SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Classificação dos Seres Vivos
O que vamos ver nessa aula
• A diversidade Biológica
• Sistemática
• Regras de nomenclatura
• A Sistemática Moderna (Séc. XIX)
• Ideias de Darwin e o conceito de
“Filogenia”.
• Árvores Filogenéticas (Cladogramas)
• Os reinos de seres vivos
• Sistema de Três Domínios
• Árvore filogenética da vida
• Mapa de conceitos
1) A diversidade Biológica
Árvore
Evolutiva
Classificação dos Seres Vivos
1) A diversidade Biológica
 Em todo o mundo já foram identificadas cerca de 2,4 milhões de
espécies
 Atualmente cerca de 15.000 novas espécies são descritas por
ano.
 Como muitas regiões ainda não foram estudadas, acredita-se
que possa existir ao todo no planeta cerca de 30 milhões ou mais
de espécies diferentes.
Fonte: How Many Species are There on Earth?
Robert M. May - Science, New Series, Vol. 241, No. 4872. (Sep.
16, 1988), pp. 1441-1449.
Classificação dos Seres Vivos
1) A diversidade Biológica
Não podemos esquecer...
 Que na busca por mais espaço e recursos naturais o homem vem
causando grandes modificações e danos ao meio ambiente.
 Calcula-se que atualmente cerca de 74 espécies estejam
desaparecendo por dia.
Fonte: Biologia César e Sezar, 2005, Volume 2, página: 15.
Classificação dos Seres Vivos
Descreva em detalhes o que você
está vendo na imagem ao lado
2) Sistemática
Visando facilitar o estudo da biodiversidade, os biólogos dão nome
as espécies descobertas e as organizam em grupos segundo alguns
critérios.
A sistemática é o ramo da biologia que busca classificar os seres
vivos em grupos de acordo com o parentesco evolutivo.
Fonte: Biologia César e Sezar, 2005, Volume 2, página: 15.
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
 São atribuições da sistemática
Fonte: Amabis e Martho, 2005 Ed. Moderna. Biologia dos
Organismos, v. 2, pg. 2.
I. Agrupar os organismos conforme suas características estruturais
importantes e de acordo com sua história evolutiva.
II. Batizar as espécies com nomes científicos.
III. Entender os processos responsáveis pela diversidade biológica.
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
Um breve histórico da sistemática...
I. Aristóteles IV a.C.
 Divisão dos seres vivos em aquáticos, terrestres e aéreos.
 Tipo de critério adotado: habitat em que eles viviam.
Golfinho Castor Gavião
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
II. Santo Agostinho IV d.C.
 Divisão dos seres vivos em úteis, nocivos e indiferentes.
 Critério utilizado: utilidade à humanidade.
Vaca Cascavel Bicho-preguiça
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
III. Karl von Linnée (1707-1778) - Lineu
 Considerado o pai da classificação natural dos seres vivos.
 Elaborou uma metodologia que permitia agrupar os seres vivos de acordo
com suas semelhanças anatômicas.
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
 As categorias taxonômicas de Lineu
I. Lineu organizou as espécies em táxons ou grupos.
Táxon Característica
Espécie Conjunto de indivíduos que compartilham estruturas típicas ausentes
em outras espécies.
Gênero Conjunto de espécies semelhantes
Família Conjunto de gêneros semelhantes
Ordem Conjunto de famílias semelhantes
Classe Conjunto de ordens semelhantes
Filo Conjunto de classes semelhantes
Reino Conjunto de filos semelhantes
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática
 Utiliza-se também os prefixos “super” ou “sub” para
indicar o agrupamento de táxons semelhantes.
 Exemplos:
 Superordem: conjunto de ordens muito
semelhantes dentro de uma classe.
 Superclasse: conjunto de classes muito
semelhantes dentro de um filo.
 Subgênero: conjunto de espécies muito
semelhantes dentro de um gênero.
 Subespécie: subdivisão da espécie, raça ou
linhagem.
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática (Regras de nomenclatura)
 Os nomes utilizados são em latim ou numa versão latinizada da palavra ou
palavras que se pretende utilizar.
 Nomenclatura de espécie: binominal
 Primeira letra refere-se ao nome do gênero (inicial maiúscula)
 Segunda letra refere-se ao nome específico (inicial minúscula)
 Deve ser escrito em itálico e/ou sublinhado.
Espécie Humana Homo sapiens
Cachorro Canis falimiaris
Gato Felis catus
Milho Zea mays
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática (Regras de nomenclatura)
 Nomenclatura de subespespécie
 Trinominal
 Nome do gênero + nome específico + nome subespécie.
Crotalus terrificus terrificus Cobra cascavel brasileira
Rhea americana alba Ema branca
Pinus nigra nigra Pinheiro negro austríaco
Pinus nigra caramanica Pinheiro negro turco
Pinus nigra pallasiana Pinheiro negro da Crimeia
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática (Regras de nomenclatura)
 Utilizando sp. ou spp.
O gênero Polystira possui várias espécies de caramujos, conforme
evidenciado nas conchas abaixo:
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática (Regras de nomenclatura)
 Quando se quer citar uma espécie qualquer situada
dentro de um gênero – usa-se a terminação “sp.”
Polystira sp.
Significa: qualquer espécie do gênero
Polystira.
Obs: o termo sp. é escrito em minúsculo, não itálico e não grifado.
Classificação dos Seres Vivos
2) Sistemática (Regras de nomenclatura)
 Táxons acima de espécie: nomenclatura uninominal
 Inicial maiúscula em latim.
 Não é necessário itálico ou grifo.
Família Felidae (gatos), Canidae (cães), Fabaceae (Leguminosas), Rosaceae
(rosas).
