Ministério da Educação
AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS, DE D. PEDRO II, MOITA
ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE D. PEDRO ...
2. Observa o gráfico.
2.1. Propõe um título para o gráfico?
2.2. Que tipos de energia não renováveis
conheces?
2.3. Explic...
4. Observa a figura que representa um tipo de recursos naturais.
4.1. Identifica o tipo de recursos representado,
referind...
7. Estabelece a correspondência, sempre que possível, entre as letras da coluna I e os úmeros da coluna II.
Coluna I Colun...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

47730165 ficha-8º-ano-recursos-naturais-e-residuos

251 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

47730165 ficha-8º-ano-recursos-naturais-e-residuos

  1. 1. Ministério da Educação AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS, DE D. PEDRO II, MOITA ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE D. PEDRO II, MOITA Ficha de Avaliação de Ciências Naturais – 8º Ano Nome ___________________________________________________ N.º ____ Turma: Data / / 1. Observa a figura 1 onde estão representados diferentes recursos naturais. A B C D E F G H 1.1. Estabelece a correspondência entre as letras da figura 1 e os seguintes recursos naturais. 1- Recurso hídrico 3- Recurso energético 2- Recurso mineral 4- Recurso biológico 1.2. Refere o que entendes por recurso natural. 1.3. Indica as diferenças entre recurso renovável e não renovável. 1.4. Indica as letras que correspondem a recursos renováveis. 1.5. Refere dois recursos não renováveis.
  2. 2. 2. Observa o gráfico. 2.1. Propõe um título para o gráfico? 2.2. Que tipos de energia não renováveis conheces? 2.3. Explica o que poderá acontecer se continuarmos a explorar, em excesso, os recursos energéticos não renováveis. 2.4 Cita o nome de três fontes de energia que possam ser consideradas renováveis. 2.5. Aponta duas vantagens das energias renováveis, relativamente às não renováveis. 3. Observa atentamente o gráfico da figura seguinte que nos apresenta as reservas comprovadas de petróleo a nível mundial, em 1997. 3.1. Indica: 3.1.1. o país que apresenta maiores reservas de petróleo. 3.1.2. a percentagem de reservas de petróleo existentes no Kuwait. 3.2. Refere outro hidrocarboneto essencial às sociedades modernas. 3.3. Explica por que razão as reservas de combustíveis fósseis correm o risco de esgotar. 3.4. Com base no gráfico, apresenta uma explicação para o aumento do preço do petróleo sempre que se reacendem conflitos o Médio Oriente.
  3. 3. 4. Observa a figura que representa um tipo de recursos naturais. 4.1. Identifica o tipo de recursos representado, referindo dois exemplos. 4.2. Indica duas actividades em que o Homem utiliza estes recursos. 4.3. Aponta duas consequências negativas da exploração destes recursos. 5. Lê atentamente o seguinte texto: 5.1. Identifica o tipo de recurso natural presente no texto. 5.2. Exemplifica dois recursos agro-pecuários. 5.3. Refere duas indústrias que utilizem recursos florestais. 5.4. Aponta duas consequências da produção e consumo desregrado destes recursos. 6. Classifica as seguintes afirmações de verdadeiro (V) e falso (F): A – O Homem utiliza os recursos biológicos na construção civil. B – Os recursos biológicos são considerados recursos não renováveis. C – A diminuição da biodiversidade deve-se, em grande parte, à destruição dos habitats naturais. D – O equilíbrio dos ecossistemas é conseguido devido à utilização desregrada dos recursos. E – Os recursos hídricos são recursos renováveis. F – A água dos Oceanos, devido à sua salinidade, torna-se praticamente inutilizável. G – O consumo doméstico, a agricultura e as actividades industriais são as principais fontes de consumo da água do nosso planeta. H– Na Terra, 97% da água é doce e está disponível para o Homem. 6.1. Corrige as afirmações falsas sem usar a negação.
  4. 4. 7. Estabelece a correspondência, sempre que possível, entre as letras da coluna I e os úmeros da coluna II. Coluna I Coluna II A – Resíduos B – Resíduos industriais C – Resíduos sólidos urbanos D – Resíduos hospitalares E – Resíduos últimos 1 – Resultam das actividades de exploração, manufacturação e utilização dos recursos naturais. 2 – Resíduos domésticos e provenientes de restaurantes, cafés e outros estabelecimentos comerciais semelhantes. 3 – Materiais que já não podem ser sujeitos a operações de tratamento. 4 – Materiais produzidos em unidades de prestação de cuidados de saúde em seres humanos ou em animais. 5 – Materiais que contêm substâncias que põem em risco a saúde das populações. 6 – Materiais provenientes dos laboratórios de análises e dos centros de investigação científica que trabalham na área da saúde. 7 – Materiais que, desde a produção ao consumo, se vão deitando fora por, aparentemente, não terem utilidade. 8. Relativamente à gestão de resíduos: 8.1. Coloca por ordem cronológica as etapas do processo de valorização e tratamento dos RSU que se seguem. 1 – Reduzir 3 – Separação selectiva 5 – Deposição em aterro 2 – Valorização 4 – Reutilizar 6 – Colocação no ecoponto 8.2. Distingue separação selectiva dos resíduos de valorização dos resíduos. 8.3. Explica a importância da reciclagem na gestão dos resíduos naturais. 9. Nas ETAR ocorre: (Selecciona a opção incorrecta.) A – tratamento de águas residuais domésticas. B – tratamento de águas residuais industriais. C – tratamento de resíduos perigosos, podendo estes ser depois lançados no ambiente sem perigo para os ecossistemas. D - tratamento das águas residuais, podendo estas ser depois lançadas no ambiente sem perigo para os ecossistemas. 10. Em Portugal continental existe uma Rede Nacional de Áreas Protegidas que se destinam à preservação de um conjunto representativo dos principais ecossistemas. 10.1. Refere o nome genérico de três áreas protegidas de Portugal. 10.2. Refere dois aspectos de grande importância das áreas protegidas. Bom Trabalho! Prof. Carlos Moutinho

×