O que é Zoologia?
Quais são as características de um animal?
E de um “invertebrado”?
Quem são os animais?
De que forma os ...
 Segundo a literatura:
 É o ramo da Biologia que estuda os animais sob os mais variados aspectos, entre
eles:
 “Estrutu...
 A diversidade dos animais
e dos ramos da Zoologia:
 Acarologia
 Aracnologia
 Cetologia
 Malacologia
 Entomologia
 ...
Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006
 Redescrição do canto de anúncio de Aplastodiscus arildae (Cru...
Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006
 Borboletas (Lepidoptera, Papilionoidea e Hesperioidea) do Par...
Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006
 Influência da urbanização sobre as assembléias de peixes em t...
 Segundo Linnaeus:
 Objetos naturais que crescem, vivem e sentem.
 Plantas: crescem, vivem, mas não sentem.
 Minerais:...
 Segundo a literatura:
 Eucariontes;
 Heterótrofos;
 Multicelulares;
 Potencialmente móveis;
 Providos de células ga...
 De acordo com a literatura, nos seguintes filos:
 Porifera (5500)
 Placozoa (1)
 Monoblastozoa (1)
 Rhombozoa (70)
...
 Gastrotricha (450)
 Kinorhynca (150)
 Nematoda (25 mil)
 Nematomorpha (320)
 Acantocephala (1100)
 Entoprocta (150)...
 Sipuncula (320)
 Echiura (135)
 Annelida (16500)
 Onycophora (110)
 Tardigrada (800)
 Arthropoda (1.100.000)
 Moll...
 Echinodermata (7 mil)
 Chaetognatha (100)
 Hemichordata (85)
 Chordata (50 mil)
Pergunta importante
Da mesma forma que famílias são agrupadas
em ordens, que ordens são agrupadas em
classes , etc., filos...
árvore
 Eucarionte;
 Multicelular;
 Heterótrofo;
 Potencialmente móvel;
 Provido de células gaméticas;
 Provido de tecidos ...
1. Porifera (5500)
2. Placozoa (1)
3. Monoblastozoa (1)
4. Rhombozoa (70)
5. Orthonecitda (20)
6. Cnidaria (10 mil)
7. Cte...
1. Porifera (5500)*
2. Placozoa (1)*
3. Monoblastozoa (1)*
4. Rhombozoa (70)*
5. Orthonecitda (20)*
6. Cnidaria (10 mil)*
...
Pergunta importante
Será que eu posso caracterizar um
organismo pela ausência de uma ou
mais características???
Pergunta importante
E porque os invertebrados não
possuem uma categoria
taxonômica???
Total de espécies animais
~1.350.000
Ou seja
1.350.000 – 50.000
= 1.300.000 espécies de
“invertebrados”
 96% das espécies animais são
“invertebrados”!
 Mas será que 1.300.000 espécies refletem a
realidade??
 Estimativas var...
 Mas e quanto à diversidade dos metazoários
quando comparada a outros organismos?
Bactérias.... 5.000
Algas.... 27.000
Fungos.... 69.000
Plantas.... 250.000
“Protozoários”.... 80.000
1. Introdução
 Breve histórico.
 Arqueano ~4.5 bilhões de anos
 Proterozóico (Pré-cambriano) ~3.5 bilhões de
anos
 Fanerozóico ~570 ...
 Pré-Cambriano:
 Evidência do surgimento dos primeiros seres vivos
– fósseis de cianobactérias (organismos
fotossintetiz...
 Pré-Cambriano:
 Surgimento dos Eucariontes – fusão simbionte de dois
(animais) ou três (vegetais) genomas independentes...
Qual a importância da presença de
organismos fotossintetizantes para o
surgimento dos animais?
 Pré-Cambriano:
 A presença de organismos fotossintetizantes
gradualmente aumentou a concentração de
oxigênio na atmosfe...
 Pré-Cambriano:
 Origem dos animais!
 ~1,0 bi: primeiras evidências fósseis: buracos no
sedimento.
 640 mi: primeira e...
A Fauna de Ediacara
A Fauna de Ediacara
 Ao final do Pré-cambriano a maior parte dessa
fauna foi extinta!
 Paleozóico: diversificação dos filos animais atuais
e...
 Três hipóteses... com uma coisa em comum:
▪ Origem a partir de um ou mais protistas!
 Inclui:
 organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como
Protozários;
 organismos autotró...
 Inclui:
 organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como
Protozoários;
 organismos autotr...
 Inclui:
 organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como
Protozoários;
 organismos autotr...