Ordem Carnivora (cão, gato, urso), Primata (homem, chimpanzé, gorila),
Fabales (vagem, feijão, soja), Asterales (girassol)
Classe Mammalia (mamíferos), Reptile (répteis), Amphibia (anfíbios).
Filo Chordata (cordados), Pteridophyta (samambaias), Mollusca
(moluscos), Arthropoda (artrópodes).
Reino Animmalia (animais), Plantae (plantas), Fungi (fungos)
Classificação dos Seres Vivos
3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)
 Em 1859 Charles Darwin divulga sua teoria evolutiva.
 Segundo Darwin, a diversidade de seres vivos do planeta
era resultado da evolução biológica das espécies.
 A partir disso, a Sistemática passa a se preocupar não só
com a classificação e ordenação dos seres vivos, como
também, se propõe a explicar os processos responsáveis
pela diversidade da vida.
Charles Darwin
Livro: “A origem das Espécies”
Classificação dos Seres Vivos
3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)
 Idéias de Darwin e o conceito de “Filogenia”.
I. Segundo Darwin, as semelhanças e diferenças entre os organismos
resultam de sua história evolutiva.
Tentilhões de galápagos.
Classificação dos Seres Vivos
3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)
 Idéias de Darwin e o conceito de “Filogenia”.
II. Para Darwin, duas espécies que possuem um ancestral mais recente
devem apresentar maior semelhança entre si do que se comparado a
outras espécies cujo ancestral comum seja mais antigo.
Árvore Filogenética
Humano
Chimpanzé
Gorila
Ancestral
Ancestral
Classificação dos Seres Vivos
4) Árvores Filogenéticas (Cladogramas)
 São diagramas que representam as relações de parentesco
evolutivo entre as espécies.
Classificação dos Seres Vivos
4) Árvores Filogenéticas (Cladogramas)
Classificação dos Seres Vivos
5) Os reinos de seres vivos
 Sistema de Cinco reinos (mais tradicional)
I Monera Bactérias
II Protista Algas e Protozoários
III Fungi Fungos
IV Plantae (Metaphyta) Plantas
V Animmalia (Metazoa) Animais
Classificação dos Seres Vivos
5) Os reinos de seres vivos
 Sistema de Seis Reinos
I Bacteria Bactérias verdadeiras
II Archaea Bactérias primitivas
III Protista Algas e Protozoários
IV Fungi Fungos
V Plantae (Metaphyta) Plantas
VI Animmalia (Metazoa) Animais
Classificação dos Seres Vivos
5) Os reinos de seres vivos
 Sistema de Três Domínios
I Domínio Bactéria Bactérias verdadeiras
II Domínio Archaea Bactérias primitivas
III Domínio Eukarya Seres Eucariontes
Classificação dos Seres Vivos
EXERCÍCIOS
Questão 1
Classificar os seres vivos sempre foi um grande desafio. A variedade de
características físicas e de hábitos de vida, por exemplo, é um dos problemas
enfrentados. Para facilitar a classificação, Lineu propôs um sistema de
categorias taxonômicas. De acordo com esse sistema, qual é o táxon mais
abrangente?
a) Reino.
b) Filo.
c) Classe.
d) Ordem.
e) Espécie.
Alternativa “a”. O reino é o táxon mais abrangente e é formado
por um conjunto de filos. As principais categorias taxonômicas
do táxon mais abrangente para o de menor abrangência são:
reino, filo, classe, ordem, família, gênero e espécie.
Questão 2
A classificação dos seres vivos em cinco reinos, proposta por Whittaker, apesar de
apresentar falhas, ainda é a mais usada. De acordo com esse sistema, em que grupo
encontramos seres eucarióticos, multicelulares e heterotróficos?
a) Reino Monera.
b) Reino Protoctista.
c) Reino Fungi.
d) Reino Plantae.
e) Reino Animalia.
Alternativa “e”. O reino Animalia é formado por organismos que
possuem células com membrana nuclear (eucarióticos), mais de
uma célula (multicelulares) e não são capazes de produzir seu
alimento (heterotróficos).
Questão 3
Para falar a respeito de um ser vivo normalmente utilizamos o nome popular de determinada espécie. O
nome popular, no entanto, apresenta variações de uma região para outra, o que pode gerar confusão. Diante
disso, os pesquisadores utilizam o nome científico das espécies, que obedece a uma série de regras.
Observe as alternativas abaixo e marque aquela que não representa uma regra para a escrita de nomes
científicos.
a) Todo nome científico deve ser composto por dois nomes. O primeiro representa o gênero, e o segundo é o
epíteto específico.
b) O nome do gênero sempre deve ser escrito com letra minúscula.
c) Subespécies deverão obedecer a uma nomenclatura trinomial.
d) Os nomes científicos devem ser apresentados em destaque no texto.
e) Ao citar o nome do autor, este deve vir logo após o nome da espécie.
Alternativa “b”. Ao escrever o nome científico, o gênero deve
ser escrito com letra maiúscula, e o epíteto específico deve
apresentar letra minúscula.
Questão 4
Um organismo que pertence ao mesmo filo que outro necessariamente pertence
ao(a) mesmo(a):
a) reino.
b) família.
c) classe.
d) ordem.
Alternativa “a”. Um ser vivo que pertence ao
mesmo filo que outro também pertence ao
mesmo reino.
Questão 5
É muito comum dizer que um organismo vivo possui célula, a unidade funcional e
estrutural dos seres vivos. De acordo com essa definição, que organismos não
podem ser considerados seres vivos?
a) Cianobactérias.
b) Algas.
c) Protozoários.
d) Fungos.
e) Vírus.
Alternativa “e”. Os vírus, por não possuírem células e não
apresentarem metabolismo próprio, não são considerados, por alguns
autores, como seres vivos. Outros autores, no entanto, classificam os
vírus como sendo vivos em virtude da capacidade de se autoduplicar
e porque eles possuem variabilidade e ácidos nucleicos.
FIM
VISITE SLIDESDEBIOLOGIA.COM

