VISÃO ESPÍRITA DO NATAL

3.470 visualizações

Publicada em

Palestra espírita elaborada por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.
contato: jorge.grauca@gmail.com
Acesse os blogs: www.canteiroideias.blogspot.com.br
https://bancadocoaching.wordpress.com/

Publicada em: Espiritual
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.470
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
735
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
172
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

VISÃO ESPÍRITA DO NATAL

  1. 1. Visão Espírita do Natal
  2. 2. PROFECIAS SOBRE O MESSIAS “Eis que uma virgem conceberá e dará luz a um filho e será o seu nome Emanuel.” (Isaías, 07:14)
  3. 3. “E tu, Belém Efrata, (...) de ti sairá o que será Senhor em Israel.” (Isaías, 07:14)
  4. 4. O NASCIMENTO DE JESUS “Jesus nasceu em Nazaré, pequena cidade da Galiléia, que antes desse importante acontecimento não teve nenhuma celebridade. Toda a sua vida foi designado por “Nazareno” , e só após entrarmos num atalho bem complicado é que seremos capazes de entender o porquê da lenda que diz ter ele nascido em Belém” (RENAN, Ernest, in “Vida de Jesus”)
  5. 5. (RENAN, Ernest, in “Vida de Jesus”)
  6. 6. O NATAL “A festa do Natal foi instituída oficialmente pelo bispo romano Libério no ano 354.” (“Essência do Natal” – Editora Martin Claret)
  7. 7. (“Enciclopédia Barsa”)
  8. 8. 25 de dezembro Solstício 6 de janeiro Epifania 17 de dezembro Saturnália
  9. 9. SÍMBOLOS DO NATAL “(...) Papai Noel é uma adaptação das tradições concernentes a São Nicolau.(...) ficou associado ao Natal, mais que a 6 de dezembro, seu tradicional dia de festa e tornou-se uma figura puramente secular.(...).” (“Essência do Natal” – Editora Martin Claret)
  10. 10. “(...) Bonifácio disse que o pinheiro seria sua nova árvore sagrada. Sua madeira seria utilizada na construção de casas e o pinheiro era a árvore da paz e do Cristo.” (“Essência do Natal” – Editora Martin Claret)
  11. 11. “(...) Onde está o rei dos Judeus que acaba de nascer? Porque vimos sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo” (Mateus, 2:1-2)
  12. 12. “O primeiro cartão de desenhado especialmente com o intuito comercial foi criado em 1843 pelo artista John Calcott Horsley” (“Essência do Natal” – Editora Martin Claret)
  13. 13. “O presépio foi introduzido no século XII por S. Francisco de Assis.” (“Enciclopédia Barsa”)
  14. 14. A DIDÁXIS SIMBÓLICA DO NATAL “A criança divina entre as palhas da manjedoura era como a mônada celeste lançada no seio da matéria. (...) A centelha celeste era assim envolvida na ganga da encarnação terrestre, com os instintos animais da carne a prendê-la ao chão do mundo.” (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia) Os estábulos
  15. 15. (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia)
  16. 16. Visita dos reis magos “A visita dos Magos, relatada por Mateus, mostra-nos a sabedoria terrena curvando-se reverente ante o saber celeste e prestando-lhe as suas homenagens.” (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia)
  17. 17. A fúria de Herodes “A fúria de Herodes, o Grande, e de Jerusalém com ele revela-nos a hostilidade ciumenta dos grandes da Terra contra os verdadeiros emissários do Alto.” (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia)
  18. 18. O NATAL ESPÍRITA “(...) e tem (o Espiritismo) o mais profundo respeito pelo sentido alegórico de episódios como o do Natal. Por isso o Natal espírita não se reveste de formalidades exteriores, mas não deixa de considerar o sentido espiritual do grande evento cristão.” (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia)
  19. 19. “O que importa é compreender que a história do Natal, profundamente ligada à tradição espiritualista da evolução terrena, traz para o homem de hoje a mensagem eterna da renovação humana, através dos séculos pelo desenvolvimento das forças do espírito.” (PIRES, J. Herculano in “O Infinito e o Finito”, Ed. Paideia)
  20. 20. “(...) – Cada Espírito é um mundo onde o Cristo deve nascer... Fora loucura esperar a reforma do mundo, sem o homem reformado. Jamais conheceremos povos cristãos, sem edificarmos a alma cristã... Eis porque o Natal do Senhor se reveste de profunda importância para cada um de nós em particular.” (Espírito Irmão X) (XAVIER, Francisco C. in “Pontos e Contos”)
  21. 21. Diante do Natal, que te lembra a glória na manjedoura, nós te agradecemos: a música da oração; o regozijo da fé; a mensagem de amor; a alegria do lar; ALGO MAIS NO NATAL Pelo Espírito Emmanuel
  22. 22. o apelo à fraternidade; o júbilo da esperança; a benção do trabalho; a confiança no bem; o tesouro da tua paz; a palavra da Boa Nova e a confiança no futuro!...
  23. 23. Entretanto, oh Divino Mestre, de corações voltados para o teu coração, nós te suplicamos algo mais! Concede-nos, Senhor, o dom inefável da humildade para que tenhamos a precisa coragem de seguir-te os exemplos! (XAVIER, Francisco C. in “Antologia Espírita do Natal”)

×