 Inclui:
 organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como
Protozoários;
 organismos autotr...
 Atualmente são considerados apenas como um agrupamento
parafilético de ORGANISMOS EUCARIONTESQUE NÃO APRESENTAM
O NÍVEL ...
http://www.ucmp.berkeley.edu/alllife/eukaryotasy.html
http://www.ucmp.berkeley.edu/alllife/eukaryotasy.html
PROTISTA
 Três hipóteses... com uma coisa em comum:
▪ Origem a partir de um ou mais protistas!
 Colonial;
 Sincicial;
 Simbióti...
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Introducao zoologia licenciatura
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Introducao zoologia licenciatura

517 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introducao zoologia licenciatura

  1. 1. O que é Zoologia? Quais são as características de um animal? E de um “invertebrado”? Quem são os animais? De que forma os animais estão classificados? Qual a diversidade dos animais? Com relação a eles e aos outros organismos. Quando e como surgiram?
  2. 2.  Segundo a literatura:  É o ramo da Biologia que estuda os animais sob os mais variados aspectos, entre eles:  “Estrutura, fisiologia e classificação”  “Diferentes formas do corpo, seu funcionamento e suas relações com o meio ambiente”  “morfologia, sistemática, evolução e ecologia, funcionamento dos animais, constituintes químicos dos tecidos, formação e desenvolvimento, propriedades e funções celulares”  ... entre outros
  3. 3.  A diversidade dos animais e dos ramos da Zoologia:  Acarologia  Aracnologia  Cetologia  Malacologia  Entomologia  Etologia  Ictiologia  Mastozoologia  Mirmecologia  Ornitologia  Paleozoologia  Herpetologia
  4. 4. Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006  Redescrição do canto de anúncio de Aplastodiscus arildae (Cruz & Peixoto) e descrição do canto de Aplastodiscus weygoldti (Cruz & Peixoto) com notas morfológicas sobre o gênero no Sudeste Brasileiro (Anura, Hylidae)  Diversidade de morcegos (Mammalia, Chiroptera) do Complexo Aporé- Sucuriú, Mato Grosso do Sul, Brasil  Padrões de parasitismo por Eutrombicula alfreddugesi (Oudemans) (Acari,Trombiculidae) em três espécies de Tropidurus Wied (Squamata,Tropiduridae) do Cerrado brasileiro
  5. 5. Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006  Borboletas (Lepidoptera, Papilionoidea e Hesperioidea) do Parque Estadual do Espinilho e entorno, Rio Grande do Sul, Brasil  Desenvolvimento de Myrmeleon brasiliensis (Navás) (Neuroptera, Myrmeleontidae), em laboratório, com diferentes dietas naturais  Três espécies novas de Heteragrion Selys do Brasil com redescrição do holótipo de H. dorsale Selys (Odonata, Megapodagrionidae)  Dieta de Micoureus demerarae (Thomas) (Mammalia, Didelphidae) associada às florestas contíguas de mangue e terra firme em Bragança, Pará, Brasil
  6. 6. Revista Brasileira de Zoologia v.23 n.4 Curitiba dez. 2006  Influência da urbanização sobre as assembléias de peixes em três córregos de Maringá, Paraná  Dinâmica do desenvolvimento gonadal de Aegla platensis Schmitt (Decapoda,Anomura,Aeglidae)  Inventários biológicos rápidos de morcegos (Mammalia,Chiroptera) em três unidades de conservação do Amapá, Brasil  Taxonomia molecular de Plagioscion Heckel (Perciformes, Sciaenidae) e evidências de marcadores moleculares RFLPs de mtDNA para uma espécie invasora no rio Paraná, Sul do Brasil
  7. 7.  Segundo Linnaeus:  Objetos naturais que crescem, vivem e sentem.  Plantas: crescem, vivem, mas não sentem.  Minerais:Crescem, mas não vivem e não sentem.
  8. 8.  Segundo a literatura:  Eucariontes;  Heterótrofos;  Multicelulares;  Potencialmente móveis;  Providos de células gaméticas;  Providos de tecidos distintos;  Capazes de sintetizar colágeno.