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a classificação dos seres vivos e caracteristicas

Cap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esseCap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esse
Sarah Lemes
 
Cap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esseCap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esse
Sarah Lemes
 
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptxSistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Biosapo
 
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptxSistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Biosapo
 
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidadeCáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
rafaelcef3
 
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidadeCáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
rafaelcef3
 

Semelhante a classificação dos seres vivos e caracteristicas (20)

classificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
classificaobiolgica-170222084845.pdf resumoclassificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
classificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
 
Taxonomia dos seres vivos
Taxonomia dos seres vivosTaxonomia dos seres vivos
Taxonomia dos seres vivos
 
classificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
classificaobiolgica-170222084845.pdf resumoclassificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
classificaobiolgica-170222084845.pdf resumo
 
Taxonomia dos seres vivos
Taxonomia dos seres vivosTaxonomia dos seres vivos
Taxonomia dos seres vivos
 
Biologia modulo iii
Biologia modulo iiiBiologia modulo iii
Biologia modulo iii
 
Biologia modulo iii
Biologia modulo iiiBiologia modulo iii
Biologia modulo iii
 
Cap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esseCap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esse
 
Cap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esseCap 10 quer ser vivo é esse
Cap 10 quer ser vivo é esse
 
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptxSistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptx
 
Sistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptxSistemática e taxonomia 2.pptx
Sistemática e taxonomia 2.pptx
 
