empreendidas pelos EUA na América Latina . (AQUINO, R. S. L. de; LEMOS, N. J. F. de & LOPES, O. G. P. C. História das Sociedades Americanas. Rio de Janeiro: Eu e Você, 1997.) Até o final da década de 20 deste século, estas ações dos EUA podem ser consideradas como resultado dos seguintes fatores: (A) aprofundamento na disputa entre interesses sulistas e nortistas – oposição à primazia do capital inglês (B) ênfase no expansionismo territorial – isolacionismo característico da política externa norte-americana (C) crença na missão civilizatória norte-americana – ampliação da presença econômica na América Latina (D) contradição entre as propostas da Doutrina Monroe e do Destino Manifesto – existência de rivalidades imperialistas com a Europa
  40. 40. Precisamos manter para sempre o princípio de que só o povo destecontinente tem o direito de decidir o próprio destino. Se, porventura, umaparte desse povo, constituindo um estado independente, pretendesse unir-seà nossa Confederação, esta seria uma questão que só a ele e a nós caberiadeterminar, sem qualquer interferência estrangeira.(Primeira mensagem anual do presidente Polk ao Congresso dos EstadosUnidos. In: SYRETT, H.C., org. Documentos Históricos dos Estados Unidos.São Paulo, Cultrix, s/d.)O discurso acima, de 2 de dezembro de 1845, reafirmava a crença do presidentePolk na expansão do território americano.O conjunto de ideias que melhor explicita essa crença é:(A) o New Deal(B) a Doutrina Truman(C) o Destino Manifesto(D) a Política de Boa Vizinhança
  41. 41. (ARRUDA, José Jobson de A. Atlas histórico básico. São Paulo: Ática, 1995.)No mapa acima assinalam-se transformações territoriais verificadas no continente europeu após a PrimeiGuerra Mundial.Uma causa dessas transformações e um efeito da Primeira Guerra Mundial sobre as relações internacionais nperíodo entre guerras, respectivamente, são:(A) formação de novos estados-nação – início da União Europeia(B) enfraquecimento da Inglaterra – consolidação de regimes fascistas(C) recrudescimento de disputas imperialistas – explosão da revolução bolchevique(D) aplicação do princípio das nacionalidades – enfraquecimento político da Europa

×