  9. 9.  De acordo com a literatura, nos seguintes filos:  Porifera (5500)  Placozoa (1)  Monoblastozoa (1)  Rhombozoa (70)  Orthonecitda (20)  Cnidaria (10 mil)  Ctenophora (100)  Platyhelmintes (20 mil)  Nemertea (900)  Rotifera (1800)
  10. 10.  Gastrotricha (450)  Kinorhynca (150)  Nematoda (25 mil)  Nematomorpha (320)  Acantocephala (1100)  Entoprocta (150)  Gnathostomulida (80)  Priapula (16)  Loricifera (10)  Cycliophara (1)
  11. 11.  Sipuncula (320)  Echiura (135)  Annelida (16500)  Onycophora (110)  Tardigrada (800)  Arthropoda (1.100.000)  Mollusca (90 mil)  Phoronida (20)  Ectoprocta (4500)  Brachiopoda (335)
  12. 12.  Echinodermata (7 mil)  Chaetognatha (100)  Hemichordata (85)  Chordata (50 mil)
  13. 13. Pergunta importante Da mesma forma que famílias são agrupadas em ordens, que ordens são agrupadas em classes , etc., filos não podem ser agrupados em categorias superiores???
  14. 14. árvore
  15. 15.  Eucarionte;  Multicelular;  Heterótrofo;  Potencialmente móvel;  Provido de células gaméticas;  Provido de tecidos distintos;  E????  Literalmente: DESPROVIDO DEVÉRTEBRAS!!!
  16. 16. 1. Porifera (5500) 2. Placozoa (1) 3. Monoblastozoa (1) 4. Rhombozoa (70) 5. Orthonecitda (20) 6. Cnidaria (10 mil) 7. Ctenophora (100) 8. Platyhelmintes (20 mil) 9. Nemertea (900) 10. Rotifera (1800) 11. Gastrotricha (450) 12. Kinorhynca (150) 13. Nematoda (25 mil) 14. Nematomorpha (320) 15. Acantocephala (1100) 16. Entoprocta (150) 17. Gnathostomulida (80) 18. Priapula (16) 19. Loricifera (10) 20. Cycliophara (1) 21. Sipuncula (320) 22. Echiura (135) 23. Annelida (16500) 24. Onycophora (110) 25. Tardigrada (800) 26. Arthropoda (1.100.000) 27. Mollusca (90 mil) 28. Phoronida (20) 29. Ectoprocta (4500) 30. Brachiopoda (335) 31. Echinodermata (7 mil) 32. Chaetognatha (100) 33. Hemichordata (85) 34. Chordata (50 mil) *“invertebrados”
  17. 17. 1. Porifera (5500)* 2. Placozoa (1)* 3. Monoblastozoa (1)* 4. Rhombozoa (70)* 5. Orthonecitda (20)* 6. Cnidaria (10 mil)* 7. Ctenophora (100)* 8. Platyhelmintes (20 mil)* 9. Nemertea (900)* 10. Rotifera (1800)* 11. Gastrotricha (450)* 12. Kinorhynca (150)* 13. Nematoda (25 mil)* 14. Nematomorpha (320)* 15. Acantocephala (1100)* 16. Entoprocta (150)* 17. Gnathostomulida (80)* 18. Priapula (16)* 19. Loricifera (10)* 20. Cycliophara (1)* 21. Sipuncula (320)* 22. Echiura (135)* 23. Annelida (16500)* 24. Onycophora (110)* 25. Tardigrada (800)* 26. Arthropoda (1.100.000)* 27. Mollusca (90 mil)* 28. Phoronida (20)* 29. Ectoprocta (4500)* 30. Brachiopoda (335)* 31. Echinodermata (7 mil)* 32. Chaetognatha (100)* 33. Hemichordata (85)* 34. Chordata (50 mil) *“invertebrados”
  18. 18. Pergunta importante Será que eu posso caracterizar um organismo pela ausência de uma ou mais características???
  19. 19. Pergunta importante E porque os invertebrados não possuem uma categoria taxonômica???
  20. 20. Total de espécies animais ~1.350.000 Ou seja 1.350.000 – 50.000 = 1.300.000 espécies de “invertebrados”
  21. 21.  96% das espécies animais são “invertebrados”!  Mas será que 1.300.000 espécies refletem a realidade??  Estimativas variam de 10 a 30 milhões até 100 a 300 milhões de espécies ainda não descritas!
  22. 22.  Mas e quanto à diversidade dos metazoários quando comparada a outros organismos?
  23. 23. Bactérias.... 5.000
  24. 24. Algas.... 27.000
  25. 25. Fungos.... 69.000 Plantas.... 250.000
  26. 26. “Protozoários”.... 80.000
  27. 27. 1. Introdução
  28. 28.  Breve histórico.  Arqueano ~4.5 bilhões de anos  Proterozóico (Pré-cambriano) ~3.5 bilhões de anos  Fanerozóico ~570 milhões de anos ▪ Paleozóico ~570 ma ▪ Mesozóico ~250 ma ▪ Cenozóico ~65 ma
  29. 29.  Pré-Cambriano:  Evidência do surgimento dos primeiros seres vivos – fósseis de cianobactérias (organismos fotossintetizantes) há 3,5 bi;  As rochas mais antigas conhecidas (3.8 bi), contudo, já contêm depósitos de carbono que indicam a presença de vida.