Apostila i de taxonomia 2021 cetep
Apostila i  de taxonomia 2021 cetepApostila i  de taxonomia 2021 cetep
Apostila i de taxonomia 2021 cetep
 
Apostila i de taxonomia 2021 cetep
Apostila i  de taxonomia 2021 cetepApostila i  de taxonomia 2021 cetep
Apostila i de taxonomia 2021 cetep
 
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidadeCáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
 
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidadeCáp 3 e 4   a evolução dos seres vivos e biodiversidade
Cáp 3 e 4 a evolução dos seres vivos e biodiversidade
 
Introdução aos 05 reinos 7º ano
Introdução aos 05 reinos   7º anoIntrodução aos 05 reinos   7º ano
Introdução aos 05 reinos 7º ano
 
Introdução aos 05 reinos 7º ano
Introdução aos 05 reinos   7º anoIntrodução aos 05 reinos   7º ano
Introdução aos 05 reinos 7º ano
 
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
 
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
 
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1   sistema de classificação dos seres vivosAula 1   sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
 
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1   sistema de classificação dos seres vivosAula 1   sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
 

Último

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 

classificação dos seres vivos e caracteristicas

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 9. O que vamos ver nessa aula • A diversidade Biológica • Sistemática • Regras de nomenclatura • A Sistemática Moderna (Séc. XIX) • Ideias de Darwin e o conceito de “Filogenia”. • Árvores Filogenéticas (Cladogramas) • Os reinos de seres vivos • Sistema de Três Domínios • Árvore filogenética da vida • Mapa de conceitos
  • 10. 1) A diversidade Biológica Árvore Evolutiva Classificação dos Seres Vivos
  • 11. 1) A diversidade Biológica  Em todo o mundo já foram identificadas cerca de 2,4 milhões de espécies  Atualmente cerca de 15.000 novas espécies são descritas por ano.  Como muitas regiões ainda não foram estudadas, acredita-se que possa existir ao todo no planeta cerca de 30 milhões ou mais de espécies diferentes. Fonte: How Many Species are There on Earth? Robert M. May - Science, New Series, Vol. 241, No. 4872. (Sep. 16, 1988), pp. 1441-1449. Classificação dos Seres Vivos
  • 12. 1) A diversidade Biológica Não podemos esquecer...  Que na busca por mais espaço e recursos naturais o homem vem causando grandes modificações e danos ao meio ambiente.  Calcula-se que atualmente cerca de 74 espécies estejam desaparecendo por dia. Fonte: Biologia César e Sezar, 2005, Volume 2, página: 15. Classificação dos Seres Vivos
  • 13.
  • 14. Descreva em detalhes o que você está vendo na imagem ao lado
  • 15. 2) Sistemática Visando facilitar o estudo da biodiversidade, os biólogos dão nome as espécies descobertas e as organizam em grupos segundo alguns critérios. A sistemática é o ramo da biologia que busca classificar os seres vivos em grupos de acordo com o parentesco evolutivo. Fonte: Biologia César e Sezar, 2005, Volume 2, página: 15. Classificação dos Seres Vivos
  • 16. 2) Sistemática  São atribuições da sistemática Fonte: Amabis e Martho, 2005 Ed. Moderna. Biologia dos Organismos, v. 2, pg. 2. I. Agrupar os organismos conforme suas características estruturais importantes e de acordo com sua história evolutiva. II. Batizar as espécies com nomes científicos. III. Entender os processos responsáveis pela diversidade biológica. Classificação dos Seres Vivos
  • 17. 2) Sistemática Um breve histórico da sistemática... I. Aristóteles IV a.C.  Divisão dos seres vivos em aquáticos, terrestres e aéreos.  Tipo de critério adotado: habitat em que eles viviam. Golfinho Castor Gavião Classificação dos Seres Vivos
  • 18. 2) Sistemática II. Santo Agostinho IV d.C.  Divisão dos seres vivos em úteis, nocivos e indiferentes.  Critério utilizado: utilidade à humanidade. Vaca Cascavel Bicho-preguiça Classificação dos Seres Vivos
