Discurso de posse do vereador Aderson Gouvea

1.828 visualizações

Publicada em

Mais informações em:

http://marinasantanna.com/2013/01/02/marina-participa-da-posse-de-selma-bastos-a-primeira-prefeita-da-cidade-de-goias/

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.828
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
405
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Discurso de posse do vereador Aderson Gouvea

  1. 1. DISCURSO DE POSSEBoa noite senhoras e senhores nesta primeira noite do anode 2013, noite de verão e lua Quarto Minguante. Querocumprimentar neste momento a mesa de autoridades napessoa do Bispo Dom Eugenio Rixen a quem estimo muito eem nome do qual cumprimento todos os integrantes do sexomasculino. Quero cumprimentar a Excelentíssima Sra. PrefeitaSelma Bastos, mulher forte, decidida e vitoriosa, em nome daqual cumprimento todas as mulheres presentes a estasolenidade.Senhoras e Senhores, na construção deste discurso quisentender melhor o que é Política e foi no grande filósofogrego Aristóteles (aluno de Platão e Prof. de Alexandre OGrande) que encontrei a melhor explicação. Este foi umapaixonado pela política e a descreveu da seguinte forma:"Em todas as artes e ciências", disse ele, "o fim é um bem, e omaior dos bens e bem em mais alto grau se achaprincipalmente na ciência todo-poderosa; esta ciência é apolítica, e o bem em política é a justiça, ou seja, o interessecomum."Caros presentes e ouvintes, se a política fundamenta em si ajustiça, logo entenderemos que os nossos antecessores ou amaioria deles não pautaram nessa lógica ou não concordaramcom o filósofo, talvez não o tenham lido. Vejamos: o início dahistória do que hoje é o Município de Goiás, do que hoje é asociedade vilaboense, começa com a subjugação, pelomassacre dos índios Goyazes pelos Bandeirantes. Estes dosquais não se nega a importância histórica para todo o estado,entenderam a política como ferramenta de PODER edominação e legou a nosso povo essa lógica. Ao invés dodiálogo com os indígenas, do respeito a sua cultura,utilizaram as ARMAS DO PODER.Nestas terras se implantou o coronelismo, o latifúndio, a UDR,a escravidão onde poucos se apoderaram das riquezas: terra,poder político, cargos públicos, status, mas, sobretudo opoder das LETRAS. Constituiu-se desta forma uma sociedade
  2. 2. de difícil penetração aos empobrecidos e a eles a dureza daLEI, parafraseando o poeta Eduardo Alves Costa “ Dizem-nosque de nós emana o poder mas sempre o temoscontra nós.No nosso livro sagrado, a Biblia, o discípulo Mateus narra nocapítulo 5, 1-12, no famoso Sermão da Montanha em uma dasbem aventuranças, a afirmação de Jesus: Bem-aventurados osque sofrem perseguição por causa da Justiça, porque deles éo Reino dos Céus. Para estes o Reino é no presente, já o é,mais uma vez o valor da justiça.Meus amigos eleitos: Prof. Selma, Dr. Rogério. Vereadores:Celino, Zezinho, Zilda, Eliane, Zecão, Thalita, Marcia e Elizeu,que optemos pela interpretação de Aristóteles e coloquemostoda nossa força, todo nosso mandato em busca da justiça efazer justiça é governar tendo a política como um SERVIÇO enão como PODER.Gostaria também neste ato, trazer presente a memória de umgrande defensor de uma causa, de um povo, da justiça. Querocitar Zé Porfírio da famosa resistência de Trombas e Formosono norte do estado. Este foi até hoje nestas terras goianas, oúnico Camponês a eleger-se Deputado Estadual. Porfírio foivítima dos mesmos que não aceitam a citação de Aristóteles eque interpretam política como PODER. Foi cassado pelo golpemilitar de 64, tempos depois preso e desaparecido político,certamente morto pela Ditadura Militar. Por ocasião de suaprisão, despedindo-se do filho, Zé Porfírio dirigiu-se a estedizendo: filho seja um bom CIDADÃO. Mas cidadão paraPorfírio, não é somente aquele do pensamento Positivista quea Ditadura nos obrigou a aprender: o fiel cumpridor dedeveres, o subserviente. Para Porfírio CIDADÃO é o quecumpre deveres, mas o que cobra direitos, que questiona aordem pré-estabelecida, interfere, sugere, participa. Entãoquero deixar também este conselho de Porfirio para nossasociedade: sejam bons cidadãos, nos ajude a fazer Justiça.Neste momento, quero também reconhecer que muitaspessoas se colocaram à frente do tempo e se posicionaram
  3. 3. em outra direção, na direção da política como serviço a favorda justiça: Dom Tomás Balduíno que completou recentemente90 anos, com sua Igreja engajada na luta por direitoshumanos, por terra e pão. A toda Comunidade Dominicana,Aos saudosos ex prefeitos Irmãos Dário e Djalma de PaivaSampaio. Também aos que engrandeceram e engrandecemnossa querida Goiás com sua arte e cultura: Cora Coralina,Veiga Valle, Oto Marques, Goiandira do Couto, JosélioMaranhão, Di Magalhães, Marli Mendanha, Regina Célia, oescritor Divino Damasceno , Rafael Ribeiro, Augusta Faro, aogrupo de resistência negra e a tantos outros. Quero prestaruma homenagem especial aos lutadores pela ReformaAgrária, que através de sua organização e coragem nosensinou o verdadeiro sentido de cidadania e nos ajudou afazer JUSTIÇA.Meus amigos e amigas, somos agraciados por sermosmoradores deste município, a pertencermos à cidade deGoiás: primeira capital do Estado, cidade turística, berço dacultura, da política, das tradições, da religiosidade, daReforma Agrária, Cidade patrimônio mundial da humanidade.Contudo, precisamos trabalhar coletivamente: Legislativo /Executivo pra que esta grandeza seja real, que nossas Leissejam éticas e justas, que a cidade seja limpa, que a saúdeseja cuidada, que o transporte coletivo e escolar sejamdignos, que haja geração de emprego e renda, que hajaespaços de esporte e lazer. Que os idosos, sejam respeitados,os jovens valorizados e as crianças zeladas. Que o meio rurale os Distritos sejam incluídos, que as estradas sejamconservadas e que tudo isto se reverta em benefício daspessoas, de todas as pessoas, aliás, nosso maior patrimônio.Encerrando compartilho trecho da música de Belchior:“Vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação” eacrescento chegou a nova estação.FELIZ 2013 PARA TODOS E MUITO OBRIGADO!

×