  30. 30.  Pré-Cambriano:  Surgimento dos Eucariontes – fusão simbionte de dois (animais) ou três (vegetais) genomas independentes; ▪ Mitocôndrias derivadas de um ancestral similar à protobactéria. ▪ Cloroplastos derivados de cianobactérias.  1,4 bi: primeiro possível eucarionte, algas unicelulares.  0,9 bi: primeira evidência inquestionável.  1,3 bi: primeiro possível organismo multicelular.  0,9 bi: primeira evidência inquestionável (algas).
  31. 31. Qual a importância da presença de organismos fotossintetizantes para o surgimento dos animais?
  32. 32.  Pré-Cambriano:  A presença de organismos fotossintetizantes gradualmente aumentou a concentração de oxigênio na atmosfera; ▪ Nível moderado há 2,3 bi, grande incremento há cerca de 700 mi. ▪ Há aumento também no nível de ozônio, reduzindo o fluxo de raios UV.
  33. 33.  Pré-Cambriano:  Origem dos animais!  ~1,0 bi: primeiras evidências fósseis: buracos no sedimento.  640 mi: primeira evidência inquestionável – A fauna de Ediacara. ▪ Animais de corpo mole, aparentemente achatados e bentônicos. ▪ A grande maioria em nada se assemelha aos filos atuais.
  34. 34. A Fauna de Ediacara
  35. 35. A Fauna de Ediacara
  36. 36.  Ao final do Pré-cambriano a maior parte dessa fauna foi extinta!  Paleozóico: diversificação dos filos animais atuais e alguns extintos ainda no Cambriano;  Ao final do Paleozóico, Permiano, ocorre a maior extinção em massa na história daTerra (85% das spp marinhas e 70% das spp terrestres)...
  37. 37.  Três hipóteses... com uma coisa em comum: ▪ Origem a partir de um ou mais protistas!
  38. 38.  Inclui:  organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como Protozários;  organismos autotróficos, unicelulares, coloniais, ou multicelulares, denominados Algas;  organismos unicelulares ou multicelulares semelhantes a fungos.  Apesar de alguns serem multicelulares, carecem de especialização célula-tecido e não passam pelo processo de formação dos folhetos embrionários que ocorre em Metazoa e Plantae;
  39. 39.  Inclui:  organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como Protozoários;  organismos autotróficos, unicelulares, coloniais, ou multicelulares, denominados Algas;  organismos unicelulares ou multicelulares semelhantes a fungos.  Apesar de alguns serem multicelulares, carecem de especialização célula-tecido e não passam pelo processo de formação dos folhetos embrionários que ocorre em Metazoa e Plantae;
  40. 40.  Inclui:  organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como Protozoários;  organismos autotróficos, unicelulares, coloniais, ou multicelulares, denominados Algas;  organismos unicelulares ou multicelulares semelhantes a fungos.  Apesar de alguns serem multicelulares, carecem de especialização célula-tecido e não passam pelo processo de formação dos folhetos embrionários que ocorre em Metazoa e Plantae;
  41. 41.  Inclui:  organismos heterotróficos, unicelulares, tradicionalmente classificados como Protozoários;  organismos autotróficos, unicelulares, coloniais, ou multicelulares, denominados Algas;  organismos unicelulares ou multicelulares semelhantes a fungos.  Apesar de alguns serem multicelulares, carecem de especialização célula-tecido e não passam pelo processo de formação dos folhetos embrionários que ocorre em Metazoa e Plantae;
  42. 42.  Atualmente são considerados apenas como um agrupamento parafilético de ORGANISMOS EUCARIONTESQUE NÃO APRESENTAM O NÍVEL DE ORGANIZAÇÃOTECIDUALOBSERVADO NAS PLANTAS,ANIMAIS E FUNGOS;  Essencialmente... São organismos que não podem ser classificados em nenhum outro reino!
  43. 43. http://www.ucmp.berkeley.edu/alllife/eukaryotasy.html
  44. 44. http://www.ucmp.berkeley.edu/alllife/eukaryotasy.html PROTISTA
  45. 45.  Três hipóteses... com uma coisa em comum: ▪ Origem a partir de um ou mais protistas!  Colonial;  Sincicial;  Simbiótica.

×