  • 19. 2) Sistemática III. Karl von Linnée (1707-1778) - Lineu  Considerado o pai da classificação natural dos seres vivos.  Elaborou uma metodologia que permitia agrupar os seres vivos de acordo com suas semelhanças anatômicas. Classificação dos Seres Vivos
  • 20. 2) Sistemática  As categorias taxonômicas de Lineu I. Lineu organizou as espécies em táxons ou grupos. Táxon Característica Espécie Conjunto de indivíduos que compartilham estruturas típicas ausentes em outras espécies. Gênero Conjunto de espécies semelhantes Família Conjunto de gêneros semelhantes Ordem Conjunto de famílias semelhantes Classe Conjunto de ordens semelhantes Filo Conjunto de classes semelhantes Reino Conjunto de filos semelhantes Classificação dos Seres Vivos
  • 21. 2) Sistemática  Utiliza-se também os prefixos “super” ou “sub” para indicar o agrupamento de táxons semelhantes.  Exemplos:  Superordem: conjunto de ordens muito semelhantes dentro de uma classe.  Superclasse: conjunto de classes muito semelhantes dentro de um filo.  Subgênero: conjunto de espécies muito semelhantes dentro de um gênero.  Subespécie: subdivisão da espécie, raça ou linhagem. Classificação dos Seres Vivos
  • 22. 2) Sistemática (Regras de nomenclatura)  Os nomes utilizados são em latim ou numa versão latinizada da palavra ou palavras que se pretende utilizar.  Nomenclatura de espécie: binominal  Primeira letra refere-se ao nome do gênero (inicial maiúscula)  Segunda letra refere-se ao nome específico (inicial minúscula)  Deve ser escrito em itálico e/ou sublinhado. Espécie Humana Homo sapiens Cachorro Canis falimiaris Gato Felis catus Milho Zea mays Classificação dos Seres Vivos
  • 23. 2) Sistemática (Regras de nomenclatura)  Nomenclatura de subespespécie  Trinominal  Nome do gênero + nome específico + nome subespécie. Crotalus terrificus terrificus Cobra cascavel brasileira Rhea americana alba Ema branca Pinus nigra nigra Pinheiro negro austríaco Pinus nigra caramanica Pinheiro negro turco Pinus nigra pallasiana Pinheiro negro da Crimeia Classificação dos Seres Vivos
  • 24. 2) Sistemática (Regras de nomenclatura)  Utilizando sp. ou spp. O gênero Polystira possui várias espécies de caramujos, conforme evidenciado nas conchas abaixo: Classificação dos Seres Vivos
  • 25. 2) Sistemática (Regras de nomenclatura)  Quando se quer citar uma espécie qualquer situada dentro de um gênero – usa-se a terminação “sp.” Polystira sp. Significa: qualquer espécie do gênero Polystira. Obs: o termo sp. é escrito em minúsculo, não itálico e não grifado. Classificação dos Seres Vivos
  • 26. 2) Sistemática (Regras de nomenclatura)  Táxons acima de espécie: nomenclatura uninominal  Inicial maiúscula em latim.  Não é necessário itálico ou grifo. Família Felidae (gatos), Canidae (cães), Fabaceae (Leguminosas), Rosaceae (rosas). Ordem Carnivora (cão, gato, urso), Primata (homem, chimpanzé, gorila), Fabales (vagem, feijão, soja), Asterales (girassol) Classe Mammalia (mamíferos), Reptile (répteis), Amphibia (anfíbios). Filo Chordata (cordados), Pteridophyta (samambaias), Mollusca (moluscos), Arthropoda (artrópodes). Reino Animmalia (animais), Plantae (plantas), Fungi (fungos) Classificação dos Seres Vivos
  • 27. 3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)  Em 1859 Charles Darwin divulga sua teoria evolutiva.  Segundo Darwin, a diversidade de seres vivos do planeta era resultado da evolução biológica das espécies.  A partir disso, a Sistemática passa a se preocupar não só com a classificação e ordenação dos seres vivos, como também, se propõe a explicar os processos responsáveis pela diversidade da vida. Charles Darwin Livro: “A origem das Espécies” Classificação dos Seres Vivos
  • 28. 3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)  Idéias de Darwin e o conceito de “Filogenia”. I. Segundo Darwin, as semelhanças e diferenças entre os organismos resultam de sua história evolutiva. Tentilhões de galápagos. Classificação dos Seres Vivos
  • 29. 3) A Sistemática Moderna (Séc. XIX)  Idéias de Darwin e o conceito de “Filogenia”. II. Para Darwin, duas espécies que possuem um ancestral mais recente devem apresentar maior semelhança entre si do que se comparado a outras espécies cujo ancestral comum seja mais antigo. Árvore Filogenética Humano Chimpanzé Gorila Ancestral Ancestral Classificação dos Seres Vivos
