Palestra Nepomuceno Transpetro

644 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
644
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Nepomuceno Transpetro

  1. 1. Centros e Redes de Informação e a Web: a empresa 2.0 (24 slides/ previsão de 30-40 min de exposição e 30 min para perguntas) V. 1.0
  2. 2. A rede dos engarrafados
  3. 3. A rede dos engarrafados Volume de carros Engarrafamentos Não tem hora ou lugar Saber onde está a informação relevante é fundamental para não se perder tempo e tomar a decisão correta no tempo certo.
  4. 4. A rede dos engarrafados Modelo tradicional para resolver o problema rep órter
  5. 5. A rede dos engarrafados Novo modelo
  6. 6. A rede do conhecimento Volume de dados Engarrafamentos de informaç ão Não tem hora nem lugar Saber onde está a informação relevante é fundamental para não se perder tempo e tomar a decisão correta no tempo certo.
  7. 7. Modelo tradicional para resolver o problema A Web 1.0 conteudista
  8. 8. Novo modelo A Web 2.0 animador
  9. 9. Novo modelo A Web 2.0
  10. 11. Nenhum organismo biológico ou instituição humana, que sofra uma mudança de tamanho e uma conseqüente mudança de escala, passa por isso sem modificar sua forma ou conformação, (GALILEU, há mais de 370 anos).
  11. 12. Movimento contínuo Entropias E E E E
  12. 13. Movimento contínuo Novo ambiente E E E E NA NA NA
  13. 14. Silêncio Fala Escrita Prensa Digital Rede 4 Bilhões 2 Bilhões Milhões Milhares Centenas Dezenas Massa
  14. 15. Silêncio Fala Escrita Prensa Digital Rede Muitos para muitos Um para muitos Um para Muitos Massa
  15. 16. Desafio permanente: <ul><ul><li>Velocidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Relevância </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de acesso </li></ul></ul>X <ul><ul><li>Demora </li></ul></ul><ul><ul><li>Ruído </li></ul></ul><ul><ul><li>Dificuldade de acesso </li></ul></ul>
  16. 17. Como medir resultados? (Visão geral) Demanda de Conhecimento X Atendimento da Demanda
  17. 18. WEB 2.0 = Crescimento dos sites de relacionamento Tempo gasto em sites de redes sociais no mundo, por regi ão, em agosto de 2007 (média de minutos por mês e por usuário)
  18. 19. E-mail (90) Portais (00) Redes Sociais (2010) (ou portais sociais) Internet Sociedade Empresas e Instituições E-mail (90) Portais (00) Redes Sociais (2010) (ou portais sociais) A nova contra mão
  19. 21. As redes sociais bem implantadas vão: <ul><li>Colocar a organização compatível com o ambiente de conhecimento da concorrência; </li></ul><ul><li>Viabilizar a circulação de informação na velocidade exigida pela nova dinâmica da sociedade; </li></ul><ul><li>Facilitar a interação de novas idéias, criando ambiente mais propício à inovação; </li></ul><ul><li>Reduzir o trabalho repetitivo e pouco produtivo; </li></ul><ul><li>Questões tais como: “Quem sabe o que?” “Quem está fazendo o que?” Quem conhece mais determinado assunto?”, por exemplo, serão resolvidas de forma mais rápida e a um custo infinitamente menor com esse novo ambiente. </li></ul>
  20. 22. Desafios do novo ambiente: <ul><li>Administrar a colaboração em rede, que estabelece uma nova e mais dinâmica cultura organizacional, iniciada com os portais e o e-mail; </li></ul><ul><li>Estabelecer uma nova regra na cultura de cada empregado: Quanto mais a informação circula e interage, mais ela ganha valor, quanto mais fica na gaveta tende a valer menos!!! Início de choque cultural entre a “geração Orkut”, que começa a chegar nas empresas com a atual que não tem essa cultura. </li></ul>
  21. 23. O que fazer? 1- ter a consciência que todas as mudanças nos ambientes de conhecimento que ocorreram na história foram irreversíveis; 2- iniciar AGORA o planejamento para realizar essa passagem na organização de forma menos traumática e mais eficaz; 3- criar um grupo de estudo e práticas avançadas em colaboração em rede para começar os primeiros protótipos; 4- formar este grupo com multiplicadores e entusiastas e selecionar para os primeiros experimentos setores dinâmicos e que sofram com cenários extremamente voláteis; 5- avaliar cada passo da experiência e ir, aos poucos, multiplicando-a para outros setores da empresa, integrando a atual cultura organizacional no novo ambiente.
  22. 24. Sugestão para leitura e dicas para iniciar o projeto.
  23. 25. Obrigado, vamos às perguntas! Minhas direções: Empresa: www.pontonet.com.br Blog: www.nepo.com.br   E-mail: [email_address] Twitter : cnepomuceno Skype: cnepomuceno1

×