  • 30. 4) Árvores Filogenéticas (Cladogramas)  São diagramas que representam as relações de parentesco evolutivo entre as espécies. Classificação dos Seres Vivos
  • 31. 4) Árvores Filogenéticas (Cladogramas) Classificação dos Seres Vivos
  • 32. 5) Os reinos de seres vivos  Sistema de Cinco reinos (mais tradicional) I Monera Bactérias II Protista Algas e Protozoários III Fungi Fungos IV Plantae (Metaphyta) Plantas V Animmalia (Metazoa) Animais Classificação dos Seres Vivos
  • 33. 5) Os reinos de seres vivos  Sistema de Seis Reinos I Bacteria Bactérias verdadeiras II Archaea Bactérias primitivas III Protista Algas e Protozoários IV Fungi Fungos V Plantae (Metaphyta) Plantas VI Animmalia (Metazoa) Animais Classificação dos Seres Vivos
  • 34. 5) Os reinos de seres vivos  Sistema de Três Domínios I Domínio Bactéria Bactérias verdadeiras II Domínio Archaea Bactérias primitivas III Domínio Eukarya Seres Eucariontes Classificação dos Seres Vivos
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 39. Questão 1 Classificar os seres vivos sempre foi um grande desafio. A variedade de características físicas e de hábitos de vida, por exemplo, é um dos problemas enfrentados. Para facilitar a classificação, Lineu propôs um sistema de categorias taxonômicas. De acordo com esse sistema, qual é o táxon mais abrangente? a) Reino. b) Filo. c) Classe. d) Ordem. e) Espécie. Alternativa “a”. O reino é o táxon mais abrangente e é formado por um conjunto de filos. As principais categorias taxonômicas do táxon mais abrangente para o de menor abrangência são: reino, filo, classe, ordem, família, gênero e espécie.
  • 40. Questão 2 A classificação dos seres vivos em cinco reinos, proposta por Whittaker, apesar de apresentar falhas, ainda é a mais usada. De acordo com esse sistema, em que grupo encontramos seres eucarióticos, multicelulares e heterotróficos? a) Reino Monera. b) Reino Protoctista. c) Reino Fungi. d) Reino Plantae. e) Reino Animalia. Alternativa “e”. O reino Animalia é formado por organismos que possuem células com membrana nuclear (eucarióticos), mais de uma célula (multicelulares) e não são capazes de produzir seu alimento (heterotróficos).
  • 41. Questão 3 Para falar a respeito de um ser vivo normalmente utilizamos o nome popular de determinada espécie. O nome popular, no entanto, apresenta variações de uma região para outra, o que pode gerar confusão. Diante disso, os pesquisadores utilizam o nome científico das espécies, que obedece a uma série de regras. Observe as alternativas abaixo e marque aquela que não representa uma regra para a escrita de nomes científicos. a) Todo nome científico deve ser composto por dois nomes. O primeiro representa o gênero, e o segundo é o epíteto específico. b) O nome do gênero sempre deve ser escrito com letra minúscula. c) Subespécies deverão obedecer a uma nomenclatura trinomial. d) Os nomes científicos devem ser apresentados em destaque no texto. e) Ao citar o nome do autor, este deve vir logo após o nome da espécie. Alternativa “b”. Ao escrever o nome científico, o gênero deve ser escrito com letra maiúscula, e o epíteto específico deve apresentar letra minúscula.
  • 42. Questão 4 Um organismo que pertence ao mesmo filo que outro necessariamente pertence ao(a) mesmo(a): a) reino. b) família. c) classe. d) ordem. Alternativa “a”. Um ser vivo que pertence ao mesmo filo que outro também pertence ao mesmo reino.
  • 43. Questão 5 É muito comum dizer que um organismo vivo possui célula, a unidade funcional e estrutural dos seres vivos. De acordo com essa definição, que organismos não podem ser considerados seres vivos? a) Cianobactérias. b) Algas. c) Protozoários. d) Fungos. e) Vírus. Alternativa “e”. Os vírus, por não possuírem células e não apresentarem metabolismo próprio, não são considerados, por alguns autores, como seres vivos. Outros autores, no entanto, classificam os vírus como sendo vivos em virtude da capacidade de se autoduplicar e porque eles possuem variabilidade e ácidos nucleicos.